CAD em Isolamento – Aprender Ao Nosso Ritmo

 

1.Ferramentas Digitais 

toolsImagem de ijmaki por Pixabay

1.1. Classroom – Foi útil nos trabalhos, para os entregar, se tivermos dúvidas,  para falar com os professores.

1.2. Google Docs e Google Slides – Uso mais os slides. Servem para corrigir o que escrevo, ou para interpretar o que leio; imagine que há uma palavra que não conheço: aparece uma imagem a dizer o que é e já percebo.

1.3. Escola Virtual – É boa  para receber trabalhos; faço exercícios para aprender melhor. Faço tarefas na Escola Virtual e quando chegar a Tarefa da Professora, já estou mais preparado.

1.4. Aulas Zoom – Algumas são difíceis de compreender, de ler; são boas para aprender mais um pouco e não estamos uma quarentena toda em casa. Tenho 50% de dificuldade de me concentrar. Nas aulas presenciais é mais fácil estar com atenção.

A Qualidade da Aprendizagem

Imagem de Kidaha por Pixabay 

2.1. O Sistema de Tarefas  serve para aprender. Em comparação com o sistema de testes aprende-se mais, porque podemos fazer mais vezes os mesmos ou outros exercícios e posso fazer ao meu ritmo.

2.2. Nas aulas presenciais aprendo mais do que nas Aulas Zoom

Sugestões: A maioria das aulas serem de manhã e algumas à tarde.

Voto: Desejo umas boas férias e que nos encontremos todos para o Ano!

Conversas na Oficina – DS7B

Cad em Isolamento – É Preciso Silêncio para Trabalhar

1 Ferramentas DigitaisDigital ToolsImage par Gerd Altmann de Pixabay 

1.1. Classroom – Gostei muito da aplicação do Classroom. Principalmente a organização que a aplicação nos traz, ao termos a possibilidade de entregar os nossos trabalhos realizados por esse meio de comunicação.

1.2. Google Docs e Google Slides – prefiro fazer os trabalhos escritos no caderno do que no Google Docs ou no Google Slides. Aprendi a teclar mais rápido, mas por exemplo, em Matemática, não se consegue fazer exercícios em Google Docs. Eu prefiro também a escrita, para não estar tanto tempo a fixar o écran.

1.3. Escola Virtual – Com o Classroom, a Escola Virtual é muito necessária. Antes desta Pandemia, a Escola Virtual era como uma bengala, digamos assim, mas neste momento não é tão necessária, pois o cCassroom já indica as tarefas.

1.4. Aulas Zoom – Achei que as aulas Zoom são boas e más ao mesmo tempo. Por exemplo: torna-se muito difícil ter aulas de Matemática pela plataforma Zoom, mas, por outro lado, outras aulas como por exemplo, as de História, são melhores se forem por Zoom, pois há menos fatores de distração e também porque nessas aulas não é necessário estar presente para a aula evoluir.

2. O Silêncio é Preciso

silêncioImage par Monfocus de Pixabay 

2.1 Nos nossos horários, as manhãs têm furos entre aulas. Acho que a intenção dos professores era termos descanso entre aulas. Mas no fim de tudo, só atrapalhou, porque não era possível realizarmos trabalhos entre aulas pois seríamos interrompidos. O nosso pensamento seria interrompido, e não se podem fazer intervalos nalgumas tarefas da Escola Virtual.

2.2. Terça de manhã e à tarde tenho aulas; a seguir às aulas tenho a Prof. Teresa Cabaço até às 17h; depois tenho Volley até às 18h 30.

2.3.  Quarta de manhã tenho 3 aulas seguidas –  para mim é preferível ter tudo seguido  – depois tenho Inglês extra das duas até às quatro, e logo às 4h 30 tenho Volley. 

2.4.  Quinta feira tenho, de manhã, aulas com intervalos – de que não gosto nada – de seguida tenho meia hora para almoçar, depois tenho Oficina de Escrita até às 16h e às 16h 30 tenho o meu Volley.

 2.5. Terça, quarta e quinta não são dias disponíveis para fazer Tarefas;o que me resta é fazer entre as 13h 30 e as 16 h de segunda feira e das 16h às 16h 30 de sexta feira, às vezes para completar algo.

  Proposta Final – Preciso de silêncio para trabalhar. Gostava de ter aulas todas seguidas de manhã e vir para casa de tarde para poder estudar e fazer os trabalhos.

