CAD em Isolamento – Sobre a Experiência Digital

Ferramentas Digitais

toolsImage par kirillslov de Pixabay 

O Classroom com Tarefas  – Não deve continuar, porque senão os “Sôtres” enchem-nos de tarefas gigantes, e ainda por cima com as aulas presenciais! Mas se vão ser menos testes e se fizermos as tarefas todas e vamos ter pontos nas tarefas, então pode ser.

Google Docs e/ou Google Slides – Prefiro usá-los assim,  ganhei um bocadinho de velocidade no computador. É mais uma coisa com peso.

Escola Virtual – Vale a pena continuar, porque as tarefas são mais fáceis e estou com o objetivo de ganhar os prémios todos de lá, já recebi 8 medalhas. Em cada medalha diz o que se ganhou.

Aulas ZoomO ponto positivo das videoconferências é que se torna mais fácil e consegui subir as notas. O ponto negativo é que a ligação da net é frágil, o som trava muito e a imagem falha.

2. A Qualidade da Aprendizagem

learningImage par Oberholster Venita de Pixabay

   Nas aulas Zoom

    Se para o ano vamos rever a matéria deste ano, algumas pessoas não vão mostrar que aprenderam, pois não estão atentas nas aulas; na verdade, não dá vontade de estar lá, mas de estar no telemóvel. Eu gosto mais das aulas presenciais.

   Nas Tarefas 

   Sinceramente aprendi um bocadinho, não sei é se preferia passar de ano estando na aula, mas acho que se estivesse na escola podia não passar de ano. Isto que aconteceu foi a meu favor, só tenho uma negativa até agora, que é a Francês; progredi em relação ao 1º Semestre.

     Comparação entre o Sistema de Tarefas e o Sistema de Testes

  Os “Stôres não ensinam enquanto estamos a fazer as Tarefas, enquanto que, na sala de aula, a Professora está a explicar e ajuda-nos a compreender o que estamos a fazer. No sistema de Tarefas temos de fazer sozinhos. Este Sistema tira-me o stress e faz com que eu aprenda melhor. Tem um ponto mau, pois como nunca temos de recordar o que aprendemos, como fazemos no sistema de testes, acabamos por esquecer mais facilmente.

Conversas na Oficina – LJ7A

CAD em Isolamento – Aprender com Ferramentas Digitais

Image par Alexandra_Koch de Pixabay

Avaliação do uso das Ferramentas Digitais

1.1. O Classroom – gostei, os professores podem enviar os tpc;  é uma forma de comunicar  com os professores; ajuda-nos  a saber os horários certos.

1.2. Google docs e Google Slides – Eu prefiro o google slides. É mais fácil de fazer os slides do que escrever texto no docs.

1.3. Os Tutoriais – São uma forma fácil de aprender, de estar com atenção.

1.5. Escola Virtual – Vale a pena, se as pessoas esqueceram os cadernos ou os livros na Escola. 

1.6. Aulas-Zoom – Gostei, mas às vezes, cai a internet. É melhor do que as aulas presenciais, pois não tem tantas distrações com os colegas. Os alunos da minha turma ficaram mais calmos.

A Qualidade da Aprendizagem

   

Pickrepo.com

    Sinto que aprendi. É melhor o sistema de Tarefas porque temos de saber eventualmente, na hora, e vamos exercitar melhor o nosso cérebro para aprendermos mais coisas.

Sugestões para 20-21

    Nos podíamos fazer tarefas para toda a matéria da semana. Nós aprendemos a matéria, numa semana, para depois, no fim de semana, recebermos um texto que tem todas as matérias que nós tínhamos aprendido na semana. E alguns exercícios de revisão. A cada 4 semanas, podemos parar uma,  para ser dedicada só a Tarefas de Revisão.

Conversas na Oficina – ZH6D

CAD em Isolamento – Por Uma Aprendizagem de Qualidade

Uso das Ferramentas Digitais

ferramentasImage par 200 Degrees de Pixabay 

     Tarefas com o Classroom – Gostei de usar o Classroom, é mais fácil de irmos ver os trabalhos que temos de fazer;   na Escola, mandam os TPC pelo caderno, e depois nós podemos fazê-los, mas se formos ao computador, podemos lembrar-nos mais facilmente. Às  vezes não tinha o livro, não podia fazer a tarefa.  Gostava de continuar a ter um Plano Semanal de estudos com as tarefas e as matérias que vamos dar.

Google docs e Google Slides  Não achei muito bem; dificulta mais a escrever; não há trabalho manuscrito, tens que mexer nas teclas; mas, por outro lado, é bom, porque aprendemos alguma coisa: a usar as ferramentas digitais.

  Tutoriais São bons, ajudam um bocadinho mais nas Tarefas que depois os Professores mandam  fazer. A 1ª vez ouço e vejo de seguida os  Tutoriais; depois, ao fazer a tarefa, se não me lembrar de alguma coisa, vou ao Tutorial e vejo outra vez.

   Escola Virtual Achei um bocadinho mau, porque, muitas vezes, não conseguia entrar. Por outro lado, as pessoas, às vezes não conseguem enviar os trabalhos por Classroom ou não há e usam a Escola Virtual.

