O Autocarro da Aventura

busImage par Peggy und Marco Lachmann-Anke de Pixabay 

    recado do Pedro

   Image par ChrisFiedler de Pixabay 

     Assim, o Pedro saiu da Escola e foi para a paragem de Autocarro. Ficou à espera: esperou 10 minutos, e chegou o Autocarro. Agora, como alguns são grátis, podia sentar-se.

    Algum tempo depois, o Autocarro bateu contra uma árvore.

   O Pedro não sabia onde estava e não tinha telemóvel, por isso perguntou a um Senhor onde estavam. O Senhor não disse nada. Então, o Pedro perguntou a todas as pessoas que tinham vindo com ele, mas ninguém respondeu.

     O Pedro esperou, mas o Autocarro não andava; percebeu que não estava a funcionar e saiu. Começou a chover; o Pedro não sabia o que fazer, por isso rezou uma Ave Maria, numa rua ao lado de um café.

    Foi andando para onde Deus lhe dizia com o sinal de uma pomba. Seguiu a pomba até que chegou ao Lidl.

    O Pedro entrou e perguntou onde era o Cascais Shopping. O Senhor deu-lhe um mapa a dizer onde ficava. O Pedro tinha uma bússola, saiu do Lidl e foi para o Cascais Shopping; então o Pedro reconheceu o caminho de casa e dirigiu-se para lá.

   A meio do caminho estava com fome, mas tinha um suminho e umas bolachas. Quando o Pedro acabou de comer, parou de chover, e disse:

     – Aleluia! Finalmente parou a chuva!

     Pedro continuou o caminho. De repente, um cão mordeu-o na perna e foi-se embora.

      Pedro magoou-se na perna, mas ele já estava habituado porque o seu cão já o tinha arranhado nas pernas; estava a doer-lhe muito, mas, corajosamente, continuou.

    Ao chegar a casa, viu a Mãe a chorar. Pedro chegou, deu um grande abraço à Mãe e disse:

  – Vês, Mãe, como sei andar de Autocarro?

PM7C

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.