Traçando o Mapa da Vida

pontos e coraçãoImage by Gerd Altmann from Pixabay 

     Os pontos coloridos no mapa da minha vida seriam a minha casa, o colégio, a casa onde durmo… Os nós mais fortes seriam a minha família e os meus amigos! 

     O dia em que dormi num salão de festa, durante um aniversário, com as minhas amigas, seria também um coração enfeitado no meu mapa. 

   Às vezes acontecem coisas que não esperamos, por exemplo, quando pensamos que a planta que nós tentamos criar, não cresceu. 

   Quem me apoia é a minha Família, os meus amigos e, em especial, as melhores Amigas. 

    Também me apoiam a Escola de Ténis e a Escola de Dança “Ana Manjericão” e o Colégio.

    Ao final do dia , é, normalmente, quando tenho energia; por isso, acho bem o ténis ser a essa hora, pois, assim, eu gasto-a e adormeço muito bem. Assim o Ténis descontrai e acalma.

    A Escola de Dança ajuda-me a fazer uma das atividades de que mais gosto. Sinto-me libertada quando danço em harmonia com a música maravilhosa. 

    O colégio dá-me a ocasião de brincar com as minhas amigas e com as melhores amigas. Também me permite aprender assuntos novos. É aqui no CAD que consigo aprender a desenhar mlehor. 

     Os meus recursos secretos são dançar, cantar, correr, saltar e ter amigos. 

MM6D

Um Mapa da Minha Vida

     mapa

     Image by S. Hermann & F. Richter from Pixabay 

     Os pontos mais importantes no Mapa da minha Vida seriam, por exemplo, a minha casa, a sala de aula com o Str. António Costa e com os meus Amigos. 

     A minha casa é o ponto mais importante de orientação, porque tem tudo o que é meu: 

    •  Os meus Pais, que me amam;
    • A minha cama fofinha para sonhos maravilhosos;
    • O meu sofá, onde faço sonecas, em vez de TPC;
    • Os meus livros de Aventuras, como “The Canterville Ghost”;
    • A minha varanda, de onde aprecio as árvores dos meus vizinhos e os seus gatinhos. 

     Os valores que me guiam são, Paz, Lealdade, Confiança, Cavalheirismo, Simpatia – porque eu gosto de ser assim. 

     O mundo precisa de ser transformado: aqui, na Escola, eu reciclo no caixote certo. Ás vezes, junto-me com os meus amigos, pegamos no lixo que está no chão e reciclamo-lo. 

     Mas sei que o Mundo precisa de parar com a guerra e começar a Paz; os colégios serem gratuitos e as pessoas  pobres terem dinheiro, dado pelo Estado e por nós. 

     Nada me impede de ser livre: sou eu que tenho de fazer as minhas escolhas; não são as outras pessoas que têm de decidir a minha liberdade; por exemplo, os meus pais, eles também não podem decidir. 

    E, no imenso Universo, quem me apoia são os meus pais, a minha psicóloga, os meus amigos, os meus avós e os meus tios. 

mapa com agradecimento

background Imagem:  Image by S. Hermann & F. Richter from Pixabay 

AB6B

Aranhas e Gatos Negros

aranha halloweenHalloween no CAD – Aluno do 2º Ciclo

Como fiz uma Aranha

    Com um prato de festa, colando-lhe os olhos. Depois virei-o ao contrário e colei 3 arames com pelo de cada lado. Fica uma aranha! 

Halloween no CAD – Autor: Aluno do 2º Ciclo

        Com um rolo de papel, corta-se no arco, colocam-se dois olhos pintados de preto, um nariz e um rabinho: Fica uma gato!

CM6C

Voltas às Ilhas

     açores

     Image by Carla M. from Pixabay

     Com a nossa Viagem aos Açores pretendemos conhecer mais paisagens, animais e pessoas.

     Ela deve durar dois meses. Vamos fazer duas paragens: uma nos Açores e uma na Madeira. Partimos da Baía de Cascais e ancoramos no Porto de Funchal.

    Vamos com o Duarte, Maria e Salvador num submarino da N.O.A. Nós conduzimos por turnos; enquanto um descansa, o outro trata dos almoços e o outro faz de comandante. Dormimos nos beliches do submarino.

    Precisamos de levar roupa: macacão, mosquetão, uma corda, comida que tenha muita validade: congelados, bolachas, enlatados, leite em pó, esparguete, atum, carne e massas desidratadas.

    Planificamos as expedições: de manhã tiramos o carro da água, abrimos as portas e ele deve estar todo alagado.

    Vamos tirar fotos às paisagens de montes vulcânicos, às pastagens de vacas brancas e pretas e às falésias de rocha sobre a água cristalina do mar. Vamos a restaurantes com carne na grelha; e vamos ver os plantadores de  ananás nas estufas.

LM6B

Um Mapa da Minha Vida

mapa artesanalImage by Pexels from Pixabay 

     Se eu fizesse um mapa da minha vida, escolhia a minha casa, a escola Amor de Deus e as casas das minhas amigas. 

   Os momentos que quero guardar são o jantar de Finalistas nos Salesianos do Estoril, quando entrei no Amor de Deus e quando comecei a ser a melhor amiga da Rita.

     No mapa, as casas seriam corações, as escolas seriam estrelas e os momentos seriam ondinhas.

     O que me impede de ser eu própria é as pessoas gozarem comigo; o que me ajuda a ser eu própria são as amigas: com as minhas amigas tenho liberdade, confio nelas e sinto-me bem.