    Aulas Zoom Ao início, achei difícil, depois adaptei-me. Quando estou muito tempo à frente do computador, fico com dores de cabeça. Na sala de aula, qualquer aluno pode ser chamado a responder, aqui, só responde quem quiser, e o aluno pode estar noutro separador, com outra atividade.

Qualidade da Aprendizagem

Image par Coffee Bean de Pixabay 

     Nas aulas presenciais aprendo melhor, porque se tiver uma dúvida, o professor pode responder logo; também temos mais convívio social. Nas aulas digitais, por exemplo, se tiver uma dúvida e for dizer ao “Str.”, podemos ter uma falha de internet e não conseguir comunicar.

    Com as Tarefas sinto que aprendi um bocadinho. O sistema de Testes é mais difícil que o Sistema de Tarefas, porque nestas podemos ir ao Google ou ao Livro, enquanto nos testes temos de estudar para tirar boa nota. Prefiro os testes: dão-me curiosidade. Fico ansioso quando o professor diz que vai entregar, para ver a nota que vem.

    As Tarefas foram  em muito mais quantidade, porque havia poucas aulas, ao contrário dos TPC, que antes eram muito menos, por causa do dia letivo ser tão comprido. No Sistema de TPC, a Aprendizagem tinha mais qualidade.

Sugestões

    Podemos utilizar um Método Misto: aquilo que podíamos salvar do Sistema Presencial eram os tpc, as aulas presenciais e os testes; do Sistema Digital, podíamos aproveitar as Aulas-Zoom e o Classroom. Se não pudermos estar todos na sala, uma semana ia metade da Turma, outra semana ia a outra; uma semana, uma metade ficava nas Aulas Presenciais e na otura semana ficava nas Aulas Zoom.

      Perspetiva de Férias no Nobre Reino da Agricultura

    Temos Vacas leiteiras para cuidar e vacas normais; temos novas plantações para tratar: alfaces enormes, tomates, pepinos, melancias, bróculos… Às 6h 30 da manhã, levanto-me para ir regar dia sim dia não.

Conversas na Oficina – TS6D

CAD em Isolamento – “Instinto de Aluno”

1. Aplicações Digitais

digital toolsImage by Gerd Altmann from Pixabay 

1.1. Classroom – acho que é necessário continuar com o Classroom para o próximo ano; dá-nos muitas informações ao mesmo tempo, como por exemplo, os trabalhos da turma com as suas datas, as orientações que os professores nos querem dar no stream… o meu Pai acha que não faz sentido os profes mandarem para o gmail o link das aulas e outros mandarem para o classroom. Eu prefiro pelo gmail.

1.2. Google Docs e Google Slides Gostei dos dois, porque as pessoas que não têm caderno ou materiais podem fazer pela net. Eu gosto de teclar. Quando era pequena, fazia de conta que era uma doutora, às vezes gostava de cuidar das bonecas, fingia que estavam feridas e cuidava delas.

1.3. Escola Virtual – Vale a pena para aprender, na minha opinião é a que vale mais, é a que me ajuda mais nos estudos, tem sempre alguma solução, como por exemplo, vídeos a explicar a matéria.

1.4. Aulas-Zoom – Acho que valem muito a pena, porque, primeiramente, conseguimos ver as pessoas, interagir com os amigos, com os professores, com toda a gente. Um aspeto negativo foi: imagine que queríamos falar, não há possibilidade! Sinto falta de todos os alunos não terem tanta liberdade para falar. Só falávamos nas salinhas de trabalho. Devíamos poder escolher as pessoas com quem queríamos estar no intervalo e fazíamos reuniões no Zoom.

2. Avaliação da Aprendizagem 

Image by muhammad rizky klinsman from Pixabay 

2.1.  Acho que a Aprendizagem é mais difícil, não tem nada a ver com a aprendizagem presencial; antigamente já tinha dificuldades a a aprender porque me distraía rapidamente e agora ainda está pior, porque, da forma como estamos habitualmente, não temos instinto de aluno, começa-se a olhar para algo e distraímo-nos; eu começo a tocar no telemóvel, como os professores não veem. Na Escola presencial devíamos ter horários menos longos para podermos fazer as nossas Tarefas e convivermos.

2.2. Sistema de Tarefas versus Sistema de Testes Gostava de continuar com os testes; nós, agora, podemos pesquisar na net as respostas ou consultar os manuais e assim não aprendemos tanto como com os testes. No Brasil estão a fazer testes virtuais, os professres mandam o trabalho e têm uma hora para fazer. 

   Senti que aprendi com as Tarefas; com as que percebi; apesar de algumas, não as percebia, mas à medida que ia buscar as resposta s à net, também decorava.

  Com os testes aprende-se bem mais, pois é preciso explicar cálculos, dar mais provas de que fomos nós que fizemos, é mais difícil, o que é bom, porque assim temos a certeza de que sabemos. Os alunos importam-se: “Ah, não sei a matéria”. Fico preocupada, porque senão passava para o ano seguinte e sentia-me mal, em não conseguir saber as coisas do ano anterior.

    Sugestão: Ver as minhas Colegas! Passar duas semanas na casa grande de uma amiga que vai mudar, somos 3 amigas!

