No Natal Sinto Sempre Alegria

World Kids Dawn Hudson CC0 Public Domain

     Este Natal  desejo que a minha Família tenha um Natal feliz e bom. 

     O Natal não se repete: é como os meus anos, que são a 11 de Dezembro: celebramos o meu nascimento e, a 25, o de Jesus.

     No sininho da Turma escrevi uma mensagem de que não me lembro, mas falava de crianças, desejava que todas as crianças do mundo tivessem presentes.

     Amanhã – dia dos meus anos –  a minha Mãe vai almoçar comigo ao Mc Donald’s e, à noite, vamos todos jantar Sushi.

     O meu primo de quatro anos diz: ” – O Pai Natal vai-me dar tudo o que eu quero!”

     Fazemos o Presépio numa prateleira no chão: gosto imenso do poço que brilha e, às vezes, faz barulho de água.

     No Natal sinto sempre Alegria.

     Espero que este Natal seja muito animado para Todos!

CT5A

A Escola em Renovação

      A Escola podia ir mais além como, por exemplo, as aulas acabarem mais cedo, ou aumentarem-se os salários, porque os professores são as pessoas que fazem com que nós estejamos aptos para qualquer trabalho.

      Era bom haver trabalhos em Grupo para haver uma melhor relação em ambiente adequado. Se estivermos em Grupo, podemos esclarecer-nos uns aos outros.

     Também não se devia levantar o braço para falar, na aula,porque, às vezes, há tanta gente com o braço no ar que nem dá para saber quem é que tinha primeiro e gera uma grande injustiça.

     Tendo aulas ao ar livre podemos aprender a evolução das plantas e dos seres vivos, vendo-0s crescer ao longo dos dias.

      Para quê estudar? Para termos um bom futuro. Podemos estudar tudo, aprofundadamente, porque tudo é importante.

PC 7B

O Tesouro da Generosidade

mãos de jovem a oferecer moedas de ouro em chocolate

     Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

      Tenho uma vida fantástica, uma vida que muita gente não pode ter, mas que, por essa razão, ficam muito felizes quando alguém se arma em super-herói e lhes dá uma mera moeda de 1€ ou então só um único olhar de sentimento; mas, na verdade, essa generosidade é um pequeno tesouro.

     Na minha escola, na época do Natal, costumamos trazer um esforço do super mercado, que para nós não é nada de especial, mas para essas pessoas é o maior presente que lhes podíamos dar….a generosidade.

     Por isso, mesmo que nos sintamos em baixo, mesmo que o dia nos esteja a correr muito mal, pensem que a nossa vida, muita gente a gostaria de ter, pois nem toda a gente tem uma casa ou até alguém que goste de si.

    Por estes motivos é que devemos valorizar o que temos e não queixarmo-nos disso.

CC7A

Os Sonhos São Pistas Para O Futuro

Autor: Stock Snap Imagem: Pixabay CC0

     Os sonhos não são propriamente fantásticos, muitos deles parecem impossíveis, nas na verdade são pistas para o futuro.

      De certeza que já se perguntaram o porquê de as pessoas sonharem; não é coincidência, mas sim a vossa consciência a tentar transmitir-vos um facto realista ou irrealista.

      Sonhar é como se fosse uma pista surreal, que um dia pode vir a ser cativada na memória.

     Quando eu era mais nova, sonhava constantemente em voar, e a seguir desses sonhos, comecei a voar nos meus pensamentos como um dente de leão ao som do vento.

      A pista transmitida pelos sonhos é muito enigmática, temos de ser nós a desvendar o porquê de essa pista ter passado à frente dos nossos olhos.

       Muitos dos nossos sonhos são inventados por nós mesmos, no dia anterior, depois de uma história muito relevante para os nossos sentidos ou por uma história inacabada.

      Mas o que nos faz acordar? Os pesadelos. Este fenómeno é como se fosse um trauma para o resto da nossa vida que arranca os sonhos da nossa mente.

     Deve haver uma explicação científica para este acontecimento, mas para mim não há explicação, a não ser a nossa mente a ser dominada.

    Enquanto que há pessoas que fazem com que os pesadelos nos arranquem  os sonhos, há pessoas que continuam sempre a sonhar!

A.Vis

Os Amigos Que Olhavam Para Deus

um menino e menina

   Pixabay   CC0

     Num certo dia, duas crianças foram para a sua casa.

    O Afonso e a Maria eram dois amigos; os seus pais conheciam-se desde que eles eram pequenos.

    A Maria era loira, com cabelos reluzentes, os olhos azuis como água e estatura alta.

    O Afonso tinha o cabelo preto, com os olhos castanhos como uma árvore.

    Eram muito místicos, isto é, eram pessoas que olhavam para Deus.

   Todos os anos, os meninos oravam a Deus, todos as noites da véspera de Natal.

   Também, todas as vezes que ganhavam um presente, diziam “Obrigado” a Deus, por dentro.

   Mas os pais de Maria tinham de ir até ao Brasil, porque não havia trabalho em Portugal.

    O Afonso ficou muito triste porque a Maria ia-se mudar para o Brasil. Eles não acharam nenhuma solução, sem ser mandar cartas, naquela época ainda não havia telefone.

     Cada mês, eles recebiam uma carta, mas depois de vinte anos, eles puderam encontrar-se de novo em Roma.

     Eles sentiram-se muito felizes!

    HZ5D

 

Claridade e Combate

o que está claro nas palavras está claro na vida

 imagem: oficina de escrita

     É verdade, pois temos de ser claros para nós mesmos. Ser claro para mim mesmo, vivendo o máximo que consigo e não deixando dúvidas para trás. 

Citação: Arthur Ashe   imagem: oficina de escrita

     Nós só devemos parar de lutar quando tivermos terminado o nosso sonho e atingido os nossos objetivos importantes na vida. Todos nós temos de combater e, sempre que formos abaixo,  devemos tentar mantermo-nos no topo sem parar de nos esforçar. 

SCB 6A

A Fonte da Liberdade

 Imaculada Conceição de Murillo
Wikimedia Commons – Murillo  – A Imaculada Conceição Public Domain

     Uma alegria diferente sobe no espaço feliz que se abriu, para nossa surpresa, no mais íntimo.   

         Mais que o antigo sonho da Humanidade ter sido finalmente realizado, a fonte do espanto nasce da nota original com que Deus o consumou e superou, realizando, antes, o Seu próprio sonho.   

