HUMANIDADE EM AUTODESTRUIÇÃO

I

Podemos Ter Noção da Beleza que é o Mundo


o mundo numa mão aberta
Image by Okan Caliskan from Pixabay

      Alô! Está aí alguém?

      Amigos, colegas, pais, irmãos, família e restantes seres humanos:

     Realmente acho que não há esperança. Custa me ver os meus amigos tão pouco interessados com este problema da Humanidade.
Neste momento, estou na janela do meu quarto a olhar para uma paisagem tão verde e cheia de vida e fico triste por saber que daqui a uns anos tudo vai acabar, apenas porque o ser humano não sabe dar valor ao que tem.

    A maior parte sente-se superior, por serem ricos ou por terem carros de luxo, mas poucos percebem que a maior riqueza é estar em interação com a natureza e acima de tudo protegê-la.

     Somos uns sortudos por sermos seres vivos com consciência, pois de facto é uma sorte podermos ter noção da beleza que é o mundo à nossa volta. Contudo, com esta indiferença toda, assinamos a nossa sentença de morte e a de tantos outros animais que nem culpa têm.

    É impressionante como o ser humano é o ser mais inteligente mas ao mesmo tempo o ser mais burro.

    Como foi possível chegarmos a este ponto? Pondo em causa até a nossa existência? Será que somos tão egoístas ao ponto de acabar com a nossa própria espécie?

    Será que com o pouco tempo que resta não vamos fazer nada para tentar evitar essa extinção? Vamos apenas dizer “não vale a pena, já estamos mortos”?

II

BEM, EU AINDA RESPIRO, E VOCÊS?

natureza conservada entre duas mãos em conchaImage by Mystic Art Design from Pixabay

    Até ao dia em que deixarmos de sentir o coração a bater, haverá sempre algo que podemos fazer e, cabe a cada um fazer, não apenas dizer que a responsabilidade não é nossa e por isso os outros que façam.

     O que se passa no mundo é responsabilidade de todos, pois os problemas existem e a responsabilidade não é apenas de quem os criou, mas sim de todos pois deixamos que eles o fizessem.

     Como é possível que em pleno século XXI consigamos ser tão retrógrados? Ser mesmo tão burros? Com o ritmo atual da evolução da ciência e da tecnologia em vez de as usarmos para salvar a humanidade, usamo-las preocupados apenas em melhorar os poucos anos que ainda nos restam.

     Não sei quanto a vocês, mas eu quero que os meus filhos saibam o que é plantar uma planta na terra e vê-la crescer, reconheçam os animais, saibam o seu valor e o seu papel. Basicamente, perceber, proteger a natureza e aprender com ela.

III

Aprender com  a Naturezacabeça jovem de ficção, prateadaImage by DrSJS from Pixabay

     Sim, aprender com ela, porque o futuro que estamos a criar é para que os nossos filhos nasçam, vão para a escola, para serem injetados com coisas que pouco interessam e quando dão por isso, pelo menos 20 anos da vida deles já passaram.

    Depois vão para o mercado de trabalho onde passam 40 anos a correrem atrás de dinheiro; pelo meio, embora tardiamente, lá arranjam tempo e constituem família e um ou outro lá dão ao mundo novos escravos da sociedade.

    Assim funciona a vida humana neste momento, uma vida sem “dar ouvidos” ao nosso interior e sem ouvir os sons que existem à nossa volta.

     Temos tanto a aprender com os nossos animais, esses que achamos serem meros seres que não pensam e que achamos que estamos no direito de acabar com as vidas deles sem qualquer justificação, apenas para proveito próprio.

     Esses animais nascem crescem aprendem a amar a natureza…aprendem a dar lhe valor…quando constituem família apenas se dedicam a família e mais nada interessa.

     E agora quem é o animal irracional? Seremos nós ou eles? Pois eu olho para a minha espécie e só vejo indiferença pelo próximo.