3 – Qualidade Da Aprendizagem 

Image par Gerd Altmann de Pixabay 

   Sinto que aprendi mais que no Sistema Presencial,  porque, com as Tarefas, vim a consolidar mais a matéria,  ao contrário do que acontecia com as aulas presenciais, pois com os testes, a matéria não ficava consolidada na nossa cabeça. Estas Tarefas não eram como se fossem trabalhos de casa, era como se fossem testes para mim.

Conversas na Oficina – IM8B

CAD e Isolamento – Virtual versus Presencial

Ferramentas Digitais

learning toolsImage par Gerd Altmann de Pixabay

Vantagens do Classroom Sem dúvida o melhor, em termos de entrega de trabalho e para a organização dos alunos; tem uma lista a dizer “a fazer”, indica os trabalhos que não estão concluídos e os que não têm data fixa. Temos um stream para cada aluno, vamos vendo e está lá apontado tudo o que nos falta fazer.

Desvantagens da Escola Virtual – Gosto imenso, mas como estão muitas escolas a usá-la a determinadas horas. Que é quando me dá jeito, por exemplo, à tarde, fica muito lento e não se mexe. Uma vez tentei de manhã, estava menos lento. Em termos de organização também é muito bom.

Qualidade da Aprendizagem

learningAuthor: Geralt Pixabay license

  Nas Aulas-Zoom estamos distraídos. Estava habituada a as professoras nas aulas me chamarem para estar atenta; ainda não tenho autonomia a estar concentrada nas aulas Zoom e aposto que há mais alunos com esta opinião, temos de ser sinceros, mas alguns alunos estão no telemóvel, durante as Aulas-Zoom. As aulas virtuais são interativas, mas são muito menos interativas do que na Escola.

 Tarefas versus Aulas

     Nas Tarefas aprendi mais do que propriamente nas Aulas. Os professores mandavam as tarefas e sei que eram de acordo com a matéria que davam na semana; mas como não estava tão atenta, nas Tarefas recuperava. Sentia-me mais autónoma, mais ativa, tinha o Google para pesquisar, tinha os livros, perguntava aos amigos. De manhã, as aulas são às 9h 30 e ainda não acordamos.

   Aulas Presenciais versus Aulas Virtuais

    Disciplinas mais fáceis de aprender online: não gosto de nenhuma disciplina online, mas se tivesse mesmo que ser, as mais fáceis seriam de Moral. Em EV, depende dos trabalhos, eu era dependente do professor, mas agora consegui, o Professor descobriu maneiras de ajudar.

    História e Geografia também poderiam ser online. As disciplinas essenciais para serem presenciais são Matemática e Português. Inglês também, pois preciso da Professora.

    Físico-Química também deve ser presencial. Eu gostava imenso de Físico-Química e agora desinteressei-me. No sétimo ano não tinha muito boas notas, mas com explicações com o meu Avô comecei a gostar. Agora, no 9º ano, tinha notas decentes, mas se conseguisse estudar um bocadinho mais tenho consciência de que seriam brilhantes. Eu estava sempre a olhar para a Professora: sinto que tenho de estar ali na linha; agora. online. perdi o interesse.

     Há muito menos alunos a fazer perguntas do que presencialmente. Ontem, estava a entrar para a aula de EV quando  a minha Mãe estava a entrar na Escola e fiquei super-triste porque  soube que um dos melhores vigilantes vai-se embora.

Conversas na Oficina – MB9C

CAD em Isolamento – Uma Maneira Digital de Aprender

     Ferramentas Digitaiszoom

Image par Alexandra_Koch de Pixabay 

     Classroom e  Google Mail  – São boas aplicações, porque permitem ver as tarefas, ficamos mais organizados, pois indicam as datas de entregas e as páginas, os exercícios, pode-se usar os comentários para falar com os professores.

    Google Docs e Google Slides Para mim, prefiro escrever à máquina, mas acho ainda um bocado confuso o Google Docs e o Google Slides, pois não sei bem utilizar. Podíamos ter formação para estas aplicações.

    Escola Virtual Não gosto quando os professores mandam trabalhos e não recebo notificação. Aconteceu comigo e com mais alguns colegas. Acho que a Escola Virtual é uma boa aplicação para a aprendizagem, é uma maneira digital de aprender.

