CAD em Isolamento – “O Que Me Faz Voar”

velocidade furiosaCommons Wikimedia.org     

     Gosto de ver Netflix, fazer desporto e jogar.

    O meu Género de filmes é ação e aventura; às vezes vejo uns de horror, mas prefiro os realistas.

    Filmes que aconselho são os do “Harry Potter” e “Velocidade Furiosa”.

     Uma cena marcante no “Velocidade Furiosa” foi a homenagem ao ator secundário que morreu enquanto acelerava demasiado numa curva e foi contra uma árvore.

   Mostraram imagens dele e do ator principal: como iam por caminhos diferentes, o ator principal ficava no filme e o outro  ia por outro caminho a identificar que esse caminho era o céu e o autor principal disse que nunca se iriam separar, iriam ficar sempre juntos.

sufing

   Image par Free-Photos de Pixabay 

     Os meus desportos favoritos são o Ténis e o Surf .

    Na prática do Ténis, desenvolvo a rapidez ao correr de um lado para o outro do campo; sinto que desenvolvemos os reflexos que nós temos, ao tentar tocar na bola, quando ela vem de repente. Para aquecer corro à volta do campo e, se falho a bola, às vezes a professora manda-me fazer flexões.

     Até agora entrei em torneios pequenos; gostava de entrar em campeonatos maiores como no campeonato mundial. O Guga já vai a Campeonatos Mundiais.

    A minha experiência de Surf é um projeto para o Verão, pois gosto imenso de estar na água; vou à Comporta e ao Algarve.

   Quando apanho umas ondas, deitado na prancha, gosto muito, é bom estar na água, é uma sorte estar na água, tenho uma sensação única.

    Adoro sentir-me bem no Mar e ter aquela sensação de conforto na água.

esquadrõesPexels.com Author: Everson Meyer

   O meu videojogo favorito é o Fortnite. Comunico com os amigos, às vezes conheço amigos dos amigos, que antes não conhecia.

   O mais interessante do jogo é o trabalho em equipa para conseguir vencer. Há vários modos, um dos quais é “Esquadrões”, em que temos de estar a olhar uns para os outros e ver se ninguém é atacado.

   Na prática do Fortnite, desenvolvo reflexos, pois quando dão tiros no jogo, sinto que vem alguém, sinto passos a virem, penso que é alguém e ponho-me sempre em alerta.

Conversas na Oficina – TB6A

CAD em Isolamento – Um Verdadeiro Amigo

amigosImage par Shift and Sheriff de Pixabay 

       O que mais gosto é de jogar e andar de bicicleta, mas sobretudo de estar com os meus Amigos.

     No Fortnite,  ganho agilidade nos dedos e rapidez de reflexos; por exemplo, ao escrever, consigo escrever mais rápido; mas o mais divertido é jogar com os Amigos.

    No exercício de andar de bicicleta, vou com uns Amigos meus que vivem aqui perto, à volta do quarteirão, e gosto da força de vontade com que eu fico para continuar, quando já me doem as pernas.

    Uma pessoa é um verdadeiro amigo  quando nós conseguimos ter confiança nela, essa pessoa tem confiança em nós e temos tanta confiança nela que  conseguimos contar-lhe segredos; estamos ao menos uma parte do tempo juntos, a conversar, a partilhar …

    É tão bom quando queremos desabafar algo, quando não temos nada para fazer e estamos sentados num banco a olhar para o nada e um amigo passa por lá e nos chama ou nós vamos ter com ele…

CAD em Isolamento – Recriação Oral de Texto – AB6B

CAD em Isolamento – Um Novo Quotidiano

     ilha ideal

     Imagem de Louise Dav por Pixabay 

     A minha quarentena começou há um mês e dois dias. Estou com os meus pais, os meus animais de estimação e o meu irmão. Estou feliz graças a estarmos juntos.

   Adaptei-me recebendo as Tarefas no Classroom e a fazê-las logo no mesmo momento.

    Não me sinto limitado, gosto de estar na minha casa, a fazer as minhas coisinhas, no meu quarto/ escritório, a ver “as cenas” que tenho para mudar no quarto.

   Criei um horário: levanto-me, – vejo se há tarefas, se não há, vou jogar um bocadinho de “GTA” e “Call-of-Dduty”;   se há tarefas, vou logo fazê-las.

   Estou a gostar muito de aprender pelo Google Classroom, porque conseguimos falar com os nossos professores. Também recebemos as tarefas por aí e é por aí que nós aprendemos. Não precisei de modificar as minhas estratégias de estudo.

   Aconselhos os meus colegas a jogarem um bocadinho com os amigos todos os dias, assim não se aborrecem. Eu Comunico com os meus na PS4, no Zoom e no Whatspp.