          A Imaculada Conceição de Maria inaugura Outro Universo dentro do Antigo onde vivemos e que o atrai para si.   

          Por isso os povos contemplam esta Luz de Aurora que tingiu a expectativa dos Séculos passados e futuros com um timbre de Esperança totalmente novo.       

       Assim, confluimos Hoje, com as gerações do Passado e do Futuro, para o Momento único onde se abre a fonte da Liberdade.                                                                                                                                                                                                                                              OE

O Meu Espírito de Natal é Estar com a Família

fogo de artifício em tons de azulCC0   PixNio.com

     No Natal, vou sempre para casa dos meus Avós.  No Ano Novo, o meu Tio Pedro lança fogo de artifício de várias cores,  ao pé da sua horta.

      Eu, os meus Irmãos e a minha Avó matamos um peru e comemos;  fazemos o Presépio, forrado de musgo verdadeiro que vamos buscar à mata, e enfeitamos a Árvore de Natal com luzes e a estrela vermelha!

      O meu espírito de Natal é estar com a Família, receber presentes – que abrimos às 11h 50 ou às 12h 00 da noite. Também gostava de oferecer presentes à minha Família, como por exemplo,  uma t-shirt, meias, calças, roupa interior. 

      Aos meus amigos e às suas Famílias desejo um Bom Natal.

     Na nossa Turma, fazemos um cabaz para ajudar uma Famíla com duas crianças, um bebé e um casal. Eu gostaria de desejar um Bom Natal para os mais pobres.

TS – 5D

Assim, Tenho um Natal Feliz

passarinho decorativo em árvore de natalPublic Domain Pictures .net

     Para eu preparar o meu Natal, primeiro, enfeito a minha casa com decorações lindas, principalmente a Árvore de Natal, com a sua estrela brilhante, no cimo,  e o Presépio, onde o Deus Menino dorme tranquilo.

     De seguida, convido a mnha Famíla toda a vir jantar e passar o Natal connosco. À mesa reúnem-se a minhaPrima Ema, com seis meses, a Mãe, Cristina, o Primo Fernando, a Avó Júlia  e o seu atual namorado, a Avó Virgínia, a Bisavó também Virgínia, a Mãe, o Pai e o Mano.

     Mas claro que não me esqueço dos presentes: para o Natal, espero uns ténis com rodas, para andar em casa e na rua. Já pratico nos ténis de rodas de uma amiga. Acho que é muito divertido de usar!

     A minha Mãe ajuda-me a comprar prendas para a Famíla. Gostava de oferecer  – basicamente o sonho do meu Pai – o  jogo “Call of Duty 4”, mas ele tem de o emprestar ao meu irmão. 

      Eu e a minha Turma vamos ajudar uma Família com um Pai, uma Mãe, duas crianças e um bebé. Eles têm dificuldades, então nós vamos ajudá-los.

     Eu e o meu irmão vamos participar numa Campanha do Banco Alimentar: é para as pessoas pobres que não têm quase nada para uma Ceia de Natal.

      Adoro ajudar as pessoas com dificuldades: quando eu precisar de alguma coisa tenho mais alguém que me ajude, pois elas são generosas. 

     Assim, tenho um Natal Feliz!

SS – 5D

Jesus Continua a Fazer o Bem

presépio com o planisfério ao fundoPixabay CC0

     As minhas férias de Natal são sempre animadas e espero que as deste ano sejam ainda melhores.

     Eu adoro o Natal porque o Menino Jesus nasceu e porque acho as luzes extraordinárias.

     Vou ver o Circo no Coliseu de Lisboa; já tinha ido lá, mas tinha dois ou três anos. Não estou à espera de muitos miminhos, pois já recebi a PS4 que custa caro. Só estou à espera de roupa, Amor e Carinho.

     Vou estrear uma nova tradição que nunca tinha feito: uma troca de prendas com um Amigo Secreto. Deve ser giro!

     As pessoas gostam sempre de apreciar, os presépios, as luzes… Como Jesus nasceu, estamos a comemorar: uma religião que não só na Europa, mas por todo o mundo se comemora.

     Nós fazemos campanhas solidárias, porque Jesus nasceu: Jesus fez o Bem, faz e continua a fazer.

SG5B

O Mar no Coração

fogueira na praia ao amanhecer

Neste tempo

Vivi o fogo

Vivi a água

Vivi o sol

Que nos retira a mágoa.

Vivi a diferença

Vivi a inspiração

Vi o grande mar

Que estas pessoas têm no coração.

Neste tempo, vivi o respeito.

Neste tempo, vivi a admiração.

Neste tempo, o scholas mostrou-me

Que não há limites para a paixão

DS 11A

A Vida Noutra Perspetiva

cartaz do 24 inside

24 Inside – CAD

Eu sabia uma coisa ou outra sobre como conversar com os outros ou pelo menos eu achava que sim

E não foi que só quando comecei a escutar o que os outros tinham para dizer é que me apercebi de que afinal não sabia nada?

Como não era meu costume escutar os outros,  não me lembro bem das conversas que tive no passado,

Mas quando comecei a escutá-los foi quando comecei a ver a vida de outra perspectiva.

O som das palavras encantava-me: cada palavra parecia ter mais significado do que antes…

Comecei também a apreciar muito mais cada conversa que tinha.

E para poder experienciar tudo isto, tudo o que tive de fazer…

Foi ESCUTAR.

RL 10

Amor e Natureza

coração de nuvens no céu azul

CC0   Pixabay  oo11o

    Digam “Olá” à Paixão. Muitas pessoas julgam os outros sem os conhecer. Quando percebem que não era o que elas pensavam, abre-se a Paixão.

     Alguns dizem que a Paixão é o que está cá dentro de nós. Outros dizem que é o que está fora, vem de uma Beleza.

    O Amor é uma paixão do tamanho de um coração sem fim: se não houvesse amor, não havia nada!

    O Amor é lindo como os corações, os rostos felizes, a cor vermelha e rosa.  Quando vejo o Amor, algo está lindo e se torna único.

     O ar, a Natureza, o mar, o silêncio, são os sons que eu era capaz de estar sempre a ouvir: são sons relaxantes e extraordinários.

      O Amor chega na cor rosa, amarela, azul, verde, branco, as cores mais bonitas alguma vez vistas na Natureza.