   Aulas-Zoom – Acho que são boas para aprender, mas depois depende se o aluno tem boa internet ou não, pois pode estar a falhar. Acho que os alunos, ou pelo menos eu, estou mais atenta nas aulas presenciais.  Os alunos desligam as câmaras e os microfones. Não acontecia tanto no início, mas agora estão cansados.

2. Qualidade da Aprendizagem

aprendizagemImage par OpenClipart-Vectors de Pixabay 

  Acho que aprendi um pouco, não tanto como nas aulas presenciais. Os testes ajudam para memorizar o que se aprendeu. Prefiro estudar assim com mais fichas e poucos testes. Sinto-me mais autónoma, mais ativa, tendo as Tarefas, com uma data de conclusão.

Sugestões Para 2020-2021

   Refeitório em Segurança Pode haver horários diferentes para almoço, os alunos sentarem-se de duas em duas em cadeiras, sentarem-se também em alternado, para não terem ninguém à frente; nos dias de sol, fazerem  pic-nics nas bancadas do pavilhão.

   Máscaras Podemos usar máscaras feitas em casa, mas temos de colocar filtros dentro.

    Projetos de Verão 2020Cá em casa vamos remodelar a casa toda, vai demorar mais do que as férias. A C. fez anos, já recebeu uma cama nova. Vamos ter quadros novos no quarto e quadro branco para desenharmos. Temos uma piscina de montar no jardim, vamos todos os dias depois do almoço.

Conversas na Oficina – CA8A

CAD em Isolamento – Sobre a Experiência Digital

Ferramentas Digitais

toolsImage par kirillslov de Pixabay 

O Classroom com Tarefas  – Não deve continuar, porque senão os “Sôtres” enchem-nos de tarefas gigantes, e ainda por cima com as aulas presenciais! Mas se vão ser menos testes e se fizermos as tarefas todas e vamos ter pontos nas tarefas, então pode ser.

Google Docs e/ou Google Slides – Prefiro usá-los assim,  ganhei um bocadinho de velocidade no computador. É mais uma coisa com peso.

Escola Virtual – Vale a pena continuar, porque as tarefas são mais fáceis e estou com o objetivo de ganhar os prémios todos de lá, já recebi 8 medalhas. Em cada medalha diz o que se ganhou.

Aulas ZoomO ponto positivo das videoconferências é que se torna mais fácil e consegui subir as notas. O ponto negativo é que a ligação da net é frágil, o som trava muito e a imagem falha.

2. A Qualidade da Aprendizagem

learningImage par Oberholster Venita de Pixabay

   Nas aulas Zoom

    Se para o ano vamos rever a matéria deste ano, algumas pessoas não vão mostrar que aprenderam, pois não estão atentas nas aulas; na verdade, não dá vontade de estar lá, mas de estar no telemóvel. Eu gosto mais das aulas presenciais.

   Nas Tarefas 

   Sinceramente aprendi um bocadinho, não sei é se preferia passar de ano estando na aula, mas acho que se estivesse na escola podia não passar de ano. Isto que aconteceu foi a meu favor, só tenho uma negativa até agora, que é a Francês; progredi em relação ao 1º Semestre.

     Comparação entre o Sistema de Tarefas e o Sistema de Testes

  Os “Stôres não ensinam enquanto estamos a fazer as Tarefas, enquanto que, na sala de aula, a Professora está a explicar e ajuda-nos a compreender o que estamos a fazer. No sistema de Tarefas temos de fazer sozinhos. Este Sistema tira-me o stress e faz com que eu aprenda melhor. Tem um ponto mau, pois como nunca temos de recordar o que aprendemos, como fazemos no sistema de testes, acabamos por esquecer mais facilmente.

Conversas na Oficina – LJ7A

CAD em Isolamento – “Instinto de Aluno”

1. Aplicações Digitais

digital toolsImage by Gerd Altmann from Pixabay 

1.1. Classroom – acho que é necessário continuar com o Classroom para o próximo ano; dá-nos muitas informações ao mesmo tempo, como por exemplo, os trabalhos da turma com as suas datas, as orientações que os professores nos querem dar no stream… o meu Pai acha que não faz sentido os profes mandarem para o gmail o link das aulas e outros mandarem para o classroom. Eu prefiro pelo gmail.

1.2. Google Docs e Google Slides Gostei dos dois, porque as pessoas que não têm caderno ou materiais podem fazer pela net. Eu gosto de teclar. Quando era pequena, fazia de conta que era uma doutora, às vezes gostava de cuidar das bonecas, fingia que estavam feridas e cuidava delas.

