Inspirações Noturnas

barco no mar noturnoImage par Johannes Plenio de Pixabay

     Leio livros à noite, outras vezes escrevo. Numa noite, passei da página 64 à 152: gosto muito de ler, faltam-me 5 páginas para terminar; é o Diário de um Banana, I. Já li todos os livros do Harry Potter, depois de ter visto os filmes.

    Já copiei um livro de 60 páginas – não só numa noite, porque isso demora –  resumi-o só com 3 folhas muito grandes, consegui copiar o livro, mas isso demora noites.

    O meu estilo de escrita é, por vezes, de fantasia, mas isso depende se estou com ideias ou não.

    Umas vezes penso de olhos abertos, para observar o que está à minha volta e ter ideias. Outras vezes, fecho os olhos para ver o que está na minha mente, mais ou menos.

     Por exemplo, agora estou a olhar para aquele rádio, não quer dizer que vá escrever sobre um rádio. Mas posso criar um a história, por exemplo, assim:

     “Era uma vez uma menina que encontrou um rádio velho na rua. Ela ficou feliz porque gostava muito de cantar e dançar,  mas o rádio não funcionava. O seu pai era construtor e ajudou-a a concertar o rádio. Ela começou a dançar. E como  a Família era um pouco pobre, ela começou a dançar para arranjar dinheiro  para ajudar a Família.”

     Adoro escrita criativa…

Conversas na Oficina – LS5B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.