Um Verão em Bicicleta

bicicleta vermelha   Image parJames Williamson de Pixabay 

    No Verão, eu vou receber uma bicicleta. Estou a rezar para que seja  branca e vermelha, que é a cor do Benfica.

     Como nas férias da Páscoa eu não recebi a bicicleta, e também não podia andar – tinha um osso do pé lascado – vou desforrar-me na bicicleta e vou pedir ao meu tio para irmos passear até uma pista de bicicleta.

     A minha Mãe mudou de ideias, e então vai ser uma bicicleta da Sport Zone, roda 27. Basta descer o banco e já posso andar com a altura adequada da bicicleta.

     Simplesmente posso ter essa bicicleta até ser adulto.

      Enquanto estiver a andar, uso um capacete onde vou encaixar uma câmara; assim, posso preparar vídeos enquanto ando de bicicleta.

      O sétimo ano vai ser mais difícil, porque vou ter Francês, por isso é melhor continuar na Oficina de Escrita.

     Desejo um Verão bom aos Leitores e “Sigam os vossos Sonhos!” mesmo que vos digam alguma coisa má.

(Em parte ditado)  LJ6A

Sugestões e Sonhos

sobre uma corda rodeada de cataratasImage parLothar Dieterich de Pixabay 

Novos Tempos Livres

     Em relação ao sétimo ano, estou cheia de medo de ficar com uma turma que não conheço. Gostaria de ficar com um Grupo de amigos.

    O lugar onde os alunos aprendem é muito desconfortável. Tal como termos de usar fardas. A minha mãe já arrumou a minha farda toda. Estou farta. Agora uso roupa que eu gosto.

    Tenho pena de não podermos almoçar com as pessoas que comem comida de casa; tenho 4 melhores amigos assim e fico isolada.

     Não devia haver aulas de manhã; devíamos ter  um sítio onde pudéssemos brincar com água no verão. Há uns dias, eu e os amigos, compramos garrafas de água e andámos a molhar-nos. Foi tão bom! Mas uma Vigilante tirou-nos a garrafa e mandou-nos ir para o Sol a arder, para secarmos.

    A piscina podia abrir durante os recreios para grupos que se inscrevessem: aí podia-se brincar com água e ter ondas artificiais para Surf e um mini escorrega água.

    Em frente ao Pavilhão, podíamos usar balões de água e refrescar o chão, dividindo os tempos de recreios por grupos de inscritos.

cãezinhosImage parUlrike Leone de Pixabay 

Projetos de Festa

     A minha Festa de aniversário vai ser dia 27, na quinta de S João, em casa dos meus tios – Vai ter piscina, insufláveis, trampolim, animais bebés, a cadela teve cachorrinhos, há  coelhinhos, patinhos… São duas quintas: o meu tio vai ficar com um cãozinho bebé e a minha avó, com uma cadelinha bebé; são rafeiros do Alentejo. Vamos de pijama e dormimos lá.

Votos de Boas Férias aos Adultos

    Espero que descansem muito, pois há coisas que nem sei como vocês aguentam. Se eu fico doida com alguns colegas, imagino vocês. Desejo boas férias e que possam aproveitar com a vossa Família assim como nós vamos aproveitar com a nossa.

Conversas na Oficina – LM6A

Invenção de Tempos Livres

skating sobre iphoneImage parFunkyFocus de Pixabay 

     Eu acho que na escola atual se demora muito tempo em aulas e há muitos testes.

    No fim do período também não se devia trabalhar. Deviam fazer-se brincadeiras.

    Podíamos jogar futebol, mata, hokey em patins num ringue de patinagem; podia haver zona de diversão aquática com mangueirada, escorregas de água, piscina aberta.

   Podíamos ter atividades em zona coberta, como ateliers de construção de Legos, ateliers de culinária para minichefes, formação de bandas em ateliers de música, uma escola de dança moderna.

    No início das aulas, podíamos praticar desportos ou atividades físicas e só a partir das 10 30 é que começávamos a trabalhar com a cabeça. À tarde, por volta das 14h, trabalhávamos em Grupos, revendo o que tínhamos aprendido de manhã, com apoio dos professores que iam orientando.

