A Família Inumerável…

Image par Lustoza de Pixabay 

     Nas férias deste ano fui a vários sítios, mas vou começar a contar a companhia que tivemos nas férias em Lagos.

     Nessas férias foram

    • A minha tia Graça, que é irmã da minha Avó;
    • A minha tia Marta, que tem dois filhos bebés: o Francisco e a Assunção, mas eu trato-os por Quico e Tatão;
    • Foi o pai deles que é o tio João;
    • Também foi a minha tia Madalena que tem três filhos: a Pilar, o Salvador e a bebé Vitória que estava na barriga e o pai deles, o Tio Manuel;
    • Também foi a minha tia Mariana, que também tem dois filhos: A Alice e o Vasco – mas trato-os por Cici e Mano;
    • Também foi a minha tia…

Verão 2021 – Pessoas Únicas – CF5D

Fraternidade é Ajudar Alguém que Precise

     

Image par Thanks for your Like • donations welcome de Pixabay          

     Esconderijos da Felicidade:

        • Brincar com o Scone, a Quica e a Juju;
        • Ir passear com a Mãe;
        • Dançar Hip hop com a minha prima;

    Nestes momentos sentimos mais Alegria e Esperança.

     O que gostei mais de fazer estas férias: estive a pintar desenhos de paisagens; A Quica fez dois anos no dia 1 de Agosto, eu estava no estoril, em casa da Avó; tive uma aula de Equitação: montei o Baccarat, um cavalo castanho claro, de crinas escuras.

     Em casa da minha Avó, gosto muito da horta, de ver os tomates e a salsa; também há uma laranjeira em que as laranjas estão todas verdes, mas , lá no alto, onde nem sequer se chega de escadote, há uma laranja madura, sozinha!

    Quem me influenciou mais na vida foi a minha Mãe: transmitiu-me Amor e Carinho. Aos meus filhos gostava de transmitir aos meus filhos, Coragem, Confiança e Alegria, Se o mundo fosse perfeito, não haveria zangas entre adultos, nem entre crianças, nem entre amigos.

     Para mim, a Fraternidade é ajudar alguém que precise, ajudar o  próximo. O meu próximo é, por exemplo, a Mãe: eu ajudo-a a pôr a mesa; eu dou sempre de comer à Quica e à Juju.

Conversas na Oficina MC6C

A Família Mais Unida

   

Image par Michal Jarmoluk de Pixabay 

    Somos a Família B. família essa constituída por 4 pessoas, eu, a mminha irmã, a minha Mãe  e o meu Pai. 

     Depois, tenho os meus avós paternos e os meus avós maternos, os meus tios, os meus bisavós e o meu querido primo Miguel.

     Adoro a minha família tal como é, muito unida.

    Gostava de ter mais uma irmã, mas os meus Pais dizem que, por agora, é complicado.

    Gostaria de ser bióloga, assim faria o que gostava, sentia-me realizada e conseguia a minha independência financeira.

     Diariamente, tenho o privilégio de ter os meus dois pais, irmã e avós junto a mim.

   Gostaria de casar e ter filhos, confesso que uma filha faria as minhas delícias…

     A Família é tudo para mim, sem ela jamais conseguiria viver.

    A minha Família é a mais unida do mundo.

71 anos CAD – 2007 – MB5C

 

#STAY HOME – SAVE LIFES

 

     Image par Capri23auto de Pixabay

      Hipótese para refletir:

  Mãe e filho são “muito agarradinhos”, não conseguem não dar abraços;  o filho pode ter covid e ser assintomático; nesse caso,  põe em perigo a Mãe se ela for de risco. Para onde ir então?

   Fica com máscara dentro de casa. Mas se estão a comer, ele tira a máscara, fala e pronto, já está: a Mãe e o resto da Família ficam infetados. Se entrarem em contacto com outras pessoas, pode dar-se um fenómeno de infeções em cadeia!

     Na Escola, muitos colegas dele podem ficar infetados e iria a turma para casa. Ele iria então para casa já sabendo que era portador assintomático.