1.3. Escola Virtual – Vale a pena para aprender, na minha opinião é a que vale mais, é a que me ajuda mais nos estudos, tem sempre alguma solução, como por exemplo, vídeos a explicar a matéria.

1.4. Aulas-Zoom – Acho que valem muito a pena, porque, primeiramente, conseguimos ver as pessoas, interagir com os amigos, com os professores, com toda a gente. Um aspeto negativo foi: imagine que queríamos falar, não há possibilidade! Sinto falta de todos os alunos não terem tanta liberdade para falar. Só falávamos nas salinhas de trabalho. Devíamos poder escolher as pessoas com quem queríamos estar no intervalo e fazíamos reuniões no Zoom.

2. Avaliação da Aprendizagem 

Image by muhammad rizky klinsman from Pixabay 

2.1.  Acho que a Aprendizagem é mais difícil, não tem nada a ver com a aprendizagem presencial; antigamente já tinha dificuldades a a aprender porque me distraía rapidamente e agora ainda está pior, porque, da forma como estamos habitualmente, não temos instinto de aluno, começa-se a olhar para algo e distraímo-nos; eu começo a tocar no telemóvel, como os professores não veem. Na Escola presencial devíamos ter horários menos longos para podermos fazer as nossas Tarefas e convivermos.

2.2. Sistema de Tarefas versus Sistema de Testes Gostava de continuar com os testes; nós, agora, podemos pesquisar na net as respostas ou consultar os manuais e assim não aprendemos tanto como com os testes. No Brasil estão a fazer testes virtuais, os professres mandam o trabalho e têm uma hora para fazer. 

   Senti que aprendi com as Tarefas; com as que percebi; apesar de algumas, não as percebia, mas à medida que ia buscar as resposta s à net, também decorava.

  Com os testes aprende-se bem mais, pois é preciso explicar cálculos, dar mais provas de que fomos nós que fizemos, é mais difícil, o que é bom, porque assim temos a certeza de que sabemos. Os alunos importam-se: “Ah, não sei a matéria”. Fico preocupada, porque senão passava para o ano seguinte e sentia-me mal, em não conseguir saber as coisas do ano anterior.

    Sugestão: Ver as minhas Colegas! Passar duas semanas na casa grande de uma amiga que vai mudar, somos 3 amigas!

Conversas na Oficina SS6D

CAD em Isolamento – Ferramentas Digitais e Aprendizagens Novas

1.Aplicações Digitais

digital toolsImage par ZeroTolerance de Pixabay 

     1.1. Tarefas na Classroom – Sinto que foram boas, porque estavam organizadas por disciplinas, com todos os trabalhos e suas datas, bem como, se um aluno tivesse trabalhos em atraso, podia recuperar.

    1.2. Google docs e G. Slides – Não são muito importantes, porque podemos fazer esses trabalhos em word ou no caderno, e tirar fotos. O Google docs é importante para os professores que não compreendam a letra dos alunos.

   1.3. Escola Virtual Gostei muito, é uma boa ferramenta, porque vem primeiro a matéria a explicar e só depois podemos resolver os exercícios.

  1.4. Aulas-Zoom – Acho que eram muito melhores as aulas presenciais; o professor controla melhor, os alunos em casa estão mais livres, nós podemos estar a fazer outras coisas. Eu conseguia estar mais ou menos atenta, dependendo das disciplinas. Por exemplo, nas aulas de Português e de Inglês eu consegui estar atenta, porque no décimo ano preciso dessas duas disciplinas para o que quero seguir, portanto faço um esforço.

     2.Qualidade da Aprendizagem

Image par 200 Degrees de Pixabay 

      Prefiro os trabalhos com este sistema de tarefas. Com o sistema de testes, nós estudávamos, podíamos saber muito bem a matéria, mas por exemplo, podia algo correr mal, nós tínhamos estudado muito, muito, mas não tínhamos a nota esperada.

  Com os trabalhos em tarefas, é muito melhor, porque a pessoa pode estudar e vai consultando, vai estudando ao seu ritmo. Pode ser muito trabalho, mas aprendo mais assim.

Conversas na Oficina – MC9C

CAD em Isolamento – Preparando o Ano Letivo 2020/21

net tree

Image by Gerd Altmann from Pixabay  

  Aplicações a Manter no Trabalho do Novo Ano

   Uma aplicação que usamos agora, o Classroom, ajudou-me a aprender: há datas a dizer quando se deve entregar as tarefas, o que facilita a nossa organização.

