Benefícios do Sapateado

     step dance        Image par Dieter_G de Pixabay 

       O Sapateado será aconselhável para os jovens?

      Em primeiro lugar, o Sapateado é aconselhável para os jovens, porque faz bem aos ossos das pernas; na verdade, a partir  dos 30 anos, começamos a perder cálcio e o sapateado ajuda a perder menos.

     Em segundo lugar, o sapateado dá-nos saúde: como diz a OMS, “o desporto faz bem e ajuda a crescer.

    Em terceiro lugar, esta Arte faz gastar as nossas energias, porque nós, adolescentes, precisamos de nos expressar.

    Por todas estas razões, podemos concluir que a prática do Sapateado é altamente aconselhável para os jovens.

SS6D

Inspirações de Vida

bailarina e lua cheiaImagem de DarkWorkX por Pixabay 

     Eu adoro escrever. De noite, podia escrever mil textos!

     Além do canto, a escrita, e ainda falta uma: a dança!

   Comecei a cantar desde os meus 3 anos. Não escolho um momento para cantar, eu canto e pronto.

    O meu irmão tem aulas de guitarra, não aqui na escola. Vai aprender a música preferida da minha bisavó. A mãe da minha avó morreu há pouco tempo e nós cantamos a música preferida dela no Natal.

    A dança representa, para mim, a Alegria. Quando estou triste ou contente, faz-me desanuviar e esticar um pouco, faz com que eu me sinta bem.

   O que gosto mais de dançar são dois tipos de dança: HipHop e outro que é mesmo dança clássica, ballet. Danço por instinto. Aos quatro anos inscrevi-me no ballet e saí aos seis anos, então sei os passos.

   Nas outras atividades favoritas, participo no coro do Colégio e escrevo muito.

Conversas na Oficina – LS5B

Viajar para a Coreia!

blackpinkBlackPink – Wikimedia.org

     Eu gostaria de ir à Coreia, porque lá tenho duas bandas que eu adoro e também por turismo; quero conhecer o país e também quero saber como eles vivem, como reagem.

   Algumas dificuldades que posso ter nesta viagem: a língua Coreana, tão diferente, posso estranhar a comida de lá…

     Embora vá sozinha, no Concerto das minhas Bandas – “Blank Pink” e BTS – vou encontrar outras fãs que possam ser amigas delas e ficar uns dias com os meus amigos.

       Espero voltar a dançar melhor, naquele estilo diferente e que traz muita energia.

     Quando regressar, posso partilhar esta viagem criando um Clube on-line: onde possa gravar vídeos e depois postar, a ensinar os outros a dançar as coreografias delas.

CM6C

Halloween Party 2019

Exposição de Halloween – 2ºCiclo CAD

     Numa quinta feira, dia 31 de Outubro de 2019, será o dia de Halloween; vou ter aulas – Af, que seca! – a melhor das aulas de quinta-feira é a de Educação Física.

    No final do dia, vou para casa preparar-me para a minha melhor amiga me vir buscar a minha casa.  Vou vestir uma roupa escura e pintar as bochechas com aranhas pretas. Sigo para uma festa no Hiphop da minha melhor amiga. Quando acabarmos, vou dormir em casa dela!

     No dia seguinte, vamos brincar juntas, até eu ir para a sessão de sapateado com a Miss Mosley, que vem de propósito de Inglaterra. Subi de nível e, assim estou a treinar uns exercícios muito difíceis, chamados “Bronze”; somos 6 meninas e temos de ter os passos sincronizados.

abóborasExposição de Halloween – 2ºCiclo CAD

     No 2º Ciclo, fizemos trabalhos de Halloween que vêm de ideias da internet ou de nós próprios.

     No meu caso, pensei numa ideia sozinha: fazer um fio cheio de decorações de Haloween. A minha abóbora está pendurada ao pé de uma casa assombrada.

     Esta Festa é divertida por ser assustadora. Quando as pessoas se assustam e têm uma pessoa ao lado, à medida que se assustam, saltam para o colo da pessoa!

SS6D

Os Desafios da Dança

jovem dança na praiaImagem de inno kurnia por Pixabay

      Era uma vez uma jovem chamada Matilde; era uma rapariga alta e corajosa, de olhos verdes. Gostava muito de dançar e passava todo o seu tempo livre a dançar no seu quarto. 

     Preferia dançar Hiphop, Kizomba e Samba, mas o que a fazia mais feliz era mesmo o Hiphop.

     Em breve ia participar num concurso onde teria de dançar para muita gente. Pensava sempre que alguma coisa poderia correr mal, sentia-se muito nervosa.

    O local do concurso era uma sala de espetáculo enorme, com muita gente a assistir. O ambiente era louco e o público estava aos gritos, a aplaudir.

     Matilde começou a dançar e tudo corria bem, até que se enganou num passo e achou que toda a gente ficou a olhar para ela. Sentiu-se triste por se ter enganado, mas concentrou-se e continuou a dançar, mesmo com toda a gente a olhar. 

     Nesse instante ela compreendeu que podia aceitar o seu passo em falso e atirar-se com confiança aos desafios da dança.

MC8C

Momentos de Liberdade

Estreia do 5º Ano

 desenhos de crianças a jogar à bola

Public domain Pictures .netLicense: CC0

TS – O melhor deste 1º período  do 5º ano foi ter novos professores e novos amigos.

SS – O que eu mais gostei foi das brincadeira com os meus amigos: conversar  – falar com eles – correr com eles, jogar verdade ou consequência…

TS – No recreio gosto de brincar com os meus amigos: na rampa do recreio coberto, brincamos com várias bolas: o de cima atira para o do meio, o do meio atira para o de baixo e o de baixo atira para o de cima.

SS – Nós temos um esconderijo secreto: um sítio escondido ao pé de uma sala de ténis de mesa. Lá não está basicamente ninguém, está-se bué bem está quentinho ou confortável.

Liberdade das Férias

o campo visto por van goghCommons Wikimedia AtribuiçãoCC0

 TS – Nas férias, sempre que vou a casa dos meus avós, trabalho no campo: semear, dar comida ao gado, quando não temos pinhas ou caruma, vamos buscar à mata. O nosso forno é a lenha e a nossa Mãe faz pão.

SS: Nas férias, a minha atividade preferida é a dança.Quando ouço música, motiva-me a mexer-me e começo a dançar. Gosto de músicas agitadas, aprendo sapateado. Tenho aulas com a Sara do SPO: eu sou a Professora dela. Quando danço, sinto-me solta, sinto-me no Paraíso.

Projetos de Futuro

desenho de menino cozinheiro com pizzaPixabay Atribuição: CC0

TS – Quero ser Pasteleiro, depois Agricultor e depois ir para a Marinha.

SS – Desde que descobri as profissões, desde os meus cinco anos, tenho sempre este sonho: ser Cabeleireira. Adoro fazer penteados a mim própria: trancinhas e pompons!

OE – O Pai do T é Pasteleiro e inventou bombons!

SS – O meu Pai também é Pasteleiro. A Pastelaria chama-se “Pai dos Doces”. Eu já lhe fiz um bolo que tinha MNM, chocolates, enfeites a dizer: “O Melhor Pai do Mundo” e “Parabéns Pai”.

TS – Fizeste um texto?

SS – Não. “Tás” a ver as bordas do bolo? Foi aí que pus. Tinha doce de ovos e recheio de chocolate de Ferrero Rocher derretido – é o meu Pai que faz. Eu chego lá com o dedo e lambuzo aquilo tudo.

TS5D e SS5D