    Neste momento, sinto que muita gente teve de ficar sem casa, sem dinheiro para pagar as suas contas, as rendas, a luz, a água.

   Os heróis deste momento são os cientistas e os médicos.

  Não saindo de casa sou solidário e ajudo os outros.

    lm

Com o CAD em Isolamento – Conversas na Oficina –  LM6B

O Que Me Faz Voar – 3

     guitarra

Image par Daniel Wanke de Pixabay     

     A última vez que joguei ao Cluedo com a minha Família por acaso até estava lá a minha Avó – lembro-me que eu, a minha Mãe e a minha Avó estávamos a beber chá enquanto jogávamos; estávamos a jogar na sala de jantar à volta da mesa e distribuímos as personagens por cada um – eu era a Scarlett.

    Este jogo ajuda o João a ter mais paciência e eu gosto deste jogo porque convivemos e estamos todos juntos.

    Normalmente jogo Minecraft na X-Box: é um jogo giro, que desenvolve a criatividade:  vamos construir casas e temos de ter imaginação para as construir. Eu crio cães, gatos, pássaros, raposas e alimento-os para ficarem comigo.

    Quando acabo de tratar da mochila e de escolher a roupa, vou às escondidas para o meu quarto tocar guitarra. Como toco baixinho, os meus irmãos não ouvem e, por isso, nunca ninguém sabe quando é que eu estou a tocar guitarra.

     Toco com acordes, por exemplo, “O Frango e a Galinha”, que implica mexer mais os dedos; quando toco flauta, como o “Big, Big  World”, sei as notas de cor, não preciso de pauta.

  Normalmente desenho animais – também faço isto às escondidas – porque gosto muito de animais, especialmente gatos. Yoda serve-me de modelo; ele vai sempre ter comigo, então, é mais fácil.

BB5C 

Limites de Tempo Online

consola de x-boxImage par InspiredImages de Pixabay

      Será que se deve jogar online mais de uma hora por dia?

     Para começar, acho que não devemos jogar mais de uma hora por dia, pois o esforço de focar o écran durante o jogo estraga os olhos. Por exemplo, entre os estudantes com as melhores notas do mundo há uma grande percentagem de míopes.

    Seguidamente, as pessoas começam a isolar-se e, em vez de terem amigos verdadeiros, têm amigos virtuais. Por exemplo, nos Estados Unidos, está a aumentar o número de pré-adolescentes isolados.

       Além disso, quando nós ficamos muito tempo imóveis, começamos a perder músculos e a ganhar gordura. A este respeito, a OMS dá indicações sobre a quantidade de calorias e as horas de atividade física para um bom crescimento.

     Por todas estas razões é que apoio a ideia de jogar pelo menos não mais do que uma hora por dia.

AS6C

Celebrar 15 Dias

duende na neveImagem de Couleur por Pixabay

    Quando estou de férias, sinto-me mais criativo,  porque não estou a pensar em testes e não estou tão cansado. 

   O momento mais feliz das minhas últimas férias de Natal foi receber os presentes e estar com a Família.

   Eu estou a preparar o Natal com a típica árvore e com o meu computador que tem luzes, nas teclas, a piscar de diferentes maneiras: parece o mar, abrindo luzes em filas, num crescendo de forte a fraco, partindo do meio do teclado.

  O sentido do Natal é estar com a Família e receber presentes; sobretudo se recebemos presentes de tecnologia, a ver filmes e a conversar.

   Em minha casa parece que há uma barreira invisível nas portas: não saímos da sala até à meia-noite.

   O Natal podia ser celebrado durante 15 dias!

LJ7A

Realidade Virtual e Realidade Real

realidade virtualImage parHarri Vick de Pixabay 

     Qual a diferença entre estas duas circunstâncias: Realidade virtual e realidade real? Para mim, a liberdade na realidade virtual é magnífica, porque, por exemplo, nos jogos, posso partir carros ao meio e na vida real, não.

      Por exemplo, no GTA V, têm lojas de armas como se fossem um supermercado! Quando se vai à frente de um polícia, ele fica logo desesperado e ganha-se. Mas na vida real, se vamos à frente de um polícia, ele não faz nada.

     Quando  estou a fazer vídeos para o grande YouTube, sinto-me bem, mas quando alguém vê os vídeos ao pé de mim, fico envergonhado.

      Às vezes tento ter ideias, mas não consigo pensar, porque, por exemplo, tenho que estudar, fazer tpc, e, com tantas tarefas, a inspiração, num estalo de dedos, vai-se embora.

     Assim, no mundo real, os momentos de liberdade são muito mais difíceis de segurar.

