Questões do Início

veleiro aventuraPixabay License Image by Hanne Hasu from Pixabay 

     “Pensar em problemas possíveis com antecedência, e encontrar soluções, tornou-se, para mim, um hábito. O meu Pai costumava incutir-me esta atitude mental quando eu ia navegar, ainda criança.

     Ela acabou por tornar-se num dos melhores e mais úteis  exercícios mentais; ainda me surpreendo a agir desta maneira, em toda a parte, sem me dar conta sequer. ”

Laura Dekker

     Na primeira etapa de um Trabalho de Projeto, com a expectativa apaixonada que é própria de todo o pondo de partida inaugural, configura-se a esperança, colocam-se as perguntas cautelosas, ponderam-se os perigos: 

questões de projeto 

      A Jovem navegadora testemunha de uma lição de vida, que é também uma herança paterna.

     Veio a tornar-se um movimento tácito da alma:  é um traço próprio no seu querer sempre partir do conforto pessoal; é uma força íntima no seu rumar ao desconhecido; é uma estratégia de triunfo no seu modo de viver a coragem.

     E no nosso Projeto: com que problemas nos podemos deparar?

   As questões com que vamos carpinteirando este início dos nossos trabalhos aparelham o novo Ano Semestral para uma aprendizagem diferente: mais em conjunto refletida, mais ativamente conquistada, mais arriscadamente navegada.

Em visita aos 6B e C – OE

Projetos Vivos

           paisagem de ski em Andorra

     PixaBay PixaBay License

     Neste momento, um dos meus Projetos é ter boas notas. Para o atingir, estudo a ler, faço resumos e exercícios.

      Outro Projeto é ser um bom Surfista do Outside Surf Project: ando a treinar o Bottom – em que se desce, sobe-se e desce-se de novo a onda, mas o Bottom é a manobra da subida.

      Finalmente, pretendo ir às Maldivas, porque é lindo, nem tem explicação! Apanha-se um barco e, ao largo, há ondas perfeitas!

      Não há pessoas burras, elas apenas usam a inteligência de forma diferente!

      Em Educação Física, estão-nos a incentivar para fazer alguns desportos, correr, fazer flexões, às vezes, e abdominais.

      Esta temporada de neve, acho que vou esquiar a Andorra, na Serra Nevada. Esquio todos os anos, talvez este ano vá fazer snowboard.  É como se fosse surf,  ou  andar de skate:  Desce-se aos “S” com uma prancha.

    Sei girar no ar, sem perder os skis em rampas. Dou um salto para aí de cinco metros.

     Comecei a aprender aos seis anos. O meu Pai, o meu irmão são os meus grandes companheiros de Sky; a Mãe tem juízo. Não costuma fazer essas pistas perigosas.

(Em parte ditado) PC7B

Momentos de Liberdade

Estreia do 5º Ano

 desenhos de crianças a jogar à bola

Public domain Pictures .netLicense: CC0

TS – O melhor deste 1º período  do 5º ano foi ter novos professores e novos amigos.

SS – O que eu mais gostei foi das brincadeira com os meus amigos: conversar  – falar com eles – correr com eles, jogar verdade ou consequência…

TS – No recreio gosto de brincar com os meus amigos: na rampa do recreio coberto, brincamos com várias bolas: o de cima atira para o do meio, o do meio atira para o de baixo e o de baixo atira para o de cima.

SS – Nós temos um esconderijo secreto: um sítio escondido ao pé de uma sala de ténis de mesa. Lá não está basicamente ninguém, está-se bué bem está quentinho ou confortável.

Liberdade das Férias

o campo visto por van goghCommons Wikimedia AtribuiçãoCC0

 TS – Nas férias, sempre que vou a casa dos meus avós, trabalho no campo: semear, dar comida ao gado, quando não temos pinhas ou caruma, vamos buscar à mata. O nosso forno é a lenha e a nossa Mãe faz pão.

SS: Nas férias, a minha atividade preferida é a dança.Quando ouço música, motiva-me a mexer-me e começo a dançar. Gosto de músicas agitadas, aprendo sapateado. Tenho aulas com a Sara do SPO: eu sou a Professora dela. Quando danço, sinto-me solta, sinto-me no Paraíso.

