CAD em Isolamento – A Guerra Fria

A URSS versus os EUA

pt.wikimedia.org

     A Guerra Fria começou em 1950, com a crise dos mísseis de Cuba. Como os EUA estavam furiosos com a humilhação sofrida na guerra do Vietnam, instalaram bombas nucleares na itália e Turquia. Em resposta, os soviéticos colocaram um país comunista bem na América.

   Com isso, os EUA começaram a controlar as regiões marinhas onde os soviéticos instalavam os mísseis. Os Soviéticos não gostaram, por isso disseram que os mares não podiam ser controlados pelos EUA, acusando-os de estarem a tentar criar uma nova Guerra Universal.

   Como os EUA não obtiveram muita informação, enviaram um drone-avião conduzido por pilotos para os vigiarem. Quando observaram as imagens, perceberam que não se tratava de umas bombais quaisquer,  mas sim de bombas nucleares carregadas!

  Quando isso chegou aos ouvidos de Kennedy, ele disse:” – This is War!”  

crise dos mísseis de cubaFlikcr.com Author: Ron Cogswell

    Para os Soviéticos não começarem logo a suspeitar, os Eua utilizaram os seus submarinos. Com os Soviéticos a não cumprirem o tratado de paz que tinham feito, muita propaganda começou a fazer-se entre os EUA e a URSS.

    Os Americanos, em troca, começavam a treinar Cubanos que viviam na América – nos EUA, neste caso. Ao serem treinados, foram enviados para Cuba, para lutarem contra os outros Cubanos. Onde houve a Guerra da Baía dos Porcos. Não houve grande sucesso e foram derrotados em poucas horas.

   No mesmo ano, Kennedy é assassinado, a mando do governo Russo. O primeiro ministro Americano também foi assassinado por um amante do governo russo.

   Passado um ano, os Americanos começam a ter suspeita de que um casal Russo estava a transmitir informações à União Soviética, sobre as armas nucleares; foram condenados à morte por traição, nos anos 50-60.

antigas coloniaspt.wikipedia.org

    No mesmo ano, acontece a Guerra Colonial entre Portugal e as restantes colónias. Ainda assim Portugal apoia os EUA, o que é impressionante.

   Esta guerra veio a resultar na independência de novos países, a partir de 1975.

  Improviso oral do Aluno sobre Questões de História com base em pesquisas pessoais.

FM5C

CAD em Isolamento – As Pandemias na História – I

10 – A Praga de Justiniano

yersiniapixinio.com

    O próprio Imperador otomano ficou infetado. A praga causou mais de 25 milhões de mortos, incluindo o Imperador.

   O que trouxe a cura a esta doença é que o corpo ganhava imunidade ao fim de 4 semanas.

    Os sintomas eram febre alta, tosse incluindo sangue, paralisação e inflamação nos olhos, nariz e boca e grande emagrecimento.

9 – A Peste Negra

o triunfo da mortewikipedia.org

   Causada pela bactéria hiersinia pestis, descoberta por um Francês no século XVIII. Causou mais de 230 milhões de mortos e mais de 2/3 da populações.

    Em Portugal, estima-se que metade da População morreu.

8 – A Gripe Russa

gripe russaWikimedia Commons

   Causou poucas mortes –  relativamente – 240 mil mortes; a bactéria é igual à do sarampo. Afetou principalmente a Rússia, o Norte da Alemanha e Polónia; durou um ano, 1889 – 1890.

7 – A Varíola

varíola

Picsels.com

      Atormentou o mundo durante mais de 3000 anos, equivalente a 30 séculos, o que leva a incluir séculos A. C.

     Causou 300 milhões de mortos, equivalente a quase a população inteira dos EUA.

    Na 1ª etapa era igual à gripe: cansaço, febre e dores musculares. Na 2ª etapa, incluía dificuldade em falar, paralisação e dificuldade respiratória. Na 3ªetapa, a mais avançada, causava borbulhas por todo o corpo, não faltava nenhuma parte, podia causar perda de visão e estado de coma por 3 semanas.