   Quando vamos buscar material levantamo-nos; se usamos o Classroom no tablet, é mais rápido, a própria diversidade dos modos de realizar as tarefas, alternando entre o manual e o digital, torna o trabalho mais leve.

     O Google Slides dá muito jeito para preparar as apresentações: ajuda a dividir o que estamos a criar em partes pequenas e a descobrir como elas se ligam.

   Um outro aplicativo que comecei a usar mais foi o G-Mail, quando recebemos os e-mails dos Professores, a dizer “Muito bem” ou um link para uma aula, ou a marcar um trabalho…

Estratégias de Trabalho a Manter no Novo Ano

back to schoolImage par Oberholster Venita de Pixabay 

   Senti-me com mais atenção às aulas. Na sala tens muita coisa para distrair e aqui não, estás em casa. E já não existe aquela desculpa “Ah, não quero ir às aulas” – agora estamos sempre em casa.

   Gostava de continuar a receber mails dos professores, fazer os tpc com as minhas amigas, de continuar a trabalhar no classroom.

   Sugestão para Avaliações: o professor manda um anexo com uma ficha para fazermos, como nos formulários Google e nós depois fazíamos sozinhos.

Conversas na Oficina – CM6C

CAD em Isolamento – O Meu Estudo na Quarentena

1.Aplicações Digitais

educational toolsAuthor: edsys (pixabay.com)

1.1. ClassroomGostei muito quando comecei a aprender como era, ajudou por ter os links das aulas; agora tenho o calendário ou agenda no Google e entro diretamente por aí.

Temos os trabalhos todos ali, é uma forma fácil de enviar os trabalhos para os professores; está bem organizado com o “Para Fazer” que indica os que não têm data de conclusão, os que já fizeste, os que ainda não fizeste e os que estão para fazer.

1.2. Google Docs e Slides Já usava antes, mas desta vez usei mais o Google Docs, em vez de tirar foto, envio diretamente. O Google slides não é tão prático e não tem tanto espaço.

1.3. Escola Virtual Não gostei muito, achei um bocado complicada, mas gostei de ter lá os manuais, um dia não encontrei o manual e tive de  fazer lá. Volto a fazer exercícios que estão no manual, não os da Escola Virtual.

1.4. Aulas Zoom Achei que são boas aulas, não é preciso muita internet, como os profes conseguem partilhar a tela, até ajuda, podem mostrar o manual, vídeos… achei a parte mais útil deste semestre. Não tenho dificuldade em concentrar-me nas aulas zoom.

2. Qualidade da Aprendizagem

learning

Flickr.com Author: Denise Krebs

    Sinto que aprendi. Concentrei-me mais e melhor, pois, como não há pessoas a fazer barulhinhos, a bater na mesa ou no corredor a fazer barulho. No Zooom não há barulho de fundo, os colegas não falam entre si para saberem como está a vida do outro.

    Com o sistema de Tarefas, foi parecido com os tpc mas em muito mais quantidade. Sinto que aprendi muito e ficou muito mais fácil aprender.

    O Sistema de Tarefas  é mais fácil do que o Sistema de Testes; neste, as pessoas estão mais stressadas, nas no Sistema de Tarefas falta o momento de rever e recordar.

    Desejo um Bom Verão para todos e que ninguém adoeça com o Coronavírus e toda a gente consiga superar esta crise.

Conversas na Oficina  – AV7C

CAD em Isolamento – À Beira da Liberdade

Estes dias vividos…

Image par PIRO4D de Pixabay 

    Quando começamos a Quarentena foi difícil, porque nunca tínhamos experimentado uma coisa assim tão diferente.

     Ao início, pensava que não ia fazer aquele esforço para sair de casa, que ia ficar tranquila aqui, mas, a certa altura, comecei a ficar muito stressada e a querer sair de casa.

    Já saí algumas vezes, fomos comer pão com chouriço a uma rulote…

 Abrir os Braços às Férias…

unicórnioImage par Kaitlyn Millet de Pixabay 

    A Mãe e eu podemos ir para o jardim do prédio, fazer um bolo, dormir bem, sem limites, ver um filme na Netflix, desenhar e pintar, arrumar o quarto, regar as flores.