     O que me causa espanto: Os rapazes giros, as Amizades e as Alegrias!

      As brasas de Portugal: aquelas pessoas que são tão amigas, quase até “dizer chega” e a Paixão de uns pelos outros.

     A coragem é nossa amiga, porque, se não houvesse, não teríamos coragem de falarmos com os rapazes, os giros e os amigos também.

     Tudo no mundo é nosso amigo, desde as formigas às montanhas, e tudo nos faz sorrir de Alegria e dizer: “Amizade é isto!”

Texto a Duas Mãos MtC e MrL 6A

O Génio Poeta

gôndola em VenezaAtribuição CC0 pixabay 

     O Roberto era um poeta que morava em Veneza. Ele era tão giro que tinha imensas amadas.

     O Roberto não fazia só poesia e namoro: também era um génio, porque inventou uma forma de um barco andar a partir da energia de uma bicicleta. 

     Profissionalmente, ele era pescador e até recebia algum dinheiro com isso, mas ainda era gerente de um Museu que se chamava “Agora ou Nunca”, onde se pode reciclar plástico e transformá-lo em obras feitas de plástico.

     Normalmente, a seguir ao trabalho no Museu, ia jantar peixe. 

     Queria muito casar-se e ter filhos; por isso, fez alguns testes às suas amadas, para ver qual era a mais bondosa.

      Por exemplo, escrevia um poema horrível, para ver se as amadas eram sinceras, em vez de dizer: “- Está ótimo! Continua, és ótimo!”

       O Senhorito decidiu escolher a sua colega do Museu, porque era Portuguesa; era loira, de olhos azuis e bondosa; demonstrava muito amor às pessoas com mais dificuldades.

     Roberto pensou: “- Ela deve dar uma perfeita esposa.”

     Este casal-maravilha casou e teve dois filhos. Foi desde essa altura que tudo começou.

     ” – E, já agora, o Roberto sou eu e a Senhora do Museu é a vossa Mãe. Foi assim que conheci a vossa Mãe.”

PC 7B

A Segunda Família

jovens em fila abraçados de costas

     Photo by Duy Pham on Unsplash

      Há muita gente que acha que não precisa de amigos, colegas, companheiros…

      Mas eu acho que ter amigos com quem partilhar os bons ou maus momentos da nossa vida é uma das melhores sensações do mundo, pois sabe sempre bem ter alguém  com quem desabafar. 

      Por exemplo, quando estou triste, não me apetece falar sobre o que se passou, porque sei que, se falar, vou recordar o infeliz momento e vou chorar.  Mas, por vezes, chorar faz bem, alivia…

     Pelo menos eu, quando choro, parece que a tristeza vai desaparecendo…

     Na minha opinião, ter um ou  mais amigos com quem partilhar o que acontece na nossa vida, é uma ótima sensação; é um encanto vivo ter um amigo em quem confiar. 

     Para mim, os amigos são como uma segunda família. Eu adoro fazer amigos novos! Para mim, os amigos nunca são demais. 

MB 8C

Uma Ilha Explosiva

combatentes de fortnite por terra e por ar

 Flickr CC 2.0

MI – O meu jogo preferido é o Fortnite, onde temos de matar os habitantes de uma ilha explosiva. Usamos as armas que ganhamos na própria ilha; procuramos as armas no chão, em casas, dentro de baús…

DJ – O meu jogo favorito também é o Fortnite, porque é um jogo competitivo. 

MI – Também podemos construir e destruir! Se destruirmos algo com picareta, como paredes de uma casa ou carros ganhamos esse material e podemos construir.

DJ – A minha cidade favorita é Titéa Tawars. Tem muitos prédios altíssimos, um Big Ben, uma loja de roupas que foi destruída por um cubo roxo gigante, o qual também se destruiu, mas foi num lago vazado.

MI – E se tivermos um amigo para jogar, podemos empurrar um carrinhos de compras com ele lá dentro. Uma vez em que eu tinha um amigo dentro do carrinho, comecei a empurrá-lo, atirei-o por uma ravina abaixo e ele morreu. Mas não é suposto matar os amigos no jogo.

DJ – Nesta cidade, matam-se corajosamente os inimigos e aqui faço recordes: já atingi os 34 “kills”. Uso armas perigosas que estão escondidas, e às vezes, “dropadas”, isto é, caídas no chão. 

MI – Uma vez, eu estava a construir uma ravina e aí ela explodiu: outro jogador estava a atirar com “bazuka” eu atirei-lhe um pára-quedas e matei-o, mas logo a seguir caiu-me uma “drop” em cima e morri!

DJ – Posso combinar estratégias com amigos. Às vezes jogo “Parquinho” em que faço uma vez um tipo de “Battle”, isto é, de batalha em que nos podemos matar e divertir ao mesmo tempo.

MI – Uma “drop” é uma espécie de caixa de armas que vem do céu. Se a abrirmos, está cheia de armas lendárias: Scar, Rocket, P90, Ivi lendárias, Ivi shot gun, Ivi Snipper…

DJ – A minha arma favorita é a Heavy Shot Gun, porque provoca muito dano. Quando faço 0X1 – que é a batalha de construção – com os meus amigos, faço em “Build Metal”. Ganho porque sou “bué bom” e digo “GIG”, que significa “Good Game”!

MI – A minha arma favorita é a Rocket, porque faz explodir tudo! Dispara-se e Buumm! Onde eu quero chegar é ao primeiro lugar em “Kills”.

(Partilha Oral com alguma escrita) MI5C e DJ5D

Natureza Viva

 jellyfish rosadas em mar azul e a frase do Alex

     Pyckril.com

     A Natureza é, para mim, uma realidade preciosa que se deve preservar e bem tratar, o que, infelizmente , hoje em dia, é pouco feito.

      Os momentos em que eu me sinto mais ligado com a Natureza é quando vou fazer mergulho.

     Há várias maneiras de apoiar a natureza; uma delas é fazer reciclagem, não gastar electricidade.

    Às vezes as pessoas pensam : “Se for só eu a fazer não vai ajudar” – mas olha, vai! Se cada pessoa contribuir o mundo vai ser um lugar melhor!

    Por exemplo, na escola, agora, há um projecto que se chama “A Horta Biológica” em que se pode ajudar a sensibilizar as pessoas mais jovens para fazer acções boas para o mundo.