Conversas na Oficina SS6D

CAD em Isolamento – Ferramentas Digitais e Aprendizagens Novas

1.Aplicações Digitais

digital toolsImage par ZeroTolerance de Pixabay 

     1.1. Tarefas na Classroom – Sinto que foram boas, porque estavam organizadas por disciplinas, com todos os trabalhos e suas datas, bem como, se um aluno tivesse trabalhos em atraso, podia recuperar.

    1.2. Google docs e G. Slides – Não são muito importantes, porque podemos fazer esses trabalhos em word ou no caderno, e tirar fotos. O Google docs é importante para os professores que não compreendam a letra dos alunos.

   1.3. Escola Virtual Gostei muito, é uma boa ferramenta, porque vem primeiro a matéria a explicar e só depois podemos resolver os exercícios.

  1.4. Aulas-Zoom – Acho que eram muito melhores as aulas presenciais; o professor controla melhor, os alunos em casa estão mais livres, nós podemos estar a fazer outras coisas. Eu conseguia estar mais ou menos atenta, dependendo das disciplinas. Por exemplo, nas aulas de Português e de Inglês eu consegui estar atenta, porque no décimo ano preciso dessas duas disciplinas para o que quero seguir, portanto faço um esforço.

     2.Qualidade da Aprendizagem

Image par 200 Degrees de Pixabay 

      Prefiro os trabalhos com este sistema de tarefas. Com o sistema de testes, nós estudávamos, podíamos saber muito bem a matéria, mas por exemplo, podia algo correr mal, nós tínhamos estudado muito, muito, mas não tínhamos a nota esperada.

  Com os trabalhos em tarefas, é muito melhor, porque a pessoa pode estudar e vai consultando, vai estudando ao seu ritmo. Pode ser muito trabalho, mas aprendo mais assim.

Conversas na Oficina – MC9C

CAD em Isolamento – Aplicações Digitais e Qualidade da Aprendizagem

Aplicações Digitais

digital learningImage by Arivle One from Pixabay 

     A minha Apreciação do uso das Aplicações Digitais durante a fase de Isolamento – Classroom, Zoom, Escola Virtual, Gmail:

   O Classroom é útil para enviar trabalhos, conseguimos controlar, é melhor para nos organizarmos, o feedback é útil, pode-se enviar dúvidas aos profes e receber respostas.

    As Aulas-Zoom adaptam-se bem para falar; consigo estar com atenção, distraio-me menos. E é mais fácil para os profes controlarem.

    Não usei muito a Escola Virtual: é útil para ver vídeos ou os manuais. Se não sei do meu caderno, vou lá.

    Gmail: não foi muito útil, ao início não entrava nas aulas-Zoom pelo Classroom, mas agora já me habituei.

Qualidade da Aprendizagem

como aprendiImage by Oberholster Venita from Pixabay 

    Não aprendi muito, preferia aprender nas aulas. Nas aulas presenciais, os Professores estavam sempre a perguntar e a rever matéria, enquanto que, nestas aulas, eles dão a matéria, mas temos menos aulas, não dá para “digerir” as matérias.

   A pessoa aprende mais numa aula presencial do que numa virtual. Temos testes, estudamos mais, agora é um bocado mais livre. Como as pessoas vão estudando para os testes, concentram-se naquela matéria, agora esquecemo-nos. 

Quanto ao conforto dos TPC 

shcool

Image by OpenClipart-Vectors from Pixabay 

    É melhor fazer nas aulas, há pessoas que verificam e tiram as dúvidas, temos menos tarefas, é menos preocupante. Alguns alunos fazem na hora, assim não tenho de fazer depois e preocupar-me com isso.

Sugestões

   As aulas online podem ser ao mesmo tempo que as aulas em presença, estando metade das turmas online, a seguir a aula real pelo Zoom. Também podia haver aulas só de manhã, para evitar o refeitório e depois, à tarde,  já podia ser outro turno.

  A Marina, na Biblioteca, podia contar quantas pessoas entravam, e todas punham luvas à entrada. Também se podem desinfetar os teclados de computador.

Autovaliação Oral da Aprendizagem Digital  – MA6B

 

CAD em Isolamento – Preparando o Ano Letivo 2020/21

net tree

Image by Gerd Altmann from Pixabay  

  Aplicações a Manter no Trabalho do Novo Ano

   Uma aplicação que usamos agora, o Classroom, ajudou-me a aprender: há datas a dizer quando se deve entregar as tarefas, o que facilita a nossa organização.

   Quando vamos buscar material levantamo-nos; se usamos o Classroom no tablet, é mais rápido, a própria diversidade dos modos de realizar as tarefas, alternando entre o manual e o digital, torna o trabalho mais leve.

     O Google Slides dá muito jeito para preparar as apresentações: ajuda a dividir o que estamos a criar em partes pequenas e a descobrir como elas se ligam.

