A Ida às Motas

salto de mota no ar

    CC0  Wikipedia Commons Stefan Krause

     Era Domingo, às quatro e meia; eu, muito entusiasmado, estava à espera que os meus amigos chegassem.

     Entretanto, como nunca mais chegavam, fui à piscina dar um mergulho.

     Eles chegaram e fomos para as Motas. O dono das Motas chama-se Rui.

     Uma das motas começou a deitar óleo, e o Rui mandou toda a gente sair para tirar óleo. Ele tapou com areia e deixou secar. Depois disso, voltamos para a pista.

     Era a minha vez de andar e como não  estava habituado, assustei-me com o barulho.

     Fiquei sob pressão e continuei a andar como se nada fosse.

     A Festa acaba e toda a gente sai de lá de rastos!

      Uma vez saí depois de quatro horas e já nem conseguia andar!

     Quando vou largado na Mota com o treino que o Rui me ensinou, sinto-me bem, feliz e transpirado!

FG 6B

No Coração dos Jogos

pai natal no minecraft

     Imagem: Flickr Atribuição: CC-BY – NC – SA 2.0  Autor: Harley Quin

     Eu sinto-me muito bem comigo mesmo, porque  tenho muitos amigos e sou feliz. 

    Sinto-me espantado quando descubro algo novo num jogo, como por exemplo, a exploração de pinhais, facas e serrotes para construção e também fazer uma casa de madeira. 

     Sinto-me agradecido quando me oferecem algo  de surpesa: a tecnologia!

    Depois dos meus anos, fui à visita de estudo e estava superansioso: ia receber um computador de gaming nesse dia! 

    Também me sinto grato quando recebo roupa ou relógios giros. 

      Gostava imenso de enfeitar o meu Minecraft para o Natal, já que me esqueci de o enfeitar para o Halloween!  Como não posso jogar durante a semana, fica para o fim de semana de final de Novembro.

    Outro Projeto que tenho em mente é chegar a desenvolver criações no Minecraft e no Fortnight: jogar bem os dois jogos.

  LJ6a

Troféu de Ténis

 

bola de ténis rodando como galáxia
                                                       Atribuição: CC0  Max Pixel  

     No dia 24 de Setembro de 2018, em Lisboa, no Colégio do CIF, (Colégio Internacional de Futebol) tive um torneio. 

   Estava lá a  minha Família toda reunida para me ver jogar! Estávamos a entrar para a corte, onde eu ia jogar, e encontramos o meu amigo Diogo.

      Estava frio, uns dez graus, havia 8 grupos em diferentes cortes, rodeados de familiares.

     O meu amigo ia jogar contra o “Cabeça de Série” número 6.

  Na minha vez de jogar, joguei contra o Tobias – que agora treina aqui no CAD. Foi-se repetindo, até que eu e o Diogo chegamos à final.

Era a melhor de três setes! Eu ganhei o primeiro Tiebreak. Ele ganhou o segundo, até que nós chegamos “a tudo ou nada”, por isso ficamos como se fosse para bater bolas porque nós não queríamos falhar!

Mas até que o Diogo ficou lesionado: fez um serviço e caiu mal. Eu, como reparei nisso, parei o jogo e fui dizer ao Árbitro. O Árbitro, como estava interessado nisso, pediu às  fisioterapeutas para lhe curarem o pé.

   Eu fiquei em primeiro lugar e o Diogo feliz, porque eu parei o jogo e não me aproveitei de ele estar lesionado, deixou-se perder.

A minha Família ficou feliz, porque eu fiquei em primeiro lugar e fizemos uma grande Festa!

FG6B