Um Coração Livre

     Pixabay PixaBay License

      Há várias formas de descrever um coração e uma delas é Amor.

      Toda a gente que tem coração tem Amor e também outra forma de descrever o coração é a Vida, porque todo o coração tem vida.

     Como podes fazer com que alguém seja mais ele próprio?

   Inspira e expira: estás a ver todas as pessoas que estão à tua volta? 

     Imagina que vai ser difícil e não vais conseguir à primeira vez, mas quando conseguires, vais ignorar tudo o que as pessoas te chamam de nomes maus, até de mau gosto, vais conseguir ignorar tudo o que tu quiseres, ou não ignorar, se o não quiseres. 

JPA6C

Aos Amigos de Outra Dimensão:

planeta misterioso, coloridoPhoto by Daniel Olah on Unsplash

15 de Janeiro de 2400

     Amigos de Outra Dimensão,

     Hoje, nós iremos tentar, pela 48ª vez, comunicar com vocês. Se virem esta carta de holograma, observem as imagens a passar e, se não perceberem o que estou a dizer, há uma seta muito grande a apontar para as imagens. 

      Espero que as tenham visto. Eu sou humano, tenho dois olhos, duas pernas e dois braços. Tenho mais uma língua, dois ouvidos e um nariz.

       Nós já evoluímos muito desde a primeira carta que mandamos; por exemplo, temos prédios com piscinas na varanda, casas rotativas, carros flutuantes, telemóveis interstelares e televisões em holograma.

      Nós vivemos na Terra, não sei se conhecem, maaaaas, é um sítio muito giro. Às vezes desejo que também tenhamos Paz no Universo e em todos os países…

     Eu espero que vocês estejam em Júpiter, porque temos andado a observar estranhas atividades. Há poucos dias nós recebemos uma mensagem que parecia ser de um Alien com uma voz e linguagem muito estranhas.

      Pensávamos que não conseguíamos quebrar o código, mas  quando conseguimos decifrar, o que dizia, eram vocês a saudar: “Olá”.

     Por isso é que nós enviamos esta 48ª carta, cheios de Esperança.   

                                                                                                                                                                                      JPA6C                                                                

Querido Eu – IV

carta antiga e chave
                                                                          Max Pixel CC0 Public Domain

        Querido Eu

     Gostaria de fazer o bem contigo e de sermos uma pessoa importante no sentido positivo; apoiar os pobres com trabalhos mais bem remunerados.

       Gosto da tua simpatia e do teu sentido de humor: adoro passar tempo contigo.

     Lembras-te de falarmos com os nossos colegas em aulas de Matemática, de irmos a Festas juntos e de procurarmos a mulher da nossa vida?

      Vamos ter dois filhos, um rapaz e uma rapariga. Temos um pai ótimo, temos de ser como ele no Futuro.

     Quando nós temos uma ótima nota e ficamos felizes, fazes-me sentir tão bem!

      Por favor, fica comigo até aos 80 anos no mínimo!

JPA6C

A Bailarina do Sol

bailarina na floresta

     Era uma vez uns meninos que acreditavam numa lenda que se chamava “A Bailarina do Sol”.

     Os meninos pensavam que ela dormia na Floresta, por isso, organizaram  os seus sacos-cama e até um mini frigorífico.

      Pensaram sobre todas as possibilidades  de a bailarina acordar, incluindo a de ela se tornar um monstro.

      Mas quando o tempo chegou, não souberam como, mas o Sol parecia ter caído numa Floresta que era conhecida por ter muita atividade estranha.

       Os miúdos, todos confusos, foram ver nas notícias o que tinha acontecido e viram que o Sol tinha mesmo caído!

      Então prepararam-se e foram para a Floresta. Mal entraram lá dentro ouviram: “- Ajuuuuuda!”.

     Foram a correr e encontraram o que parecia o Sol e só viram uma Bailarina gigante, de ferro, em cima do solo estragado e aberto.

     Quando olharam para a Bailarina, ela olhou-os de volta com um sorriso aterrorizante. Só a gozar, eles encontraram-na e ajudaram-na.

JPA6C