O Que Há num Nome

Image par OpenClipart-Vectors de Pixabay

     Num lindo dia de Sol, uma menina chamada Beringela, acordou e disse:

    – Hoje vai ser um lindo dia e vou fazer muitos amigos!

   Ela era simpática, divertida, tinha cabelo castanho, olhos roxos e usava uma bandelete laranja.

    Um dia, ela começou uma Escola nova.

   Quando chegou à Escola, o Professor começou a pedir aos Alunos para dizerem o seu nome, porque havia uma Aluna nova. Quando chegou a sua vez, disse: 

    – O meu nome é Beringela.

    Depois de dizer isto, um menino perguntou-lhe:

    – Por que é que o teu nome é Beringela?

  – Porque eu nasci na terra, mas depois fui amaldiçoada e transformaram-me numa menina.  – Explicou ela com vergonha.

   Quando foi a hora do intervalo, ela foi ter com uns colegas da Turma para pedir se podia brincar com eles, as quando eles a viram, foram logo brincar com outros. A Beringela começou a chorar.

    Mas, de repente, viu outra rapariga a chorar;  foi ter com ela e perguntou: 

    – Qual é o teu nome?

   – O meu nome é Sopa. E o teu?

   – Eu chamo-me Beringela.

   – Queres brincar comigo? – Convidou a Beringela com medo de ouvir um não.

    – Claro que sim!

  E nesse momento tornaram-se melhores amigas e criaram um grupo que se chamava “Sopa de Beringela”!!!

As Melhores Amigas

Image par Cheryl Holt de Pixabay

    Era uma vez uma menina chamada Mérida; ela adorava brincar. Certo dia, a Menina ia para a sua escola. Mérida estava muito animada.

    Mérida chegou à Escola e tentou arranjar algum amigo. Na hora de Mérida ir embora, a sua mãe deu-lhe um Kinder (ovo de chocolate).

   Mas sua Mãe notou que Mérida estava triste e perguntou o que se passava. Mérida disse que não tinha feito amigos e que estavam a gozar muito com ela.

    A Mãe decidiu fazer queixas à Diretora, mas Mérida implorou a sua Máe para não dizer. A Mãe disse que estava bem.

    No dia seguinte, Mérida foi para a Escola e, quando chegou, viu uma menina a ser gozada. Mérida decidiu ir ajudar a Menina e ajudou-a, dizendo:

    – Parem de gozar! E gostavam que acontecesse isso com vocês, não?

    Mérida e a menina e a menina, chamada Inês, foram as melhores amigas para sempre (BFF).

    O Ano foi passando, elas só brincavam e riam.

CR5B

O Que O Verão Me Trouxe

   

Image par JL G de Pixabay 

    Sejamos honestos: eu não sou e não estou perto de ser “popular”, ou até de ter amigas com que posso contar dentro da escola, ou mesmo de chegar ao final do dia e dizer para mim mesma “este dia nunca vou esquecer, foi fantástico!”.

   Este verão relembrei-me do conceito da palavra “amigas” e que tenho amigas em quem posso confiar com a minha vida, que sei que estarão lá nos bons e maus momentos, nas risadas e nos choros, que são verdadeiras e de que nunca me vou esquecer o quanto uma boa amizade pode trazer à nossa vida, como ela pode transformar um dos piores dias de sempre no melhor, em apenas segundos.

   Todas as pessoas estão destinadas a encontrar essa amizade pela qual dariam tudo; às vezes encontramo-las na escola, outras vezes (e foi o que me aconteceu), temos de procurar noutros sítios por ela, mas, mais do que tudo, temos de acreditar que as vamos encontrar, dê por onde der, não há nada que pague um boa amizade.

   Não podemos desistir, porque não nos foram dadas de mão beijada, porque a vida é um desafio e cada um enfrenta um desafio maior ou menor, mas se tu tens um maior é porque acreditam que tu o consegues superar, porque não to dariam se achassem impossível, mas há sempre uma luz ao final do túnel, simplesmente o teu deve ser mais longo.