6 – Praga de Marselha

Wikipedia.org

      Esta praga começou com vários barcos comerciantes vindos da Rússia e Norte de Africa, atracados nos portos. Como peste negra, transportada por pulgas nos ratos, causou mais de vinte milhões de mortos, incluindo o Imperador Austríaco, que ficou infetado e morreu.

    Improviso oral do Aluno com base nas suas pesquisas pessoais.

FM5C

CAD em Isolamento – A I Guerra Mundial – II

Improviso Oral do Aluno sobre a I Guerra, com base nas suas leituras e investigação pessoal.

Portugal na I Guerra

                       Prisioneiros Portugueses em 1918 – Wikipedia Commons

    Não tendo Portugal obedecido ao bloqueio naval com o Reino Unido, a Alemanha invade Moçambique e, no dia seguinte, declara guerra a Portugal.

     A maioria dos Portugueses lutou nas trincheiras do Canal da Mancha até à Suiça.

      Passando para 1917, o Reino Unido, com a esperança de poder parar com essa guerra, prometeu aos Árabes um grande império árabe nos territórios Árabes Otomanos, por isso estes planearam um cerco às linhas de comboio, mais conhecido como a Revolta de Hejaz.

     Mas ao mesmo tempo, o Reino Unido prometeu à França, e aos seus Aliados que iam dividir entre si os territórios Otomanos, caso ajudassem na guerra.

Máquinas de Guerra

avião derrubadoNational Museum of US Navy

    Ao mesmo tempo, em 1917, a Guerra não foi assim tão má, mas, mesmo assim, ainda foram descobertos vários avanços eletrónicos, como por exemplo, na batalha de Liège, os Britânicos utilizaram tanques de guerra, o que assustou os Alemães.

    Mas ainda assim esses tanques não fizeram grandes estragos, pois estavam cheios de problemas técnicos.

  Nesse mesmo ano foram criados aviões equipados com metralhadoras pesadas, e ainda foram criados novas armas mais leves e mais fortes. Como por exemplo, Aviões 17 – Heindoven.

A Trégua de Natal

christmas truceFlickr.com  Autor: Diego Sideburns

     No Natal de 1917, entre os Alemães e Ingleses que estabam na França, é conhecida a “Trégua de Natal”: os franceses e ingleses de um lado e os alemães do outro, saíram das trincheiras e trocaram presentes, conversaram e enterraram os mortos que estavam em “terra de ninguém”, que era o espaço vazio entre trincheiras.

     A Revolução Russa

     

Ivan Vladiimirov prendendo os generais  -02 – 1917 wikimedia commons

      Passando para 1918,  o Império Otomano, já muito cansado e sem mantimentos, assina um acordo com a Alemanha e os Aliados e sai da Guerra.

    A Rússia, nesse mesmo tempo, precisava desesperadamente de mantimentos, pois já nem tinham comida para os cavalos.

    O comunismo na Rússia começou a crescer bastante, pois ofereciam três coisas: o pão, a paz e a terra, que era o que a maioria dos russos queria naquela época.

     A Revolução De Fevereiro, foi uma das histórias civis mais sangrentas da História da rússia, ficou um pequeno Governo russo para substituir o Governo do Czar.

     Esse mesmo Governo fez a péssima escolha de continuarem na Guerra.

    Os Russos, ao lutarem contra a Alemanha, em S Petersburgo, suspeitaram que os Arménios estavam a ajudar os Alemães, por isso houve um genocídio em que milhares de Arménios que viviam na Rússia foram mortos, incluindo bebés.

     O Império Austro-Húngaro, já quase sendo engolido pelos Russos, fez um tratado  de paz com a Rússia, informando que ia sair da Guerra: foi o tratado de Brest-Litovsky.

      Ao mesmo tmpo, com esse tratado, a Rússia sai da Guerra. Mas não ia ficar feliz depois de sair, porque houve a Guerra civil russa entre os brancos e os vermelhos: os vermelhos, apoiados pelo Império Otomano e a Alemanha, os brancos apoiados pelos Aliados, Estados Unidos e Nova Zelândia.