    Por voltas das quatro horas já estávamos prontos para sair da Escola e viver. Eu, por exemplo, prefiro ir para casa e dedicar-me ao que eu gosto: jogar playstation, jogar futebol, ver youtube sobre jogos.

   Espero que as inovações que sugeri possam mesmo vir a acontecer!

DJ5D

Ao Fio do Pensamento…

     atirador de seta a alvo giganteImage parStefan Keller de Pixabay 

     Olá, eu sou uma “Pessoa”, quer dizer, quando quero ser uma, sou, mas quando não quero, é melhor afastares-te de mim.

     Porque não vais querer ver o monstro dentro de mim que está a crescer de dia para dia.

    Quanto à maior parte das pessoas que me empurram ou me chamam nomes, eu não reajo, mas se reagisse, vou só dizer que não ia acabar bem para elas.

       O meu monstro chama-se Salvatron.

     Hoje sinto-me muito bem, porque tive um bom teste de Português.

     Quando vou a um Parque de Atrações, sinto-me muito feliz, o meu coração começa a bater muito rápido e eu começo a pensar assim: “Eu quero ir a todo o lado!”

     Às vezes fico-me a perguntar como é que tudo começou e estou a falar de como começou tudo de tudo!

JPA6C

Salvar Animais em Vias de Extinção

pintura de ornitorrincoPlatypus by Lewin Wikimedia.org Public Domain

     Só existe uma espécie de morcego que chupa sangue e espalha uma doença que dá raiva. Também existe uma espécie de morcego gigante que só come fruta e vive nos ramos.

     O Ornitorrinco, quando está a nadar, fecha os ouvidos, o nariz e os olhos – o nariz tem uns minipelinhos que, quando lança cargas elétricas e elas rebatem numa superfície que se mexe, volta com outra carga elétrica: assim ele percebe o caminho e faz um rastro invisível no seu cérebro. 

     Debaixo das patas, o Ornitorrinco tem um tipo de espinho como os cães, que é para causar náusea e fazer dormir os adversários.

     O Falcão peregrino, tem uma doença contagiosa: quando voam, estas aves largam um pozinho branco que provoca febre e diarreia e pode causar a morte. De 5 pessoas infetadas, só uma consegue sobreviver. Mas antigamente, não era tão grave.

     Quando eu crescer vou gostar muito de ser uma das pessoas que fazem Ciências; vou fazer reviver animais que estão quase extintos – como o Rinoceronte Branco. Só existe um macho e duas fêmeas. O macho já morreu.

     Antes os povos caçavam, porque pensavam que o seu chifre curava doenças. As morsas também têm dentes sempre a crescer. Antigamente já havia focas e lanças feitas com os dentes de marfim.

Conversas na Oficina – HZ5D

Segredos Vegetais

     orquídea drácula vampira

   Imagem de Andreas Kay Flickr.com Atribution CCNC SA 2.0

Porque é que as folhas são de cor verde?

       Tinham a oportunidade de serem pretas, porque o preto absorve mais luz. Mas uma teoria diz que antigamente, durante a evolução das plantas, havia uma espécie de alga que era preta e com a luz que deixou passar, por baixo dela cresceu uma alga verde.

     A alga preta foi extinta, só sobrou a alga verde e a alga verde evoluiu para plantas terrestres.

      Existe um tipo de flor que nasce em pedra, em troncos de árvores: ela rouba os nutrientes.

       A semente parece um cacho, parece uma castanha. Ela engana fungos e outras plantas: como é uma semente, os fungos dão-lhe nutrientes e ela suga todos os nutrientes possíveis; nasce em sítios mais pobres, porque não tem tanto trabalho para estabilizar.

     Hoje em dia, essa espécie de flor – há várias – está quase extinta; é muito bonita. Há pessoas que queimam florestas para terem a certeza de que não sobra nenhuma e vão vendê-las no mercado negro. Existe uma espécie que se chama “Orquídea Dracula Vampire” e está a ser cultivada pelos Americanos.

Conversas na Oficina –  HZ5D

Sondando o Futuro – II

lua cheiaGoodfreephotos.com Atribution: CC0 Public Domain

      Existe um canal no you tube chamado “Ciências para os Jovens”, que mostra como as gotas nas nuvens atingem a densidade necessária para chover.