     Vejo que a mente das pessoas apenas se foca no dinheiro e como ganhar mais e mais. Vejo que não têm tempo nem para eles, quanto mais para a família. Vejo escravos da sociedade que apenas nascem para dar vida a outros.

    É isto que queremos para os nossos filhos? Sim refiro-me a minha geração, pois a geração dos nossos pais já não conseguirá mudar, mas, e nós?

    Temos o exemplo deles! É isto que queremos? É isto que queremos que seja a vida dos nossos filhos?

     Perguntar a uma criança de onde vem o leite e ela responder “do supermercado”?!! Vê-la crescer apenas para ser mais uma?!

    Ou queremos ensinar-lhe o valor da vida e o respeito! Ensinar-lhe que temos que alimentar a vaca, tratá-la bem para que ela nos possa fornecer leite! Ou vamos querer mostrar-lhe o sofrimento que os animais passam nos matadouros!? É essa crueldade que lhe queremos mostrar?

     Mas a desculpa é sempre a mesma: “nada podemos fazer, isto é assim e pronto”.

IV

Unidos,  Iremos Conseguir

ajuda a subir rochedo contra fundo de poente

     Image by Sasin Tipchai from Pixabay

      Pois bem, então eu sinto-me diferente, pois eu olho para isto como algo que pode ser resolvido! Temos ideias, temos meios! Só não as pomos em prática porque achamos sempre que não vale a pena! Lamento, mas eu prefiro morrer e saber que tentei dar um futuro aos meus filhos, aos meus netos do que morrer e saber que nada fiz para o mudar.

    Olho para trás e os problemas sempre foram raciais ou religiosos… mas, pessoal, abram os olhos! Os problemas atuais não tratam de se és branco ou preto! Se és islão ou cristão! Trata-se de um problema da Humanidade!

      E estamos mais preocupados se o Benfica ganhou ontem ou não? Muitos irão ler este texto e dizer: “Sim Madalicas, ok, isto é um problema claro, preocupa-nos a todos, mas de que serve eu mudar se há 7 milhões que não irão mudar?”

     E eu respondo: se o pensamento é sempre esse,  é óbvio que nunca se vai mudar,  mas se cada um fizer um mínimo esforço! Unidos iremos conseguir.

    Os povos sempre estiveram em guerra uns contra os outros, mas talvez este fosse o momento de percebermos que não serão só os brancos a morrer ou só os do Islão a morrer! Trata-se de uma extinção em massa, em que brancos, pretos, amarelos, às bolinhas! Seja o que for!

     Todos temos que nos unir e mudar os nossos comportamentos! Ou é isto que queremos? É este o mundo que queremos deixar para os nossos filhos? Criá-los para morrerem? Podem achar isto um exagero, mas já pensaram em informar se um pouco mais e ver como está o mundo? O mundo não é o nosso umbigo!

V

O Ser Humano é Mais…

globo no mar rodeado de chamasImage by Gerd Altmann from Pixabay 

    Há tanta coisa que se está a passar e ninguém sabe! Acham que isto é um exagero? Então as demais espécies que extinguimos! Então e estas tempestades todas! Então e toda esta alteração do clima que já nem estações existem, é normal? Que todo este desgelo é normal?

    Ah, espera, já sei, a desculpa: “- Ah e tal, isto a vida passa por vários ciclos e neste momento está a mudar!”

      Ok, então esses ciclos surgem passados milhões de anos, mas é normal mudanças tão grandes em apenas 20 anos? Que tal deixarmos de arranjar desculpas e perceber que há um problema que precisa de ser resolvido com atitudes e não com desculpas!

     Ok, já sei:”E tu, Madalicas, que esforço tens feito?” Ok, não tenho feito muito. No que posso tento sempre ajudar o ambiente! Mas este texto não serve para acusar ninguém! Serve para tentar mudar mentalidades e uma sociedade que nos acabará por exterminar ou por não garantir um futuro para as novas gerações.

