Bullying: o que é e como combatê-lo.

bullyingImage par Wokandapix de Pixabay 

     O Bullying é uma forma de relação que não é adequada.

    Pode acontecer que algumas pessoas se juntem todas e batam  num rapaz ou podem chamar nomes não adequados ou deixam a pessoa de lado.

     Na minha opinião, o bullying pode começar de várias maneiras: por exemplo, um rapaz – o líder do grupo – diz a outro:

     – Faz-me já os trabalhos de casa, senão, amanhã, eu vingo-me!

     Podemos ajudar um rapaz mais novo a proteger-se ou então a fazer justiça pelas próprias mãos e enfrentá-los.

    Outra possibilidade é recorrer aos Adultos, como por exemplo, o Professor de Matemática ou a Diretora de Turma.

LR6A

Carnaval: Festejar a Imaginação

carnavalImage par growupmidiadigital de Pixabay 

    O que é o Carnaval para vocês?

   Para mim é uma época muito gira em que se festeja a Imaginação.

    Toda a gente vem disfarçada, ou, pelo menos, algumas pessoas.

    No Carnaval, acho que não faz sentido as pessoas não virem mascaradas, porque um dos supostos é fazerem-se passar por uma pessoa que não são e isso, às vezes, torna-se muito engraçado!

     O Carnaval é uma espécie de brincadeira em que toda a gente deve participar, para se divertir.

    Para mim, uma das minhas épocas festivas favoritas é o Carnaval. O Carnaval deixa o clima muito alegre e eu gosto muito de ALEGRIA.

SS6D

Benefícios do Sapateado

     step dance        Image par Dieter_G de Pixabay 

       O Sapateado será aconselhável para os jovens?

      Em primeiro lugar, o Sapateado é aconselhável para os jovens, porque faz bem aos ossos das pernas; na verdade, a partir  dos 30 anos, começamos a perder cálcio e o sapateado ajuda a perder menos.

     Em segundo lugar, o sapateado dá-nos saúde: como diz a OMS, “o desporto faz bem e ajuda a crescer.

    Em terceiro lugar, esta Arte faz gastar as nossas energias, porque nós, adolescentes, precisamos de nos expressar.

    Por todas estas razões, podemos concluir que a prática do Sapateado é altamente aconselhável para os jovens.

SS6D

Celebrar todos os Estilos de Pessoas

Carnaval, balõesImage par Pixaline de Pixabay 

     No Carnaval, celebramos todos os estilos de pessoas e aprendemos a ser outros, mas com o mesmo gosto.

    Aprendemos a ser outras pessoas, mas, ao mesmo tempo, somos nós; então, os nossos amigos, os familiares, os que nos rodeiam, veem-nos com outra aparência, mas gostam à mesma de nós.

     Apreciei umas raparigas que vieram mascaradas de Bebé, um rapaz mais velho que veio disfarçado de Corona Vírus; outro veio de lutador de Sumo; um rapaz que veio de enfermeira com soutien de esferovite e uma peruca loura. Foram estes em que eu senti mais valor, eram bastante originais.

     Escolhi o disfarce de Gótica, porque a minha Mãe é sempre uma inspiração para mim; ela é um bocadinho Gótica, não é assim tanto como eu vim, mas eu gosto imenso do estilo dela; pedi-lhe e ela achou uma boa ideia, até me emprestou a sua roupa e maquilhou-me.

CA5A

Um Sonho dentro de uma Fantasia

cama floridaImage par SilviaP_Design de Pixabay 

     Era uma vez uma menina chamada Joana; tinha o cabelo loiro, os olhos verdes e vestia uma saia azul e uma t-shirt com uma boneca estampada.

    Joana  tinha um mapa debaixo da cama. Ela estava a brincar com bonecas e viu uma luz debaixo da cama. Foi ver o que era, mas, de repente, entrou no mapa e caiu.

     Ela não sabia o que estava a acontecer: viu um monstro que estava a chorar, aproximou-se e começaram a falar; depois tornaram-se amigos e, enquanto falavam, iam andando; o monstro explicou-lhe o porquê de estar a chorar.

     A Joana e o monstro foram para a cidade dele: estava toda destruída, porque uns estranhos tinham destruído a cidade para  terem todo o ouro que ali havia.

     Passado uns dias, eles conseguiram construir tudo de novo. A Joana saiu da cidade e subiu a uma montanha, onde  – ela não sabia – mas viviam lá os estranhos.

      Ela gritou e um dos estranhos foi ver o que se passava: viu-a e queria agarrá-la. Enquanto o estranho tentava agarrá-la, alguém disse: 

     – Maria, acorda, senão vais-te atrasar!

       Então ela reparou que tudo aquilo tinha sido um simples sonho.

SD8D

A Organização do Olho Secreto

o olho secretoImage par janjf93 de Pixabay 

      Era uma vez uma rapaz chamado João que não fazia nada. 

     Um dia, deitou-se na cama e começou a pensar; enquanto estava assim, viu um olho desenhado na parede.

     – E se eu pudesse fazer uma organização Secreta com este símbolo?