      Na Escola de Ténis do André, aprendo a estar concentrada; canso-me muito, mas, acima de tudo, eu gosto imenso.

        No Colégio, recebo Sabedoria e Amizades novas; se eu for uma pessoa má, consigo aprender com os outros e tornar-me numa pessoa melhor.

MM6D

Implicar-se na Aventura

   veleiro farol

   Imagem: Aluno do Colégio Amor de Deus

     Pessoas Novas, que são muito amigas, que dão umas às outras o que gostam, é isso que me motiva! 

    O destino deste 6º ano é eu ir aos Estados Unidos, aprender Inglês.

     Podem aparecer rochas à frente, que podem furar o barco. É como poder ser suspenso do Colégio no 6º ano. Esses momentos dão-nos força para combatermos os maus. 

    Posso levar todos comigo… Atrás, amarrada ao barco, numa prancha segura: são as pessoas de quem nós gostamos.

    Mais perto, vai comigo o Matias, que é o meu melhor amigo.

    Estamos sempre a apanhar ar fresco, ao contrário de ir de avião, onde não podemos apanhar ar fresco: sinto-me livre a jogar Fortnite com os meus Amigos.

    A Beleza desta viagem é como irmos todos a uma Festa e virmos fantasiados. Espero que este 6º ano seja perfeito!

LR6A

A Turma Unida

a turma unidaImage parArtTower de Pixabay

     Este ano ando a esforçar-me mais: acho que estas primeiras Fichas foram mais fáceis, porque, ao prestar mais atenção, compreendo melhor os materiais.

     O destino desta Viagem é conseguir não ter nenhuma negativa. O destino é incerto, porque ainda não sei as notas que vou ter, mas o meu suposto é ter boas notas!

     Um momento difícil pode ser uma negativa que me iria abalar muito. A minha forma de ultrapassar será pensar nos testes que hão -de vir. Porque, se estiver sempre abalada com esta situação, vou ter sempre más notas, não vou conseguir preocupar-me com as outras.

      Poderia levar comigo o meu Projeto: a minha máquina que retira a poluição do Mar. Assim, não estou só a ajudar-me a mim própria, mas também aos outros.

       Quem eu quero que vá mais perto de mim é a minha Família, porque são as pessoas que eu nunca vou largar nem por nada deste mundo. Vou levá-los para todos os sítios possíveis. A minha Família vai-me apoiar para realziar o sonho de termos um Mundo melhor!

      Ajudar o Mundo ajuda-me a ser eu própria, porque gosto de ajudar as pessoas; eu sou assim, nasci assim; quando o meu Pai adormece no sofá, vou pôr-lhe uma mantinha, pois não quero que sinta frio, tenho medo que fique doente, quero que esteja confortável.

     A nossa Turma, quando ouve música, fica mais unida. O estarmos todos juntos torna esta Viagem única.

SS6D

Uma Viagem Inesquecível

veleiro no marImage parBruno Glätsch de Pixabay 

     O que dá sentido a esta Viagem é fazer novos Amigos, estudar mais…

     Os novos Amigos são Beleza, são toda a gente e o estudo é interessante, porque todos os dias nós aprendemos coisas novas para sermos alguém no Futuro.

     Eu tenho a certeza que hei-de chegar lá, ao destino da Viagem, só tenho que trabalhar mais. Tenho que aproveitar a vida antes de ser adulta, porque ser criança é divertido: podes comer as bolachas que quiseres, podes viver o tempo a brincar com pessoas novas que são maravilhosas.

     A Pessoa que escolho para ir mais perto é a Maria, porque é querida, amigável, maravilhosa.

    O que me inspira mais nela é que, se tem um problema, esse problema não consegue não deixá-la ser quem ela é. Está sempre disposta a fazer tudo, a ajudar, é a minha melhor amiga.

     O que me ajuda a ser eu própria é que posso inspirar-me enquanto desenho, mas tem mais força o tempo que passo com os meus Colegas e Amigos: as histórias que eles contam é que me inspiram para desenhar, para escrever…

     O que torna a minha Viagem única são os novos Colegas, novos Professores, novas Vigilantes, mas também eu sou única no Mundo e isso me faz ser feliz.

CR7A

Uma Viagem Aventureira

farolImage parnatureworks de Pixabay 

     Para iniciar esta Viagem, levo comigo os meus Amigos, a minha Família, a Sabedoria e os erros do passado.

    Para avançar, o que mais me motiva é o amor que recebo da minha Família, as minhas novas Amigas e a minha nova Turma.

     Eu espero chegar ao final do 3º Ciclo com as minhas melhores Amigas e com as melhores notas, para fazer os meus Pais felizes.

    Eu não quero ter negativas, porque eu não quero que os meus Pais fiquem tristes comigo. Também espero não ficar “chateada” com as minhas Amigas.

    Nesta Viagem Aventureira, eu quero levar a todos, mas quem quero mesmo levar mais perto são as pessoas que eu amo, as melhores pessoas que eu já conheci em toda a minha vida.

    Eu sou quem sou graças a todas estas pessoas que acabei de referir: são pessoas maravilhosas.

     Gosto muito de jogar ténis: é o desporto de que mais gosto e graças ao meu Pai posso praticá-lo.

     Acho que eu e a minha Irmã somos as pessoas mais felizes do mundo.

     Quando eu crescer, acho que vou ser tão feliz quanto sou agora, ou talvez ainda mais, graças aos meus Pais. Quando eu crescer, quero ser Engenheira e acho que vou continuar a ser a mais feliz do mundo.

AB7A