O Super Herói Frederico

Image par petruchino80 de Pixabay 

     Um dia, os guardiões chamaram o F e disseram: 

    Vós sois o escolhido para testar a  vossa coragem e enfrentar as trevas do mal e vós tendes de escolher um de nós.

      Apareceu um feixe de luz e entrou na casa dos guardiões.

     O Frederico disse  – Uau! Isto é tão fixe!

     Os Guardiões disseram:

      – Vós tendes de escolher um Guardiâo: o rato, o cão, a girafa, o camaleão…

     – Já escolhi. – Disse ele.

     – Mas nós ainda não acabamos de dizer os animais… Qual é que vós escolhestes? 

     – Foi o Guardião Camaleão.

     – Qual é o seu poder? – Perguntou o Guardião Camaleão.

      – O meu poder é a superforça; e o seu poder é… 

    – O meu poder é camuflagem. 

   – Embora, vamos lá lutar – desafiou o Frederico.

   – Bora lá – concordou o Guardião Camaleão.

    Começou a luta. Batalharam e o Guardião disse:

    – Você não me vai ver.

    Até que o Frederico ganhou e os Guardiões exclamaram: 

    – Estás pronto para lutar contra o mal!

    Um dia, os Guardiões e o Frederico estavam dentro da base e o sinalizador dos inimigos apitou. O Frederico foi ter à cidade, na avenida principal com um salto superforte e encontrou um robô gigante infetado com a escuridão, que trazia um remoinho relâmpago na mão e dirigiu-se para o Frederico.

     Só que o Frederico pôs toda a sua energia na palma da mão e o robô foi para trás; mas era resistente e teve de levar outra vez com o seu próprio poder e o poder do Frederico.

(Continua)

FV5B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.