      Uma das experiências em que a Natureza que me envolveu mais foi quando estava a fazer mergulho e vinha da caça, ao fim da tarde.

     Trazia imensos peixes num enfião – que é uma espécie de cinto em arame – e polvos, num saco de rede.

     Já estava a ficar noite e eu comecei a sentir medo: estava a aproximar-me da costa e uma grande mancha de alforrecas apareceu à minha frente.

      Só fiquei parado, a olhar. Até que o meu irmão chegou, continuou a nadar elas dispersaram!

AT 8A

A vida em Projeto e Sentimento

vela vermelha vista de cima rodeada de palavras positivas em dourado

   Pixabay CC0

     Neste momento sinto-me nervosa, por que tive agora um teste de Português: havia duas perguntas que não me correram bem; por exemplo, havia uma entrada de dicionário sobre a palavra “Derrubar”.

     Estou admirada porque tive 87% a Matemática!

     Sinto-me agradecida por ter pais!

     Eu gosto de fazer ski e quero melhorar a esquiar numa descida mais longa. Para isso, vou treinar no final do Ano. Se tivermos boas notas, o Pai prometeu que vamos voltar a Sofia!

     Como estudante, gostaria de subir a média a Português até 90%, a Ciências até 81% e a HGP até 98%!

     Para o conseguir, a Português vou aperfeiçoar a Gramática e posso criar pequenas histórias.

     A HGP, o meu avô ensinou-me uma estratégia: foi buscar uma tigela para mostrar as linhas imaginárias da Terra. Também peço para me fazerem perguntas.

     A Ciências, leio primeiro, depois tapamos e fazemos perguntas a nós próprios.

     Sinto-me grata por ter Família.

     Também por ter animais, que são coelhos e hamsters. Em casa da minha avó há um Beagle e uma Labradora. Eu brinco mais com a Quiqui, pois deixa-me montá-la.

JV 5A

Questões de Infância

  menina sentada num trapézio sobre nuvens

     Max Pixel CC0 

     Às vezes, nas nuvens e nas estrelas, vejo animais ou outras formas.

    Quando era mais pequenina, eu perguntava: “Como é que nasci?”.

     Uma amiga perguntou-me: “- Sabes como és feita?” Eu disse que não. Disse:

      – De Balões.

      E ela:

    – Não.

    – De Nuvens?

     E ela, sempre:

      – Não.

      Assim é que soube que era feita de carne.

      Foi a minha melhor amiga da Pré que me contou.

JV 5A 

O Que Me Causa Espanto É O Mar

   mar com bolhas de água

   Stencil CC0

     Sinto-me muito bem, porque os testes estão igualmente a correr bem; não tive nenhuma negativa e, até agora, estou a gostar mais de História.

     O que me causa espanto, é o Mar. O Mar fascina-me porque tem imensas espécies de animais, é lindo, quando mergulhas, parece que estás no espaço.

     Estar aqui, causa-me gratidão. Sinto que é misterioso.

    Posso escutar o silêncio: quando precisas mesmo de estar calmo e não ouvires nada; quando o professor manda calar.

     Gosto do silêncio quando preciso dele para trabalhar, como por exemplo, quando fiz as casinhas para os animais, na quinta ou quando preciso de arranjar um covo.

     Apanham-se polvos agarrando um covo que é uma caixa de rede fechada, com um buraco, por onde se mete uma sardinha. Os polvos entram e a caixa fecha o buraco com picos cruzados.

     Um projeto de estudante seria subir ainda mais as notas. A Português tenho positiva com o vocabulário e as perguntas de interpretação. A gramática não quero tentar, a não ser a de Francês. Em 2030 – para onde apontam as Metas Globais – vou estar ainda na Faculdade, a trabalhar em Part Time na Empresa do meu Pai ou Irmão. 

    Vou estudar Gestão ou Recursos Humanos, pois assim tenho emprego garantido.

    O meu Pai compra e recicla material elétrico, voltando a fazer material novo. Por exemplo: caixas, calhas, tubos que passam por dentro das casas. A Empresa chama-se “Building Future around the World”.

    Vou caçar ainda mais, naqueles mares ótimos, como em Marrocos. Pela caça submarina não me importo de acordar às cinco da manhã. Uso um fato especial e não sinto frio. Os robalos andam à caça, à noite e os sargos estão escondidos nos buracos, a dormir: é injusto caçá-los indefesos.

AT 8A

O Pôr do Sol é Incrível

por do sol em tons de fogo com frase da Maria

Stencil  CC0

     Para mim, a Natureza é uma das mais bonitas realidades no nosso Planeta. A Natureza é esplêndida em todas as Estações do Ano, pois em cada Estação, a Natureza acaba por mudar.

     Há pessoas que não gostam de algumas Estações, porque chove, ou está muito frio, mas eu acho-as maravilhosas. 

     Por exemplo, no inverno, chove muito, mas é uma sensação reconfortante estar a relaxar enquanto ouvimos a chuva a cair…

     Ou no outono, está muito frio, mas é apaziguador tirarmos um pouco do nosso tempo para observar as folhas a cair: é fantástico!

     As pessoas deviam começar a prestar mais atenção ao que fazem, pois, muitas vezes, podem contribuir para a destruição da Natureza.

     Por exemplo, basta deixar uma garrafa de vidro no chão que pode criar um incêndio e isso deve ser evitado; não estraga totalmente a Natureza, pois ela acaba por voltar ao normal. Mas, mesmo assim, é uma atitude muito negativa, porque toda aquela verdura deliciosa fica preta e sem vida!

     Uma das realidades mais encantadoras  da Natureza é o pôr do Sol! O pôr do Sol é incrível: quando olho para ele, parece que tudo o resto desaparece   e os meus problemas melhoram.

MB8C

Breves Notícias da Vida

silhueta de ciclista que parece voar contra um céu de tempestade
  Bicycle Stunt Bike Sport Biking Jump Action MaxPixel CC0

       Eu sinto-me grato por ter a vida que tenho.

     Às vezes não nos damos conta de que uma garrafa de água é tão importante e nós tornamo-nos dependentes das máquinas.

     Por exemplo: eu fui ao Algarve e fiquei sem televisão durante duas semanas. Quando cheguei a casa fiquei viciado em televisão! Há muitas pessoas que não têm televisão e, às vezes, nós não notamos esses pequenos pormenores.