   Um outro aplicativo que comecei a usar mais foi o G-Mail, quando recebemos os e-mails dos Professores, a dizer “Muito bem” ou um link para uma aula, ou a marcar um trabalho…

Estratégias de Trabalho a Manter no Novo Ano

back to schoolImage par Oberholster Venita de Pixabay 

   Senti-me com mais atenção às aulas. Na sala tens muita coisa para distrair e aqui não, estás em casa. E já não existe aquela desculpa “Ah, não quero ir às aulas” – agora estamos sempre em casa.

   Gostava de continuar a receber mails dos professores, fazer os tpc com as minhas amigas, de continuar a trabalhar no classroom.

   Sugestão para Avaliações: o professor manda um anexo com uma ficha para fazermos, como nos formulários Google e nós depois fazíamos sozinhos.

Conversas na Oficina – CM6C

CAD em Isolamento – O Meu Estudo na Quarentena

1.Aplicações Digitais

educational toolsAuthor: edsys (pixabay.com)

1.1. ClassroomGostei muito quando comecei a aprender como era, ajudou por ter os links das aulas; agora tenho o calendário ou agenda no Google e entro diretamente por aí.

Temos os trabalhos todos ali, é uma forma fácil de enviar os trabalhos para os professores; está bem organizado com o “Para Fazer” que indica os que não têm data de conclusão, os que já fizeste, os que ainda não fizeste e os que estão para fazer.

1.2. Google Docs e Slides Já usava antes, mas desta vez usei mais o Google Docs, em vez de tirar foto, envio diretamente. O Google slides não é tão prático e não tem tanto espaço.

1.3. Escola Virtual Não gostei muito, achei um bocado complicada, mas gostei de ter lá os manuais, um dia não encontrei o manual e tive de  fazer lá. Volto a fazer exercícios que estão no manual, não os da Escola Virtual.

1.4. Aulas Zoom Achei que são boas aulas, não é preciso muita internet, como os profes conseguem partilhar a tela, até ajuda, podem mostrar o manual, vídeos… achei a parte mais útil deste semestre. Não tenho dificuldade em concentrar-me nas aulas zoom.

2. Qualidade da Aprendizagem

learning

Flickr.com Author: Denise Krebs

    Sinto que aprendi. Concentrei-me mais e melhor, pois, como não há pessoas a fazer barulhinhos, a bater na mesa ou no corredor a fazer barulho. No Zooom não há barulho de fundo, os colegas não falam entre si para saberem como está a vida do outro.

    Com o sistema de Tarefas, foi parecido com os tpc mas em muito mais quantidade. Sinto que aprendi muito e ficou muito mais fácil aprender.

    O Sistema de Tarefas  é mais fácil do que o Sistema de Testes; neste, as pessoas estão mais stressadas, nas no Sistema de Tarefas falta o momento de rever e recordar.

    Desejo um Bom Verão para todos e que ninguém adoeça com o Coronavírus e toda a gente consiga superar esta crise.

Conversas na Oficina  – AV7C

CAD em Isolamento – A Avalanche – III

avalanche iiWikimedia Commons Author: Loutherbourg    

   – Olá , eu sou a Zlina Lumni Plack Bilavia. Mas podes chamar-me Zlina e fiz doze anos há duas semanas.

   – Olá, Zlina. Eu sou a Érika Jasmina Tordil Laurin Blotsk. Mas podes chamar-me Érika. Eu também tenho doze!

  As duas entraram e Zlina mostrou-lhe a casa. Por mais que parecesse pequena vista do lado de fora, na realidade, a casa era enorme.

   O interior das paredes de gelo espesso criava um ambiente muito acolhedor para os Nebs. Entrava-se pela cozinha de paredes cor de gelo, um branco levemente azulado, onde mesmo os eletrodomésticos eram feitos de neve endurecida.

    Uma sala ampla,  iluminada por uma lamparina grande, de vidro transparente, suspensa no centro do teto, e outras pequeninas, sobre os móveis, onde ardiam chamas vivas, de um laranja avermelhado.

     Havia sempre uma lamparina de reserva em cada quarto, pronta para ser acesa e levada de um lado para o outro quando fosse preciso.

    Uma mesa de jantar com 6 cadeiras, dois sofás, entre os quais uma pequena mesa, utilizada para jogos de família, tudo no mesmo branco azulado. Não havia jogos eletrónicos, tv ou computadores. Os Nebs utilizavam o seu tempo disponível a conviver uns com os outros. Só havia um telefone antigo para emergências, onde vivia o Chefe e outro no hospital.  

     A Sala ficava ao centro da casa e dava acesso aos 4 quartos, cada um com a sua casa de banho; um dos quartos correspondia ao dos pais da Zlina, outro do irmão de cinco anos, outro era o dela e ainda um onde a Érika iria ficar.

   Em todas as casas de gelo, cada quarto incluía uma saída de emergência, que ia desembocar no mesmo local resguardado e fortalecido, para, em caso de invasão, se poderem refugiar.

    O mobiliário dos quartos era simples: uma cama, uma secretária com uma cadeira e um armário, do mesmo branco levemente azulado.

  Entretanto, os pais de Zlina chegaram do Parque de Gelo com o seu irmãozinho.

(Continua)

IM8B

CAD em Isolamento – Um Cavalo Diferente

horseImage par Mrs Hall de Pixabay 

     Olá, chamo-me Benedita e tenho equitação. Adoro cavalos e também adoro montar. No início das aulas, antes de ir montar, gosto de preparar o cavalo para a aula. No fim da aula, dou-lhe sempre duas cenouras.

