A Ida às Motas

salto de mota no ar

    CC0  Wikipedia Commons Stefan Krause

     Era Domingo, às quatro e meia; eu, muito entusiasmado, estava à espera que os meus amigos chegassem.

     Entretanto, como nunca mais chegavam, fui à piscina dar um mergulho.

     Eles chegaram e fomos para as Motas. O dono das Motas chama-se Rui.

     Uma das motas começou a deitar óleo, e o Rui mandou toda a gente sair para tirar óleo. Ele tapou com areia e deixou secar. Depois disso, voltamos para a pista.

     Era a minha vez de andar e como não  estava habituado, assustei-me com o barulho.

     Fiquei sob pressão e continuei a andar como se nada fosse.

     A Festa acaba e toda a gente sai de lá de rastos!

      Uma vez saí depois de quatro horas e já nem conseguia andar!

     Quando vou largado na Mota com o treino que o Rui me ensinou, sinto-me bem, feliz e transpirado!

FG 6B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.