Simulator I – As Origens

jedi para representar um superheróiImage parprettysleepy1 de Pixabay 

     Cá estamos em direto do Parque Marechal Carmona, onde vemos o nosso herói a salvar o dia novamente.

    Vamos tentar chamar a sua atenção.

     – Aqui, Aqui!

    Acho que conseguimos que ele ouvisse, porque está a aterrar do seu voo.

    – Olá, Olá a todos! E a vocês que estão aí em casa.

    – Simulator, obrigada por nos dar uma entrevista. Como se tornou um Superherói?

     – Foi uma história engraçada. Estava eu a discutir com o meu irmão, quando, subitamente, veio-me uma força física enorme.

     Fui avisar os meus pais e o meu pai contou-me uma história. Há muito, muito tempo, existia uma cidade que ficava no fim do mundo. Lá, todos tinham poderes diferentes uns dos outros. Como a superforça, supervelocidade, o poder do gelo, o poder do fogo, o dom da invisibilidade, o dom de ler a mente, o dom aquático, o poder de voar…

     O rei desse povo, um dia, teve um filho, mas as outras pessoas não gostaram, porque ele era demasiado poderoso: tinha herdado todos os superpoderes!

     As pessoas pensavam que se podia tornar numa ameaça para o mundo. Houve motins, até que o rei pegou no seu filho e colocou-o numa caixa, a flutuar no mar.

      O rei espalhou a palavra de que o filho tinha desaparecido.

      Entretanto, o bebé foi encontrado e adotado, nos mares Atlânticos, por uma senhora rica. Deram-lhe o nome de “Aquântico”,;foi criado com amor e tornou-se um grande homem.

     Esta história queria dizer que esse senhor era  um antepassado meu.

    – Uau! Que fabulosa história!

Fim da Parte I

TF5B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.