    (Um dia, estava sozinha e o Tobias subiu para cima das plantas e deitou um vaso abaixo…)

   Também posso gozar a companhia do Tobias, tentar fazer coisas novas, como por exemplo, andar a cavalo, criar um diário de recortes e ainda as sugestões da Mãe.

Por um novo ano letivo “digital-presencial”…

   Tenho expectativas : aprender Espanhol e Inglês; contar estrelas em Físico-Química na imensidão dos céus; aprender a desenhar e a pintar pessoas; receber feed back dos Professores; aventurar-me mais na escrita.

Questões que surgem no coração…

heartImage par Martin Eklund de Pixabay

    Por que é que nós estamos no Planeta Terra, se vamos morrer? Por que é que nós morremos? Para onde vamos?

     Quando estamos a ler um livro, pensamos que a pessoa está mesmo ao pé de nós…

 Aprendendo a Viver em situações sempre novas…

Image par Annalise Batista de Pixabay

     Enquanto estivemos aqui todo o tempo, poluímos muito menos; em vez de testes, tarefas: ficamos mais autónomos com as nossas tarefas e conseguimos aprender mais por nós.

    Se continuarmos aqui dentro, aprendemos e não poluímos, mas em vez de estarmos em casa fechados, podemos alternar com as aulas e ir à Escola para ver e estar com as outras pessoas.

     A máscara é sufocante, mas protege-nos à mesma.

 Criação Oral de Texto CM6C

CAD em Isolamento – Controlar o Coronavírus no Próximo Ano Letivo

Refeitório

lavar as mãosImage by Hatice EROL from Pixabay 

Cuidados a Ter com as Crianças mais Novas

    No refeitório, que é uma parte muito importante, acho que é melhor ir para casa comer.  Torna-se perigoso pois Temos de tirar a máscara.

    Devemos estar a 3 metros de distância de cada pessoa. A tosse pode chegar a um metro, depende da velocidade do ar, pode estar vento. Um espirro pode chegar de 3 metros a 6 metros, pois tira-se a máscara para comer. 

    Também é perigoso não podermos controlar a comida, pois muitas pessoas, quando ainda não estávamos em pandemia, faziam “guerras de comida”, atiravam comida uns aos outros.

    Assim é mais fácil de contaminar o ambiente. Podemos pôr alguma coisa no lixo, primeiro é preciso pôr num saquinho antes, teria de ser de um papel mais resistente, e devemos lavar as mãos antes de deitar ao lixo. 

Cuidados

Nas Salas de Aula, Biblioteca e Casas de Banho 

cuidar antivírus

Image par André Santana de Pixabay

   Na Escola é melhor desinfetar a sala de duas em duas horas. Há duas formas: ou com álcool ou com um produto anti-gordura.

    Ouvimos falar que o vírus tem uma capa protetora constituída por gordura; por isso é que o álcool consegue destruir essa capinha e o vírus então já não pode destruir nada em nós. Um produto normal para gordura vai resolver o assunto. 

   As pessoas devem guardar uma distância segura entre as carteiras e limpar a sua área própria da carteira: para cada um isto é “o meu espaço”, temos de cuidar bem para controlar a situação. Se não cuidarmos não será muito bom.

   Na Biblioteca, é melhor que, quando formos buscar livros ou consultar algum livro, é melhor desinfetarmos e entrarmos com  gorros de proteção,  sacos à volta dos sapatos, pois podemos ter pisado alguma superfície contaminada, e  luvas para protegermos os teclados e os livros.

  Na Casa de banho vai ser difícil. É melhor estar a ser continuamente desinfetada, pois vai ser o sítio mais precoupante da Escola.

    Um dia, quando me senti mal, quase a vomitar, a Lola usou a pistolinha para ver a temperatura.

    Tirar a temperatura a todos os alunos, ao entrarem na Portaria 3, não seria muito útil, porque os sintomas são diferentes em várias pessoas; tanto pode ser uma pequena febre como uma temperatura elevada.

    O coronavírus pode ficar no organismo, durante uma semana ou até mais, sem nenhum efeito. Mesmo assim, o portador contamina os outros

safe distance

Image par Annalise Batista de Pixabay 

     Três coisas muito importantes: máscara, luvas e os sprays de alcóol. Podemos trazer umas pequenas garrafas com álcool e usamos o spray para desinfetar as superfícies que iremsos usar. 