    E em vez de nos culpar uns aos outros devíamos unir-nos e provar que o ser humano é mais do que tem demonstrado ser estes anos!

    O mundo já está cá há muito tempo. E muitas extinções existiram. E nós, parvos , ainda achamos que conseguimos lutar contra a Mãe Natureza! Pois bem, agora estamos a levar com as consequências desses pensamentos

     Agora cabe a cada um pensar…

     Eu ainda respiro, e vocês!?!?!?!

    Lutarei até ao dia em que o meu Coração parar, pois aí morrerei de consciência tranquila, por ter tentado tudo para que os meus filhos pudessem ter um mundo melhor…

                                                                                             Madalicas 24/3/19,

Uma Jovem ainda com Esperança na Humanidade

Querido Amor Futuro

lua, gelo, par de mãos dadas

     PixaBay PixaBay License

     Eu acho-te amorosa, querida e também gosto muito de ti. És tão bonita!

       Tu ainda não gostas de mim por Amor, mas, no futuro, podes passar a gostar.

     Se tu precisares de ajuda, não hesites, dou-te o meu telefone. Eu sou ótimo a Matemática, desde há pouco tempo.

     Se tu sofreres, eu também sofro, pois os nossos corações estão interligados.

      Admiro-te, quando estás nas aulas. Estou sempre a olhar para ti: tens olhos brilhantes e cabelos lindos a refletir a Luz.

     Eu adoraria entrar nos teus sonhos à noite, quando estás  a dormir profundamente.

LJ6A

Querido Eu – IV

carta antiga e chave
                                                                          Max Pixel CC0 Public Domain

        Querido Eu

     Gostaria de fazer o bem contigo e de sermos uma pessoa importante no sentido positivo; apoiar os pobres com trabalhos mais bem remunerados.

       Gosto da tua simpatia e do teu sentido de humor: adoro passar tempo contigo.

     Lembras-te de falarmos com os nossos colegas em aulas de Matemática, de irmos a Festas juntos e de procurarmos a mulher da nossa vida?

      Vamos ter dois filhos, um rapaz e uma rapariga. Temos um pai ótimo, temos de ser como ele no Futuro.

     Quando nós temos uma ótima nota e ficamos felizes, fazes-me sentir tão bem!

      Por favor, fica comigo até aos 80 anos no mínimo!

JPA6C

A Beleza no Mistério da Vida

pétalas de rosa

      Photo by Rebecca Matthews on Unsplash

      Há uns meses atrás, eu comecei a fazer um desporto que se chama Corfball. Ao início não estava muito à vontade, pois ainda não conhecia as pessoas de lá, à exceção de uma que é a minha melhor amiga.

     Para nós todos nos conhecermos melhor e estarmos mais juntos, combinamos ir todos ao cinema e fomos nestas férias de Natal.

     Esse foi dos melhores momentos das minhas férias, porque nós começamos a dar-nos mais e agora somos grandes amigos. 

     Estas férias, mesmo no dia da passagem de Ano, à tarde, fui passear pela praia com a minha amiga e, quando paramos e nos sentamos para descansar, olhamos para cima e o céu estava lindo!

     Uma paisagem incrível: uma mistura de céu e de mar em tons de laranja e rosa.

     Este ano, o Natal não foi igual, pois sem a minha Avó já não há a mesma vivência.

     Eu prefiro não pensar muito nisso e acreditar que ela está sempre comigo onde quer que eu esteja.

    Às vezes, sinto mesmo que ela está comigo e isso enche-me de alegria, porque ela é única para mim e, mesmo já não estando cá, vai estar sempre no meu coração. 

MB8C

Ir Mais Alto

pinguim com máscara de tutankhamon

Pixabay Atribuição CC0

     “Why to be a king when you can be a god?”

     Esta frase tem um certo impacto, faz-nos pensar. Inspira as pessoas para irem sempre mais alto.

     Por exemplo, eu gostaria de subir algumas notas. Também gostaria de ir mais alto na imaginação.