     Num Domingo, quando cheguei ao estábulo, a professora disse:

      – Hoje não vais montar o Garibaldi, vais montar a Vip.

      A Professora disse que  a Vip era excelente no picadeiro, mas que também era um pouco macaca, porque não fazia aquilo que nós dizíamos , tentava sempre fugir.

   Quando comecei a montar, fui para o picadeiro coberto, porque estava a chover. Mas não consegui ir, porque estava cheio de gente; por isso fui para o picadeiro ao ar livre.

        Comecei por dar uma volta ao picadeiro todo, para poder começar a trote. Assim que comecei o trote, fiz trote levantado; depois, para trocar de mão, fui em diagonal até à outra ponta do picadeiro.

     A minha Professora disse que eu tinha de me preparar para saltar. Continuei a trote, até chegar a uma ponta, para o cavalo conseguir preparar-se para o salto.

      Quando a minha professora disse “ – Posição de Obstáculo!” – eu pus-me em posição de obstáculo para poder saltar. Depois, continuei a dar voltas ao picadeiro e saltei mais cinco vezes.

    A minha professora disse então para começar a galope, mas eu não estava a conseguir, porque em vez de fazer trote sentado estava a fazer levantado; à quarta vez, consegui!

    Acabei a minha aula, fui até à box da Vip, desmontei, dei-lhe duas cenouras e fui ter com a minha Mãe para ir embora. 

BB5C

CAD em Isolamento – À Beira da Liberdade

Estes dias vividos…

Image par PIRO4D de Pixabay 

    Quando começamos a Quarentena foi difícil, porque nunca tínhamos experimentado uma coisa assim tão diferente.

     Ao início, pensava que não ia fazer aquele esforço para sair de casa, que ia ficar tranquila aqui, mas, a certa altura, comecei a ficar muito stressada e a querer sair de casa.

    Já saí algumas vezes, fomos comer pão com chouriço a uma rulote…

 Abrir os Braços às Férias…

unicórnioImage par Kaitlyn Millet de Pixabay 

    A Mãe e eu podemos ir para o jardim do prédio, fazer um bolo, dormir bem, sem limites, ver um filme na Netflix, desenhar e pintar, arrumar o quarto, regar as flores.

    (Um dia, estava sozinha e o Tobias subiu para cima das plantas e deitou um vaso abaixo…)

   Também posso gozar a companhia do Tobias, tentar fazer coisas novas, como por exemplo, andar a cavalo, criar um diário de recortes e ainda as sugestões da Mãe.

Por um novo ano letivo “digital-presencial”…

   Tenho expectativas : aprender Espanhol e Inglês; contar estrelas em Físico-Química na imensidão dos céus; aprender a desenhar e a pintar pessoas; receber feed back dos Professores; aventurar-me mais na escrita.

Questões que surgem no coração…

heartImage par Martin Eklund de Pixabay

    Por que é que nós estamos no Planeta Terra, se vamos morrer? Por que é que nós morremos? Para onde vamos?

     Quando estamos a ler um livro, pensamos que a pessoa está mesmo ao pé de nós…

 Aprendendo a Viver em situações sempre novas…

Image par Annalise Batista de Pixabay

     Enquanto estivemos aqui todo o tempo, poluímos muito menos; em vez de testes, tarefas: ficamos mais autónomos com as nossas tarefas e conseguimos aprender mais por nós.

    Se continuarmos aqui dentro, aprendemos e não poluímos, mas em vez de estarmos em casa fechados, podemos alternar com as aulas e ir à Escola para ver e estar com as outras pessoas.

     A máscara é sufocante, mas protege-nos à mesma.

 Criação Oral de Texto CM6C

CAD Em Isolamento – Um Pessoa Que Admiro: MESSI

messiImagem de YaNiS2017 por Pixabay 

    O Lionel Messi joga no Barcelona, já há muito tempo. É Sul Americano, é rival do Cristiano Ronaldo em corrida e em botas de ouro; ele recebeu a sexta bota.

     Já fez  400 golos na liga Espanhola!

   É o melhor jogador do mundo: Messi é quem tem mais drible e mais efeito na bola para dar a curva. Quando for mais velho, vai ser um Neymar, porque ele ainda é novinho.

   Fez o melhor golo da UEFA!

   Até já aconteceu os fans invadirem o campo de jogo para tirar selfies com ele.

   Admiro o jogador Messi, porque ele corre muito, é muito rápido e quanto ao efeito da bola que ele dá, estou sempre a treinar aqui em casa para conseguir esse efeito: é uma inspiração.

Tarefa para Português: “Uma Pessoa que Admiro” LR6A

CAD em Isolamento – Carta ao Futuro Eu

    carta ao futuro

Image by Gerd Altmann from Pixabay 

           Querida J,

      Sou tu, quando tinhas onze anos, em 2020.

      Acho que o meu mundo, quando me leres, já não vai ser o mesmo. Já tens 17 anos.

