Mais um Ano de Natal

Image by Gerd Altmann from Pixabay

     Mais um ano de Natal, muitos presentes, muito amor e muita paz. Eu espero receber presentes, estar com a minha Família. Embora haja pessoas que pensam que o Natal é só para receber presentes, essas pessoas não têm razão, o Natal é para estar com a Família.

     Quando eu estive em casa da minha avó e da minha tia, era muito bom, as pessoas estavam mesmo felizes, mas não estavam muitas, por causa do Covid-19.

     As pessoas sentiam-se contentes umas com as outras. Quando chegou o momento das prendas, os miúdos ficaram todos felizes. Eu recebi uma camisola da Vans, uma tshirt da Quick Silver, uma 4.PS4…

    Embora este ano ainda exista Covid, as pessoas estão bem.

JM6A

A Coragem do Natal

Image by Anastasia Lavrinovich from Pixabay 

     Para mim, os Natais nunca são iguais, há sempre algo de diferente, como, por exemplo, as prendas que nós recebemos, as conversas que nós temos...

     Este ano gostava de receber roupa e de oferecer produtos às pessoas que não têm nada.

    A nossa tradição é abrir os presentes o mais tarde possível, ou até à meia-noite. A Avó faz muitas sobremesas, rabanadas, bolos…

    As decorações que eu gosto mais são a árvore de Natal, o presépio e as luzes de Natal. A Árvore é verde, tem uma estrela no alto, tem luzes à volta, fitas e bolas de Natal.

   Desejo que este Natal traga coragem e bons momentos de Alegria, em especial às pessoas que estão em países pobres e que quem tenha Covid consiga ficar bem.

   Devemos usar a máscara quando estivermos com os nossos avós dentro de casa, fazer os testes rápidos antes e depois dos encontros familiares, arejar as salas durante os convívios, para comer, se possível ter duas mesas postas e dar preferência às máscaras FP2.

MC6C

Uma Época Mágica

Image by Jill Wellington from Pixabay

     Apesar de o Natal ser todos os anos, nunca me cansa, porque é uma época onde estamos todos juntos: os avós, os tios, os primos…

     Eu, este Natal, pedi uma tartaruga terrestre e acho que a vou receber!

     Adoro as decorações, mas uma das que eu mais gosto é a árvore de Natal: ela fica  linda quando se ligam as luzes!

         Uma das tradições que eu mais gosto são “as fadinhas” eu e as minhas irmãs, todos os anos, desde o dia 1 ao 24, pomos umas meias de Natal na nossa cama e, quando acordamos, estão lá presentes.

      Se um extraterrestre me perguntasse o que era o Natal, eu respondia:

     – O Natal é uma época mágica, onde tudo está decorado. Estás a celebrar com a família e os amigos. E também a história do pai Natal, um senhor muito querido, velhinho, gorducho e barbudo que nos traz presentes!

MCF5A

Um Natal Tranquilo e Seguro

 

Image by wal_172619 from Pixabay    

     O Natal é muito divertido e nunca cansa, porque podemos brincar, receber presentes, e, o mais importante, estar com a Família.

     As tradições de Natal que eu prefiro são, nos dias 24 e 25, ter almoços e jantares de Família.

    Este ano são precisos cuidados especiais: uso de máscara em locais públicos, pôr álcool gel nas máos, dentro das salas manter ao menos uma janela aberta.

    Espero que os meus amigos e familiares tenham um bom Natal, tranquilo e seguro.

     Eu afirmaria ao Etezinho Bilu que o Natal é uma tradição em que celebramos o nascimento de Jesus, convivendo com a Família.

VS5D

“Tempo de Salvar o nosso Mundo”

     

Photo by Chandler Cruttenden on Unsplash

     Christmas is always different, porque toda a gente, na Família, fica mais impaciente, menos eu porque sou o único que decora bem a casa e sei conviver calmamente. 😉 

     Tenho expectativas para este Natal: receber um baixo de cordas ou uma guitarra elétrica, mas acho que ninguém vai receber nada do que quer! 🙄 

     A minha Tradição de Natal favorita é fazer o presépio, porque eu adoro pôr as figuras; chamo São José de Zé, na brincadeira é claro. 😆 

     Watch up, it’s Christmas time to save our World

     Para explicar o espírito de Natal, eu diria: O Natal é quando estás com a Família, recebes e também dás presentes. O Natal é quando celebras JESUS. 🙂 

       Os três Reis Magos deram presentes ao Menino Jesus em sinal de FRATERNIDADE, e porque há muitas pessoas sem comida, como Maria, José e Jesus, nós hoje estamos a terminar, na turma do 5º ano, um cabaz de alimentos para distribuir.

