Salvar Animais em Vias de Extinção

pintura de ornitorrincoPlatypus by Lewin Wikimedia.org Public Domain

     Só existe uma espécie de morcego que chupa sangue e espalha uma doença que dá raiva. Também existe uma espécie de morcego gigante que só come fruta e vive nos ramos.

     O Ornitorrinco, quando está a nadar, fecha os ouvidos, o nariz e os olhos – o nariz tem uns minipelinhos que, quando lança cargas elétricas e elas rebatem numa superfície que se mexe, volta com outra carga elétrica: assim ele percebe o caminho e faz um rastro invisível no seu cérebro. 

     Debaixo das patas, o Ornitorrinco tem um tipo de espinho como os cães, que é para causar náusea e fazer dormir os adversários.

     O Falcão peregrino, tem uma doença contagiosa: quando voam, estas aves largam um pozinho branco que provoca febre e diarreia e pode causar a morte. De 5 pessoas infetadas, só uma consegue sobreviver. Mas antigamente, não era tão grave.

     Quando eu crescer vou gostar muito de ser uma das pessoas que fazem Ciências; vou fazer reviver animais que estão quase extintos – como o Rinoceronte Branco. Só existe um macho e duas fêmeas. O macho já morreu.

     Antes os povos caçavam, porque pensavam que o seu chifre curava doenças. As morsas também têm dentes sempre a crescer. Antigamente já havia focas e lanças feitas com os dentes de marfim.

Conversas na Oficina – HZ5D

Segredos Vegetais

     orquídea drácula vampira

   Imagem de Andreas Kay Flickr.com Atribution CCNC SA 2.0

Porque é que as folhas são de cor verde?

       Tinham a oportunidade de serem pretas, porque o preto absorve mais luz. Mas uma teoria diz que antigamente, durante a evolução das plantas, havia uma espécie de alga que era preta e com a luz que deixou passar, por baixo dela cresceu uma alga verde.

     A alga preta foi extinta, só sobrou a alga verde e a alga verde evoluiu para plantas terrestres.

      Existe um tipo de flor que nasce em pedra, em troncos de árvores: ela rouba os nutrientes.

       A semente parece um cacho, parece uma castanha. Ela engana fungos e outras plantas: como é uma semente, os fungos dão-lhe nutrientes e ela suga todos os nutrientes possíveis; nasce em sítios mais pobres, porque não tem tanto trabalho para estabilizar.

     Hoje em dia, essa espécie de flor – há várias – está quase extinta; é muito bonita. Há pessoas que queimam florestas para terem a certeza de que não sobra nenhuma e vão vendê-las no mercado negro. Existe uma espécie que se chama “Orquídea Dracula Vampire” e está a ser cultivada pelos Americanos.

Conversas na Oficina –  HZ5D

Sondando o Futuro – II

lua cheiaGoodfreephotos.com Atribution: CC0 Public Domain

      Existe um canal no you tube chamado “Ciências para os Jovens”, que mostra como as gotas nas nuvens atingem a densidade necessária para chover.

     A atmosfera e a água estão cada vez mais poluídas, por causa das fezes das vacas, porque elas libertam um gás altamente tóxico para a atmosfera que também faz efeito de estufa.

      Como ficará a Terra sem a Lua? Os mares ficarão mais agitados e não haverá maré alta nem maré baixa. Antigamente, a Lua estava mais afastada, mas a gravidade da Terra, a cada órbita que descrevia, puxava-a mais um bocadinho.

     Descobriram uma futura Terra, que é bem parecida com a nossa, mas três vezes maior. Já encontraram água gasosa e líquida, mas não sólida. A Estrela dela é mais fraquinha; fica muito longe, a uns duzentos anos luz para se chegar lá. Comparando, a distância da Terra até Júpiter: uns noventa anos luz.

Conversas na Oficina, HZ5D

Tenho-te a Ti e Tens-me a Mim!