     Ir mais alto na imaginação é ser cada vez mais imaginativo, cada vez com mais ideias.

     Sobre a possibilidade de ter um horário para o telemóvel, nas férias do Natal, posso experimentar diminuir o tempo e compensar  com mais Karatê.

VE6A

Os Sonhos São Pistas Para O Futuro

Autor: Stock Snap Imagem: Pixabay CC0

     Os sonhos não são propriamente fantásticos, muitos deles parecem impossíveis, nas na verdade são pistas para o futuro.

      De certeza que já se perguntaram o porquê de as pessoas sonharem; não é coincidência, mas sim a vossa consciência a tentar transmitir-vos um facto realista ou irrealista.

      Sonhar é como se fosse uma pista surreal, que um dia pode vir a ser cativada na memória.

     Quando eu era mais nova, sonhava constantemente em voar, e a seguir desses sonhos, comecei a voar nos meus pensamentos como um dente de leão ao som do vento.

      A pista transmitida pelos sonhos é muito enigmática, temos de ser nós a desvendar o porquê de essa pista ter passado à frente dos nossos olhos.

       Muitos dos nossos sonhos são inventados por nós mesmos, no dia anterior, depois de uma história muito relevante para os nossos sentidos ou por uma história inacabada.

      Mas o que nos faz acordar? Os pesadelos. Este fenómeno é como se fosse um trauma para o resto da nossa vida que arranca os sonhos da nossa mente.

     Deve haver uma explicação científica para este acontecimento, mas para mim não há explicação, a não ser a nossa mente a ser dominada.

    Enquanto que há pessoas que fazem com que os pesadelos nos arranquem  os sonhos, há pessoas que continuam sempre a sonhar!

A.Vis

Claridade e Combate

o que está claro nas palavras está claro na vida

 imagem: oficina de escrita

     É verdade, pois temos de ser claros para nós mesmos. Ser claro para mim mesmo, vivendo o máximo que consigo e não deixando dúvidas para trás. 

Citação: Arthur Ashe   imagem: oficina de escrita

     Nós só devemos parar de lutar quando tivermos terminado o nosso sonho e atingido os nossos objetivos importantes na vida. Todos nós temos de combater e, sempre que formos abaixo,  devemos tentar mantermo-nos no topo sem parar de nos esforçar. 

SCB 6A

Amor e Natureza

coração de nuvens no céu azul

CC0   Pixabay  oo11o

    Digam “Olá” à Paixão. Muitas pessoas julgam os outros sem os conhecer. Quando percebem que não era o que elas pensavam, abre-se a Paixão.

     Alguns dizem que a Paixão é o que está cá dentro de nós. Outros dizem que é o que está fora, vem de uma Beleza.

    O Amor é uma paixão do tamanho de um coração sem fim: se não houvesse amor, não havia nada!

    O Amor é lindo como os corações, os rostos felizes, a cor vermelha e rosa.  Quando vejo o Amor, algo está lindo e se torna único.

     O ar, a Natureza, o mar, o silêncio, são os sons que eu era capaz de estar sempre a ouvir: são sons relaxantes e extraordinários.

      O Amor chega na cor rosa, amarela, azul, verde, branco, as cores mais bonitas alguma vez vistas na Natureza.

     O que me causa espanto: Os rapazes giros, as Amizades e as Alegrias!

      As brasas de Portugal: aquelas pessoas que são tão amigas, quase até “dizer chega” e a Paixão de uns pelos outros.

     A coragem é nossa amiga, porque, se não houvesse, não teríamos coragem de falarmos com os rapazes, os giros e os amigos também.

     Tudo no mundo é nosso amigo, desde as formigas às montanhas, e tudo nos faz sorrir de Alegria e dizer: “Amizade é isto!”

Texto a Duas Mãos MtC e MrL 6A

A vida em Projeto e Sentimento

vela vermelha vista de cima rodeada de palavras positivas em dourado

   Pixabay CC0

     Neste momento sinto-me nervosa, por que tive agora um teste de Português: havia duas perguntas que não me correram bem; por exemplo, havia uma entrada de dicionário sobre a palavra “Derrubar”.

