Lua, a Cadela Maior do Mundo

cão setter com flor rosa na bocaPhoto by Celine Sayuri Tagami on Unsplash

     Era uma vez uma cadela que se chamava Lua; ela era muito grande, a cadela maior do mundo, e o seu dono chamava-se Zé.

     O Zé adorava ser como ela, porque era pequenino e a Lua era grande e o Zé gostava de ser imenso.

     Um dia, mesmo à tarde, o Zé desejou intensamente ser como ela.

      No dia seguinte, Zé apercebeu-se de que tinha patas enormes, viu-se ao espelho e assustou-se, mas, ao mesmo tempo, sorriu.

     Quando foi lá para fora, viu a Lua a brincar muito com ele e ficou muito assustado, porque nunca tinha visto a sua cadela tão brincalhona. Ela nunca tinha tido amigos e ficava só, a dormir sozinha.

      A partir desse dia, a Lua ficou muito mais brincalhona do que o normal.

    Entretanto, Zé apercebeu-se de que não podia ser um cão e, para a Lua não ficar sozinha, comprou-lhe um cão igual a ela. Viveram os dois felizes para sempre e fizeram uma criação de cachorrinhos.

ZG6B

O Enigma

casa assombradaPixaBay PixaBay License

     Era uma vez dois meninos que se chamavam João e José.

     Um dia, com outros amigos que eram muito malucos, decididram todos ir a uma casa assombrada. 

     Resolveram entrar na cave e encontraram um mapa. Esse mapa mostrava a casa assombrada onde estavam; viram uma cruz no mapa; carregaram na cruz e caíram por um alçapão. Foram dar a um sítio que continha vários enigmas e emboscadas.

     Eles passaram por muitas armadilhas. Viram sereias que os encantavam, cães com 3 cabeças e um feiticeiro mau. Até que já estavam muito cansados e o último enigma era… um Ciclope!

    Demoraram 10 anos para derrotar o Ciclope! Derrotaram-no finalmente e voltaram para casa.

     Os seus pais estavam muito preocupados com eles porque tinham demorado dez anos naquela casa assombrada. Nem os estavam a reconhecer porque eles estavam com barba!

      E viveram barbudos para sempre.

ZG6B

Um Natal Extraordinário

árvore de natal azul contra fundo escuro mas com brilhos violeta e prateados

      PixaBay Atribuição CC0

      Olá, eu chamo-me Zé e o meu Natal foi muito extraordinário.

       O meu melhor momento foi quando estava a abrir os presentes. Uma atitude que eu apreciei muito na minha Família foi estarem lá todos à minha espera.

       Uma situação que eu valorizei muito foi ter recebido imensos presentes. Um acontecimento muito surpreendente foi estarmos todos juntos em harmonia familiar e unidos.

     Eu adorei muito este Natal porque houve muita magia, risos, amor, surpresas e muita liberdade!

      E o fim da História vai acabar assim: eu creio que o vosso Natal também foi muito giro e com aqueles adjetivos que disse acima no texto.

     Continuação de Boas Festas para Todos!   

                                                                                        ZG6B                                                                                 

Escutar a Família – III

ursinho na árvore de Natal
                                                             Max Pixel Atribuição CC0 Public Domain

         Escutar a Família é…

     Ajudar nos momentos mais tristes. Brincar muito com os meus cães, porque eles são muito brincalhões.

     E eu também estou normalmente com os animais pois ajudo os meus Pais a tratar deles.

     O Natal reúne todos os seres vivos numa harmonia especial: escutar a Família inclui também esta atenção dos animais que são nossos amigos fiéis.

     No dia a dia, quando nos magoamos, se estamos ao lado dos nossos cães, eles dão-nos muitas lambidelas e começamos a ficar de novo cheios de alegria.

      Nos meus projetos de Natal está ajudar em casa:vou enfeitar a casa dos Pais e a da Avó; vou pôr a mesa, ajudar a fazer as sobremesas, às vezes até o prato principal, que é bacalhau espiritual.  Aprendi escutando-os.

      E ajudá-los é escutar, ir ao  encontro do que eles precisam.

Texto a 3 Mãos: AV6A, ZG6B e OE

Escutar a Família – II

coração num ramo de árvore de natal
                                                            Max Pixel Atribuição CC0

     Escutar os outros é muito bom, mas escutar a Família é maravilhoso.

     Podemos fazer a surpresa de oferecer um pequeno pacote de perguntas a cada pessoa da Família e oferecê-lo embrulhadinho com um grande laço!

     Estarmos todos em Grupo é magnífico, porque estamos em conjunto a perguntar e, ao mesmo tempo, estamos a escutar como se fosse uma Notícia a passar entre nós.

    A Notícia de Natal é sabermos da nossa Família: festejar é conversar com cada um.

     Risos e canções: há magia no ar, a estrela brilha na árvore e uma Esperança Viva brilha nos olhos de todos.

Texto a 3 mãos: ZG6B, AV6A e OE

Escutar a Família – I

pinhas, azevinho e neve artificial na ponta de um ramo

     LibreShot.com Atribuição CC0

      Escutar a Família é também entrevistar os avós sobre os Natais do seu tempo, quando tinham a nossa idade. De que gostavam mais?

     O que eu gostava mais na minha Família é ver todos muito felizes e muito contentes por aquilo que têm na vida.

     O Natal não é só presentes, também é muito Amor e Carinho. Não é o que receber, é o que dar.

     Damos atenção, mesmo às pessoas com quem estamos todos os dias: celebramos esse milagre de vivermos juntos.

     O Natal, para algumas pessoas, pode ser o único dia em que podemos estar todos juntos em Família, a conversar sobre assuntos que dão muita alegria.

Texto a 3 Mãos: ZG 6B, AV 6A e OE