   Image parpixel2013 de Pixabay 

    Querido Irmão, 

 Estou com muitas saudades!

  Eu sempre gostei de ti, das tuas habilidades para jogar e conviver.  Lembro-me quando tu e eu jogávamos Mário Kart e ríamos o tempo todo!

    Tu és o melhor irmão de todos: tens sabedoria, és brincalhão, tratas os outros com igualdade, és sincero.

     Esta Primavera, gostava de ver contigo “Como treinar o seu Dragão – III”. Quando tinhas 10 anos, gostavas de animais, como eu?

     Somos parecidos no coração, pelo desenho e em eu ser tão apaixonado por animais como tu!

      Meu querido irmão, eu sempre me lembro da tua simpatia. Quando fores  velho, eu sempre te irei visitar.

     Desejo-te uma vida saudável, amorosa e que possas criar uma relação feliz com outra pessoa.

    André, eu tenho-te a ti e tu tens-me a mim!

HZ5D

Sondando o Futuro

     cartaz deanimais primitivos

     Wikimedia Commons Atribuição CCO Autor Adolphe Millot

     Gostei muito das Quartas Feiras: saíamos mais cedo e a mochila não é muito pesada; à 2ª feira é muito pesada.

     A minha disciplina favorita é Ciências, porque gosto de animais, da água… é mais divertido.

      Também gosto muito de HGP, porque fala da História, da pré-História, do Futuro… do Futuro nem tanto. 

     Cada vez mais os glaciares estão a derreter: então, algum dia, pode haver quase nada de terra e nós, no futuro, podemos ficar apertados.

      A África pode ficar inundada; pode haver cada vez mais animais aquáticos e cada vez menos animais terrestres.

      Sem as abelhas não vamos ter cenouras, laranjas, até maçãs – só teremos as frutas que não são polinizadas pelas abelhas.

      Vários outros animais estão em perigo, como os cupins, vão precisar muito de ervas, mas como vamos ficar muito apertados, vamos cortar a relva.

      No Futuro, também podemos ficar extintos: cada vez mais pessoas pode levar à superpopulação. E como é que as pessoas vão viver sem a terra? Depois, vão ser extintas.

      Se for assim, pode parar a poluição, as calotes polares podem recongelar de novo, pode haver mais terra e os peixes podem evoluir para animais terrestres.

     Antigamente havia uns peixes com as barbatanas fortes; houve uma extinção em massa e aqueles que sobreviveram foram para as partes mais rasas, mais perto das praias.

      Eles conseguiram evoluir para a terra. Os primeiros mais conhecidos foram uma espécie de lagartos; depois evoluíram para animais maiores.

      O primeiro maior era uma espécie de lagarto com escamas bem duras e a cauda bem grande.

Conversas na Oficina HZ5D

Os Amigos Que Olhavam Para Deus

um menino e menina

   Pixabay   CC0

     Num certo dia, duas crianças foram para a sua casa.

    O Afonso e a Maria eram dois amigos; os seus pais conheciam-se desde que eles eram pequenos.

    A Maria era loira, com cabelos reluzentes, os olhos azuis como água e estatura alta.

    O Afonso tinha o cabelo preto, com os olhos castanhos como uma árvore.

    Eram muito místicos, isto é, eram pessoas que olhavam para Deus.

   Todos os anos, os meninos oravam a Deus, todos as noites da véspera de Natal.

   Também, todas as vezes que ganhavam um presente, diziam “Obrigado” a Deus, por dentro.

   Mas os pais de Maria tinham de ir até ao Brasil, porque não havia trabalho em Portugal.

    O Afonso ficou muito triste porque a Maria ia-se mudar para o Brasil. Eles não acharam nenhuma solução, sem ser mandar cartas, naquela época ainda não havia telefone.

     Cada mês, eles recebiam uma carta, mas depois de vinte anos, eles puderam encontrar-se de novo em Roma.

     Eles sentiram-se muito felizes!

    HZ5D