Os Meus Sapatos

bota relvada

Pixabay License Imagem de Elisabeth Leunert por Pixabay

 

No meu armário

Encontrei uns sapatos,

Eram muito velhos, 

Tinham buracos de ratos.

 

Calcei-os e pensei:

“Vou dar um passeio”

Pus-me na bicicleta

E fui à praia do Sereio.

 

Perguntei a mim mesma:

“O que pensarão estes sapatos?

O que sentirão?

Será que estão gratos?

 

Autora: CM6B

2017/2018

in “Estórias Pintadas – Pequenos Grandes Escritores”

estorias.pt

 

 

Será que têm amigos?

Família também…

Será que gostam de mim?

Ou da loja onde os comprei?

 

O calor das Havaianas no verão.

O frio das botas no inverno.

Os formosos que vão trabalhar.

E os feios que andam de metro.

 

Os bonitos de ballet.

Os fixes de Hip-hop.

Os queimados dos bombeiros.

E os ortopédicos do Sr. Rop

 

Por fim cheguei a casa

Sem saber o que fazer,

Escrevi um Poema

Que agora estiveste a ler.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.