Os Amigos Que Olhavam Para Deus

um menino e menina

   Pixabay   CC0

     Num certo dia, duas crianças foram para a sua casa.

    O Afonso e a Maria eram dois amigos; os seus pais conheciam-se desde que eles eram pequenos.

    A Maria era loira, com cabelos reluzentes, os olhos azuis como água e estatura alta.

    O Afonso tinha o cabelo preto, com os olhos castanhos como uma árvore.

    Eram muito místicos, isto é, eram pessoas que olhavam para Deus.

   Todos os anos, os meninos oravam a Deus, todos as noites da véspera de Natal.

   Também, todas as vezes que ganhavam um presente, diziam “Obrigado” a Deus, por dentro.

   Mas os pais de Maria tinham de ir até ao Brasil, porque não havia trabalho em Portugal.

    O Afonso ficou muito triste porque a Maria ia-se mudar para o Brasil. Eles não acharam nenhuma solução, sem ser mandar cartas, naquela época ainda não havia telefone.

     Cada mês, eles recebiam uma carta, mas depois de vinte anos, eles puderam encontrar-se de novo em Roma.

     Eles sentiram-se muito felizes!

    HZ5D

 

A Fonte da Liberdade

 Imaculada Conceição de Murillo
Wikimedia Commons – Murillo  – A Imaculada Conceição Public Domain

     Uma alegria diferente sobe no espaço feliz que se abriu, para nossa surpresa, no mais íntimo.   

         Mais que o antigo sonho da Humanidade ter sido finalmente realizado, a fonte do espanto nasce da nota original com que Deus o consumou e superou, realizando, antes, o Seu próprio sonho.   

          A Imaculada Conceição de Maria inaugura Outro Universo dentro do Antigo onde vivemos e que o atrai para si.   

          Por isso os povos contemplam esta Luz de Aurora que tingiu a expectativa dos Séculos passados e futuros com um timbre de Esperança totalmente novo.       

       Assim, confluimos Hoje, com as gerações do Passado e do Futuro, para o Momento único onde se abre a fonte da Liberdade.                                                                                                                                                                                                                                              OE

O Meu Espírito de Natal é Estar com a Família

fogo de artifício em tons de azulCC0   PixNio.com

     No Natal, vou sempre para casa dos meus Avós.  No Ano Novo, o meu Tio Pedro lança fogo de artifício de várias cores,  ao pé da sua horta.

      Eu, os meus Irmãos e a minha Avó matamos um peru e comemos;  fazemos o Presépio, forrado de musgo verdadeiro que vamos buscar à mata, e enfeitamos a Árvore de Natal com luzes e a estrela vermelha!

      O meu espírito de Natal é estar com a Família, receber presentes – que abrimos às 11h 50 ou às 12h 00 da noite. Também gostava de oferecer presentes à minha Família, como por exemplo,  uma t-shirt, meias, calças, roupa interior. 

      Aos meus amigos e às suas Famílias desejo um Bom Natal.

     Na nossa Turma, fazemos um cabaz para ajudar uma Famíla com duas crianças, um bebé e um casal. Eu gostaria de desejar um Bom Natal para os mais pobres.

TS – 5D

Assim, Tenho um Natal Feliz

passarinho decorativo em árvore de natalPublic Domain Pictures .net

     Para eu preparar o meu Natal, primeiro, enfeito a minha casa com decorações lindas, principalmente a Árvore de Natal, com a sua estrela brilhante, no cimo,  e o Presépio, onde o Deus Menino dorme tranquilo.

     De seguida, convido a mnha Famíla toda a vir jantar e passar o Natal connosco. À mesa reúnem-se a minhaPrima Ema, com seis meses, a Mãe, Cristina, o Primo Fernando, a Avó Júlia  e o seu atual namorado, a Avó Virgínia, a Bisavó também Virgínia, a Mãe, o Pai e o Mano.

     Mas claro que não me esqueço dos presentes: para o Natal, espero uns ténis com rodas, para andar em casa e na rua. Já pratico nos ténis de rodas de uma amiga. Acho que é muito divertido de usar!

     A minha Mãe ajuda-me a comprar prendas para a Famíla. Gostava de oferecer  – basicamente o sonho do meu Pai – o  jogo “Call of Duty 4”, mas ele tem de o emprestar ao meu irmão. 

      Eu e a minha Turma vamos ajudar uma Família com um Pai, uma Mãe, duas crianças e um bebé. Eles têm dificuldades, então nós vamos ajudá-los.

     Eu e o meu irmão vamos participar numa Campanha do Banco Alimentar: é para as pessoas pobres que não têm quase nada para uma Ceia de Natal.

      Adoro ajudar as pessoas com dificuldades: quando eu precisar de alguma coisa tenho mais alguém que me ajude, pois elas são generosas. 

     Assim, tenho um Natal Feliz!

SS – 5D

Jesus Continua a Fazer o Bem

presépio com o planisfério ao fundoPixabay CC0

     As minhas férias de Natal são sempre animadas e espero que as deste ano sejam ainda melhores.

     Eu adoro o Natal porque o Menino Jesus nasceu e porque acho as luzes extraordinárias.

     Vou ver o Circo no Coliseu de Lisboa; já tinha ido lá, mas tinha dois ou três anos. Não estou à espera de muitos miminhos, pois já recebi a PS4 que custa caro. Só estou à espera de roupa, Amor e Carinho.

     Vou estrear uma nova tradição que nunca tinha feito: uma troca de prendas com um Amigo Secreto. Deve ser giro!

     As pessoas gostam sempre de apreciar, os presépios, as luzes… Como Jesus nasceu, estamos a comemorar: uma religião que não só na Europa, mas por todo o mundo se comemora.

     Nós fazemos campanhas solidárias, porque Jesus nasceu: Jesus fez o Bem, faz e continua a fazer.

SG5B