IM9B

CAD em Isolamento – Grandes Amigos

friendsImagem de Alexas_Fotos por Pixabay 

     Era uma vez 4 amigos que andavam sempre juntos, até que um dia, eles se irritaram uns com os outros e ficaram alguns meses separados.

     Mas um dos amigos, que se chamava Sebastião, tinha um outro grande amigo da escola antiga; esse tal amigo ajudou o Sebastião a voltar a estar de novo reunido com os outros amigos e o grupo voltou.

      O Sebastião disse ao amigo da escola antiga:

    – Obrigado, por nos teres ajudado a reunir de novo!!

      Ele respondeu-lhe assim:

    – De nada, estou sempre aqui para ajudar quem precisar.

    O Sebastião perguntou se ele não se queria juntar ao grupo. Ele respondeu :

    – Por mim alinho, mas se os outros não quiserem eu saio.

     O Sebastião disse:

 – Não faz mal se eles não te quiserem no grupo, porque se tu saíres eu também saio.

      Ele respondeu:

   Obrigado, então ficamos de acordo.

    O Sebastião, por sua vez, respondeu:

  – Está bem, este é o nosso acordo.

     Fim da I Parte

CAD em Isolamento   – AB6B

A Rapariga Pequena e os Sonhos Grandes

amigasImage par Мария Ткачук de Pixabay 

     Num belo dia de sol, uma rapariga pequena foi para a escola: era “o seu primeiro dia”.

    Quando ela chegou à escola, todos eram altos e ela era a mais pequena da turma. Os rapazes começaram a gozar com ela, por ela ser pequena. Ela chamava-se Joana e tinha 15 anos, mas começaram a chamar-lhe de “Minorca”, sem saber sequer o nome dela.

    Passado algum tempo, uma rapariga começou a dar-se com ela, e à medida que foram ficando amigas, a Joana parou de ouvir o que os outros diziam sobre ela.

    Um dia, convidou a sua amiga para ir a casa dela. E quando elas estavam a falar, a Joana contou-lhe muitos segredos em que ela não sabia se conseguia acreditar.

    Um deles era que ela ia-se mudar. Com o correr do tempo, foram contando os segredos uma à outra, passearam juntas e a Joana acompanhou a amiga até casa.

    No regresso, enquanto a Joana estava a vir para sua própria casa, teve uma ideia para fazer uma surpresa. Seria os pais mudarem de ideias para que ela ficasse. 

     Fez uma caixa com chocolates e fotografias lá dentro, um postal e uma cartão a explicar o porquê de ela não poder ir. Ligou aos pais e ficou 2 horas a convencê-los.

    Conseguiu! O mais engraçado é que isto tinha sido tudo um simples sonho da Joana, mas que, passado algum tempo, veio a tornar-se realidade.

SD8D

A Menina Gozada por Todos

máscara, serpentinas e confetisImage by Thanks for your Like • donations welcome from Pixabay 

     Era uma vez uma menina chamada Carolina; ela era gozada por toda a gente, porque lhe chamavam de “Feia” e “Gorda”.

      Até que chegou o dia que, para ela, iria ser um dia horrível, mas, na verdade, vai ser o melhor dia da vida dela:  será o dia em que vão parar de gozar com ela!

     Esse dia calhou no Carnaval, por isso desde aí, ela começou a AMAR o Carnaval.    

     Ela foi vestida de Gótica, toda de preto e até chegou a pôr um piercing falso. Quando ela entrou na escola, toda a gente estava  a rir: ” – Ah ah ah…”

     Até chegar o momento inesperado: o desfile das máscaras!

     Com muita coragem, ela  conseguiu desfilar calmamente e com um sorriso brilhante na cara! Passado algum tempo, ela descobriu que tinha ganho: o juri dera-lhe a mais alta pontuação!

    Toda a gente ficou de boca aberta!

   A partir desse momento, em vez de se rirem dela, até imploravam que lhes perdoasse e lhes desse um autógrafo!

    Com isto sabemos que cada pessoa é linda à sua maneira.

SS6D