    Desejo aos meus Amigos que recebam o que mais querem e que sejam FELIZES. 

GS5A

O Natal Podia Ser Hoje

Image by ExposureToday from Pixabay 

     Para mim, o Natal é sempre diferente, porque eu mudo os móveis da casa de jantar e mudo a árvore de sítio.

     O Natal podia ser hoje, porque eu gosto do Nascimento de Jesus, não da sua morte.

     Eu gosto de preparar o Natal, mas não gosto nada de me picar na árvore.

   Adoro tirar fotos de todos nós reunidos à frente da Árvore de Natal!

MMJ5A

Natal, Todos Os Dias!

Image by Jill Wellington from Pixabay

     Queria que o Natal fosse todos os dias!

    Na minha Turma seria assim:

      • Darem-me presentes;
      • Estarmos em convívio;
      • Sermos todos amigos:
      • Montarmos a árvore de Natal com elogios uns aos outros;
      • Brincarmos a toda a hora. 

     Como Preparar o Natal: 

      • Fazendo Amizades novas
      • Brincando com toda a gente.
      • Montando as nossas árvores de Natal e o Presépio. 

     A minha tradição favorita de Natal é o estar de férias com a minha Família. Gosto também de montar a árvore de Natal porque o fazemos todos juntos.

     Se eu pudesse dizer alguma coisa ao mundo inteiro:

      Este Natal, espero estar com a minha Família e doar brinquedos para o Mundo. 

MCP5A

Um Natal Atrapalhado

Image by Clker-Free-Vector-Images from Pixabay 

    Há muito tempo, havia um Grupo de Super-Heróis que tinha 4 elementos: um era o Super-Fogo, cuja identidade era o M.D.; o elemento do raio era o Super-Raio e a identidade dele era o J.A.; depis havia o herói da pedra, cuja identidade era o M. C.; o elemento final era o Super-Ar e a sua identidade era o F. M.

     No Natal, eles estavam todos juntos a celebrar e a fazer uma troca de prendas.

https://pixabay.com/service/license/

     Os Super-Vilões sabiam que eles iam estar ali e atacaram: deixaram cair jaulas em cima deles  e puseram-lhes pulseiras para anular os poderes. 

     Logo os heróis repararam que a rua estava escura, mas as luzes de Natal iluminavam tudo… Tendo perdido a esperança de que iriam sair dali, aconteceu um milagre de Natal.

     O milagre foi que o Pai Natal estava a entregar os presentes quando viu as jaulas.

     Foi lá ver de perto e, com a sua chave de fendas que os Elfos lhe tinham dado. Tirou os Super-Heróis dali, meteu-os nas casas deles e deu-lhes as prendas que eles queriam.

MMD5D

O Natal Maravilhoso

Image by Jill Wellington from Pixabay 

     Acho que todos nós amamos o Natal, não é? Então hoje vou contar sobre o meu Natal!

   Todos os anos, minha Mãe abre um armário cheio de decorações de Natal e logo depois o meu pai monta a árvore. Eu e a minha irmã adoramos decorar a árvore de Natal, por isso nós sempre vamos correndo decorar com a minha irmã. 

     Por a minha casa ser a maior, todos os meus primos vão para lá. A minha mãe faz um frango maravilhoso e várias outras comidas, com a ajuda da minha tia. 

     Eu e os meus primos, brincamos de muitas coisas, mas a maioria das vezes de pega-pega, até ser a hora do jantar; depois do jantar, nós abrimos os presentes, mas eu e os meus primos nunca aguentamos e pedimos aos nossos pais para abrir antes os presentes. 

     Depois de abrir tudo, fica uma bagunça na sala inteira, já que são 5 primos contando comigo! Depois nós brincamos mais um pouco, até a minha melhor amiga vem em casa, já que ela mora no mesmpo prédio que eu, ela no 20 e eu no 19. 

     Este é o meu Natal, lembrando como era o meu Natal no Brasil, esse é o meu primeio ano em Portugal, espero que seja maravilhoso!