      Não deves ser muito alta, mais de média estatura, como o comprimento do teu cabelo. Deves usar lentes de contacto, usar roupas desportivas, outras muito femininas, uma mistura de estilos.

     Espero que tenhas tido boas notas no Secundário e os exames nacionais tenham corrido bem. Sei como tu és, sei que gostas de te aplicar, que fazes histórias criativas quando tens inspiração, sei que os teus pontos fortes são História e Francês, que é a melhor língua para aprender ballet.

   De certeza que ainda adoras andar de patins, como quando tinhas onze anos. Sei que ainda andas no Ballet e que já fazes pontas, espargatas, cambré, pli …

  Pergunto-me se terás projetos sobre cursos de ballet…

   Talvez já tenhas um namorado: mereces que ele seja muito leal, compreensivo e meigo. 

   Sei que a tua relação com os amigos é muito boa. Espero que ainda continues a falar com os meus amigos atuais, os amigos do 6º ano, e os amigos das tuas escolas antigas.

Tarefa para EMRC: Carta ao Futuro Eu – JV6B

CAD em Isolamento – Uma Pessoa Que Admiro: Selena Gomez

  selena

   Flickr.com Author: Tatiana T

    Escolhi a Selena Gomez porque algumas das mnhas canções preferidas são dela “ Lose you to love me”, “ Look at her now”, “Wolfs”, “Feel me”, “Back to you”. A minha série preferida é “Os Feiticeiros”. 

    Admiro-a por ser uma pessoa que enfrenta os seus medos, enfrenta as pessoas que não gostam dela, é corajosa.

   Tem uma voz muito boa: já vendeu mais de 128 milhões de discos. É uma jovem muito bonita; é uma pessoa simpática: nos concertos do Youtube, logo no início,  deixa as pessoas cantarem no microfone.

    Selena é uma pessoa solidária: trabalha com a Unicef a favor da infância desde há muitos anos; fundou a associação “Trick or Treat “em que as crianças ajudam outras crianças desfavorecidas; visita hospitais de crianças e é  embaixadora da Unicef. 

    Em 2018 foi nomeada uma das dez maiores artistas femininas da época. Os seus estilos musicais são o pop e o dance-pop. Quando adolescente recebeu o título de “Princesa do Pop Adolescente”

Tarefa de Português: “Uma Pessoa que Admiro” – JV6B

CAD em Isolamento – As Pandemias na História -II

5 – Gripe Espanhola

segunda onda

wikimedia.org

   Também conhecida como a “Mãe das Pandemias” – a peste negra é o pai, o filho é o corona, o irmão é a quantidade de gripes que existem.

    Tudo começou nos EUA, no Estado do Kansas, quando o exército americano se preparava para instalar-se na Europa. O capitão Joe MacCarter disse: “ É apenas uma constipação” – pensava que dentro de umas semanas iria ficar bem, o que não foi o esperado e a doença provocou mais de 30 milhões de mortos.

    Os encarregados do lixo transportavam os cadáveres que eram deixados ao pé do lixo. Nos EUA, as casas construídas em madeira favorecem o contacto do vírus. Tudo piorou quando, no regresso dos soldados vindos da Guerra, os casos começam a disparar.

    Os Espanhóis é que avisaram o mundo de que havia um vírus desconhecido a provocar mortes. A guerra poderia ter-se prolongado por mais tempo, se a Espanha não tivesse avisado o mundo.

4 – Gripe de Hong Kong

h3n2easebay times.com

     Além de outras 2 Gripes que assolaram a Europa: gripe asiática, durou dois anos, fez 15 milhões de mortos, afetou principalmente China, índia, EUA.

    Causou um milhão de mortos, ainda hoje não se sabe ao certo quais são os sintomas: grande emagrecimento, febre, tosse seca.

3 – SARS

   sars

wikimedia.org

    Esta foi uma doença muito grave, mas nem mil mortos chegou a provocar – estou afalar da Síndrome Respiratória Aguda Grave.

   Causou apenas cerca de 813 mortes, o que significa que não foi uma pandemia grave.

2 – A Gripe das Aves

   gripe das aves

wikimedia commons Virus da gripe aviaria

     Descoberta em 14 de Agosto de 2009, no México,  causou muitas mortes, cerca de 300 mil mortes; embora muito mortífera, a taxa de contágio era muito menor que o coronavírus.

Improviso Oral do Aluno com base nas sua pesquisa pessoal – FM5C

CAD em Isolamento – A Casa Abandonada

   

Image par Layers de Pixabay 

    Era uma vez dois amigos chamados Diogo e Manel, que já se conheciam há algum tempo; para matar as saudades foram fazer um piquenique na floresta.

   Era uma floresta aterradora, mas ao mesmo tempo sabia-se que havia lá um tesouro. Dizia-se que as árvores falavam, eram antigas, de troncos retorcidos, com muitas folhas verdes e lá viviam também coelhos e raposas.

   Aí encontraram uma casa misteriosa, que estava no meio de um lago; acharam tão curioso que quiseram lá entrar; dizia-se que essa casa tinha um tesouro.

 Por isso, eles tentaram tudo para lá entrar. E, finalmente conseguiram. E, finalmente, conseguiram.