     Estou admirada porque tive 87% a Matemática!

     Sinto-me agradecida por ter pais!

     Eu gosto de fazer ski e quero melhorar a esquiar numa descida mais longa. Para isso, vou treinar no final do Ano. Se tivermos boas notas, o Pai prometeu que vamos voltar a Sofia!

     Como estudante, gostaria de subir a média a Português até 90%, a Ciências até 81% e a HGP até 98%!

     Para o conseguir, a Português vou aperfeiçoar a Gramática e posso criar pequenas histórias.

     A HGP, o meu avô ensinou-me uma estratégia: foi buscar uma tigela para mostrar as linhas imaginárias da Terra. Também peço para me fazerem perguntas.

     A Ciências, leio primeiro, depois tapamos e fazemos perguntas a nós próprios.

     Sinto-me grata por ter Família.

     Também por ter animais, que são coelhos e hamsters. Em casa da minha avó há um Beagle e uma Labradora. Eu brinco mais com a Quiqui, pois deixa-me montá-la.

JV 5B

Questões de Infância

  menina sentada num trapézio sobre nuvens

     Max Pixel CC0 

     Às vezes, nas nuvens e nas estrelas, vejo animais ou outras formas.

    Quando era mais pequenina, eu perguntava: “Como é que nasci?”.

     Uma amiga perguntou-me: “- Sabes como és feita?” Eu disse que não. Disse:

      – De Balões.

      E ela:

    – Não.

    – De Nuvens?

     E ela, sempre:

      – Não.

      Assim é que soube que era feita de carne.

      Foi a minha melhor amiga da Pré que me contou.

JV 5B 

Perguntas a Mim Mesmo

relógio, relâmpago e caminho
                                                                  CC0       Max Pixel

    Hoje de manhã estava feliz, agora também estou feliz, mas se calhar, às oito estarei triste. Não sei se vou morrer daqui a uma hora; o tempo não espera por mim e eu admiro-me.

    Às vezes faço perguntas estranhas a mim mesmo: o que vou fazer quando morrer?

     Muitas vezes não durmo só de pensar nisso.

    E também estou sempre a mexer com esta pergunta: de onde viemos?

     Nós estamos aqui a falar normalmente, mas se calhar há outros seres, planetas, galáxias…

SG5B

O Que Merece Continuar

ponte de madeira que avança sobre um lago em direção á lua no horizonte

   Stencil 

    De onde vem tudo? Será que Deus existe?

    Será que fomos criados para ter um único destino?

    Será que reencarnamos noutro Universo?

     As realidades que merecem continuar são novos Seres Vivos, a Evolução, a Alegria, a Riqueza – não de ser rico – a Paz e as Crenças.

    A Alegria, para sermos um Povo bom; a Riqueza, para haver igualdade; a Paz, para não haver conflitos e as pessoas serem simpáticas e bondosas.

    As Crenças, para se melhorar a inteligência. Se temos uma crença, temos de explicar por que é que temos essa crença. Por exemplo, se penso que o cancro existe por uma causa, devo explicar.

   Tenho amigos com crenças, enquanto eu tenho outras. Então podemos debater; temos curiosidade de compreender as crenças uns dos outros.

PC7B

Romper a Corda Indestrutível

corda em volta de uma estaca que prende um barco

Stencil

      A Coragem é algo fácil de dizer, mas difícil de sentir. Perante um desafio perigoso é fácil dizer que se tem coragem, depois, o mais complicado é senti-la.

      Sentir a coragem pela nossa própria maneira de ser e não para nos mostrarmos aos outros!

     Nem sempre é fácil expressar o que se pensa, importando-nos com a opinião da pessoa ao lado, mas quando nos queremos expressar sem medo, este medo não deixa as palavras saírem, ficando presas na garganta, como a corda atada a um barco, para ele não poder partir.