     A atmosfera e a água estão cada vez mais poluídas, por causa das fezes das vacas, porque elas libertam um gás altamente tóxico para a atmosfera que também faz efeito de estufa.

      Como ficará a Terra sem a Lua? Os mares ficarão mais agitados e não haverá maré alta nem maré baixa. Antigamente, a Lua estava mais afastada, mas a gravidade da Terra, a cada órbita que descrevia, puxava-a mais um bocadinho.

     Descobriram uma futura Terra, que é bem parecida com a nossa, mas três vezes maior. Já encontraram água gasosa e líquida, mas não sólida. A Estrela dela é mais fraquinha; fica muito longe, a uns duzentos anos luz para se chegar lá. Comparando, a distância da Terra até Júpiter: uns noventa anos luz.

Conversas na Oficina, HZ5D

Próximos no Coração e na Vida

Image parJL G de Pixabay

     A minha Família é fantástica e agora vou explicar porquê.  Primeiro, a minha Mãe é carinhosa para mim, todos os dias em que eu estou com ela.

     O meu Pai é engraçado e mais ninguém do Universo conseguiria ser igual a ele.

     O meu irmão é muito, muito especial, porque nós somos muito próximos no coração e na vida.

     A minha Família é inesquecível e ninguém vai conseguir que eu os esqueça. Vou sempre querer ser igual a eles: adoro-os e posso gostar de todo o mundo, e isto graças à minha Família maravilhosa.

    Mais ninguém no mundo  consegue o meu Amor total, a não ser a minha fantástica Família.

SS5D

Como nos Proteges e nos Amas

pai que atira a filha ao ar contra fundo de poentePhoto by Lauren Lulu Taylor on Unsplash

        Pai,

      Obrigada por cuidares de mim, quero desejar-te um dia como nunca.

     Adoro que me faças rir e ser feliz. És querido para mim e ficaria aqui o dia todo a dizer coisas fantásticas sobre ti.

    Quando me fazes rir, eu interiormente penso que não poderia ter um Pai melhor do que o meu. Como no dia a dia não estou contigo, sinto-me triste, e então, quando tu chegas a casa, é uma alegria enorme!

    Admiro em ti a tua coragem e força que tens dentro e fora de ti. Sempre vou querer que continues assim.

     Quando tinhas dez anos, qual era o teu maior sonho?

    Herdei de ti a Verdade mais brilhante do Universo inteiro. Ensinaste-me uma lição de vida: a enfrentar os meus medos tal como eles são.

    Pai, vou ajudar-te a fazer uma surpresa à Mãe: vamos pôr a mesa e arrumar a cama dela. E espero que o malandreco do Tiago também nos ajude.

     Daqui a muitos anos, quando fores velhinho, vou cuidar de ti tal como tu me tratas hoje em dia.

    Adoro profundamente como nos proteges e nos amas.

SS5D

Na Aldeia da Avó

Image parandrea candraja de Pixabay

      Ir à aldeia da minha Avó faz-me sentir livre: quando estou lá parece que todos os problemas desaparecem.

        Cá, nós, quando queremos, por exemplo, combinar alguma coisa com os nossos amigos, temos de falar com os pais para pedir autorização. 

      Na Aldeia, é tudo diferente: é só ir ter com as pessoas e passamos o dia juntos; podemos ficar na rua até tarde, pois é tudo muito calmo e seguro.

     Quando vou à Aldeia, até me esqueço da existência de telefones, porque nós passamos o dia todo a passear e a divertirmo-nos tanto que nem preciso de telefone.

     Às vezes penso como seria viver na Aldeia: se pudesse levar a minha casa, a minha escola  e alguns dos meus amigos, acho que seria muito giro, pois na Aldeia também já tenho um Grupo de Amigos que, quando venho embora, fico triste por deixá-los e cheia de saudades. 

      Assim, poderia também passar mais tempo com a minha Avó, o meu Tio e o meu Primo, pois eles vivem na Aldeia e quase nunca tenho a oportunidade de estar  com eles; quando estou, fico apenas uma semana.

     O verão é a minha altura preferida para ir à Aldeia, porque vamos todos em Grupo á piscina mais próxima e ficamos lá o dia inteiro.

MB8C