LJ6A

Ce que J’Aime Bien

adro da Igreja onde o Alex brinca com os amigos em frança

     Google Maps – photos Baptiste Dailhé Atribution: Conditions de Google Maps

       Gosto de imensas coisas! Por exemplo:

    Jogar futebol com o meu irmão, jogar pingue pongue, jogar videojogos, como Fortnite.

    Dou passeios com o meu avô pelos olivais no Alentejo. Passeio os cãe: um é branco com pintas castanhas, o outro é um bulldog francês e ainda há um beagle muito maluco que cada vez que sai, foge. Já ficou desaparecido 3 dias.

    O meu bulldog francês sabe sentar-se, fazer de morto, e até se deixa revistar, com as patas da frente apoiadas na parede.

    As minhas impressões de Portugal são boas, gosto de viver aqui. As pessoas são simpáticas. Cá descobri novas coisas, como por exemplo, novas refeições, novas terras…

    Para o 3º período gostava de ter melhores notas a Português, sobretudo em gramática, educação literária e escrita.

    Nas férias grandes penso ir a França  – no Domingo, ao fim da tarde, os meus amigos e eu jogávamos futebol, andávamos de bicicleta, de trotineta e de patins, no adro da Igreja. Eu morava na rua Gbh la Folie. Quero voltar a vê-los e voltar a fazer isso.

      Na Páscoa vou para o Alentejo e Açores ou Algarve.

AS5C

Web Segura, Videojogos, Cyberbullying

imagem de computador eirradiando cores sobre o mundo PixaBay PixaBay License

Comentário livre à sessão de Formação realizada pelo Dr. João Faria por um Aluno do 7ºB: 

Dependência da Web, Videojogos e Cyberbullying

     A progressão dos telemóveis evoluiu até chegar à geração dos smartphones; e cada vez vão evoluir mais até chegarem a substituir talvez mesmo funções vitais.

     Os ipads usam se nas escolas; o psicólogo pensou, primeiro, que os profes não os querem usar, mas ele disse depois, “vocês ainda não usam”, porque, na verdade, um dia, vamos usar.

     Quando perguntou quem tinha conta no Instagram – todos meteram o braço no ar. Então, perguntou se sabíamos com que anos podíamos ter essa conta: é apenas com 16.

     Devemos ter cuidado com o que pesquisamos no Instagram: podem enviar-nos pedidos para nos seguir e as pessoas podem ser mal- intencionadas.

    Em relação aos Jogos – foi dito que só devemos jogar duas horas por dia, ou estar nas redes socias apenas duas horas, no máximo; o excesso começa a fazer mal à saúde, pode provocar adicção:

  • Também podemos perder amigos;
  • Ter sentimentos tristes ou muito agressivos no jogo;
  • Ou até gastar muito dinheiro.

     Em termos positivos, o facto de jogarmos também nos permite desenvolver conhecimentos: 

  • Nome de armas;
  • Sítios nos planetas;
  • Nomes de planetas;
  • Nomes de livros;
  • Enfim, há jogos sobre tudo.

     Também há melhoria nas línguas: já joguei jogos russos, tive de meter legendas em inglês.

     Discutiu-se também o Cyberbulling – o facto criminoso de se enviarem vídeos sexuais a pessoas. Em casos desses,  devemos avisar logo um adulto, embora a maioria das pessoas a quem acontece isto tenha vergonha ou medo de dizer.

      Uma amiga minha tem uma pessoa que está a mandar mensagens por instagram e assina “Madalena the Freack” mas é uma pessoa desconhecida.

      Mas, por outro lado, podemos fazer novos amigos: no Fortnite, já joguei com crianças de França, dos EUA.

    Uma vez era um miúdo de seis anos com voz super fofinha e os irmãos. Eles pensavam que eu era um homem qualquer, mas deixaram-no jogar enquanto nos vigiavam.

     O Psicólogo explicou que os jogos estão a evoluir cada vez mais: quando o seu filho tinha dois anos e meio, deu lhe um comando da play station; ele agarrou-o e pôs as mãos na posição certa. Ou seja, os jogos estão pensados para uma pessoa, logo à primeira vista, adivinhar como deve fazer.

       Mas vimos uma  escola inovadora em que o professor tinha “uma coisa” com quadrados pretos e passou no ipad do aluno e apareceu no ipad em 3 D .

      Nessas outras escolas inovadoras vão percebendo funções do ipad,  funções que estão escondidas atrás.

     Há pessoas mesmo muito viciadas,  que ele também é psicólogo e conheceu um rapaz que dizia que ia à casa de banho, quando estava à mesa, mas  ele não tinha de fazer nada,  era só o medo de não saber as últimas novidades nas redes sociais.

      Com as pessoas a serem pressionadas pelas redes sociais no namoro, há mais dispositivos a dar dinheiro.