       A minha Mãe é uma pessoa de risco; para evitar que ela passe por tudo o que indiquei acima, seria melhor eu não ir à Escola e ter aulas online.

LR7D

A Roda da Vida -I

     

Gentileza da Autora

    Quais as referências de vida mais importantes? Elas são, em primeiro lugar, a Família; em segundo, os Amigos; em terceiro, Eu própria.

      A Família é a melhor “coisa” que se pode ter; a Família está sempre ao nosso lado, quando precisamos de ajuda ou quando estamos mais em baixo; às vezes, há conflitos entre irmãos e os pais estão lá para ajudar. O que eu gostava de melhorar nesta parte é a minha relação com os meus irmãos, especialmente com o mais velho.

      Os amigos são quem nos pode ajudar nas dúvidas do Colégio e também nos podem ajudar noutros aspetos;podemos combinar com eles o que quisermos, mas nem sempre as nossas relações são a 100%. Há amigos de quem gostamos mais e amigos com quem nos damos menos, e eu gostava de ter uma melhor relação com eles.

     Os nossos Amigos, normalmente, são os nossos colegas, mas há quem não saiba que a Família também é. Os nossos colegas são quem nos ajuda na parte escolar, e a Família, na parte pessoal. Há quem não admita que a Família é a nossa melhor amiga e, em 2º lugar, os colegas.

     Eu: eu própria – todos nós temos que ter o nosso espaço pessoal, precisamos de tempo para nós; hoje em dia, as pessoas fazem os seus deveres de uma forma apressada e esquecemo-nos de nós; as pessoas fazem os trabalhos que têm de fazer e esquecem-se do que realmente gostam; todos gostmos de estar um tempo sozinhos, desligar de tudo o resto que nos rodeia, fazer aquilo de que mais gostamos, sem ninguém nos interromper, ouvir música e descansar, sem termos de estar a trabalhar.

BB6C

Que Sementes? Em que Terra?

     

Image par anncapictures de Pixabay

     

     Poluir menos, usar menos plástico e não deitar lixo para o chão.

   Sala com quadro, com ampulhetas para contar o tempo. Tira-se um papel com algo escrito para desenhar e desenha-se até o parceiro adivinhar, com um minuto a contar.

      Fazer o jantar com a minha irmã e, para ela, a surpresa seria dar-lhe umas batatas fritas, porque estou sempre a comer as dela.

     Fazer uma caixa com doces, fotos, etc. Quando se abre a caixa, as partes de lado caem para baixo; fazer várias caixas mais pequeninas assim e ir abrindo até acabar.

VG5B

CAD em Isolamento – Um Mundo Azul à Minha Volta

flowers  Photo by Zbynek Burival on Unsplash 

     Nas próximas férias depois desta prisão, eu vou para o Algarve 13 dias, com a Elisa, o Pai e o João Maria, que tem 15 anos.

    Vamos alugar uma casa com piscina num lugar solitário, como “no meio do nada”: à volta só se veem montanhas e árvores.

     Vou fazer churrasco para o almoço e jogar UNO com todos. Depois, vamos à piscina porque deve estar muito calor.

    Quando o meu corpo entra na água, sinto leveza e um mundo azul à minha volta; quando eu regresso à superfície, sinto o calor a dançar sobre mim.

     Quando entro em casa, vejo uma paisagem linda, cheia de flores pelo jardim fora e também muitas laranjeiras e flores cor de rosa.

      Fora de casa, há muitas árvores verdes, cores da Natureza; de manhã, dançam as nuvens perante nós.

   Quando escurece, um mundo escuro aparece, a piscina fica assustadora, mas muito bonita, o jardim fica sombrio e ouvem-se os grilos.

CM6C

CAD em Isolamento – Sonhar as Férias

caravanaImage par Jill Wellington de Pixabay 

     As férias que os meus Pais e nós planejávamos era alugarmos umas daquelas caravanas gigantes e irmos explorar as florestas, andar de bibcleta e cada dia ser uma nova aventura!

     Nós iremos andar de bicicleta, mas ao contário de ao pé da nossa casa, nós poderemos andar por todo o lado, pisando as folhas caídas no chão, observando a beleza nas árvores e respirando o ar puro da Natureza.
        O meu pai me ensinaria a utilizar a bússula….

