Guigo, um Grande Amigo

ursinho de peluche sentado num banquinho rodeado de relva

      PixaBay PixaBay License

     Eu tenho muitos peluches, mas o meu preferido e um peluche ao qual eu dei o nome de Guigo.  ele é de cor creme, com a barriga acastanhada.

    O Guigo tem as orelhas como dois meios círculos, os olhos redondinhos e o pelo muito macio.

     O peluche foi-me oferecido pelo meu Pai quando eu era bebé. Ele chama-se “Guigo” porque eu chamo ao meu Pai de “Pai-Guigo”; dei esse nome ao peluche para não me esquecer que foi ele que mo deu quando era pequena.

      Quando eu for adulta, eu vou dar o peluche aos meus filhos e espero que eles façam o mesmo.

     O Guigo é o meu melhor amigo, pois posso contar-lhe tudo e eu sei que ele não me vai trair.

BF6A

O Amante do Oceano Esplendoroso

ondas em rebentaçãoPixaBay PixaBay License

(Dedicado a PC7B)

     À beira de um Oceano esplendoroso é que o sonho se distendia nele, abria-lhe o coração até ao infinito e e mergulhava-o na fonte da Alegria.

     Não lhe faltavam amigos, mesmo sendo pobre e vivendo ao acaso pelas praias.

     Tinham chegado a considerá-lo “o animal mais fofo do mundo” devido à sua aparência ternurenta e um pouco sonhadora, o longo pelo cinzento sempre limpo, pois mergulhava entre as ondas a  cada 5 minutos, na sua paixão impaciente por nadar.

      Colecionava sandes que os turistas partilhavam generosamente, cativados pelo seu jeito meigo de se aproximar. Alimentava-se assim, do acaso, ora de largas folhas de alface, rodelas de tomate entremeadas com bocadinhos de atum, ora deliciava-se com um cachinho de uvas e pão escuroo recheado de chouriço. 

     Durante o dia recolhia pedacinhos de plástico e papéis amarrotados que encontrava na areia e ia levá-los ao Nadador-Salvador que se tinha tornado um grande amigo.

    Ao anoitecer, aninhava-se entre as rochas, embrulhado numa mantinha de retalhos e ficava a trocar piscadelas com as estrelas cintilantes no infinito.

                Com BF6A, CR6A e LP6C – Inspirações para Escrever OE

Carta para o Futuro

desenho colorido de criança com prédios e árvoresPixaBay PixaBay License

Cascais, 26 de Janeiro de 2019

     Querido Primo,

     Sou a tua Prima Beatriz e tenho 11 anos, mas quando abrires esta carta, tu vais ter 10 anos.

     Deves saber que chegaste ao Mundo antes do tempo, pois és prematuro.

     Eu adoro escrever cartas, embora tenha tanto jeito para conversar que acabo por escrever poucas vezes.

     Vou partilhar contigo alguns truques para lidares com os Pais.

     Por exemplo, se quiseres muito um telemóvel em que te consegues teletransportar, e que depois, nem precisas de ir às aulas, para o conseguires, podes trocar esse presente por “Cupões de Pai”:

     1 – Arrumar a garagem;

    2 – Apanhar folhas do quintal;

    3 – Lavar o carro;

   4 – Levar o lixo para a reciclagem;

   5 – Dar banho ao cão;

  E muitas mais tarefas que possas inventar e fazer!

  Querido Primo, quero desejar-te muitas Felicidades!

B

P.S. Se precisares de mais conselhos, não te preocupes que eu tos dou ao longo da vida.

BF6A

 

Tenho Muitos Motivos de Gratidão

     rosa vermelha em grande plano

     Pixabay Atribuição: CC0

     Hoje sinto-me muito bem, pois comecei o dia com aqueles de quem mais gosto: a minha Família.

     De seguida fui para a Escola, onde estou a passar o resto do dia a aprender e a brincar com os meus Amigos.