     O objetivo de uma pessoa medrosa é romper essa corda indestrutível e, quando a paciência esgota, de tanto guardar esses pensamentos, num dia indefinido, essa corda rompe, libertando os pensamentos.

A. Vis

Os Outros no Coração

coração talhado no arbusto com a frase: Quero agradecer a todas estas pessoas na minha vida

     Imagem: Stencil Atribuição CC0

Sinto-me em segurança  e, ao mesmo tempo, preocupada.

     Sinto-me triste, porque ontem, estive perto de perder a minha melhor amiga e, nesse momento, senti-me muito mal, pois somos melhores amigas desde os nossos 3 anos e eu não queria mesmo nada perder a nossa amizade.         

      Nós já tínamos discutido antes, mas desta vez foi pior, ela não falava mesmo comigo.

     Mas, por outro  lado, também me sinto confiante,  porque há desde cinco meses tenho um namorado. 

     Neste momento, sinto que, conhecê-lo foi um dos  melhores acontecimentos que já vivi, porque tê-lo comigo faz-me sentir segura. 

     Ele ajuda-me em todas as situações; por exemplo, sempre que ele percebe que estou triste, vem logo ter comigo e apoia-me. 

     Quando alguém, por exemplo, me chama “feia” ou coisas do género, ele vem ter comigo e diz-me que sou linda, fantástica – e isso faz-me sentir confiante.

    Também me sinto muito feliz, porque tenho uma amiga que ultimamente tem sido como uma irmã para mim; ela ajuda-me em todos os assuntos.  Mesmo que eu diga que não estou triste, ela percebe que estou, porque me conhece. 

     Só quero agradecer por ter pessoas na minha vida  que se preocupam sempre comigo, são pessoas que significam muito para mim,  quero agradecer tudo o que fazem para eu me sentir feliz. 

     Quero também agradecer por me terem dado esta  vida e esta saúde para eu poder partilhar toda a minha felicidade e alegria com outras pessoas.

     Por exemplo, quando vejo alguém triste, dá-me vontade de ir ajudar e, depois de ajudar, eu própria fico feliz por ver os outros felizes.

MB8c

 

No Coração dos Jogos

pai natal no minecraft

     Imagem: Flickr Atribuição: CC-BY – NC – SA 2.0  Autor: Harley Quin

     Eu sinto-me muito bem comigo mesmo, porque  tenho muitos amigos e sou feliz. 

    Sinto-me espantado quando descubro algo novo num jogo, como por exemplo, a exploração de pinhais, facas e serrotes para construção e também fazer uma casa de madeira. 

     Sinto-me agradecido quando me oferecem algo  de surpesa: a tecnologia!

    Depois dos meus anos, fui à visita de estudo e estava superansioso: ia receber um computador de gaming nesse dia! 

    Também me sinto grato quando recebo roupa ou relógios giros. 

      Gostava imenso de enfeitar o meu Minecraft para o Natal, já que me esqueci de o enfeitar para o Halloween!  Como não posso jogar durante a semana, fica para o fim de semana de final de Novembro.

    Outro Projeto que tenho em mente é chegar a desenvolver criações no Minecraft e no Fortnight: jogar bem os dois jogos.

  LJ6a

Preferências do Coração

jovem ao poente, sobre um rochedo, com o pé parecendo chutar o próprio sol, como uma bola

     Photo by Aziz Acharki on Unsplash

     O “Coração”, para mim, é a melhor coisa do mundo. Como o amor, a felicidade e a raiva: vem tudo do coração.

    O que quero de melhor para ser mais “Eu”: para mim é o Futebol. Quando jogo futebol é como se eu fosse para outra Galáxia!

     Para animar os meus amigos, eu faço piadas e vou ás estradas verdes com eles. Caso não saibam, é um sítio proibido. 

     A pior espécie de silêncio que existe, é nas aulas: é uma “seca” serena.