 O Dia 11 do 11, às 11h

Le jour de gloire

    wikimedia commons

     Neste momento só faltava a Alemanha, que não quer parar com a Guerra. Para terminá-la, no dia 11 do mês 11, às 11 horas, a Alemanha rende-se, dando fim à Guerra.

 Improviso Oral sobre a História da I Guerra Mundial – FM5C

CAD em Isolamento – A Peste Negra na Época Medieval

mapa da difusão da peste

Par FlyingPC — Travail personnel, CC BY-SA 3.0, 

    Em 1345 – 50, havia apenas Peste Negra na Ásia, pois a Peste Negra surgiu na China. Dizem que foi transferida para o mundo a partir de pequenos insectos, como o piolho, a mosca, que transmitiam a peste negra quando picavam, por isso não havia nada a fazer.

    Só em cerca de 1365 é que as pessoas começaram a ficar em quarentena. Mas já nessa altura havia 175 milhões de pessoas mortas.

     Depois, demorou cerca de 50 anos até a Peste Negra passar. Não foi pela cura, pois a cura nunca foi descoberta. Foi mais uma questão de sorte, pois as pessoas que não respeitavam a quarentena, não faziam nada depois, até que, passados cerca de dois dias, apareciam os sintomas; dava-se a estimativa naquela época, que quem tinha peste negra só tinha 5 dias de vida.

    Alguns pais fugiam dos filhos por eles terem peste negra. Outros simplesmente os enterravam vivos, pois um pai que é pai nunca podia matar um filho…

    Era o  rei que os obrigava a fazê-lo, pois os reis eram, digamos assim, “mimados” e não queriam apanhar a doença.

     As pessoas que morriam, eram tantas que nem sequer dava para fazer um funeral.

    A situação era de tal maneira pouco controlada que tinham de fazer paredes de paus com cerca de 400 pessoas cada,  que eles proibiam os pais de ver, e os filhos, quando viam os pais lá, às vezes nem sequer precisavam, porque a Peste aniquilava Famílias inteiras, não sobrava nem um familiar. Atiravam então uma tocha e corpos eram queimados.

    Outros eram queimados em fogueiras, prendiam-nos num pau como se fosse um porco, outras eram enterradas, mas sem funeral.

CAD em Isolamento –Tertúlias de HGP LB5A

CAD em Isolamento – “As 3 PASSAGENS”

Leitura alternada e partilha de comentários do Manual de EMRC pelas Alunas IM8B e CA8A

páscoaPhoto par formulaire PxHere

 “Páscoa” significa “Passagem”

  • Para os judeus, celebra a passagem da escravidão do Egito para a liberdade através da presença de Deus e de atuação de Moisés.
  • Para os cristãos, é a celebração da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.
  • Pessoalmente, é a passagem de cada crente rumo a uma vida em liberdade.

Páscoa implica sempre  Liberdade

nuve coraçãoPhoto par formulaire PxHere

  • Da escravidão socio politica, para o povo de Israel.
  • Da morte do ser humano, para Jesus.

    A Liberdade é afirmada e reconquistada no êxodo do judeus –  (ex – para fora) (ôdos – caminho)  – que saem do Egito em busca da terra prometida: uma terra de sonho.

   A Liberdade é reinventada na Ressurreição de Jesus pela ação de Deus.

   O Deus Bíblico quer a Liberdade e a Vida;  recusa a escravidão e a morte.

   Ele é o Deus da Vida e da Liberdade. Foi para a Liberdade e para a Vida que criou o ser humano.

 A Páscoa Cristã

cruzpxhere.com

 Que pretende Jesus, o ex-carpinteiro de Nazaré?

    Há algum tempo que Israel se agitava por causa deste homem de 30 anos que tinha deixado a carpintaria para ser Pregador.

