Oração da Manhã

16 de Novembro

crianças à volta do mundo

Pixabay CC0

    O Dia Internacional da Tolerância é celebrado anualmente a 16 de novembro.
    A data foi aprovada pelos estados membros da UNESCO após a celebração, em 1995, do Ano das Nações Unidas para a Tolerância.       A celebração do Dia Internacional da Tolerância visa promover o bem estar, progresso e liberdade de todos os cidadãos, assim como fomentar a tolerância, respeito, diálogo e cooperação entre diferentes culturas, povos e civilizações.
Senhor, neste dia Internacional da Tolerância que eu aprenda não só a respeitar o outro que é diferente de mim…mas que eu aprenda a admirar o outro na sua diferença.  

15 de Novembro

duas palmas das mãos onde está pintado o mundo, rodeadas de pombas

     Pixabay CC0

     Na abertura do Sínodos dos Bispos, sobre os jovens, o Papa Francisco dá pequenas orientações aos jovens:
      – Encontrar o próprio caminho
      O primeiro deles, a importância de cada um fazer o seu próprio caminho, “sejam jovens em caminho olhando o horizonte, não o espelho” ou sentados no sofá. “Encontrem-se a si próprios fazendo, indo em busca do bem, da verdade e do belo”.
     – Leilão
      Francisco recordou à juventude de que ela não tem preço.              – “Vocês não são mercadorias num leilão. Por favor, não se deixem comprar, não se deixem seduzir, não se deixam escravizar pelas colonizações ideológicas. Apaixonem-se pela liberdade de Jesus.”
      – Testemunho concreto
      O Papa falou ainda da coragem do acolhimento. “Os populismos estão na moda, que nada têm a ver com o popular. O popular é a cultura do povo. O populismo é o contrário: é o fechamento num único modelo. O amor é a palavra que abre todas as portas.

Pastoral CAD

14 de Novembro

  passarinho

     Source: Pixabey CC0

     Quanta ciência existe naquele poema de Lao Tsé que diz: “quando os homens ingressam na vida são tenros e frágeis; quando morrem são hirtos e duros.

     Por isso os hirtos e duros são, desde o princípio, mensageiros da morte e os tenros e frágeis são os mais credíveis mensageiros da vida.”

     Senhor, ajuda-nos a reconhecer a nossa fragilidade. Então seremos fortes!

Pastoral CAD

13 de Novembro

mundo azul em forma de coração e como duas mãos em aperto de saudação, com os continentes a verde

CC0      Pixabay

     De que aproveita, irmãos, que alguém diga que tem fé, se não tiver obras de fé? Acaso essa fé poderá salvá-lo?

     Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e precisarem de alimento quotidiano, e um de vós lhes disser: «Ide em paz, tratai de vos aquecer e de matar a fome», mas não lhes dais o que é necessário ao corpo, de que lhes aproveitará?

Assim também a fé: se ela não tiver obras, está completamente morta.
                                                           (Carta de São Tiago,2)

Senhor, que a minha fé seja confirmada na minha atitude de não ficar indiferente.

  • Um abraço pode fazer a diferença.
  • Um ´obrigado´ ou ´por favor´ pode fazer a diferença!
  • Um silêncio pode fazer a diferença.
  • Um ´como te sentes hoje?´ faz, certamente, a diferença…isto é fé, com obras, com humanidade.

Pastoral CAD

12 de Novembro

menina deitada entre flores de Lavanda respirando a paz

Photo by Amy Treasure on Unsplash

   Não ter muito mas ter paz, é ter tudo* dos dias em que temos a sorte de poder dar tempo ao tempo. de ter espaço e ar para
respirar fundo.

Inspirar todo o silêncio e o azul de um dos lugares mais bonitos do mundo.

Ter esta doce certeza de que quando aprendemos a dar tempo ao tempo, tudo acaba por passar, serenar e voltar ao devido lugar.

Como diz um dos meus livros favoritos, em vez de desatar a correr à frente do comboio, é melhor sair da linha e deixá-lo passar. há muitos mais comboios do que imaginamos e, por mais longa que seja a espera, algum há-de chegar para nos levar onde precisamos.

Pastoral CAD
(http://www.asnovenomeublog.com/)

11 de Novembro

StencilCC0

                                            Descomplicar  –  em 5 linhas                                           Não precisas de carregar o mundo nos ombros e viver os dias preocupado. Precisas de te abraçar mais, de olhar para cima e de confiar  na vida e em quem te quer bem.

Não precisas de ser o melhor, nem de provar nada a ninguém.

Precisas de querer ser uma melhor pessoa todos os dias e de acreditar, com toda a força que tens, que na vida importa
menos aquilo que te acontece, e muito mais aquilo que és, apesar do que te acontece. 

Pastoral CAD 

http://asnovenomeublog

8 de Novembrojovem e criança construindo o globo como um puzzle

Imagem –  Flickr  Atribuição – CC BY-NC-SA 2.0   Autor –  Jaci X III

Ao iniciar o dia de hoje, o meu pensamento e oração, querem unir-se a todos os que estão tristes ou deprimidos. A todos os que são massacrados com a violência ou com a guerra. A todos os que passam fome e não têm uma família. A todos os que sofrem de solidão e cujas lágrimas já secaram de tanto sofrimento.

 Não consigo resolver os problemas do mundo… mas posso e quero a ser sinal de esperança e de mudança. No que depender de mim permite, Senhor, este momento em que quero fechar os olhos, escutar o coração e comprometer-me em ser sinal de esperança. Que eu cuide as palavras que digo.

 Que me preocupe com as atitudes que possa vir a ter. Que cada aula ou momento de estudo, apesar do trabalho, seja uma oportunidade para aprender e poder ser sinal da esperança e da transformação de que o mundo tanto precisa.

Pastoral CAD

7 de Novembro

 2 rosas alaranjadas

Imagem: Oficina de Escrita

“Senhor, tenho medo da mudança que eu não instiguei.
Por mais desconfortável que a nossa vida possa ser,
por mais dolorosa ou até desesperante que ela seja,
a vida que vivemos é a vida que conhecemos,
e apegamo-nos ao antigo em lugar de tentarmos algo de novo.
É inacreditável quão tenazmente nos apegamos
àquilo que tanto pedimos que se afastasse de nós.”

Marianne Williamson, A Return to Love

Senhor, hoje, e só hoje, quero ser feliz. Olhar ao meu redor e agradecer os que estão aqui comigo. Os que vivem em casa. Os que, mesmo longe e que não conheço, reconheço e chamo de irmãos. A todos me uno, neste momento, e por todos rezo. Como todos agradeço o dom da vida e a oportunidade de ter mais um dia para ser feliz.

Pastoral CAD

6 de NovembroCrianças dançam à volta do mundo

Pixabay CC0

Ainda que eu tenha o dom da profecia
e conheça todos os mistérios e toda a ciência,
ainda que eu tenha tão grande fé que transporte montanhas,
se não tiver amor, nada sou.
Ainda que eu distribua todos os meus bens
e entregue o meu corpo para ser queimado,
se não tiver amor, de nada me aproveita.

O amor é paciente,
o amor é prestável,
não é invejoso,
não é arrogante nem orgulhoso,
nada faz de inconveniente,
não procura o seu próprio interesse,
não se irrita nem guarda ressentimento.
Não se alegra com a injustiça,
mas rejubila com a verdade.
Tudo desculpa, tudo crê,
tudo espera, tudo suporta.

S. Paulo –  Coríntios, 13

Pastoral CAD