As Quatro Casas

Image par Prawny de Pixabay 

    Temos quatro casas: uma é o Planeta, onde vivemos, a segunda é a nossa própria casa, com a nossa Família,  a terceira é a nossa Escola e a última é a casa Dentro de Nós.

     Na casa  da Família, nós nascemos, comemos; aprendemos a receber e a agradecer; também aprendemos a amar a Família que nos ajuda nas dificuldades.

      A Casa da Escola é importante, porque aprendemos muitas coisas, e onde também não aprendemos só os estudos: aprendemos sobre a Vida. Para mim é mais importante sabermos como é a Vida do que os estudos.

        A Casa da Família é um lugar que nos mantém seguros; também aprendemos as coisas básicas, como falar corretamente, ser bem educado, isto para mim é muito importante, porque estamos a aprender sempre mais.

(Continua) Texto a Duas Mãos – SR6A e JS6A

Tema inspirado em Ecologia Emocional para Crianças de Jaume Soler y Mercé Conangla

Partilha em Tertúlia

Research Gate CC

 Momentos Preciosos do 8º ano

P.G. –  Quando os professores fazem coisas diferentes tipo pôr música, fazer um trabalho diferenciado,  e se também somos nós a escolher o grupo.

D. S. – Gostei das atividades no laboratório, da poeira que é iman.

Transformando a Escola

Image par serenaring de Pixabay 

P. G. –  No refeitório, os colegas que comem de casa poderem ir comer com os colegas que comem do refeitório.

D. S. – Darmos menos matéria e termos mais atividades escolares, com menos trabalhos e testes.  

  Projetos para um Verão Único

Image par Couleur de Pixabay 

P. G. – Quero ir para a praia, porque eu estou a descansar com a minha família e também quero estar com a minha família porque estou feliz a ver como estão.

D. S. – Trabalhar nos meus  Avós e receber ordenado. Os trabalhos que posso fazer são, em casa da tia, tratar do gado, ir à vinha, fazer a vindima, ir ao eucaliptal e ajudar a Prima nas tarefas de casa e a Avó também.

 Três “Obrigados”

Image par Gerhard G. de Pixabay

P. G.  – Obrigado “Stora”, as melhoras e tenha umas férias felizes.

D. S. Obrigado, “Stora” :).

“Stora”   Obrigado aos dois amigos, P. e D. pelo excelente espírito de companheirismo, persistência e boa-vontade para os trabalhos difíceis e sempre com uma inspiração de bom humor inconfundível. 

Quando há Felicidade? 

Image par Gerd Altmann de Pixabay 

P. G. –  A felicidade é quando nós sentimos quando temos ou vemos  uma “coisa” especial.

Sentimo-nos felizes também quando queremos dizer ou mostrar o que sentimos para uma pessoa especial.

D.S. – A Felicidade é o que está na nossa cara quando estamos muito felizes. Por exemplo:quando alguém dá uma coisa que nós queríamos e não estávamos à espera daquele presente.

(Texto a Duas Mãos) PG e DS

CAD em Isolamento – Uma Questão Por Trás da Beleza

belezaImage par bianca-stock-photos de Pixabay

    A Beleza está presente em toda a parte: nos olhos dos amigos, na voz dos que nos amam, na nervura das folhas do jardim.

    A Beleza torna a nossa vida melhor, mais plena. Já pensaram o que seria a Vida sem Beleza?

    A vida sem Beleza não é concebível, como se nós, seres humanos, tivéssemos sido apetrechados, de raiz, para contemplar e saborear a Beleza.

    A Beleza existe nos seres e ações mais pequenos e, tantas vezes, nos mais insignificantes.

     Como nas antigas catedrais, o rendilhado da pedra no píncaro das torres não podia ser alcançado pela visão humana,  assim também, permanece oculta a Beleza em filigrana dos atos generosos de que ninguém se apercebeu.

     A Beleza é, para muitos, o que nos faz levantar da cama: como para Paul Klee, que dizia “A cor está viva em mim, sou pintor!” assim também a música está viva em compositores e o rosto do ser amado no coração do seu apaixonado.

Cad em Isolamento – Texto a 2 Mãos IM8B e OE

O Natal a Bater à Porta…

      noite de neve

Image by Angeles Balaguer from Pixabay      

     O Natal também é uma forma diferente de olhar para os outros. 

     No Natal eu vou querer juntar a minha Família toda em minha casa! Quero que vão a minha Mãe, o meu Pai, o meu irmão, as minhas avós e o namorado da minha avó.

     As pessoas que estão sós sentem-se acompanhadas: ouvem música no silêncio.

     As pessoas têm de estar todas juntas e todas as pessoas têm que receber um presente. 

    Os presentes também são um sorriso que avisa: os amigos estão perto daqui.

   Em Família nos entretemos numa conversa doce e falamos de sonhos difíceis para desabafar ou de sonhos bons para concretizar. 

      O Natal está aí a bater à porta… Podes ir lá e atender? 

Texto a duas mãos – SS6D e OE