    O João ligou aos amigos a perguntar se era uma boa ideia; eles aceitaram, mas perguntaram o porquê de fazer tal essa organização. Conversaram todos entre si e decidiram que iriam fundá-la para apagar os incêndios. Todos eles fizeram a tatuagem de um olho na perna.

    Passaram nove anos, já estavam mais velhos e, quando repararam, havia cada vez mais incêndios. E porquê? Eles não sabiam; só um elemento do Grupo sabia, porque quem os tinha causado era ele.

    Estava farto da Organização. Usava uma lanterna especial que todos tinham para detetar incêndios. O Sol apontava para o vidro da lanterna e ele provocava o fogo. O João começou a desconfiar dele.

    Numa noite, foi a casa dele e perguntou à Mãe onde ele estava.  – Saiu de casa, foi ter com uns amigos.

   Perguntou então à Mãe se podia entrar no quarto dele para ir buscar um livro. Viu, na secretária, o Mapa onde estavam marcados os locais onde tinha havido incêndios e onde iriam haver.

    Levou o Mapa consigo, ligou aos outros elementos de todo o Grupo a dizer que tinha encontrado quem causava os incêndios. Como viram no Mapa qual o incêndio seguinte, foram lá ter, mas o rapaz não estava.

     Então o João e os amigos voltaram para casa. Na manhã seguinte, todos se juntaram e falaram com ele para sair da Organização. […]

   A Organização do Olho Secreto permaneceu durante anos e anos.

SD8D

A Rapariga Pequena e os Sonhos Grandes

amigasImage par Мария Ткачук de Pixabay 

     Num belo dia de sol, uma rapariga pequena foi para a escola: era “o seu primeiro dia”.

    Quando ela chegou à escola, todos eram altos e ela era a mais pequena da turma. Os rapazes começaram a gozar com ela, por ela ser pequena. Ela chamava-se Joana e tinha 15 anos, mas começaram a chamar-lhe de “Minorca”, sem saber sequer o nome dela.

    Passado algum tempo, uma rapariga começou a dar-se com ela, e à medida que foram ficando amigas, a Joana parou de ouvir o que os outros diziam sobre ela.

    Um dia, convidou a sua amiga para ir a casa dela. E quando elas estavam a falar, a Joana contou-lhe muitos segredos em que ela não sabia se conseguia acreditar.

    Um deles era que ela ia-se mudar. Com o correr do tempo, foram contando os segredos uma à outra, passearam juntas e a Joana acompanhou a amiga até casa.

    No regresso, enquanto a Joana estava a vir para sua própria casa, teve uma ideia para fazer uma surpresa. Seria os pais mudarem de ideias para que ela ficasse. 

     Fez uma caixa com chocolates e fotografias lá dentro, um postal e uma cartão a explicar o porquê de ela não poder ir. Ligou aos pais e ficou 2 horas a convencê-los.

    Conseguiu! O mais engraçado é que isto tinha sido tudo um simples sonho da Joana, mas que, passado algum tempo, veio a tornar-se realidade.

SD8D

As Férias Incríveis do Piano Sonhador – I

piano mágicoImage par MasterTux de Pixabay 

     Num mundo misterioso, vivia um piano; pela sua cidade era conhecido como “Piano Sonhador”, pois estava sempre a sonhar com várias ideias, algumas até reais. 

   Um dia, o seu Pai disse-lhe: 

   – Filho, amanhã vamos de Férias.

    Sem saber o que se passava, perguntou-lhe: 

    – Vamos de Férias? Para onde?

    – Para uma casa que aluguei. Fica na praia e tem piscina. Quando soube da notícia, ficou muito feliz e começou logo a fazer as malas.

    No dia seguinte, eles foram de Férias para uma casa lá na sua cidade, quando lá chegaram, começou a explorar e depois foi o jantar. Depois de jantar, o seu Pai mostrou-lhe o quarto…

  Enquanto dormia, sentiu alguma coisa no quarto. Decidiu investigar e encontrou uma Máquina do Tempo.

(Continua)

FM5C

O Túnel Secreto

     túnel secreto

     Image par Prettysleepy de Pixabay

     Um túnel secreto é um sítio escondido e muito longo. Este túnel situava-se numa casa cheia de catos e ligava a velha biblioteca a uma outra diensão.

     O homem que construiu uo túnel foi o DT. MRS queria ler um livro sobre “Como ser um bom Presidente”. Então, foi a casa do seu amigo que tinha a velha Biblioteca.

     Dirigiu-se a uma estante com livros sobre animais, e puxou de um livro de capa vermelha da coleção “Rei Leão”. Nesse mesmo momento, a estante abriu-se, deslizou e ele caiu num alçapão e foi parar ao túnel secreto.

     Então passou para outra dimensão, onde as pessoas eram como fantasmas, sem matéria.

    Ali, ele ficou a ajudar o DT a proteger a cidade dos fantasmas que estava em perigo de ser destruída por caçadores-fantasmas. MRS tentou fugir, mas não conseguiu.

     Foi aí o Presidente da cidade que o deixou, pois já tinha cumprido a sua missão, vencendo os caçadores.

     Ele regressou à Biblioteca e pensou que tinha estado a sonhar.