     Eu sempre gostei de viagens e de aventuras, porque descubro novas culturas, novos monumentos entre outras coisas.

    Acho que todos têm um desejo em comum, que é viajar. Aposto que a maioria das pessoas tem uma viagem dos seus sonhos.

   A  viagem dos meus  sonhos sempre foi ir às Caraíbas – quer dizer, o país mais longe a que cheguei, foi Espanha-.

   Recordo-me quando eu tinha 6 ou7 anos, de colecionar panfletos de todo os sítios novos a que eu ia; depois, no final do ano, eu tinha uma pasta de panfletos abarrotada!

CA5A

As Minhas Férias de Verão Inesquecíveis

     

       Flickr.com Autor: Vítor Oliveira

      Eu, o meu pai, o meu amigo e os dois cães, partimos dia 27 de Junho. 

     Eu e o meu Pai já planeamos algumas atividades: por exemplo, vamos com duas redes apanhar caranguejos, mas bem cedo.

    Depois de os apanharmos, devolvemo-los ao mar, mas antes de os devolvermos à lagoa, nós pegamos no balde onde estão, despejamos na areia, eles começam a correr e nós fazemos apostas a ver quem chega primeiro ao mar, mas os cães acabam por torturar os caranguejos: ou pisam-nos com as patas ou agarram-nos com a boca e atiram-nos para onde eles quiserem.

    Também vai haver Praia, todos os dias, muito cedo de manhã, vamos para a praia; para não apanharmos muita gente, instalamo-nos nas dunas com as nossas coisas: toalhas, guarda-sol, etc.

    O meu Pai vai levar só um dos cães de cada vez para a praia, enquanto eu e o meu amigo vamos apanhar ondas nas nossas pranchas de bodyboard.

   Vão ser momentos muito divertidos e inesquecíveis, porque, quando estamos dentro da onda, não nos apetece sair de lá, pois é calmo.

     Quando acabarmos, vamos relaxar para a piscina com as nossas boias, a apanhar sol; também vamos jogar golfe e vai ser formidável, porque já não jogamos há muito tempo.

     Vamos andar de Buggy pelo jardim inteiro da casa que é enorme, com relva, algumas palmeiras e figueiras; vou apanhar figos para a minha Mãe.

     Mais à noite, cansados, vamos ver filmes na Netflix, de terror, de aventura e ação, de comédia, com os cães deitados ao pé do sofá.

    E o melhor de tudo, vamos dormir com os nossos cães nos nossos quartos! Vamos usá-los como peluches; o Jungle, que é o pastor alemão, tem mais cara de ir dormir ao nosso lado, enquanto o Stark, tem cara de ir refastelar-se em cima de nós e mexe-se imenso até adormecer!

TB6A

No Paraíso de Vale de Vargo

brasão

      Meu irmão e eu vamos ficar separados: os meus pais acham que é bom; ele vai duas semanas ao Alentejo e depois trocamos.

    No Alentejo dou passeios de bicicleta; vamos de bicicleta pelos caminhos de uns terrenos, com oliveiras, que são do meu avô.

    À noite vejo netflix e com a minha avó também vejo filmes, é muito melhor ver filmes em família. Comemos Gaspacho e açorda à Alentejana!

    O meu outro avô, lá na sua pequenina aldeia pouco conhecida, tem “a baixa”, com um banco onde os homens se reúnem para conversar. Vou a pé entre as duas casas dos meus avós.

     Nos meus avós paternos é que existe um terreno gigante, só tem uma galinha pois o meu cão comeu-as. Cultivam nêsperas, tomate, fruta e legumes.

    O meu avô materno, o avô das olivieiras, tem um limoeiro e  ainda lhe pôs uma pernada de tangerineira e agora a árvore dá limões e tangerinas! Ele tem também uma pequena oliveira que tem o tronco todo entrançado.