    Dizia anunciar uma Boa Nova que vinha de Deus: A sua fama cresceu ainda mais quando começou a realizar milagres; o grupo dos que o seguiam aumentava sempre; de entre eles escolheu 12, os Apóstolos; seguiam Jesus para onde fosse, ouviam a sua pregação, tinham reuniões especiais com ele e rezavam em conjunto.

Últimos dias de um condenado: Jesus

    Como todos os anos, também neste Jesus celebrou a Páscoa dos judeus.

    Durante a Ceia Pascal, pegou no pão, partiu-o abençoou-o e deu-o a comer dizendo que era o Seu Corpo que ia ser entregue à morte.

   Depois pegou no cálice e abençoou-o dizendo que aquele vinho era o seu sangue que havia de ser derramado pela humanidade.

    Depois da refeição foi para o jardim das Oliveiras onde foi preso por indicação de Judas.

    Perante tribunal judaico tentaram acusá-lo falsamente. Acabaram por condená-lo à morte.

   Na manhã seguinte levaram-no à presença de Pilatos, o Governador Romano que tinha o direito de condenar à morte.

     No tribunal acusaram -no de revoltar o povo contra o Imperador. Dizia ser “o Rei dos Judeus”.

     O Governador não acreditou. Mas teve medo dos judeus: entregou Jesus para ser crucificado.

     Depois de ter sido flagelado, levaram-no par uma colina e foi crucificado. foi depositado num túmulo escavado na rocha.

     No domingo de manhã algumas mulheres, viram o túmulo vazio. Ficaram surpreendidas mas disseram que Jesus lhes apareceu de repente.

     Afinal Jesus tinha vencido a morte e estava Vivo.

     A Comunidade Cristã

Photo par formulaire PxHere

     Depois de acalmarem, começou um movimento religioso: durante a festa dos Pentecostes (cinquenta dias) começou a pregação de alguns Apóstolos do grupo dos 12, sobretudo de Pedro: estes homens que tinham fugido cheios de medo, estavam agora a anunciar sem medo e com coragem a sua Ressurreição.

   Muitos homens e mulheres aderiram e foram batizados. Da sua mensagem destaca-se:

    Jesus continua a ter uma amizade pessoal, direta, e  misteriosa com cada um de nós.

    Jesus está presente na comunidade dos crentes que forma um povo sem fronteira a que chamamos Igreja.

CAD em Isolamento – Tertúlia de EMRC – CA8A e IM8B  

CAD em Isolamento – Crise de 1383 – 1385

Mestre de Avis

Wikipedia.org

   D. Pedro I teve um filho com Dª Constança, que foi o Rei D. Fernando, que casou com a Rainha Dª Leonor. 

     Mas já que ele estava sempre em guerra com Castela, com o infante D. João e D. Dinis,  teve de fazer a paz entre os dois países e deu a mão de sua filha ao Rei de Castela, D. João. 

     Só que, D Fernando – que era esperto – percebeu que, se desse o trono à filha, o Rei de Castela iria ser rei  de Portugal e este perdia a independência.

    Mas D. Fernando, disse que quem seria rainha ou rei seria a filha ou filho de Dª Beatriz.

     Entretanto, D. Fernando morreu – dizem que envenenado pela sua mulher.

    Dª Leonor tinha-se apaixonado por um Castelhano –  ela não pensou –  e seu namorado disse para juntar os reinos.

    Mas o povo não queria… então –  ela pensou –  e pediu para  D. João, Mestre de Avis, ser o novo rei de Portugal.

     Seria fácil se fosse assim … mas a nobreza e o alto clero estavam do lado da Dª Beatriz!

   O Povo não aceitava; então, tinha outra opção: que D. João Mestre de Avis seria o novo rei.

E ELE TORNOU-SE O NOVO REI.

CAD em Isolamento – Tertúlias de HGP – LB5A

CAD-em Isolamento -A Peste Negra

médico da peste

Image par Christian Dorn de Pixabay 

Peste Negra na Europa

      A Peste Negra foi espalhada principalmente pelos produtos de comércio que, muitas vezes, transportavam ratos; estes,  nos seus pelos, transportavam uma pulga (praga) que, ao desembarcar na cidade de Génova e Veneza, fizeram com que se começasse a expandir a peste negra por toda a Europa.

