Breves Notícias da Vida

silhueta de ciclista que parece voar contra um céu de tempestade
  Bicycle Stunt Bike Sport Biking Jump Action MaxPixel CC0

       Eu sinto-me grato por ter a vida que tenho.

     Às vezes não nos damos conta de que uma garrafa de água é tão importante e nós tornamo-nos dependentes das máquinas.

     Por exemplo: eu fui ao Algarve e fiquei sem televisão durante duas semanas. Quando cheguei a casa fiquei viciado em televisão! Há muitas pessoas que não têm televisão e, às vezes, nós não notamos esses pequenos pormenores.

     Gosto de ver as notícias, porque é interessante saber o que se passa no mundo. Por exemplo: há um Tsunami em França e eu tenho lá família.

     Gostava de fazer Karaté, Ciclismo e Natação. Natação já pratico; desejava treinar Karaté porque queria aprender a defender-me e a defender os outros. Adorava vir de bicicleta para a Escola: era o meu sonho!

      Em casa, estou a organizar-me para ter melhores notas, porque no 1º ciclo tinha notas mais fracas, mas eu sou como a minha irmã: ela começou a estudar no 5º ano!

SG5B

Perguntas a Mim Mesmo

relógio, relâmpago e caminho
                                                                  CC0       Max Pixel

    Hoje de manhã estava feliz, agora também estou feliz, mas se calhar, às oito estarei triste. Não sei se vou morrer daqui a uma hora; o tempo não espera por mim e eu admiro-me.

    Às vezes faço perguntas estranhas a mim mesmo: o que vou fazer quando morrer?

     Muitas vezes não durmo só de pensar nisso.

    E também estou sempre a mexer com esta pergunta: de onde viemos?

     Nós estamos aqui a falar normalmente, mas se calhar há outros seres, planetas, galáxias…

SG5B

O Que Merece Continuar

ponte de madeira que avança sobre um lago em direção á lua no horizonte

   Stencil 

    De onde vem tudo? Será que Deus existe?

    Será que fomos criados para ter um único destino?

    Será que reencarnamos noutro Universo?

     As realidades que merecem continuar são novos Seres Vivos, a Evolução, a Alegria, a Riqueza – não de ser rico – a Paz e as Crenças.

    A Alegria, para sermos um Povo bom; a Riqueza, para haver igualdade; a Paz, para não haver conflitos e as pessoas serem simpáticas e bondosas.

    As Crenças, para se melhorar a inteligência. Se temos uma crença, temos de explicar por que é que temos essa crença. Por exemplo, se penso que o cancro existe por uma causa, devo explicar.

   Tenho amigos com crenças, enquanto eu tenho outras. Então podemos debater; temos curiosidade de compreender as crenças uns dos outros.

PC7B