LG5A

A Fraternidade em São Francisco

Ards Friary  CC BY SA 2.0

     Na Festa de São Francisco de Assis, a 4 de Outubro, recordamos as palavras do Papa em honra deste Santo universal. A sua inspiração  permanece viva e atuante,  na época que o nosso mundo atravessa,  para uma amizade a descobrir e uma  fraternidade a renovar com todos os seres vivos:

     “Acho que Francisco é o exemplo por excelência do cuidado pelo que é frágil e por uma ecologia integral, vivida com alegria e 
autenticidade… Manifestou uma atenção particular pela criação de Deus e pelos mais pobres e abandonados.

    Amava e era amado pela sua alegria, a sua dedicação generosa, o seu coração universal. Era um místico e um peregrino que vivia comsimplicidade e numa maravilhosa harmonia com Deus, com os outros, com a natureza e consigo mesmo. 

    Tal como acontece a uma pessoa quando se enamora por outra, a reacção de Francisco, sempre que olhava o sol, a lua ou os minúsculos animais, era cantar, envolvendo no seu louvor todas as outras criaturas.

     O mundo é algo mais do que um problema a resolver; é um mistério gozoso que contemplamos na alegria e no louvor.

Excertos de “Fratelli Tutti” – Papa Francisco

71 Anos CAD – Escrever é Voar

Image par S. Hermann & F. Richter de Pixabay    

   Bem. Cá estou eu mais uma vez. E pelos vistos acho que vou-vos escrever algo.

   Bem. Desta vez é um pouco diferente; sim, diferente, talvez não seja alguma coisa muito boa, muito menos entusiasmante.

   Eu gosto de escrever, para mim não é algo de novo, mas alguma coisa que sempre gostarei de fazer; é como dar vida às palavras, mexer com as frases, talvez até seja uma arte.

   Como é bom escrever!

   É como contar e articular a nossa mensagem.

  Para mim, que vos estou a escrever agora, não é preciso ter estrutura, não é preciso arquitetar as palavras, mas sim voar.

   Voar nas poesias do horizonte, nas fantasias do mais além, nos contos de ontem, nas aventuras, nos mistérios longínquos.

    Voar, sim, voar.

   Uma coisa que é livre e não teórica. Eu gosto tanto, mas tanto, de escrever!

   É como… ter um divertimento novo, algo para brincar, divertir, criar!

    Agora não tenho muito tempo para comunicar, mas hei-de voltar. A qualquer dia, a qualquer hora, a qualquer momento.

   Como viram é tão simples escrever! Comunicar. Libertem-se nas asas da Literatura, nos caminhos da escrita, nos mapas do amor.

16 de Outubro de 1986  

Pedro João Mesquita – nº20 – 6ºB

Em 2021, nosso Professor de Educação Visual e Pai de uma Aluna no 6ºB.

Os Voos da Liberdade

Em 1991, a Prof Maria José Figueiroa Rego partilhou as nossas aulas de Português de 5º ano, continuando as suas sessões de Filosofia para Crianças em que já iniciara os nossos jovens Estudantes ao longo do 1º Ciclo. Aqui publicamos excertos de um animado debate sobre as possibilidades de viver a Liberdade: 

Image par Steve Bidmead de Pixabay 

A. L. – Eu vinha a voar para a escola, se tivesse o dom. Não posso, porque não consigo.

Prof Maria José – Mas és livre para voar?

A. L – Se pudesse, era livre.

Prof Maria José – Então, não és livre para voar.

A. L.  – Se pudesse, era livre. Não se põe essa opção.

Prof Maria José  – Se não se põe essa opção és livre para voar ou não?

T. – Se eu pudesse voar, era livre. Não se põe essa opção.

Prof Maria José – Então não és.

T. – Se pudesse, era. Não voo porque não posso. Mas, por exemplo, eu, um dia, apareço a voar; aí, tenho esse direito.

Prof Maria José – A tua liberdade não tem a ver com a tua possibilidade?

AM – Se eu fosse maluca, subia a uma montanha e atirava-me.

Prof Maria José – Qual é a diferença?

AM  – A T disse que não era livre para voar, se não voasse. 

T – A Stora perguntou se a liberdade tinha a ver com o que eu posso fazer e eu disse que não. 

Prof Maria José – Mesmo que não possas voar, continuas livre?

T – Sim.