A contaminação da Peste Negra 

cemiterioImage par Shutterbug75 de Pixabay 

     A contaminação era feita através de contacto com vários membros e como hoje também, com a CoVid-19, por espirros.

     Vários dos médicos, na altura, perceberam que quando a pessoa tinha peste negra, tinha de passar por:

 Fase 1  Febre alta, tosse com sangue e pus, dores nos músculos e vómitos.

 Fase 2- Continuação de febre alta e tosse com sangue e pus, inchaço de bolhas nas axilas e nas virilhas, tremores e convulsões.

 Fase 3Quem chegava à fase 3, praticamente morria, porque na fase 3 cresciam bolhas do tamanho de maçãs ou de um ovo, febre de 40 a 48 graus; da boca saltava por vezes sangue. A vítima infetada com a peste morria por volta de 4 ou 5 dias após a infeção.

Higiene Na Idade Média

porquinho

Image par PublicDomainPictures de Pixabay 

     A higiene na idade média era completamente sem condições, pois no séc. XIV, não havia tratamento de esgotos, muitas vezes as Famílias tinham porcos dentro de casa, para comerem restos de comidas e lixo que havia nas casas, o que ajudou a que a contaminação da peste fosse ainda maior.

Como os Médicos Tratavam As Doenças

ervas aromáticasImage par Seksak Kerdkanno de Pixabay 

     Os médicos tratavam a doença aconselhando tomarem banho de rosa e hortelã, evitarem o contacto com outras pessoas, quando as pessoas já iam morrer, com os tumores grandes, esfregavam ervas aromáticas e vários tipos de perfumes.

A Única Parte  da Peste Negra

Que Correu Bem Em Cidades E Aldeias

     mapa da europa

commons.wikimedia.org

    A Peste negra estava a criar tantas vítimas mortais que morreu um terço da população da Europa, (quase a população inteira do Brasil) mais de duzentos milhões de mortos, em várias cidades, principalmente de Portugal, Itália,  França e Alemanha.

     Começavam os cadáveres a tornar-se fonte de contaminação. Como queimavam os cadáveres, colocavam-nos dentro de valas nas florestas e, muitas vezes, dentro de casas ou nas ruas principais das cidades.

     O pior de tudo é que houve a Grande Fome, depois a Peste Negra e quem conseguiu sobreviver ainda teve de levar com a Guerra dos Cem Anos.

CAD em Isolamento – FM5C – Improviso Oral sobre a Peste Negra

A Vida com Salazar

mãos, arame farpadoImage par Gerd Altmann de Pixabay 

Salazar e o Estado Novo

Quem era? Um professor de economia que participava ativamente na vida política. 

Óscar Carmona – convidou-o para ministro das Finanças, em 1928. 

Milagre Financeiro – Reduziu os gastos, e aumentou os lucros.

1932 – Convidado para Presidente do Conselho ou 1º Ministro. Imitava a imagem de heróis nacionais.

Medidas para equilibrar a balança: 

        • Reduziu as despesas com a saúde e educação e os apoios sociais.
        • Aumentou os impostos e as taxas das alfândegas. 

Condições de vida do Povo: não melhoraram.

Cofres do Banco de Portugal: reservas de ouro, aumentou a riqueza nacional.

Dívida Pública: os empréstimos ao estrangeiro foram pagos. 

O que foi o Estado Novo?

    Segundo a Constituição de 1933, o poder executivo é mais forte do que os poderes legislativo e judicial.

    O poder do Presidente do Conselho e seus Ministros era maior do que o do Presidente da República.

    Este, passou a ser escolhido por um Colégio Eleitoral que era nomeado pelo Presidente do Conselho.

Difusão dos Ideais do Estado Novo 

      • Difundiam os Ideais do Regime e impediam ideias contrárias nos Manuais Escolares;
      • Os rapazes e raparigas dos 7 aos 14 frequentavam a Mocidade Portuguesa.