Projetos de Futuro

desenho de menino cozinheiro com pizzaPixabay Atribuição: CC0

TS – Quero ser Pasteleiro, depois Agricultor e depois ir para a Marinha.

SS – Desde que descobri as profissões, desde os meus cinco anos, tenho sempre este sonho: ser Cabeleireira. Adoro fazer penteados a mim própria: trancinhas e pompons!

OE – O Pai do T é Pasteleiro e inventou bombons!

SS – O meu Pai também é Pasteleiro. A Pastelaria chama-se “Pai dos Doces”. Eu já lhe fiz um bolo que tinha MNM, chocolates, enfeites a dizer: “O Melhor Pai do Mundo” e “Parabéns Pai”.

TS – Fizeste um texto?

SS – Não. “Tás” a ver as bordas do bolo? Foi aí que pus. Tinha doce de ovos e recheio de chocolate de Ferrero Rocher derretido – é o meu Pai que faz. Eu chego lá com o dedo e lambuzo aquilo tudo.

TS5D e SS5D

Sonhar o Futuro

https://www.maxpixel.net/Animals-Released-Rainbow-Wild-Horses-Running-Feral-2239420
                                            Max Pixel Atribuição: CC0

BL5C – Eu gostava de ser treinadora de equitação. Ontem quase caí do cavalo. O Pintarolas é branco, com uma mancha cor de pele e bolinhas. Ele não estava de bom-humor: começou a saltar no ar. A minha treinadora montou-o, bateu-lhe no pescoço. Eu perguntei se podia mudar de cavalo e uma amiga minha não se importou. Montei uma égua chamada Cheyenne.

L (convidada) – Eu gostava de ser ou Bióloga (mas não dá muito dinheiro) ou Treinadora de cães, como se diz “Doggy Walker”. Quando eu for Bióloga, como adoro tudo o que é animais, também  adoro cavalos!

CM5C – Eu gostava de ser Professora de Equitação – pois também adoro cavalos!

MM6B – Eu gostava de ser Cientista: ainda falta saber muito, não está tudo descoberto. Quero estudar a própria matéria do Espaço. Quero perceber qual é a textura do Espaço. Também queria romper a barreira do Presente!

Conversas na Oficina, CM5C, BL5C, MM6B

Tenho Muitos Motivos de Gratidão

     rosa vermelha em grande plano

     Pixabay Atribuição: CC0

     Hoje sinto-me muito bem, pois comecei o dia com aqueles de quem mais gosto: a minha Família.

     De seguida fui para a Escola, onde estou a passar o resto do dia a aprender e a brincar com os meus Amigos.

     Tenho muitos motivos de gratidão, pois os meus pais trabalharam muito para darem uma vida boa a mim e à minha irmã.

      Por isso eu irei levantar as notas, para eles ficarem contentes e irei estudar muito mais do dobro.

     Tenho também de agradecer aos meus Pais por me terem dado Carinho e Amor.

BF6A

Breves Notícias da Vida

silhueta de ciclista que parece voar contra um céu de tempestade
  Bicycle Stunt Bike Sport Biking Jump Action MaxPixel CC0

       Eu sinto-me grato por ter a vida que tenho.

     Às vezes não nos damos conta de que uma garrafa de água é tão importante e nós tornamo-nos dependentes das máquinas.

     Por exemplo: eu fui ao Algarve e fiquei sem televisão durante duas semanas. Quando cheguei a casa fiquei viciado em televisão! Há muitas pessoas que não têm televisão e, às vezes, nós não notamos esses pequenos pormenores.

     Gosto de ver as notícias, porque é interessante saber o que se passa no mundo. Por exemplo: há um Tsunami em França e eu tenho lá família.

     Gostava de fazer Karaté, Ciclismo e Natação. Natação já pratico; desejava treinar Karaté porque queria aprender a defender-me e a defender os outros. Adorava vir de bicicleta para a Escola: era o meu sonho!

      Em casa, estou a organizar-me para ter melhores notas, porque no 1º ciclo tinha notas mais fracas, mas eu sou como a minha irmã: ela começou a estudar no 5º ano!

SG5B