      Vamos falar à nossa Diretora que queremos que a nossa escola fosse mais desenvolvida .

    Eu acho que nós devíamos ter mais aulas criativas digitais e ter mais cuidado com o que fazemos na Web.

Conversas na Oficina – PC7B

Sites relacionados: Tristan Harris, Cal Newport – engenheiros da web e suas posições. Humanetech.com – site criado por Tristan Harris para apoiar a libertação de dependências online.

O Gosto de Conversar

jovens reunidos a conversar, sentados: só se vê as pernas e braços

     Photo by rawpixel on Unsplash

     Nós, as crianças, brincamos para nos distrairmos enquanto podemos.

      As minhas brincadeiras favoritas são jogar à apanhada, ao quinze, às escondidas…

     A partir de certa idade, podemos vir a gostar mais de conversar do que de brincar. Gosto muito de conversar com o TF, o T, o DT, o S, o DC, o TB e o TF. 

     Além de conversar também gosto de brincar, de livros de piadas, de videojogos – Battle Field, Fortnite – passear com os Pais e conversar.

     O que gosto mais de fazer com os Pais é  conversar.

AB5B

Uma Ilha Explosiva

combatentes de fortnite por terra e por ar

 Flickr CC 2.0

MI – O meu jogo preferido é o Fortnite, onde temos de matar os habitantes de uma ilha explosiva. Usamos as armas que ganhamos na própria ilha; procuramos as armas no chão, em casas, dentro de baús…

DJ – O meu jogo favorito também é o Fortnite, porque é um jogo competitivo. 

MI – Também podemos construir e destruir! Se destruirmos algo com picareta, como paredes de uma casa ou carros ganhamos esse material e podemos construir.

DJ – A minha cidade favorita é Titéa Tawars. Tem muitos prédios altíssimos, um Big Ben, uma loja de roupas que foi destruída por um cubo roxo gigante, o qual também se destruiu, mas foi num lago vazado.

MI – E se tivermos um amigo para jogar, podemos empurrar um carrinhos de compras com ele lá dentro. Uma vez em que eu tinha um amigo dentro do carrinho, comecei a empurrá-lo, atirei-o por uma ravina abaixo e ele morreu. Mas não é suposto matar os amigos no jogo.

DJ – Nesta cidade, matam-se corajosamente os inimigos e aqui faço recordes: já atingi os 34 “kills”. Uso armas perigosas que estão escondidas, e às vezes, “dropadas”, isto é, caídas no chão. 

MI – Uma vez, eu estava a construir uma ravina e aí ela explodiu: outro jogador estava a atirar com “bazuka” eu atirei-lhe um pára-quedas e matei-o, mas logo a seguir caiu-me uma “drop” em cima e morri!

DJ – Posso combinar estratégias com amigos. Às vezes jogo “Parquinho” em que faço uma vez um tipo de “Battle”, isto é, de batalha em que nos podemos matar e divertir ao mesmo tempo.

MI – Uma “drop” é uma espécie de caixa de armas que vem do céu. Se a abrirmos, está cheia de armas lendárias: Scar, Rocket, P90, Ivi lendárias, Ivi shot gun, Ivi Snipper…

DJ – A minha arma favorita é a Heavy Shot Gun, porque provoca muito dano. Quando faço 0X1 – que é a batalha de construção – com os meus amigos, faço em “Build Metal”. Ganho porque sou “bué bom” e digo “GIG”, que significa “Good Game”!

MI – A minha arma favorita é a Rocket, porque faz explodir tudo! Dispara-se e Buumm! Onde eu quero chegar é ao primeiro lugar em “Kills”.

(Partilha Oral com alguma escrita) MI5C e DJ5D

No Coração dos Jogos

pai natal no minecraft

     Imagem: Flickr Atribuição: CC-BY – NC – SA 2.0  Autor: Harley Quin

     Eu sinto-me muito bem comigo mesmo, porque  tenho muitos amigos e sou feliz. 

    Sinto-me espantado quando descubro algo novo num jogo, como por exemplo, a exploração de pinhais, facas e serrotes para construção e também fazer uma casa de madeira. 

     Sinto-me agradecido quando me oferecem algo  de surpesa: a tecnologia!

    Depois dos meus anos, fui à visita de estudo e estava superansioso: ia receber um computador de gaming nesse dia! 

    Também me sinto grato quando recebo roupa ou relógios giros. 

      Gostava imenso de enfeitar o meu Minecraft para o Natal, já que me esqueci de o enfeitar para o Halloween!  Como não posso jogar durante a semana, fica para o fim de semana de final de Novembro.

    Outro Projeto que tenho em mente é chegar a desenvolver criações no Minecraft e no Fortnight: jogar bem os dois jogos.

  LJ6a