     Gosto de ver as notícias, porque é interessante saber o que se passa no mundo. Por exemplo: há um Tsunami em França e eu tenho lá família.

     Gostava de fazer Karaté, Ciclismo e Natação. Natação já pratico; desejava treinar Karaté porque queria aprender a defender-me e a defender os outros. Adorava vir de bicicleta para a Escola: era o meu sonho!

      Em casa, estou a organizar-me para ter melhores notas, porque no 1º ciclo tinha notas mais fracas, mas eu sou como a minha irmã: ela começou a estudar no 5º ano!

SG5B

Perguntas a Mim Mesmo

relógio, relâmpago e caminho
                                                                  CC0       Max Pixel

    Hoje de manhã estava feliz, agora também estou feliz, mas se calhar, às oito estarei triste. Não sei se vou morrer daqui a uma hora; o tempo não espera por mim e eu admiro-me.

    Às vezes faço perguntas estranhas a mim mesmo: o que vou fazer quando morrer?

     Muitas vezes não durmo só de pensar nisso.

    E também estou sempre a mexer com esta pergunta: de onde viemos?

     Nós estamos aqui a falar normalmente, mas se calhar há outros seres, planetas, galáxias…

SG5B

O Que Merece Continuar

ponte de madeira que avança sobre um lago em direção á lua no horizonte

   Stencil 

    De onde vem tudo? Será que Deus existe?

    Será que fomos criados para ter um único destino?

    Será que reencarnamos noutro Universo?

     As realidades que merecem continuar são novos Seres Vivos, a Evolução, a Alegria, a Riqueza – não de ser rico – a Paz e as Crenças.

    A Alegria, para sermos um Povo bom; a Riqueza, para haver igualdade; a Paz, para não haver conflitos e as pessoas serem simpáticas e bondosas.

    As Crenças, para se melhorar a inteligência. Se temos uma crença, temos de explicar por que é que temos essa crença. Por exemplo, se penso que o cancro existe por uma causa, devo explicar.

   Tenho amigos com crenças, enquanto eu tenho outras. Então podemos debater; temos curiosidade de compreender as crenças uns dos outros.

PC7B

Romper a Corda Indestrutível

corda em volta de uma estaca que prende um barco

Stencil

      A Coragem é algo fácil de dizer, mas difícil de sentir. Perante um desafio perigoso é fácil dizer que se tem coragem, depois, o mais complicado é senti-la.

      Sentir a coragem pela nossa própria maneira de ser e não para nos mostrarmos aos outros!

     Nem sempre é fácil expressar o que se pensa, importando-nos com a opinião da pessoa ao lado, mas quando nos queremos expressar sem medo, este medo não deixa as palavras saírem, ficando presas na garganta, como a corda atada a um barco, para ele não poder partir.

     O objetivo de uma pessoa medrosa é romper essa corda indestrutível e, quando a paciência esgota, de tanto guardar esses pensamentos, num dia indefinido, essa corda rompe, libertando os pensamentos.

A. Vis

A Ida às Motas

salto de mota no ar

    CC0  Wikipedia Commons Stefan Krause

     Era Domingo, às quatro e meia; eu, muito entusiasmado, estava à espera que os meus amigos chegassem.

     Entretanto, como nunca mais chegavam, fui à piscina dar um mergulho.

     Eles chegaram e fomos para as Motas. O dono das Motas chama-se Rui.

     Uma das motas começou a deitar óleo, e o Rui mandou toda a gente sair para tirar óleo. Ele tapou com areia e deixou secar. Depois disso, voltamos para a pista.

     Era a minha vez de andar e como não  estava habituado, assustei-me com o barulho.

     Fiquei sob pressão e continuei a andar como se nada fosse.

     A Festa acaba e toda a gente sai de lá de rastos!

      Uma vez saí depois de quatro horas e já nem conseguia andar!

     Quando vou largado na Mota com o treino que o Rui me ensinou, sinto-me bem, feliz e transpirado!

FG 6B

Gratidão

jovem sentada num rochedo alto contemplando um lago rodeado de altas montanhas

       Photo by Nadi Whatisdelirium on Unsplash

     Era uma vez uma menina que estava sempre aborrecida com a vida, mas ninguém sabia porquê. A rapariga, chamada Isabel, achava que a vida só seria boa quando lhe ensinassem a viver.

     Ela sabia que para viver é preciso respirar, mas ela achava que devia existir algo mais. 

    A Isabel tinha um amigo que vivia ao extremo e que só se sentia vivo quando fazia uma coisa tão radical como saltar de pára quedas, surfar em ondas gigantes ou escalar os Himalaias. 

     A Isabel não gostava muito da maneira como ele vivia, porque achava que ele vivia a vida ao limite arriscando perdê-la.

     Isabel continuava a procurar o que lhe faltava, esquecendo.-se que a vida estava a passar sem ela perceber. 

     A Mãe da isabel dizia à sua filha para agradecer o que tinha e viver o presente, mas Isabel não percebia a mensagem que a mãe lhe tentava transmitir. 

     Isabel, acordou um dia de manhã, viu o nascer do sol e percebeu que o que ela estava à procura era de agradecer a vida que estava a deixar passar  aos seu lado; agradecer ao pôr do sol, ao nascer do sol, aos seus amigos e, principalmente, à sua Mãe, que lhe tentava dizer isso há muito tempo.

     Mas o que a Isabel precisava era de escutar a Mãe, a si mesma e de agradecer a vida que estava mesmo ao seu lado; ela só precisava de a agarrar!

CC8B

O Mágico Treinador

jovem surfando e a frase"Somos todos iguais diante de uma onda"Matan Vizel  CC0   Pixabay

      O meu treinador de Surf é mágico. Por uma razão (várias): ele é simpático, animado, inspirador e é corajoso.

     Já imaginam porque eu o chamei de “mágico”, não acham?

     Ele sabe quando tenho medo e, quando isso acontece, ele ajuda-me, encorajando-me. Ele consegue tornar-me o melhor a fazer Surf e, saí a ficar mais forte”!

     Ele pode ter muita força, mas também é muito querido e brincalhão.

     Eu gosto de inventar músicas com ele e começamos a cantar na carrinha de Surf.

     Eu acho-o incrível!

SCB6c

Os Outros no Coração

coração talhado no arbusto com a frase: Quero agradecer a todas estas pessoas na minha vida

     Imagem: Stencil Atribuição CC0

Sinto-me em segurança  e, ao mesmo tempo, preocupada.

