CAD em Isolamento – O Dia da Criança

   dia da criança

     Image par Grae Dickason de Pixabay 

    Dia 1 de Junho é um dia muito especial, pois nesse dia reconhece-se que as Crianças devem ser tratadas com igualdade, sejam brancas ou de cor.

 Todas devem ter direito a uma boa Educação, uma boa Saúde, uma boa Alimentação, que também é essencial para uma Criança, pois enquanto Crianças, estamos a crescer, então precisamos de comer.

    As Crianças devem ter o respeito de serem amadas, não serem abandonadas pelos Pais, nem para doações, nem levarem com cintos por se portarem mal.

      As Crianças de hoje serão os adultos de amanhã, que nos irão dar a maior felicidade que podemos querer: os nossos netos!

      As Crianças são importantes. Até mais que os Adultos, pois têm uma vida prolongada pela frente, cheia de aventura, criatividade e com amor verdadeiro.

    As Crianças merecem ser felizes como todas as outras pessoas no mundo. Ninguém deve chorar antes de dormir. Nem chorar por ações cometidas, pois não se pode mudar o passado.

  E se nós fizemos essas ações, foi por um Bem maior. Se o fizemos foi para proteger as nossas Famílias, os nossos Amigos, até mesmo os nossos Animais que vemos como irmãos. Foi para protegermos quem amamos.

    Há mais de cem anos, as pessoas viviam, no máximo, até aos 75, então, as pessoas deveriam ter aproveitado ao máximo, mas em vez disso, entraram em guerras e em desespero.

     Nós, hoje, estamos a fazer a mesma coisa. Temos de viver a vida ao máximo, a não ser que sejamos indestrutíveis, porque mesmo se vivermos apenas pouco tempo, vivemos melhor com quem amamos, pois quem amamos esteve sempre ao nosso lado.

    Se o nosso melhor amigo for um totó de quem ninguém gosta, nós devemos apoiá-lo, não abandoná-lo; se o nosso melhor amigo for uma pessoa popular, de quem toda a gente gosta, mas que nos trata mal, devemos abandoná-lo, pois assim, estamos a desperdiçar a nossa vida, em vez de a vivermos ao máximo.

    Em vez de termos pessoas que não gostam de nós, podemos viajar com pessoas que nos amam, por todo o mundo, ver coisas que as pessoas que não gostam de nós nunca viram nem sonharão ver, pois estão importantes consigo mesmas.

    Acho que devia haver um dia que se chamaria “o Dia da Alegria”, nesse dia ninguém podia chorar, nem estar agarrado ao telemóvel. Só poderia brincar e rir, como uma Criança, a Criança que está dentro de nós.

Criação Oral de Texto – MF5B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.