O Poder das Artes

Image par Nanne Tiggelman et AI de Pixabay

Dança

     Quando estou a dançar sinto-me livre, a dança cria passos consoante os sentimentos.

Pintura

     Quando estou a pintar, inspiro-me nas mentiras do mundo, reparo nos desenhos de paisagens, até da nossa mente.

Cinema

     Quando vejo um filme, entro nas personagens e até finjo que estou lá a fazer o meu papel; nos filmes, pode-se pôr o que se entende, pode-se fazer de tudo.

Escrita Livre – O que me faz voar –  FV6C23-24

O Mistério da Pessoa – 4

Image par Merlin Lightpainting de Pixabay

     O ser humano  relaciona-se com os sentimentos; precisa da Família em qualquer momento; precisa de desenvolver o seu corpo para poder dar vida a outros seres; o  ser humano é agradecido a tudo isto. 

   Temos uma dimensão biológica: Sem os nossos antepassados, não estaríamos aqui a fazer os nossos trabalhos e a relacionar-nos.

    Temos uma dimensão social: Ao estarmos com as outras pessoas, sentimos que temos alguém com quem falar, brincar…

    Temos uma dimensão espiritual: Na parte interna de nós próprios, muitas vezes perguntamo-nos sobre o que fizemos,  e até falamos connosco próprios.

Reflexão para o Teste de MoralFV6C23-24

A Vida Interior

     Image par Guilherme Gomes de Pixabay

     A dimensão espiritual é a vida interior do ser humano, a sua capacidade de pensar, a sua vontade livre…

    O ser humano, para conseguir viver, desenvolve-se na Famìlia, com os Amigos, na Escola…

     Nós afirmamo-nos através dos nossos pensamentos e sentimentos que comunicamos aos outros através da linguagem.

     Se não tivéssemos corpo, não exprimíamos as mensagens do nosso espírito.

Reflexão escrita para o Teste de Moral – FV6C23-24

Balanço de Semestre – 6C II

Image par Harshal de Pixabay

      2 Pontos Fortes que desenvolvi:        

        • Este ano, comecei a prestar um bocado mais de atenção às aulas, e com isso tenho gostado muito das aulas de Ciências; temos feito muitas experiências e aprendemos muitas coisas sobre o Corpo Humano.
        • Tenho gostado muito da Banca de Jogos.

 2 Objetivos para o Semestre de Primavera:       

        • No segundo semestre gostava de começar a tirar melhores notas  e alcançar bem os meus estudos.
        • Gostava de conseguir melhorar os meus desenhos, para , quando for grande, poder espalhar a minha sabedoria nas Artes e demonstrar a Vida através delas.

Reflexão sobre a Aprendizagem – FV6C23-24

Situações Inspiradoras

Image par Gordon Johnson de Pixabay

      O que me faz voar é jogar futebol no Estoril-Praia. Sinto-me inspirado quando brinco com os meus amigos S. V. e V. e quando leio comédias. 

   Eu fico inspirado quando vejo jardins e flores para desenhar; também fico inspirado quando vejo poemas de amor. Gosto de brincar e divertir-me; eu nunca fico sem imaginação.

VHC5A23-24

     Em mil Fontes, passeei e fui à praia com os meus Avós e tios: corri, saltei e brinquei  com o meu primo. Li um livro sobre o Alentejo com a minha Avó e estive em Família, a jogar, nos meus anos.

FV6C23-24

     O que me inspira é quando vou brincar com os meus cães para o jardim; o meu cão Bock é um Labrador e o meu cão Hulk é um Jack Russell. Fazem-me feliz; vou para o jardim sempre que me sinto em baixo, e, se me sinto triste, e estiver a chover, eu fico dentro de casa com a minha cadela Tokyo. Ela é muito divertida e atira a bola com o focinho se ninguém lhe der atenção. 

MC7D23-24

     O que me inspira é estar com a Família e os Amigos. O que me entusiasma é jogar futebol sozinho ou com os meus amigos; gosto mais de ser guarda-redes, as minhas equipas favoritas são o Benfica e o Estoril. 

MM6A23-24

     A   situação que me inspira é estar a sonhar e a brincar; aprende-se muita “coisa” com isso. E não só se aprende, há tantas “coisas” além disso, que nos tornam felizes! Eu adoro brincar e estar com os meus amigos. Os meus anos são o dia mais feliz da minha vida!

MC7D23-24

     Uma situação inspiradora pode ser muito ou pouco, como, por exemplo, tirar uma garrafa de plástico do mar e até colocar o lixo no lugar certo; mas, se realmente se quiser inspirar “o Mundo”, então crie uma empresa de reciclagem ou vá numa missão em África.

MC8C23-24