O Melhor Amigo de Infância

  urso em peluche de costas, sentado na relva, com chapéu de palha

 PixaBay License  Image parAlexas_Fotos de Pixabay 

      Quando eu era pequenina, tive o meu primeiro melhor amigo: foi o Nico.

     O Nico é um urso cor de rosa, com uma orelha grande e outra pequena, de olhos pequenos e castanhos, de braços caídos junto ao corpo mas que se podem mexer e a barriga redonda como o nariz.

       Quando o recebi, não parava de gritar de felicidade, abracei-o logo e dei-lhe beijinhos.

      Quando sentia medo, de noite, agarrava-me a ele.

      Quando eu estava triste, a minha Mãe pegava nele, fingia que ele estava a falar e fazia-me rir.

     Quando for adulta, ainda vou dormir com ele. Para mim, o Nico significa um urso que eu hei-de ter para toda a vida.

CR6A

Guigo, um Grande Amigo

ursinho de peluche sentado num banquinho rodeado de relva

      PixaBay PixaBay License

     Eu tenho muitos peluches, mas o meu preferido e um peluche ao qual eu dei o nome de Guigo.  ele é de cor creme, com a barriga acastanhada.

    O Guigo tem as orelhas como dois meios círculos, os olhos redondinhos e o pelo muito macio.

     O peluche foi-me oferecido pelo meu Pai quando eu era bebé. Ele chama-se “Guigo” porque eu chamo ao meu Pai de “Pai-Guigo”; dei esse nome ao peluche para não me esquecer que foi ele que mo deu quando era pequena.

      Quando eu for adulta, eu vou dar o peluche aos meus filhos e espero que eles façam o mesmo.

     O Guigo é o meu melhor amigo, pois posso contar-lhe tudo e eu sei que ele não me vai trair.

BF6A

O Mundo dos Peluches

peluches lendo uma história ilustrada sobre brinquedos animados

   Peluches a Ler . Imagem da Oficina

      Os meus peluches preferidos são três:

  • Choubaka: é castanho, de olhos castanho e muito corajoso.
  • Riscas: é um gato branco com riscas pretas. Tem os olhos azuis.
  • Por fim, o Kikos: um cão muito peludo e fofo, branco, com os olhos verdes. 

      Eu gosto de tê-los no canto do meu beliche, porque me sinto mais confortável. Sem os meus peluches, não sei  o que seria de mim.

     Teria sempre, todos os dias, pesadelos atrás de pesadelos e não  conseguiria dormir, estaria todas as noites acordada e não descansava.

     Quando for adulta, vou dar os meus bebés aos meus filhos, ou, se não tivesse filhos, dava aos meus sobrinhos.  Eu iria ficar muito feliz, porque eu só ia fazer o bem.

     O sentido de haver Peluches é para aconchegar as crianças e para nos sentirmos sem medo durante a noite.

CT5A  

O Melhor Peluche do Mundo

      patinho de peluche amarelo espreitando e sorrindo

   Pixabay PixaBay License

     O meu peluche é o melhor do mundo.

     É amarelo, grande, fofo e muito simpático. Há pessoas que dizem que os peluches são só um brinquedo, mas não, um peluche é um amigo a quem nós podemos  contar tudo e nunca nos vai trair.

      Quando recebi o meu peluche, não lhe liguei muito, mas quando tinha um pesadelo, agarrava-me sempre a ele.

recado ao seu amigo

       Imagem: Oficina de Escrita