     Mas também há silêncios bons, como quando o Mister está a falar, toda a gente se cala e ele ensina-nos muito sobre Futebol, e isso é giro.

     Sinto-me bem sempre que jogo futebol, mas agora sinto-me mal: não posso jogar, porque parti o braço.

EM6B

Os Amigos são Parte do Coração

   desenhos de pessoas por detrás de coração multicor

Pixabay CC0

     Há diferentes formas de entender a palavra “Coração”; os sentimentos que nós vivemos: por exemplo, quando vejo uma pessoa que é amiga, que está zangada com a outra, vou ajudá-la.

     Eu psso descobrir o que quero para ser mais “Eu”: ser acompanhada, ser amada, ser amigável.

     Uma das coisas que já me fez feliz, foi quando eu vivia num Condomínio; tinha um monte de amigos que adoravam brincar comigo.

     Mas um dia, tive uma surpresa inesperada, que foi muito triste: quando a minha Avó  me estava a levar para a minha casa nova, nós tínhamos que passar pelo Condomínio onde eu antes vivia. E eu disse à minha Avó: 

    – Avó, nós acabamos de passar pela minha casa!

    E quando a minha Avó parou à frente de uma casa nova, eu disse:

  – Avó, eu ainda não entendi! Era para os meus amigos virem cantar-me os Parabéns!

     E a minha Avó disse-me:

     – Esta é a tua nova casa.

     Só digo que foi triste, porque eu não gostei da casa nova, por ser longe dos meus amigos que sempre foram como parte do meu coração.

CR6a

Vivemos os Sentimentos

mão que segura mini fogo de artifício contra fundo nocturno

     Photo by Cristian Escobar on Unsplash

     Os Sentimentos são algo que nós vivemos:

     Alegria: sentimos alegria quando alguém está feliz. É como se estivesses a nadar em felicidade; quando alguém te faz alguma coisa boa.

     Amor: sentimos amor pela Família e amigos. O Amor é como se estivesses no forno; é como se o teu coração estivesse num trampolim. 

     Tristeza: sentimos tristeza quando alguém faz uma coisa de que não gostamos. O teu coração parte-se; a raiva começa a subir e a melhor maneira de combater isso é essa pessoa pedir desculpa, dar um abraço, fazer alguma coisa que te alegre. 

TF5B

Ajudar o Mundo

as pessoas à volta do mundo de mãos dadas

   Pixabay  Atribuição: CC0

     Eu sinto-me admirado com nossa geração: temos a eletricidade, a água canalizada e a medicina!

     É bom, pois sem a medicina não consigo viver: a medicina deixa-me sem febre, sem constipações e sem outras doenças.

     E vou tentar melhorar a vida para os meus filhos, netos e bisnetos viverem melhor do que se vive hoje.

     Por exemplo, posso continuar o legado da minha Família: ser Veterinário. Ou então, ser médico, ser cientista, há tantos empregos para ajudar o mundo!

      Mas hoje, desde já posso ajudar!

      Ajudar em casa, estudar, ajudar o meu Pai com os cães quando vou à clínica; posso ajudar também fazendo atividades: treinar Judo e Taikandô.

      Gosto imenso de Artes Marciais: trazem-nos força e equilíbrio; ensinam-nos a respeitar os outros e dão-nos concentração.

      E não devo ser mau para os Professores, pois eles estão a fazer o seu trabalho e ninguém os deve interromper.

AV6a

O Que Gostaria de Realizar Contigo?

meninos felizesUnsplash      Photo by Larm Rmah on Unsplash

       Querido Eu,

“O que gostaria ainda de realizar contigo”?

 É uma bela pergunta. O que eu queria fazer contigo era ser um Superherói, que teria uma base subterrânea, com várias armaduras de superheróis.

Quando as vestíamos, ficávamos com superpoderes de herói. E na base havia um supercomputador.

Era só uma pergunta: “O que gostarias de realizar comigo?”