   O meu cão é um pastor Alemão e teve de ir viver com o meu avô paterno por ser muito grande. Quando estamos de férias e vamos lá, ele conhece o barulho do carro, empina-se no portão assim que nos ouve. Aquele cão come tudo, empina-se à árvore que é uma nespereira e come nêsperas. Come nozes, quando eu lhas parto. Não pode sair do quintal pois ataca outros cães.

    Se passa um cão na rua ele vai logo ao portão e ladra, ladra, ladra até o cão desaparecer. A minha avó é que o vai acalmar. Mas com as pessoas é simpático.

     A vida na aldeia é mais calma, algumas pessoas trabalham muito, o meu avô acorda às seis da manhã e passa o dia todo no quintal. Os dois avós passam lá o dia todo, têm sempre muito que fazer lá fora.

     Uma vez, nós, lá no quintal, apanhamos um piriquito que andava à solta. Pusemos numa gaiola durante uns dias, e o meu avô disse:  – Coitado do Animal! – E soltou-o. O Piriquito não saía de lá, ficava sempre no jardim. Porque sabia que na gaiola havia sempre comida, então entrava e saía pela porta aberta.

   Todos os dias, ele estava do lado dos cães; há um terreno com terra lavrada, depois um terreno separado por muro onde estão os cães. O piriquito estava do lado dos cães, e todos os dias ia comer dentro da gaiola.

    O pastor alemão – o Jaguar –  dá-se bem com os outros cães: o Terréu, – este nome é porque os pais do meu avô tinham um cão chamado assim; há um muito velhinho que é surdo, é pequenino; e no nosso lado, temos ainda uma fêmea, pequenina, muito minha amiga: tem muito pelo e é amarelado, chama-se “Minie” .

     Havia ainda um labrador que morreu, porque um carro lhe bateu e desde aí ficou mal; o meu pai e o meu avô não me deixavam tocar nele.

    Os meus primos que vivem em França também vão lá, pois têm lá a sua avó que é a irmã do meu avô paterno. Encontramo-nos numa parte do verão, porque lá em França as férias são diferentes.

Conversas na Oficina  – AS6C

Festa das Mães 2020 – Maravilhosa MÃE

nuvem coraçãoImage par 95C de Pixabay 

     Espero que tenhas um dia  5 Estrelas! 

    Admiro  o teu sorriso, a tua graça e sentido de humor, o seres boa cozinheira e seres criativa!

    Nunca me hei-de esquecer de quando o nosso vídeo chegou às 11k visualizações no tik tok e nós fizemos um outro vídeo com todos cá de  casa!

  Quando eu era pequeno, adorávamos ir contigo à piscina e ao parque aquático!

   Nem sei o que dizer, pois há tantos momentos inesquecíveis contigo…

    Obrigada por termos comida todos os dias na mesa, por seres uma maravilhosa Mãe.

ser mãe

Teu Filho, L

LR6B

Festa das Mães 2020 – Admiro em Ti…

maeImage par Bianca Mentil de Pixabay

     Querida Mãe

     Espero que tenhas um Bom Dia da Mãe, não tenhas que pensar muito nem te chatear.

   Eu admiro em ti o saberes lidar com 4 filhos e que sempre consigas dar voltas às coisas de modo a melhorá-las.

   Admiro seres uma mulher do campo e da cidade!

    Que bom, na casa velha, quando íamos ao Santini, a pé! Quando estamos na Quarentena, embora consigas ter muito cuidado connosco, mas à mesma vamos contigo a um riacho!

    Um dia vou mostrar-te a minha casa e a minha quinta!

    Quero agradecer por teres cuidado de mim estes anos todos,  teres-me dado uma boa escola, uma boa Família e uma boa casa!

Beijinhos e Abraços

do teu Filho que Te Adora,

T.

Festa das Mães 2020 – TS6D

Festa das Mães 2020 – Um Amor Sempre a Crescer

   querida mãe

  30/04/20

     Espero que tenhas um maravilhoso Dia.

    Gosto muito de ti, o meu amor por ti é um Amor Vivo que está sempre a crescer.

   É graças a ti que estou aqui ao teu lado, no dom da Vida que me concedeste.

     Ajudas-me sempre que preciso.

