O Mundo dos Peluches

peluches lendo uma história ilustrada sobre brinquedos animados

   Peluches a Ler . Imagem da Oficina

      Os meus peluches preferidos são três:

  • Choubaka: é castanho, de olhos castanho e muito corajoso.
  • Riscas: é um gato branco com riscas pretas. Tem os olhos azuis.
  • Por fim, o Kikos: um cão muito peludo e fofo, branco, com os olhos verdes. 

      Eu gosto de tê-los no canto do meu beliche, porque me sinto mais confortável. Sem os meus peluches, não sei  o que seria de mim.

     Teria sempre, todos os dias, pesadelos atrás de pesadelos e não  conseguiria dormir, estaria todas as noites acordada e não descansava.

     Quando for adulta, vou dar os meus bebés aos meus filhos, ou, se não tivesse filhos, dava aos meus sobrinhos.  Eu iria ficar muito feliz, porque eu só ia fazer o bem.

     O sentido de haver Peluches é para aconchegar as crianças e para nos sentirmos sem medo durante a noite.

CT5A  

A Mana, a Flee e a Suki

cão e gato minúsculos a cair em copo de gelado

     Photo by Bundo Kim on Unsplash

     Os meus animais favoritos são o gato e o cão, porque são os animais  que eu tenho em casa.

      A minha gata chama-se Flee, tem 11 anos, o seu pelo é cinzento e branco, ela está sempre a olhar alegremente e gosta muito de brincar.

       A minha cadela chama-se Suki; ela está sempre com um olhar assustado; o seu pelo é branco e um bocadinho áspero, tem os olhos castanhos e tem, 11 anos também.

       Elas brincam à apanhada, às escondidas, gostam muito de se esconderem na cozinha.

     A minha cadela e a minha gata fazem muita diferença na minha vida, porque, sem elas, muitas vezes não teria nada para fazer.

     Sem os meus animais estaria sempre só a brincar com a minha irmã e estar sempre a brincar com a mesma pessoa não é assim tão giro.

      Com ela brinco às professoras, às aulas de dança, às vezes uma inventa uma história e a outra escreve!

     Com a Flee e a Suki eu brinco com o Laser, com bolas e muito mais jogos, como ao dos biscoitos, que inventei com a minha Mana.

CT5A

Três Lições para uma Cantora

rouxinol, canário e piriquito sobre fundo verde

     Rossignol PixaBay Perruche PixaBay Canari PixaBay Pixabay License

     Era uma vez uma menina que se chamava Carlota. O seu cabelo era louro como o Sol, os olhos azuis, a boca rosa, o nariz perfeito. Era imensamente simpática e muito bonita.

     A Carlota era sempre fiel, mas irritava-se um bocadinho algumas vezes. Gostava muito de tocar viola. Tinha um sonho desde pequenina: ser cantora.

     A Carlota tinha muitos amigos, mas tinha três melhores amigos: o Piriquito Piu, o Rouxinol Kai e o Canário Vé.

    A Carlota pediu aos amigos para lhe darem aulas de canto para realizar o seu sonho.

      O Piu ensinou-lhe as notas mais graves, as agudas, as curtas e as longas. O Kai ensinou-lhe o “Hino da Alegria” e o “Olha para Mim”, duas canções clássicas, uma em clave de sol e a outra em clave de fá.

     Todos os dias ela ia para três árvores diferentes, pois adorava trepar.

      O Piu ensinava-a no carvalho: subiam até lá acima para verem o pôr do sol.

    O Kai brincava no Pinheiro Manso, porque desde pequeno brincava ali e queria partilhar.

     O Vé gostava muito de ir para os sobreiros, porque tinham bolotas lindíssimas.

       Assim, a Carlota tornou-se numa maravilhosa cantora.

CT5A

No Natal Sinto Sempre Alegria

World Kids Dawn Hudson CC0 Public Domain

     Este Natal  desejo que a minha Família tenha um Natal feliz e bom. 

     O Natal não se repete: é como os meus anos, que são a 11 de Dezembro: celebramos o meu nascimento e, a 25, o de Jesus.

     No sininho da Turma escrevi uma mensagem de que não me lembro, mas falava de crianças, desejava que todas as crianças do mundo tivessem presentes.

     Amanhã – dia dos meus anos –  a minha Mãe vai almoçar comigo ao Mc Donald’s e, à noite, vamos todos jantar Sushi.

     O meu primo de quatro anos diz: ” – O Pai Natal vai-me dar tudo o que eu quero!”

     Fazemos o Presépio numa prateleira no chão: gosto imenso do poço que brilha e, às vezes, faz barulho de água.

     No Natal sinto sempre Alegria.

     Espero que este Natal seja muito animado para Todos!

CT5A

O Riso do Coração

Coração de Flores

   Photo by Amy Shamblen on Unsplash

  Querido Eu, 

  Recordei aquele dia como se fosse ontem: foi na casa da minha avó. Estávamos com a nossa Família toda e com uma amiga.

 Estávamos todos a conversar e, de repente, o meu Tio disse uma piada.

     Foi muito engraçado esse dia: foi um dos melhores dias da nossa vida, porque foi o dia em que, desde então, nos começamos a rir mais!

   Este motivo é importante para ti e para mim, Querido Eu, porque adoramos esse dia,  porque eu sempre adorei rir-me e nunca me tinha rido tanto contigo na minha vida.

 O que eu queria fazer neste Halloween contigo era dar doces a todas as crianças que não têm dinheiro.

  Beijinhos, Querido Eu.

 Adoro-te.

C. T. 5º