Tu Vais Conseguir!

Image by RitaE from Pixabay 

    O que me dá asas é a minha confiança; é não deitarmos abaixo as pessoas nem deixar que nos deitem abaixo e sermos simpáticos para toda a gente.

     Primeiro, tens de confiar em ti e lutares para o que queres e não deixares de acreditar, porque tu vais conseguir. Nada nem ninguém pode fazer com que nós deixemos de acreditar porque, se nós queremos os nossos sonhos, temos de lutar até ao final.

      Mesmo se te disserem que não podes fazer aquilo, tu consegues tudo, se quiseres!

     Os mais belos projetos para este Outono são não apanhar Covid festejar os anos da minha Irmã e estudar com as Amigas por vídeo-chamada.

Image by RitaE from Pixabay

JV7C

Questões do Início

veleiro aventuraPixabay License Image by Hanne Hasu from Pixabay 

     “Pensar em problemas possíveis com antecedência, e encontrar soluções, tornou-se, para mim, um hábito. O meu Pai costumava incutir-me esta atitude mental quando eu ia navegar, ainda criança.

     Ela acabou por tornar-se num dos melhores e mais úteis  exercícios mentais; ainda me surpreendo a agir desta maneira, em toda a parte, sem me dar conta sequer. ”

Laura Dekker

     Na primeira etapa de um Trabalho de Projeto, com a expectativa apaixonada que é própria de todo o pondo de partida inaugural, configura-se a esperança, colocam-se as perguntas cautelosas, ponderam-se os perigos: 

questões de projeto 

      A Jovem navegadora testemunha de uma lição de vida, que é também uma herança paterna.

     Veio a tornar-se um movimento tácito da alma:  é um traço próprio no seu querer sempre partir do conforto pessoal; é uma força íntima no seu rumar ao desconhecido; é uma estratégia de triunfo no seu modo de viver a coragem.

     E no nosso Projeto: com que problemas nos podemos deparar?

   As questões com que vamos carpinteirando este início dos nossos trabalhos aparelham o novo Ano Semestral para uma aprendizagem diferente: mais em conjunto refletida, mais ativamente conquistada, mais arriscadamente navegada.

Em visita aos 6B e C – OE

Projetos Vivos

           paisagem de ski em Andorra

     PixaBay PixaBay License

     Neste momento, um dos meus Projetos é ter boas notas. Para o atingir, estudo a ler, faço resumos e exercícios.

      Outro Projeto é ser um bom Surfista do Outside Surf Project: ando a treinar o Bottom – em que se desce, sobe-se e desce-se de novo a onda, mas o Bottom é a manobra da subida.

      Finalmente, pretendo ir às Maldivas, porque é lindo, nem tem explicação! Apanha-se um barco e, ao largo, há ondas perfeitas!

      Não há pessoas burras, elas apenas usam a inteligência de forma diferente!

      Em Educação Física, estão-nos a incentivar para fazer alguns desportos, correr, fazer flexões, às vezes, e abdominais.

      Esta temporada de neve, acho que vou esquiar a Andorra, na Serra Nevada. Esquio todos os anos, talvez este ano vá fazer snowboard.  É como se fosse surf,  ou  andar de skate:  Desce-se aos “S” com uma prancha.

    Sei girar no ar, sem perder os skis em rampas. Dou um salto para aí de cinco metros.

     Comecei a aprender aos seis anos. O meu Pai, o meu irmão são os meus grandes companheiros de Sky; a Mãe tem juízo. Não costuma fazer essas pistas perigosas.

(Em parte ditado) PC7B

Momentos de Liberdade

Estreia do 5º Ano

 desenhos de crianças a jogar à bola

Public domain Pictures .netLicense: CC0

TS – O melhor deste 1º período  do 5º ano foi ter novos professores e novos amigos.

SS – O que eu mais gostei foi das brincadeira com os meus amigos: conversar  – falar com eles – correr com eles, jogar verdade ou consequência…

TS – No recreio gosto de brincar com os meus amigos: na rampa do recreio coberto, brincamos com várias bolas: o de cima atira para o do meio, o do meio atira para o de baixo e o de baixo atira para o de cima.

SS – Nós temos um esconderijo secreto: um sítio escondido ao pé de uma sala de ténis de mesa. Lá não está basicamente ninguém, está-se bué bem está quentinho ou confortável.

Liberdade das Férias

o campo visto por van goghCommons Wikimedia AtribuiçãoCC0

 TS – Nas férias, sempre que vou a casa dos meus avós, trabalho no campo: semear, dar comida ao gado, quando não temos pinhas ou caruma, vamos buscar à mata. O nosso forno é a lenha e a nossa Mãe faz pão.