    Desde pequenina, estudavas comigo, mesmo depois de um dia cansativo no trabalho; chegavas a casa exausta, ainda às vezes, fazias o jantar.

     Estudavas comigo, ias deitar-me, depois trabalhavas de novo.  Todos os dias. Pessoa mais generosa nunca conheci.

    A Mãe pode já não estudar comigo, mas ainda o faz com os meus irmãos.

   A Mãe é a pessoa mais amável e amorosa do mundo inteiro.

    Gostava imenso que um dia fôssemos fazer um dia só “de raparigas”. Adoro as conversas que partilhamos, tantas vezes o melhor momento do meu dia.

    Acho que o papel de ser Mãe, aquele que tu desempenhas, deve ser muito difícil, mas mesmo assim és a melhor a realizá-lo.

Um beijinho vindo diretamente do meu Coração.

        filha

Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

IM8B

Festa das Mães – “Mãe, Um Dia Único!

Festa das MãesImage par marcisim de Pixabay 

PARABÉNS, MÃE!

     Desejo muita Felicidade e muito Carinho para este teu Dia.

   Mãe, aprecio em ti seres tão engraçada; és uma pessoa solidária, gostas de ajudar os outros.

    E agora, neste momento tão difícil, estás a passar a tua felicidade para as outras pessoas  – colegas no hospital e os teus doentes!

    Gostas de experimentar coisas por descobrir, conhecer lugares desconhecidos e pessoas novas…  

    Quando eu era pequenina, tu ias a Lisboa passear comigo no Parque Eduardo VII. 

    Lembro-me de brincarmos com o nosso Gato Tobias, quando eu estava na Primária.

     Gostei imenso de termos ido ao Alentejo, com a Rita, lembras-te quando íamos nos carrinhos que dão  a volta ao Zoo? A Rita ia à janela que estava aberta, e  as avestruzes vieram espreitar e meteram a cabeça: ela teve tanto medo!

   Este ano, aos fins de semana,  acordávamos e, em vez de tomar o pequeno-almoço, íamos para o sofá ver televisão!

    No futuro, gostava de ir a uma praia nova, só que de outra região de Portugal; podia ensinar-te a andar de patins, e também quero desenhar com a Mãe, com as nossas “brush pens”. 

     Obrigada por me dares paz e carinho. E por  me teres trazido ao mundo, onde me mostras “coisas” maravilhosas!

     Ser Mãe é ter muito trabalho, mas, ao mesmo tempo, é ter alguém para fazer Companhia e para lhe dar AMOR. 

FESTA das MÃES 2020 – CM6C

Festa das Mães 2020 – Uma Grande MÃE

Raiz Divina

Imagem wikimedia.org

29/04/2020 Cascais

   Querida Mãe

   Escrevo- te esta carta para este Dia Especial.

   Gosto muito de Ti, és uma grande Mãe!

  Espero que tenhas um Dia Feliz com tudo o que há de melhor.

  Herdei de ti não gostar de Matemática, mas admiro como és tão Querida para mim, fazes-me as vontades quase todas!

   Adoro viajar contigo para vários sítios, como o Brasil e tudo o mais,  as viagens giríssimas que sempre adorei fazer contigo!

  Quero que nunca ninguém te ponha num lar e, se eu for rico, quero que tenhas toda a assistência. E vou dar-te um Citroen Cactus e uma mota Honda 125.

   A segunda palavra que eu disse foi “Mamã”, mas para mim é como se fosse a primeira.

   Agradeço-te o Carinho e por estar eu aqui, hoje.

   Beijinhos e Abraços

    do teu Filho,

        Z M

Cad em isolamento – Festa das Mães 2020ZD5A

CAD em Isolamento – Um Novo Quotidiano

     ilha ideal

     Imagem de Louise Dav por Pixabay 

     A minha quarentena começou há um mês e dois dias. Estou com os meus pais, os meus animais de estimação e o meu irmão. Estou feliz graças a estarmos juntos.

   Adaptei-me recebendo as Tarefas no Classroom e a fazê-las logo no mesmo momento.

