Entrevista: um Jovem Dinâmico

Assuntos Bons de Escola

           O que estou a gostar mais é das Pessoas.

Image by azazelok from Pixabay

A vida em Exercício

     Pratico vários atividades de desporto aquático. E estou a voltar outra vez ao Surf: tenho aulas em Carcavelos, na Parede, às vezes no Guincho. Às vezes vou para a água com o meu Pai que faz Padel Surf e percebe imenso porque é mais ou mesmo a mesma coisa.

     Quando estou em casa, gosto de pegar nos legos e montar, por exemplo a Escola e a Casa do Harry Potter em pormenor. Também há carros de legos comandados, pequenos e grandes, já fizeram até carros de Fórmula 1.

     Quando eu tirar a carta, será fácil. Tenho um mota, vou com o Pai, sei os sinais todos. O pai deixa-me treinar e ensina-me. As regras de mota são iguais às do carro.

      Com um ano,  já ia para a praia, para o Algarve. Faço Skate, na Bricks, em S. Pedro.

     Na Quinta da Marinha, ando a cavalo todos os sábados; dou a volta a toda a quinta e depois vou à aula de equitação. A minha avó tinha uma égua, morreu com 32 anos, chegou a ser o cavalo mais velho da Quinta da Marinha. Com dois anos, a minha avó punha-me em cima do cavalo, e eu já montava. Entrei numa Escola de equitação com 6 anos, aprendi e agora estou a aprender algo mais profissional, os saltos.

Peripécias

     No sábado, vinha de um Batizado com o meu Pai, às 13h 30 da manhã e um jipe com uma lanterna azul da polícia, começou a perseguir-nos.

     O meu Pai percebeu que não era um carro da polícia verdadeiro, deixou-os ultrapassar, pôs a lanterna e fingiu que lhes tirava a matrícula. Eles pararam com medo. Numa rotunda mais à frente, estava a GNR, porque tinha havido um grande acidente e aí, o carro que nos tinha perseguido, fugiu.

Os Melhores Métodos de Estudo

     Mesmo que não saiba a matéria, faço as fichas dos Cadernos de Atividades; posso fazer cada ficha até 10 vezes. Antes do teste, cada dia faço duas vezes essas fichas. Nas primeiras três vezes, ainda erro, mas na quarta vez já vou procurar as respostas e escrevo as correções. A partir daí já acerto. Faço isso em Ciências, HGP e Português; para Matemática uso o manual. 

Um Fiel Amigo 

     A minha Avó tinha um boxer, o Óia, que morreu com cancro. O meu Pai, quando eu fiz anos, deu-me um cão com o mesmo sinal no pescoço; como ela estragava tudo, dei-a à minha Avó, que lhe deu o mesmo nome: Óia.

A Vida na Pandemia

     Consigo notar que, antes de ter Covid, tinha muito mais energia. Agora fico muito cedo com os olhos pesados.

Conversas na Oficina – GE6A

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.