     Sinto-me triste, porque ontem, estive perto de perder a minha melhor amiga e, nesse momento, senti-me muito mal, pois somos melhores amigas desde os nossos 3 anos e eu não queria mesmo nada perder a nossa amizade.         

      Nós já tínamos discutido antes, mas desta vez foi pior, ela não falava mesmo comigo.

     Mas, por outro  lado, também me sinto confiante,  porque há desde cinco meses tenho um namorado. 

     Neste momento, sinto que, conhecê-lo foi um dos  melhores acontecimentos que já vivi, porque tê-lo comigo faz-me sentir segura. 

     Ele ajuda-me em todas as situações; por exemplo, sempre que ele percebe que estou triste, vem logo ter comigo e apoia-me. 

     Quando alguém, por exemplo, me chama “feia” ou coisas do género, ele vem ter comigo e diz-me que sou linda, fantástica – e isso faz-me sentir confiante.

    Também me sinto muito feliz, porque tenho uma amiga que ultimamente tem sido como uma irmã para mim; ela ajuda-me em todos os assuntos.  Mesmo que eu diga que não estou triste, ela percebe que estou, porque me conhece. 

     Só quero agradecer por ter pessoas na minha vida  que se preocupam sempre comigo, são pessoas que significam muito para mim,  quero agradecer tudo o que fazem para eu me sentir feliz. 

     Quero também agradecer por me terem dado esta  vida e esta saúde para eu poder partilhar toda a minha felicidade e alegria com outras pessoas.

     Por exemplo, quando vejo alguém triste, dá-me vontade de ir ajudar e, depois de ajudar, eu própria fico feliz por ver os outros felizes.

MB8c

 

Treinando Skates de Dedos

dois skates de dedos virados ao contrário

Imagem: Oficna de Escrita

     Eu treino Skate de Dedos desde há um ou dois anos e já sou muito bom em truques que faço. Gosto mesmo de ser bom em Skates de Dedos.

     No Brasil, Skates de madeira com rolamentos nas rodas custam 180 reais e cá em Portugal custam 40 euros!

      Treino e monto Skates. Mudei as rodas de um Skate: trouxe chaves inglesas minúsculas e chaves de mini-porquinhas. O eixo das rodas tem uma argola que encaixa por baixo do Skate. Quando faço truques, posso partir as borrachas ou os “trucks” ou eixos das rodas.

     Treino para fazer um “flip” completo com dois dedos, fazendo o Skate dar uma volta inteira no ar. Também raspo num encaixe da janela que, para mim, é como um corrimão.

    Este minidesporto de bolso é muito útil, quando estou, por exemplo, no Mac Donalds, ou na Escola, na fila para o almoço, na casa de banho – aí uso a curva da torneira: faço um “Drop” e o Skate passa para a outra torneira.

     Na sala, ao pé da lareira, há um sítio para guardar lenha; quando está vazio, tem tijolos separados; esfrego-os com vela para o Skate deslizar melhor; ponho uma rampa do Tech Deck: aí raspo o Skate e caio na rampa.

     Este minidesporto tem-me trazido momentos de felicidade e diversão.

LJ6a

No Coração dos Jogos

pai natal no minecraft

     Imagem: Flickr Atribuição: CC-BY – NC – SA 2.0  Autor: Harley Quin

     Eu sinto-me muito bem comigo mesmo, porque  tenho muitos amigos e sou feliz. 

    Sinto-me espantado quando descubro algo novo num jogo, como por exemplo, a exploração de pinhais, facas e serrotes para construção e também fazer uma casa de madeira. 

     Sinto-me agradecido quando me oferecem algo  de surpesa: a tecnologia!

    Depois dos meus anos, fui à visita de estudo e estava superansioso: ia receber um computador de gaming nesse dia! 

    Também me sinto grato quando recebo roupa ou relógios giros. 

      Gostava imenso de enfeitar o meu Minecraft para o Natal, já que me esqueci de o enfeitar para o Halloween!  Como não posso jogar durante a semana, fica para o fim de semana de final de Novembro.

    Outro Projeto que tenho em mente é chegar a desenvolver criações no Minecraft e no Fortnight: jogar bem os dois jogos.

  LJ6a

Preferências do Coração

jovem ao poente, sobre um rochedo, com o pé parecendo chutar o próprio sol, como uma bola

     Photo by Aziz Acharki on Unsplash

     O “Coração”, para mim, é a melhor coisa do mundo. Como o amor, a felicidade e a raiva: vem tudo do coração.

    O que quero de melhor para ser mais “Eu”: para mim é o Futebol. Quando jogo futebol é como se eu fosse para outra Galáxia!

     Para animar os meus amigos, eu faço piadas e vou ás estradas verdes com eles. Caso não saibam, é um sítio proibido. 

     A pior espécie de silêncio que existe, é nas aulas: é uma “seca” serena.

     Mas também há silêncios bons, como quando o Mister está a falar, toda a gente se cala e ele ensina-nos muito sobre Futebol, e isso é giro.

     Sinto-me bem sempre que jogo futebol, mas agora sinto-me mal: não posso jogar, porque parti o braço.

EM6a

Enigmas do Infinito

jovem  em paisagem noturna com o símbolo do infinito

     Photo by freddie marriage on Unsplash

     O Espaço abriga triliões de planetas e dizem que é infinito! Isto causa-me espanto.

    Se repararmos, uma bola, tal como os planetas, também é infinita, nunca mais acaba.

    Se calhar os cientistas disseram que o espaço é infinito devido aos números, pois estes também são infinitos.

    Se passarmos para o outro lado do Universo conhecido, talvez haja outros seres desconhecidos!

EM6a

Os Amigos são Parte do Coração

   desenhos de pessoas por detrás de coração multicor

Pixabay CC0

     Há diferentes formas de entender a palavra “Coração”; os sentimentos que nós vivemos: por exemplo, quando vejo uma pessoa que é amiga, que está zangada com a outra, vou ajudá-la.

     Eu psso descobrir o que quero para ser mais “Eu”: ser acompanhada, ser amada, ser amigável.

     Uma das coisas que já me fez feliz, foi quando eu vivia num Condomínio; tinha um monte de amigos que adoravam brincar comigo.