    Não me sinto limitado, gosto de estar na minha casa, a fazer as minhas coisinhas, no meu quarto/ escritório, a ver “as cenas” que tenho para mudar no quarto.

   Criei um horário: levanto-me, – vejo se há tarefas, se não há, vou jogar um bocadinho de “GTA” e “Call-of-Dduty”;   se há tarefas, vou logo fazê-las.

   Estou a gostar muito de aprender pelo Google Classroom, porque conseguimos falar com os nossos professores. Também recebemos as tarefas por aí e é por aí que nós aprendemos. Não precisei de modificar as minhas estratégias de estudo.

   Aconselhos os meus colegas a jogarem um bocadinho com os amigos todos os dias, assim não se aborrecem. Eu Comunico com os meus na PS4, no Zoom e no Whatspp.

    Neste momento, sinto que muita gente teve de ficar sem casa, sem dinheiro para pagar as suas contas, as rendas, a luz, a água.

   Os heróis deste momento são os cientistas e os médicos.

  Não saindo de casa sou solidário e ajudo os outros.

    lm

Com o CAD em Isolamento – Conversas na Oficina –  LM6B

CAD em Isolamento – A Quarentena Feliz

Foto de Pikist

    Eu estava todos os dias aborrecido em casa até chegar a Ruby.

   Na Escola em tempo normal, os professores dão  mais coisas, para fazer em casa e para estudar. A Escola online não manda imensos trabalhos. Faço exercício físico que os professores mandam.

     Eu acabo sempre cedo, mas às vezes demoro mais tempo.

    Quando não tenho nada para fazer, brinco com o meu irmão de quatro anos.

     Estar na Escola é muito melhor.

    Contato com os amigos, vejo-os nas aulas online.

    Estou a ler o “Príncipe Nabo”. “A Vida Mágica da Sementinha” era muito difícil.

    Só fui duas vezes ao Parque. A primeira vez que fui, pude brincar, mas na segunda vez só dei uma volta de trotinete e voltei para casa. Agora saio de casa só dentro do Condomínio porque a Ruby ainda precisa de levar a segunda vacina.

    A minha Mãe diz que se não tocarmos em nada, só na trotinete, podemos brincar um pouco.

    Quando saímos, a minha Mãe diz que, se não tocarmos em nada, a não ser na trotinete, podemos brincar um pouco.

   Na garagem há um sítio de jogos – por exemplo, matraquilhos –  onde ando de  trotinete com o meu Irmão, mas agora não, porque  arriscamo-nos a apanhar um coronavírus nas rodas. A minha Mãe avisa quando é preciso lavar as mãos.

    Tenho um novo cão de água Português, chamada Ruby. Ela gosta muito de brincar comigo e com o meu irmão. Ainda é bebé. A sua atividade favorita é correr. Atiramos a bola e ela vai a correr buscar.

    Ela fica numa enorme caixa de grades que parece uma prisão, onde come, bebe e dorme.

CAD em Isolamento – Conversas na Oficina – OA5B

CAD em Isolamento – Companheiros de VIDA

windowImagem de StockSnap por Pixabay 

      Os meus Companheiros de Vida são aqueles com quem passo a maior parte da minha vida, quer nos bons ou nos maus momentos.

     São a minha Família e aqueles amigos que preferem passar o dia a falar connosco do que com outra pessoa.

       É em piores momentos da Vida, como este mesmo, que se conseguem detetar os nossos Companheiros de Vida.

         Eu não sei porquê, mas já me habituei a acordar às 8 da manhã, a fazer a cama, e a dirigir-me para a minha secretária para estudar.

    Muita gente anda a dizer que este tempo é uma oportunidade para estar em Família, mas os Pais têm teletrabalho, o cuidado da casa e dos irmãos; eu só passo as refeições com a minha Família, e esses são os únicos momentos em que eu saio do meu quarto.

   Para mim, o meu quarto é como se fosse o meu cantinho, normalmente, eu estou em chamada com uma amiga minha, mas, mesmo quando não estou com ela, não me sinto sozinha.

     Gosto do silêncio, do sossego e de ficar sozinha com os meus pensamentos.