  Afinal descobriram que a casa não era abandonada, mas vivia lá uma velhota. Quando soube que os dois rapazes entraram na casa, ficou muito assustada, pois podiam saber o tesouro que estava lá.

     Os rapazes perguntaram à Srª Drummond se ela vivia ali há algum tempo, se já tinha ouvido falar de alguma história sobre a casa ser assombrada ou haver lá um tesouro.

       Ela ficou muito incomodada com as perguntas, mas disse que nunca tinha ouvido falar de nada.

    Os rapazes ficaram muito desconfiados, mas disseram à velhota que iam embora, e que, no dia seguinte, voltavam para descobrir alguma coisa.

     Diogo e Manel não aguentaram e, quando viram que a velhota tinha saído, aproveitaram a oportunidade para entrar. 

     Enquanto estavam a vasculhar, não encontraram nada. Foram-se embora a pensar no assunto; será que não havia mesmo um tesouro e a Srª Drummond estava a dizer a verdade?

MC9C

CAD em Isolamento – Controlar o Coronavírus no Próximo Ano Letivo

Refeitório

lavar as mãosImage by Hatice EROL from Pixabay 

Cuidados a Ter com as Crianças mais Novas

    No refeitório, que é uma parte muito importante, acho que é melhor ir para casa comer.  Torna-se perigoso pois Temos de tirar a máscara.

    Devemos estar a 3 metros de distância de cada pessoa. A tosse pode chegar a um metro, depende da velocidade do ar, pode estar vento. Um espirro pode chegar de 3 metros a 6 metros, pois tira-se a máscara para comer. 

    Também é perigoso não podermos controlar a comida, pois muitas pessoas, quando ainda não estávamos em pandemia, faziam “guerras de comida”, atiravam comida uns aos outros.

    Assim é mais fácil de contaminar o ambiente. Podemos pôr alguma coisa no lixo, primeiro é preciso pôr num saquinho antes, teria de ser de um papel mais resistente, e devemos lavar as mãos antes de deitar ao lixo. 

Cuidados

Nas Salas de Aula, Biblioteca e Casas de Banho 

cuidar antivírus

Image par André Santana de Pixabay

   Na Escola é melhor desinfetar a sala de duas em duas horas. Há duas formas: ou com álcool ou com um produto anti-gordura.

    Ouvimos falar que o vírus tem uma capa protetora constituída por gordura; por isso é que o álcool consegue destruir essa capinha e o vírus então já não pode destruir nada em nós. Um produto normal para gordura vai resolver o assunto. 

   As pessoas devem guardar uma distância segura entre as carteiras e limpar a sua área própria da carteira: para cada um isto é “o meu espaço”, temos de cuidar bem para controlar a situação. Se não cuidarmos não será muito bom.

   Na Biblioteca, é melhor que, quando formos buscar livros ou consultar algum livro, é melhor desinfetarmos e entrarmos com  gorros de proteção,  sacos à volta dos sapatos, pois podemos ter pisado alguma superfície contaminada, e  luvas para protegermos os teclados e os livros.

  Na Casa de banho vai ser difícil. É melhor estar a ser continuamente desinfetada, pois vai ser o sítio mais precoupante da Escola.

    Um dia, quando me senti mal, quase a vomitar, a Lola usou a pistolinha para ver a temperatura.

    Tirar a temperatura a todos os alunos, ao entrarem na Portaria 3, não seria muito útil, porque os sintomas são diferentes em várias pessoas; tanto pode ser uma pequena febre como uma temperatura elevada.

    O coronavírus pode ficar no organismo, durante uma semana ou até mais, sem nenhum efeito. Mesmo assim, o portador contamina os outros

safe distance

Image par Annalise Batista de Pixabay 

     Três coisas muito importantes: máscara, luvas e os sprays de alcóol. Podemos trazer umas pequenas garrafas com álcool e usamos o spray para desinfetar as superfícies que iremsos usar. 

  Talvez com esta situação os alunos mais novos estejam um bocadinho mais controlados, mas podem fazer guerra de pistolas de álcool. 

     Podem ser obrigatório os óculos, mas algumas pessoas não vão ter e se virem as outras, algumas pessoas vão pôr óculos de sol;  mas esses, os professores não vão deixar  Podíamos ousar os óculos de natação, que nos protegem os olhos porque aderem á pele.

    Um policial foi mordido por uma pessoa infetada que estava  bêbada, o Google tem uma amostra da notícia

   Agora o mais importante: no próximo ano, seria talvez melhor ter as aulas por vídeo chamada.

    Se a situação ainda não estiver controlada,  é melhor não ir ainda para as salas fisicamente. Assim será mais fácil controlarmos a situação.

Da Obrigatoriedade das Máscaras

    masks

Image by mohamed Hassan from Pixabay 

     Vai acontecer que, se a situação continuar a piorar, vão culpar alguém; devia haver uma lei obrigatória em que, mesmo nas ruas, se devia usar máscara.

    Há policías que veem as pessoas sem máscara e deixam. Um homem entrou na loja da minha Mãe e começou a dizer que as máscaras não valiam a pena.

    Estava lá uma senhora que começou a gritar com ele e a dizer que tínhamos de usar e cuidar dos idosos.