 Gostaria de ajudar os pobres a terem mais vida boa, porque, quando vejo um pobre, sinto  muita pena, como quando alguém está a sofrer também sinto a dor dele.

Eu vinha ajudar os pobres, dar comida, dar uma casa para dormir e dar uma coisa que queria para os pobres: fazerem amigos.

PM6C

Vou Esforçar-me mais por Ti

Jovem escalador no alto de montanha rodeado de nuvens e píncaros
Photo by Lucas Clara on Unsplash

Querido Eu,

O que gostaria de fazer ainda contigo?

Gostaria de realizar aventuras contigo, fazer novos amigos, passar por momentos difíceis, passar para a faculdade e ter uma boa profissão.

Querido Eu,

Estiveste sempre a ajudar-me, e agora eu vou-te ajudar, vou-me esforçar nos estudos, enfrentar momentos  que não conseguia antes ultrapassar, e vou enfrentá-los até se tivesse uns pesos nos pés.

Vou escalá-los sem desistir até ao topo da montanha e, quando chegar ao topo vou orgulhar-me porque ajudei alguém: ajudei-me a mim próprio.

Obrigada por tudo! E daqui em diante, vou esforçar-me mais por ti.

Que estejas sempre comigo.

T. F. 5B

Exercício inspirado no tema de Ecologia Emocional,
"Querido Yo"de Maria Mercê Conangla

 

Escutando o Coração

6816067847_2f50e61e4f_z-mini

Atribuição: CC2.0 Autor: Michael Coghlan imagem: Flickr

     Recordar é trazer ao coração, é viver de novo, mas recriando o que aconteceu e ainda retocando-o de gratidão, mesmo se foi um momento sofrido.

    Recordar é abraçar algo que já conhecemos, mas que agora chega como uma notícia fresca  e refletida, na distância do tempo que se abriu.

    Tantos desafios nos desfiaram a túnica da alma, nos revestiram de uma coragem que não conhecíamos e por vezes nos deixaram à míngua de luz, inventando um rumo para o passo seguinte.

     Voltamos uma e outra vez ao tesouro de um perdão sempre vivo para nos presentearmos mutuamente: é assim que podemos escalar o abismo do fracasso, e ainda, sentando-nos lá no alto, com as pernas balançando no vazio, brindamos ao futuro, com seus desafios sempre novos, tornando-os bem-vindos desde já.

Oficina de Escrita

 

 

Projetos de Coração

língua de areia rodeada de mar vista de cima e duas pessoas a passear

     Photo by Ishan @seefromthesky on Unsplash

      Querido Eu,

   Eu espero que as nossas próximas férias de verão sejam iguais ou parecidas às outras, pois elas foram inesquecíveis…

 Todos os anos vamos para Alvor: a nossa Família e amigos.

  Em Alvor está sempre sol e a areia é bem fininha. E com uma casa perto da praia, não falta nada!

   Todos os dias íamos á praia e brincávamos lá até ás oito da noite e depois íamos jantar todos juntos.

 Logo de seguida, íamos brincar de novo e fazer uma ceia. 

 E às vezes íamos para os parques de diversão de água!

ABF 6A

O Riso do Coração

Coração de Flores

   Photo by Amy Shamblen on Unsplash

  Querido Eu, 

  Recordei aquele dia como se fosse ontem: foi na casa da minha avó. Estávamos com a nossa Família toda e com uma amiga.

 Estávamos todos a conversar e, de repente, o meu Tio disse uma piada.

     Foi muito engraçado esse dia: foi um dos melhores dias da nossa vida, porque foi o dia em que, desde então, nos começamos a rir mais!

   Este motivo é importante para ti e para mim, Querido Eu, porque adoramos esse dia,  porque eu sempre adorei rir-me e nunca me tinha rido tanto contigo na minha vida.

 O que eu queria fazer neste Halloween contigo era dar doces a todas as crianças que não têm dinheiro.

  Beijinhos, Querido Eu.

 Adoro-te.

C. T. 5º