     Mas um dia, tive uma surpresa inesperada, que foi muito triste: quando a minha Avó  me estava a levar para a minha casa nova, nós tínhamos que passar pelo Condomínio onde eu antes vivia. E eu disse à minha Avó: 

    – Avó, nós acabamos de passar pela minha casa!

    E quando a minha Avó parou à frente de uma casa nova, eu disse:

  – Avó, eu ainda não entendi! Era para os meus amigos virem cantar-me os Parabéns!

     E a minha Avó disse-me:

     – Esta é a tua nova casa.

     Só digo que foi triste, porque eu não gostei da casa nova, por ser longe dos meus amigos que sempre foram como parte do meu coração.

CR6a

Vivemos os Sentimentos

mão que segura mini fogo de artifício contra fundo nocturno

     Photo by Cristian Escobar on Unsplash

     Os Sentimentos são algo que nós vivemos:

     Alegria: sentimos alegria quando alguém está feliz. É como se estivesses a nadar em felicidade; quando alguém te faz alguma coisa boa.

     Amor: sentimos amor pela Família e amigos. O Amor é como se estivesses no forno; é como se o teu coração estivesse num trampolim. 

     Tristeza: sentimos tristeza quando alguém faz uma coisa de que não gostamos. O teu coração parte-se; a raiva começa a subir e a melhor maneira de combater isso é essa pessoa pedir desculpa, dar um abraço, fazer alguma coisa que te alegre. 

TF5B

Ajudar o Mundo

as pessoas à volta do mundo de mãos dadas

   Pixabay  Atribuição: CC0

     Eu sinto-me admirado com nossa geração: temos a eletricidade, a água canalizada e a medicina!

     É bom, pois sem a medicina não consigo viver: a medicina deixa-me sem febre, sem constipações e sem outras doenças.

     E vou tentar melhorar a vida para os meus filhos, netos e bisnetos viverem melhor do que se vive hoje.

     Por exemplo, posso continuar o legado da minha Família: ser Veterinário. Ou então, ser médico, ser cientista, há tantos empregos para ajudar o mundo!

      Mas hoje, desde já posso ajudar!

      Ajudar em casa, estudar, ajudar o meu Pai com os cães quando vou à clínica; posso ajudar também fazendo atividades: treinar Judo e Taikandô.

      Gosto imenso de Artes Marciais: trazem-nos força e equilíbrio; ensinam-nos a respeitar os outros e dão-nos concentração.

      E não devo ser mau para os Professores, pois eles estão a fazer o seu trabalho e ninguém os deve interromper.

AV6a

O Que Gostaria de Realizar Contigo?

meninos felizesUnsplash      Photo by Larm Rmah on Unsplash

       Querido Eu,

“O que gostaria ainda de realizar contigo”?

 É uma bela pergunta. O que eu queria fazer contigo era ser um Superherói, que teria uma base subterrânea, com várias armaduras de superheróis.

Quando as vestíamos, ficávamos com superpoderes de herói. E na base havia um supercomputador.

Era só uma pergunta: “O que gostarias de realizar comigo?”

 Gostaria de ajudar os pobres a terem mais vida boa, porque, quando vejo um pobre, sinto  muita pena, como quando alguém está a sofrer também sinto a dor dele.

Eu vinha ajudar os pobres, dar comida, dar uma casa para dormir e dar uma coisa que queria para os pobres: fazerem amigos.

PM6C

Vou Esforçar-me mais por Ti

Jovem escalador no alto de montanha rodeado de nuvens e píncaros
Photo by Lucas Clara on Unsplash

Querido Eu,

O que gostaria de fazer ainda contigo?

Gostaria de realizar aventuras contigo, fazer novos amigos, passar por momentos difíceis, passar para a faculdade e ter uma boa profissão.

Querido Eu,

Estiveste sempre a ajudar-me, e agora eu vou-te ajudar, vou-me esforçar nos estudos, enfrentar momentos  que não conseguia antes ultrapassar, e vou enfrentá-los até se tivesse uns pesos nos pés.

Vou escalá-los sem desistir até ao topo da montanha e, quando chegar ao topo vou orgulhar-me porque ajudei alguém: ajudei-me a mim próprio.

Obrigada por tudo! E daqui em diante, vou esforçar-me mais por ti.

Que estejas sempre comigo.

T. F. 5B

Exercício inspirado no tema de Ecologia Emocional,
"Querido Yo"de Maria Mercê Conangla

 

Os Piratas no Meio do Mar

barco pirata ao poente
          Max Pixel    Atribuição CC0

   O Capitão estava furioso e tão zangado que parecia que ia rebentar. Mas um dos marinheiros disse  o seguinte ao Capitão:

    – Eu vou aquecer a água e vou trazer o chá. 

E o Capitão respondeu:

   – Não, eu quero uma ilh ae tesouros!  E não quero mais nada, nem que digas um pio. Tu só dizes se encontrares uma ilha.

 O      marinheiro encontrou uma ilha, mas não era uma ilha qualquer: a ilha estava nas costas de uma baleia, mas a tripulação e o Capitão pensavam que era uma ilha e que tinha tesouros.

 O marinheiro disse ao Capitão:

  – Encontrei uma ilha com um tesouro que está ali ao fundo!

 E o Capitão disse:

 – Todos a bordo! Parece que vamos pegar a fundo até à ilha. 

  Eles estavam a andar muito, mas muito devagar, até demoraram 10 dias e 9 horas.  Onde estava o barco até à ilha, eram 100 quilómetros. 

   Eles estavam cansados, mas quando…

DS6B

Troféu de Ténis

 

bola de ténis rodando como galáxia
                                                       Atribuição: CC0  Max Pixel  

     No dia 24 de Setembro de 2018, em Lisboa, no Colégio do CIF, (Colégio Internacional de Futebol) tive um torneio. 

   Estava lá a  minha Família toda reunida para me ver jogar! Estávamos a entrar para a corte, onde eu ia jogar, e encontramos o meu amigo Diogo.

      Estava frio, uns dez graus, havia 8 grupos em diferentes cortes, rodeados de familiares.

     O meu amigo ia jogar contra o “Cabeça de Série” número 6.

  Na minha vez de jogar, joguei contra o Tobias – que agora treina aqui no CAD. Foi-se repetindo, até que eu e o Diogo chegamos à final.

Era a melhor de três setes! Eu ganhei o primeiro Tiebreak. Ele ganhou o segundo, até que nós chegamos “a tudo ou nada”, por isso ficamos como se fosse para bater bolas porque nós não queríamos falhar!