AM – Então eu tinha percebido mal. Se eu me atirasse da montanha, eu passava um bocado a voar antes de chegar ao chão. 

L – Só se é livre quando se consegue. Se morre, não é livre. Se conseguisse voar, talvez fosse livre de voar. Se não pode, não é livre. Vi um filme de um surdo-mudo…

Prof Maria José – É livre para falar?

L – Sim, diz por gestos. 

AF – Quase ninguém é livre. Há sempre qualquer coisa… Por exemplo, queremos chocar com os carros e a polícia não nos deixa.

Prof Maria José – Ninguém é livre?

AF –  Há coisas em que somos livres. Por exemplo, em casa, se queremos, podemos fazer um bolo.

Prof Maria José – E uma liberdade total? Não há uma liberdade total?

Excertos de Sessão de Filosofia para Crianças na Aula de Português

Turma do 5C – 1991

A Família Mais Unida

   

Image par Michal Jarmoluk de Pixabay 

    Somos a Família B. família essa constituída por 4 pessoas, eu, a mminha irmã, a minha Mãe  e o meu Pai. 

     Depois, tenho os meus avós paternos e os meus avós maternos, os meus tios, os meus bisavós e o meu querido primo Miguel.

     Adoro a minha família tal como é, muito unida.

    Gostava de ter mais uma irmã, mas os meus Pais dizem que, por agora, é complicado.

    Gostaria de ser bióloga, assim faria o que gostava, sentia-me realizada e conseguia a minha independência financeira.

     Diariamente, tenho o privilégio de ter os meus dois pais, irmã e avós junto a mim.

   Gostaria de casar e ter filhos, confesso que uma filha faria as minhas delícias…

     A Família é tudo para mim, sem ela jamais conseguiria viver.

    A minha Família é a mais unida do mundo.

71 anos CAD – 2007 – MB5C

 

A Magia do Natal

   

Image par congerdesign de Pixabay 

   A Magia do Natal está na celebração que fazemos todos os anos. Essa Magia é uma inspiração para todo o mundo e, quando recebemos os presentes, ficamos muito felizes. A Magia do Natal é atirar bolas de neve às pessoas.

     Este ano, gostaria de surpreender o meu amigo secreto, acompanhando-o durante as semanas do Advento, com bilhetinhos de encorajamento. Uma surpresa pode ser fazer o jantar e dar uns presentes na véspera de Natal. A surpresa que gostaria de fazer era dar um pónei à minha irmã: ela passa a vida a falar nisso.

A minha prenda? Aminha prenda são a minha Família e alguns brinquedos! Vou viver a minha prenda com muita alegria e aproveitá-la! Uma prenda favorita seria escrever com os preciosos aprendizes da Oficina e assim multiplicar a liberdade. A prenda favorita que eu gostaria de receber é um telemóvel, porque seria tão giro ver vídeos e jogos! 

O que me dá mais alegria no Natal é estar com toda a minha Família. Há uma imensa Alegria em as luzes que enfeitam as árvores conseguirem expressar a luz que brilha em nós. 

A minha mensagem para os companheiros de todo o mundo é acabar com o COVID-19!

Vizinhos da terra inteira, protejam-se para termos um Natal feliz e um Normal Ano Novo! 

Pessoas de todo o mundo, fiquem em casa para este Natal ser incrível como os outros! Beijinhos de uma pessoa muito querida chama da C Cuidem-se bem. Adeus.

Texto a 4 mãos

CR5B, EM5B, MC5B, OE

70 Anos CAD – Retrato de João Pedro

Image par Joseph Harrison de Pixabay 

     Os olhos de João Pedro eram negros como o carvão. Ele era alto, tinha bigode e usava óculos.

    O seu nariz era direito, arredondado e delicado. A sua boca era delicada, de lábios carnudos. O seu cabelo era negro como os seus olhos e encaracolado. A sua pele era monrena como areia molhada e ele era muito forte.

    O João era simpático, brincalhão e um pouco bruto; era amoroso, mas um pouco atrapalhado. Era bom para as pessoas; por exemplo, emprestava material e defendia os colegas.

   Era muito sincero com os amigos e gostava de jogar matraquilhos, futebol e atirar a bola à parede.

   No fundo, ele tinha  bom coração e uma grande sensibilidade.

(Texto escolhido para o Teste de Outubro de 95)

Zé Pedro, 6ºC –  1995