     Tenho muitos motivos de gratidão, pois os meus pais trabalharam muito para darem uma vida boa a mim e à minha irmã.

      Por isso eu irei levantar as notas, para eles ficarem contentes e irei estudar muito mais do dobro.

     Tenho também de agradecer aos meus Pais por me terem dado Carinho e Amor.

BF6A

À Conversa na Oficina -1

duas jovens de costas, apontando para o horizonte

Photo by Ian Schneider on Unsplash

C – Um grande momento deste período foi a visita ao Palácio de Queluz: vimos os quadros dos Reis! 

B – Para mim o melhor momento foi o início do ano, quando voltamos a ver os nossos amigos.

C – A minha disciplina favorita é Inglês e tive 81%.

B – A  disciplina que eu gosto mais  é Matemática e tive 89%.  Sempre foi a minha disciplina favorita desde o primeiro ano.

C A estratégia que eu uso para decorar em HGP: vou lendo o livro por parágrafos e depois fecho o livro e fico a contar sozinha.

B – Quando estudo, gosto de pensar que estou a ensinar e não a aprender. Desde pequena que sinto que vou ser professora.

C – Quando estou em aula, ouço o professor e por vezes, repito com o pensamento, fotografo o que ouvi e depois imagino.

B – Em aula, eu consigo ver mentalmente.

C – Quando tenho testes, estudo aos poucos uns dias antes. Faço rascunhos, leio um, junto ao outro e vou assim até à véspera do teste.

B – Vou começando a estudar durante uns dias antes; estudo logo um bocado durante a semana. Na véspera vejo: ” – Isto sei bem.” Ou:  ” – Devia dar mais uma olhada.”

C – À segunda, ao chegar a casa, lancho, estudo até às oito, com intervalinhos, vou jantar, vejo tv e faço o que me apetece.

B – Tenho atividades extracurriculares todos os dias, menos à quarta. Portanto, estudo à quarta,  estudo à tarde. Mas também brinco com a minha irmã. Nos outros dias, saio da escola às 18, mas chego às 18h 30, porque a minha casa é um bocado longe. Estudo até às 8  horas, mas também lancho e tomo duche.

C – Eu faço dança artística, numa escola de Dança no Estoril.

B – O meu desporto favorito é o Ténis e os torneios são no Colégio.

C –  O Inglês fascina-me… A minha avó é Inglesa;  fico muito impressionada com a língua Inglesa.

B – Gostava muito de ser Professora de Bebés, porque eu gosto muito de crianças. Gostava de ser Professora de Matemática. Gosto de fazer contas e de números. A Matemática está em todo o lado…

C – No recreio, gosto mais de conversar.

B – No recreio, gosto de jogar cartas: “Olho”, “Pepe Rápido”…

C – A minha expectativa para este Natal é passar o tempo todo com a minha Família! E abrir os meus presentes, que já estão na árvore. É horrível ter os presentes ali e não os poder abrir!

B – Estou em expectativa: este Natal vou estar com a minha Família. Tenho um primo que nasceu: é muito pequenino, tem poucos meses, é mais um membro da Família.

C – Escutar é saber ouvir o que os outros estão a dizer e, se nós quisermos falar, os outros também têm que nos escutar. Este tema da Escuta, não está a ser vivido por alguns. Mas alguns estão a respeitar.

B – Escutar é saber ouvir e falar, sendo uma pessoa oportuna e adequada.  Isto é, sabermos quando devemos falar e o que devemos falar. Este tema da Escuta não está a ser vivido por alguns; alguns estão com o dedo no ar, mas estão  a falar com o dedo no ar.

C – Este Natal, na Turma, devemos ser gentis e contribuir com a nossa parte no Cabaz.  Temos um casal, um adolescente e um bebé.

B – Esta semana, antes do Natal, temos “Eco-Turmas”: atividades desportivas, em que jogamos Futebol e Mata, umas turmas contra as outras, das 14h às 16h 30.

Conversas na Oficina  – CR6A e BF6A