OA5B

Lidar com o Coronavírus

coronavirusImage by Gerd Altmann from Pixabay

    Perguntas Frequentes como:

      • O que é?
      • Que sintomas ocorrem nas pessoas?
      • Como podemos evitá-lo?

     Neste tipo de vírus, as pessoas mais afetadas normalmente são os idosos e as crianças, porque têm um sistema  imunitário mais fragilizado do que as outras pessoas, ou seja, o coronavírus atinge pessoas com um sistema mais fraco.

    Os coronavírus são uma larga família de vírus, identificadas em 1960, que vivem noutros animais (por exemplo, aves, morcegos, pequenos mamíferos) e que no ser humano podem causar doenças respiratórias, desde uma comum constipação até pneumonias. Podem transmitir-se entre animais e pessoas. A maior parte das estirpes de coronavírus circulam entre animais e não chegam sequer a infetar seres humanos.

   Pensa-se que o coronavírus é uma “gripe” que se gerou de uma cobra, na China.

   Foi no dia 31 de dezembro de 2019 que a Comissão Municipal de Saúde de Wuhan, na província de Hubei, reportou 27 casos de uma pneumonia de causa desconhecida.

  Passados uns dias, no dia 9 de janeiro de 2020, o Centro de Prevenção e Controlo das Doenças da China informa que um novo coronavírus, agora denominado cientificamente de Covid-19, foi detetado como agente causador de 15 dos 59 casos de pneumonia.

   Até à data, o surto continua em investigação. O vírus já se espalhou pelo mundo. Há já mais de mil vítimas mortais e dezenas milhares de infetados.

   Os sintomas reportados por doentes infetados com o 2019-nCoV são habitualmente febre, tosse e falta de ar. As complicações como pneumonia e bronquite têm surgido sobretudo em doentes idosos ou com outras doenças crónicas que diminuem o seu sistema imunitário. O Centro de Prevenção e Controlo das Doenças (CDC) considera que o tempo de incubação do vírus pode durar entre 2 a 14 dias ou até 24 dias.

   Não existe vacina, pelo que a prevenção passa por evitar a exposição a este vírus. De momento não existem limitações de viagens em muitos países. No entanto, as recomendações de prevenção são as habituais para os viajantes, de acordo com a Direção Geral de Saúde.

   Os viajantes que cheguem de Wuhan, província de Hubei, China, há menos de 14 dias, e que apresentem sinais e sintomas de infeção respiratória aguda, com febre, tosse e dispneia e nenhuma outra causa que explique a sintomatologia, devem:

    Ligar para o centro de contato SNS24 (808 24 24 24), antes de recorrer a serviços de saúde, e referir sempre o histórico de viagens, e/ou contato com animais e/ou pessoas doentes, seguindo as orientações que lhes forem dadas:

– Restrição social

– Lavar frequentemente as mãos com água e sabão

– Adotar medidas de etiqueta respiratória – tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir;

– Deitar o lenço de papel no lixo;

– Lavar as mãos logo de seguida;

– Utilizar máscara cirúrgica, se a sua condição clínica o permitir;

– Manter a qualidade do ar interior, como, por exemplo, as salas de aula bem arejadas.

Pesquisa realizada por Joana P 12º1A

Em Honra dos Namorados

árvore em forma de coraçãoImage par skeeze de Pixabay 

     O dia dos Namorados é um dia para celebrar o AMOR e a PAZ entre os Namorados.

    Não podemos chegar ao pé de um rapaz que acabamos de conhecer e dizer logo a palavra “Amor”: o Coração é que decide. 

       Começamos a repartir o Amor a dois. O tempo de ser Criança é infinito, como o do Amor. 

       O Futuro que os Namorados querem é o que os espera: 

     – Podemos ser diferentes, mas o nosso Amor é único! Confio que o meu Amor está seguro contigo.

declaração de amor

LS5B

O Cavalo Corajoso

cavalo castanho pinturaImage par Vinson Tan ( 楊 祖 武 ) de Pixabay 

     Era uma vez um cavalo muito corajoso; chamava-se Erva. Ele vivia num campo, com muitos outros cavalos e era o líder.

  Um dia, estava tudo normal, mas, de repente, uns homens começaram a laçar os cavalos com cordas. Levaram imensos cavalos para os estábulos de uma quinta próxima.

   No dia seguinte, o Erva e mais alguns cavalos tiveram a ideia de os ir salvar; então eles foram, durante noite, silenciosamente, até aos estábulos. 

   Quando entraram, encontraram logo os outros cavalos. Depois, abriram os portões.

   Entretanto, os ladrões de cavalos, na casa da quinta, viram o que estava a acontecer e foram atrás dos cavalos. Estes começaram a fugir a galope seguindo o Erva.

   Quando os cavalos chegaram ao campo, esconderam-se atrás de arbustos e, quando os ladrões passaram, não os viram. Então, seguiram em frente.

   Quando o Erva já não os via, chamou os companheiros; eles saíram dos arbustos e foram ter com a sua manada selvagem que vivia livremente nas encostas das montanhas rochosas. 

CA7A