 Meios de Repressão

  • Imprensa, Rádio, Televisão, Cinema e Teatros eram usados para transmitir os valores do Regime.
  • Eram controlados pela Censura prévia que cortava tudo o que fosse contra o Regime.
  • União Nacional era o partido único que vencia sempre as eleições. Salazar era quem escolhia o único candidato. Em caso de eleições não havia liberdade de escolha. 

Cad em Isolamento – Tertúlia de HGPSS6D

Tertúlia de HGP

península romanizada

Wikipedia-Commons Share Alike 4.0 Creative Commons

     Lu – A Romanização significa que os Romanos não vieram só invadir-nos; também nos ensinaram hábitos deles, como a escrita em Latim e a numeração romana.

Fr – Trouxeram-nos árvores de fruto, como a Oliveira e a Videira.

Lu – Ensinaram-nos o hábito de  fazer estradas em pedra.

Mr – Dizia-se “Todos os caminhos vão dar a Roma, porque Roma era muito importante.

Fr – Ainda hoje é.

Lu – Não há ninguém no tempo deles que desrespeite os Romanos.

Le – Havia anfiteatros com lutas terríveis. Os mais ricos viviam em casas com jardins por dentro.

Mr – Havia termas em casa e chão com mosaicos. Havia também Termas Públicas.

Fr – Os mais pobres viviam em “Insulae” ou “ilhas” que eram prédios com vários andares. Nas cidades existiam Fóruns – Praças onde eles compravam e faziam comércio.

Le – Os Romanos tiveram dificuldade em conquistar o GTrupo de Viriato e sua tribo, os Lusitanos. Conheciam bem o terreno e preparavam armadilhas para se os Romanos atacassem.

Mr – Quando preparavam as armadilhas, como os Romanos não conheciam bem aquele território, perdiam.

Fr – Preparavam emboscadas nos desfiladeiros.

Le – É mais correto dizer emboscadas, pois estão pessoas presentes, enquanto a armadilha só funciona sozinha e é se funcionar.

Fr – Jesus nasceu na Judeia, um território que pertencia ao Império Romano. O Imperador não gostava muito dele, porque Jesus diz que todos os homens eram irmãos, iguais e que deviam ter os mesmos direitos.

Lu – As pessoas perguntavam-se como seriam irmãs do Imperador, pois ele via-se como um deus. Os Romanos eram politeístas.  Os cristãos diziam que havia um só Deus acima de todos.

Fr – Quando chegou aos ouvidos do Imperador, este ficou muito zangado e mandou matar os bebés rapazes. Era Herodes o governador da Judeia.

Le – Houve um Imperador Romano que deixou as pessoas serem cristãs ou não. Foi Constantino. O Imperador Teodoro tornou o Cristianismo a Religião Oficial do Império.

Mr – O ponto alto do Cristianismo foi a morte de Jesus na Cruz. Puseram-lhe uma coroa de espinhos. Sepultaram-no e puseram-lhe uma pedra .  Depois, foram visitá-lo e não estava lá. Então foram a correr para a aldeia avisar toda a gente.

Lu – Era uma gruta tapada com uma pedra, dois soldados à frente; um anjinho falou-lhes e eles começaram a tremer. 

Mr – Um Anjinho falou a Abraão, a sua mulher não podia ter filhos, e ele teve. 

OE – Foi Jacob.

Fr – Não era Isaac?

Mr – Não havia um povo que chamava ao Mediterrâneo “O Mar é Nosso.”

Le – Foram os Romanos.

Mr – Outro chamava à Espanha “Hispania”. 

Fr – Chamaram à Península Ibérica, ainda não havia Espanha. 

Lu – Fenícios, vieram da Palestina atual e deram-nos o alfabeto;  Gregos vieram do Sul da Europa e deram-nos a moeda. Os Cartagineses vieram do Norte de África e ensinaram-nos a conservação dos alimentos pelo sal. 

            Conversas de Estudo na Oficina – Lu5b, LS5B, FM5C, MF5B