   Em alguns sítios, como os locais públicos fechados e os transportes, já há leis que obrigam a usar máscaras, senão temos de pagar multa.

    O Governo devia distribuir máscaras gratuitas. Se as máscaras fossem desperdiçadas, também devíamos ter uma multa; devia haver uma lei que obrigasse a usar máscara para sair de nossa casa. Se fosse assim toda a gente usaria a máscara. 

    Estamos numa crise económica, para diluir a crise devemos acabar com esta pandemia o mais rápido possível, para controlar a doença e para recuperar o dinheiro que nós perdemos.

Conversas na Oficina – ZH6D

CAD em Isolamento – Verão 2020 e o Futuro Ano Letivo

stay safe

     Image by Annalise Batista from Pixabay

     O coronavírus provoca a Covid-19, que apresenta sintomas mais comuns: febre, tosse seca e cansaço; sintomas menos comuns: dores de garganta, conjuntivite, dores de cabeça. Sintomas graves que incluem falta de ar, dor no peito ou falta de capacidade motora.

     Nos gráficos de alteração diária, vê-se que atingimos o pico em Abril, com 1516 pessoas que morreram. Ontem. dia 15 de Junho, houve 346 infeções. No Alentejo, não está tão grave como no Norte, confirmados 266 casos sem mortes. Portugal em relação a Espanha, tem muitos menos casos  confirmados e mortes.

Image by Michael Schwarzenberger from Pixabay 

     Espero já estarmos livres antes do Natal, para termos prendas e visitarmos os avós.

   O meu aniversário é dia 20 de Junho, já estou segura que vou ter prendas, embora algumas atrasadas, pois com compras online já se sabe… Pedi uma pistola de cola quente, faz-me tanta falta! Não sei bem o que vou fazer, mas quero muito.

   Queria fazer um colar ou pulseira de missanga, mas as bolinhas não entram nos fios: então ponho um bocadinho de cola quente e as bolinhas ficam presas no fio. Queria fazer colares com pedras que apanhei na praia. 

   Estou mais preocupada com o Natal, espero que esta situação acabe logo, antes do Natal, senão não vai haver prendas, espero que já possamos ir visitar os avós. O Natal é importante, estamos com a Família, os avós vêm cá, temos um jantar com cada avó, uns no dia 24 outros no dia 25.

 face masks

Image by Paula Wood from Pixabay 

   Nas aulas presenciais vamos precisar de máscaras ou das que duram mais do que um dia. 

    Podemos usar uma mais levezinha, que é não assim tão boa, mas ao contrário das cirúrgicas deixa respirar; ou então usamos uma  máscara melhor, com uma bolinha, que permite respirar. As levezinhas dão para lavar mais de 40 vezes e há ainda outras –  que a minha avó nos vai fazer, com corações –  que também deixam respirar.

  Para o ano, podemos fazer os trabalhos no computador, usando o classroom.

     Espero que todos tenham uma boa saúde, pois alguns vivem em apartamentos e não conseguem sair de casa – ainda bem que tenho um jardim, até a minha cadela agradece! O que seria a quarentena para a minha cadela sem jardim? uma loucura! 

   Desejo que todos tenham a possibilidade de viver umas BOAS FÉRIAS!

Conversas na Oficina – CA5A

CAD em Isolamento – My Unforgettable Summer Holidays

   horse riding by the sea

Image par My pictures are CC0. When doing composings: de Pixabay 

    First of all I would go horse riding, in a beach, walking slowly, by the sea.

   Then, I and Sara would go play paintball in the park. It’s so funny!

  After that party, we would make a picnic, have lunch, under a rock, in a sort of natural shelter.

   As my friend Rita is a Surf expert, she is going to teach me.

   In another day, I will spend the whole weekend with my Mom and we will go camping and we will enjoy the beauty of the shining stars.

  At the end of the day, as it would be too hot, we would go Canoeing in a peaceful river.

Criação Oral de Texto – CM6C

70 Anos CAD – Os Olhos Mais Lindos Que Eu Já Vi – (2013)

green eyesImage par Robert Ruggiero de Pixabay 

    A minha Mãe é uma das pessoas com menos paciência que eu já vi, mas também é a Mãe mais gira e carinhosa do mundo!

     A minha Mãe é de estatura média, tem o nariz pequeno e bonito como o meu. Os olhos da minha Mãe são os olhos mais lindos que eu já vi: eles são verdes; a boca é pequena e rosada, os lábios são finos. O seu cabelo parece castanho, é curto e liso.

    A minha Mãe é linda de morrer: é forte, magra e super flexível, porque faz yoga e corre. Adoro quando a minha Mãe usa um vestido cheio de flores!

    Não consigo me esquecer que a minha Mãe gastou quase o seu dinheiro todo só para nos levar para Itália. E foi muito giro!

    Não sei quais os seus projetos de futuro, mas sei que eu, no futuro, pretendo passar mais tempo com ela.

     Eu adoro a minha Mãe, aconteça o que acontecer. Eu daria a minha vida pela minha Mãe.

Teste Sumativo de Maio 2013 – Mell O. 5C em 2013

 Finalista do 12º em 2020