Mas até que o Diogo ficou lesionado: fez um serviço e caiu mal. Eu, como reparei nisso, parei o jogo e fui dizer ao Árbitro. O Árbitro, como estava interessado nisso, pediu às  fisioterapeutas para lhe curarem o pé.

   Eu fiquei em primeiro lugar e o Diogo feliz, porque eu parei o jogo e não me aproveitei de ele estar lesionado, deixou-se perder.

A minha Família ficou feliz, porque eu fiquei em primeiro lugar e fizemos uma grande Festa!

FG6B    

 

Um Símbolo da Alegria

cavalo branco
                                                 Atribuição – CC0  Fonte:  Max Pixel

    Querido Eu,

    Um sonho que nós temos desde que nos lembramos, é andar a cavalo! Quando pensamos num cavalo, imaginamo-nos num grande campeonato a passar a meta.

    E sempre quisemos ter um cavalo branco com a crina dourada! E mesmo assim, o nosso grande sonho era termos um cavalo na nossa casa. E irmos dar um grande passeio á Serra de Sintra.

     Para nós, os cavalos são o símbolo da alegria; para nós o cavalo é um animal livre, selvagem e amigo.

     Há pessoas que magoam o cavalo, o nosso melhor amigo, não têm compaixão. 

     Os animais  são como nós, para nós, os animais são livres, não devem ser massacrados e ameaçados de morte.

    Os animais têm o direito de ser livres, de poderem viver.

    Querido Eu, fica comigo até  ao fim.

MM5

Projeto Origens – “Os Dragões Criadores”

Dragão dourado
Dragon Broncefigur Thailand Golden Dragon Atrib: CC0 PublicDomain  MaxPixel

     Teoria possível das nossas origens: teríamos sido criados por dragões?

     Há milhões de anos atrás existiam dragões sapientes; eram como nós: falavam, pensavam, brincavam, mas, primeiramente, eram pacifistas!

      Um dia, no extremo sudoeste da Áfrca, existia um dragão que queria criar uma criatura sapiente. Segurando a pérola da criação com as suas patas, criou um Australopiteco. O Dragão era parecido com aqueles dragões dos mitos da Ásia. O Australopiteco pensava que este Dragão era Deus.

     Uns poucos anos depois, o hominídeo evoluiu para Homo Habilis. O Dragão disse-lhe o que tinha para fazer com as rochas, ensinou-o a fazer instrumentos.

     Até que um dia, estavam todos em paz, mas aconteceu algo horrível… A criatura evoluiu para Homo Erectus, achou que os dragões os controlavam e, por isso, rebelaram-se.

     Nesse dia, nenhum dragão sobreviveu… ou será que …?

    Sim, alguns dragões sobreviveram, mas não se sentiam vingativos em relação à nossa raça.

     Primeiramente, não reconheceram o Homo Erectus, uma vez que já se havia alcançado a evolução para o Sapiens Sapiens.

     Em segundo lugar, tratam-nos, a nós, humanos, como se fôssemos as crianças deles ou irmãos pequenos.

    Desafio-te, caro Leitor, a encontrares o teu Dragão! Escreve aqui o teu nome: ______________________

ST7

 

 

 

 

“Pintando com Tesouras”

      “A cor sobretudo e talvez ainda mais que o desenho, é uma libertação.”

Henri Matisse

Alunos do 5ºB, em aula de Educação Visual com “Profes” Paula e Alexandra:

Inspiração em obras de Henri Matisse, criação de composição utilizando técnicas de recorte e de colagem.

“Pintura com Tesoura”

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Escutando o Coração

6816067847_2f50e61e4f_z-mini

Atribuição: CC2.0 Autor: Michael Coghlan imagem: Flickr

     Recordar é trazer ao coração, é viver de novo, mas recriando o que aconteceu e ainda retocando-o de gratidão, mesmo se foi um momento sofrido.

    Recordar é abraçar algo que já conhecemos, mas que agora chega como uma notícia fresca  e refletida, na distância do tempo que se abriu.

    Tantos desafios nos desfiaram a túnica da alma, nos revestiram de uma coragem que não conhecíamos e por vezes nos deixaram à míngua de luz, inventando um rumo para o passo seguinte.

     Voltamos uma e outra vez ao tesouro de um perdão sempre vivo para nos presentearmos mutuamente: é assim que podemos escalar o abismo do fracasso, e ainda, sentando-nos lá no alto, com as pernas balançando no vazio, brindamos ao futuro, com seus desafios sempre novos, tornando-os bem-vindos desde já.

Oficina de Escrita

 

 

As Mil Folias do Riso

dois bonecos chineses a rir
                         Cute Fun Child Baby Smiling Kid Laughing  CC0 Public                                                     DomainFree for commercial use  

 Querido Eu,

   Rio-me de coisas estranhas, “parvas” e até desconhecidas. Contigo eu rio-me disso tudo!

 Não sei porquê, mas sinto-me feliz por estar contigo.

Às vezes eu até me rio,sem conseguir parar, de coisas que não se podem ver. Contigo rio-me de coisas que também se podem rir, e são essas de que não conseguimos parar de rir, ou seja, afinal, todas elas.

 Nós os dois aprendemos a rir de todas as maneiras: são mesmo muitas! E depois, quando vamos rir, temos várias  escolhas de risada.

  Depois podemos ajudar as outras pessoas, ensiná-las a rir de várias maneiras como nós.

 Há ainda muitas que nós ainda não rimos, mas, no futuro, podem  aparecer na nossa vida e … começa a risada!

PTC 6º 

Projetos de Coração

língua de areia rodeada de mar vista de cima e duas pessoas a passear

     Photo by Ishan @seefromthesky on Unsplash

      Querido Eu,

   Eu espero que as nossas próximas férias de verão sejam iguais ou parecidas às outras, pois elas foram inesquecíveis…

 Todos os anos vamos para Alvor: a nossa Família e amigos.

  Em Alvor está sempre sol e a areia é bem fininha. E com uma casa perto da praia, não falta nada!

   Todos os dias íamos á praia e brincávamos lá até ás oito da noite e depois íamos jantar todos juntos.

 Logo de seguida, íamos brincar de novo e fazer uma ceia. 

 E às vezes íamos para os parques de diversão de água!

ABF 6A