SS: Nas férias, a minha atividade preferida é a dança.Quando ouço música, motiva-me a mexer-me e começo a dançar. Gosto de músicas agitadas, aprendo sapateado. Tenho aulas com a Sara do SPO: eu sou a Professora dela. Quando danço, sinto-me solta, sinto-me no Paraíso.

Projetos de Futuro

desenho de menino cozinheiro com pizzaPixabay Atribuição: CC0

TS – Quero ser Pasteleiro, depois Agricultor e depois ir para a Marinha.

SS – Desde que descobri as profissões, desde os meus cinco anos, tenho sempre este sonho: ser Cabeleireira. Adoro fazer penteados a mim própria: trancinhas e pompons!

OE – O Pai do T é Pasteleiro e inventou bombons!

SS – O meu Pai também é Pasteleiro. A Pastelaria chama-se “Pai dos Doces”. Eu já lhe fiz um bolo que tinha MNM, chocolates, enfeites a dizer: “O Melhor Pai do Mundo” e “Parabéns Pai”.

TS – Fizeste um texto?

SS – Não. “Tás” a ver as bordas do bolo? Foi aí que pus. Tinha doce de ovos e recheio de chocolate de Ferrero Rocher derretido – é o meu Pai que faz. Eu chego lá com o dedo e lambuzo aquilo tudo.

TS5D e SS5D

Sonhar o Futuro

https://www.maxpixel.net/Animals-Released-Rainbow-Wild-Horses-Running-Feral-2239420
                                            Max Pixel Atribuição: CC0

BL5C – Eu gostava de ser treinadora de equitação. Ontem quase caí do cavalo. O Pintarolas é branco, com uma mancha cor de pele e bolinhas. Ele não estava de bom-humor: começou a saltar no ar. A minha treinadora montou-o, bateu-lhe no pescoço. Eu perguntei se podia mudar de cavalo e uma amiga minha não se importou. Montei uma égua chamada Cheyenne.

L (convidada) – Eu gostava de ser ou Bióloga (mas não dá muito dinheiro) ou Treinadora de cães, como se diz “Doggy Walker”. Quando eu for Bióloga, como adoro tudo o que é animais, também  adoro cavalos!

CM5C – Eu gostava de ser Professora de Equitação – pois também adoro cavalos!

MM6B – Eu gostava de ser Cientista: ainda falta saber muito, não está tudo descoberto. Quero estudar a própria matéria do Espaço. Quero perceber qual é a textura do Espaço. Também queria romper a barreira do Presente!

Conversas na Oficina, CM5C, BL5C, MM6B

Tenho Muitos Motivos de Gratidão

     rosa vermelha em grande plano

     Pixabay Atribuição: CC0

     Hoje sinto-me muito bem, pois comecei o dia com aqueles de quem mais gosto: a minha Família.

     De seguida fui para a Escola, onde estou a passar o resto do dia a aprender e a brincar com os meus Amigos.

     Tenho muitos motivos de gratidão, pois os meus pais trabalharam muito para darem uma vida boa a mim e à minha irmã.

      Por isso eu irei levantar as notas, para eles ficarem contentes e irei estudar muito mais do dobro.

     Tenho também de agradecer aos meus Pais por me terem dado Carinho e Amor.

BF6A

Breves Notícias da Vida

silhueta de ciclista que parece voar contra um céu de tempestade
  Bicycle Stunt Bike Sport Biking Jump Action MaxPixel CC0

       Eu sinto-me grato por ter a vida que tenho.

     Às vezes não nos damos conta de que uma garrafa de água é tão importante e nós tornamo-nos dependentes das máquinas.

     Por exemplo: eu fui ao Algarve e fiquei sem televisão durante duas semanas. Quando cheguei a casa fiquei viciado em televisão! Há muitas pessoas que não têm televisão e, às vezes, nós não notamos esses pequenos pormenores.

     Gosto de ver as notícias, porque é interessante saber o que se passa no mundo. Por exemplo: há um Tsunami em França e eu tenho lá família.

     Gostava de fazer Karaté, Ciclismo e Natação. Natação já pratico; desejava treinar Karaté porque queria aprender a defender-me e a defender os outros. Adorava vir de bicicleta para a Escola: era o meu sonho!

      Em casa, estou a organizar-me para ter melhores notas, porque no 1º ciclo tinha notas mais fracas, mas eu sou como a minha irmã: ela começou a estudar no 5º ano!

SG5B