    Gosto de Pensar em “coisas” que para mim, são impossíveis de transmitir ou de explicar a qualquer pessoa.

     Não é um pensamento definido, mas sim um pensamento que inclui vários temas, sendo um deles “A Vida” e a sorte de eu ter nascido, porque se algum simples detalhe tivesse mudado, no passado, eu poderia não estar aqui.

IM8B

70 ANOS CAD – O Concerto dos Queen – (2012)

QueenFlickr. com Evert Kuiken

     Neste dia foi tudo muito giro e barulhento no Concerto dos Queen. Foi um “programa de homens”: só eu e o meu Pai – uma noite de verão na Comporta.

     O meu Pai tem lá uma casa, mas não fomos lá passar o dia; ficamos num motel mais perto do Concerto. Chegámos lá um dia antes; comemos pizza de almoço, fomos ao Supermercado comprar coisinhas boas – uns doces “tipo” bolachas. O jantar foi o resto da Pizza, pois não tinha comido tudo.

     Na hora do Concerto, chegou o meu tio  – que tinha organizado o Concerto – e deu-nos bilhetes de graça. Havia uns papelinhos, lá no Concerto, que eram como se fosse dinheiro: um euro verdadeiro por cada bilhetinho. O meu Pai comprou um bloquinho com cem desses bilhetes.

     Quando o concerto começou, tocou logo as músicas que eu mais conhecia: “We are the Champions“, “We will rock you“. A música estava aos berros e eu fiquei com dores de cabeça, mas mesmo assim, gostei de ouvir.

    Estava uma bela lua cheia, mas os efeitos de luz não eram lá grande coisa. Fomos para trás de tudo, só estávamos ao ar livre, foi tudo muito bonito: olhar as estrelas e a lua naquela escuridão.

     Não era a verdadeira banda, eram espanhóis, mas imitaram bem. O ambiente era leve, mas barulhento, as pessoas que estavam à volta faziam parecer que estavam mais de mil pessoas lá.

     Saímos mais cedo e encontrámos dois senhores à porta, sentados à beira da estrada. O meu Pai deu os nossos bilhetes a eles e voltámos para o Motel, que só tinha cinco quartos.

     Escolhi este momento porque foi um momento em Família, a ouvir uma das minhas bandas preferidas.

70 Anos CAD – Miguel F, nº 20 5C – 2012 Atualmente no 12º Ano

Querida Neta

   carta e floresImage par Pezibear de Pixabay

              Olá Querida Neta,

     Sou a tua Avó e estou a escrever-te uma carta ainda com 11 anos. Ainda não sei o teu nome, mas aposto que vai ser um belíssimo nome! Quero aconselhar-te sobre imensas questões, a começar por:

RAPAZES

     Há os rapazes parvos, que não nos ligam nenhuma, e os rapazes amigos, que estão sempre ao nosso lado quando é preciso.

     Há os rapazes que também são ótimos  durante o jantar, mas depois da sobremesa ficam totós.

     E pronto; para além do tema “rapazes”, também temos de lidar com:

IRMÃOS ou IRMÃS

      Os irmãos mais velhos, tu respeitas, mas se for algo injusto, não respeites. Quanto aos mais novos, é igual; não sejas injusta, mas eles têm de te respeitar.

     Os meus irmãos não são assim … Continuando: quando vocês se zangam, não lhes batas. Ignora-os, esse é o segredo. Os teus irmãos só te querem irritar, mas, como não conseguem, calam-se logo!

      É só pensares bem.

       BULLYING

           Há muitos tipos de Bullying: 

        • O Agressivo; 
        • O de gozar – que é de falar e de insultar; 
        • E ainda o Bullying de mandar e de te manipular.

      Em qualquer dos casos, tu tens de falar sempre com alguém.

    Eu só sofri com uma espécie de Bullying: o de tentarem manipular. Livrei-me desse Bullying a mudar de Escola!

     Quando te acontecer alguma coisa, vem falar comigo.

      Sê uma menina feliz!

Beijinhos da

tua Avó

recado para a netaImagem: Cadescrita

MM6D