  Talvez com esta situação os alunos mais novos estejam um bocadinho mais controlados, mas podem fazer guerra de pistolas de álcool. 

     Podem ser obrigatório os óculos, mas algumas pessoas não vão ter e se virem as outras, algumas pessoas vão pôr óculos de sol;  mas esses, os professores não vão deixar  Podíamos ousar os óculos de natação, que nos protegem os olhos porque aderem á pele.

    Um policial foi mordido por uma pessoa infetada que estava  bêbada, o Google tem uma amostra da notícia

   Agora o mais importante: no próximo ano, seria talvez melhor ter as aulas por vídeo chamada.

    Se a situação ainda não estiver controlada,  é melhor não ir ainda para as salas fisicamente. Assim será mais fácil controlarmos a situação.

Da Obrigatoriedade das Máscaras

    masks

Image by mohamed Hassan from Pixabay 

     Vai acontecer que, se a situação continuar a piorar, vão culpar alguém; devia haver uma lei obrigatória em que, mesmo nas ruas, se devia usar máscara.

    Há policías que veem as pessoas sem máscara e deixam. Um homem entrou na loja da minha Mãe e começou a dizer que as máscaras não valiam a pena.

    Estava lá uma senhora que começou a gritar com ele e a dizer que tínhamos de usar e cuidar dos idosos.

   Em alguns sítios, como os locais públicos fechados e os transportes, já há leis que obrigam a usar máscaras, senão temos de pagar multa.

    O Governo devia distribuir máscaras gratuitas. Se as máscaras fossem desperdiçadas, também devíamos ter uma multa; devia haver uma lei que obrigasse a usar máscara para sair de nossa casa. Se fosse assim toda a gente usaria a máscara. 

    Estamos numa crise económica, para diluir a crise devemos acabar com esta pandemia o mais rápido possível, para controlar a doença e para recuperar o dinheiro que nós perdemos.

Conversas na Oficina – ZH6D

CAD em Isolamento – 10 Animais mais Perigosos da Austrália

Nº 10 – Cobra da Morte

a cobra da morteCommonsWikimedia.org

     Esta cobra só se encontra na Austrália, ela não é venenosa, mas é muito agressiva, morde, enrola-se mas pessoas, sufoca-as. Em cada 5 mortes por “asfixia” duas são por esta cobra.

Nº 9 – Polvo de Anéis Azuis

polvo de anéis azuis   Flickr.com Author: Saspotato

     Animal muito bonito, mas como muitas pessoas dizem, não se deixem enganar pela aparência, porque é exatamente nesses anéis azuis onde se ingere o veneno. E apenas uma pequena dose desse veneno é capaz de matar vinte homens adultos.

    Já houve até baleias de uma tonelada e meia que morreram por causa deste polvo.

    O pior de tudo é que se encontra nos corais, mede apenas cerca de 5cm!

Nº 8 – Morcegos Gigantes

giant bat

   Flickr.com Author: LEO

    Os morcegos gigantes mais conhecidos por morcegos gigantes australianos, não são perigosos, mas o tamanho é de se assustar.

     Esses morcegos podem atingir os 2 metros de comprimento de asa a asa.

Nº 7 – Peixe-Pedra 

peixe pedraFlickr.com Author: Bill and Mark Bell

     O peixe mais temido dos corais australianos é o peixe pedra. Este peixe é muito difícil de encontrar, pois esconde-se e sempre que aparece uma presa ele ataca.

    Tem uns piquinhos no topo e as pessoas sem querer pisam-no e injetam o veneno no pé. Pessoas houve que pediram para amputar a perna de tanta dor que sentiam.

6º – Aranha Teia de Funil

aranha mais tóxicaCommons.Wikimedia.org

      Esta é uma das aranhas mais perigosas e temidas. Elas não gostam de florestas, mas sim de cidades, onde, na maioria das madeiras com buraquinhos, elas moram.

    Atacam as presas, matam por prazer, não apenas por invadirem o seu território.

   As probabilidades dos seres humanos picados morrerem é grande. O seu ferrão já foi comparado com dentes de cobra.

Improviso Oral do Aluno – FM5C

CAD em Isolamento – Gretha Thunberg

GretaWikimedia.commons.org

    Gretha Thunberg é uma jovem sueca de 17 anos, com cabelo loiro e pele muito clara.

    Ela faz coisas incríveis – imaginem, ela quer fazer uma viagem, então escolhe um transporte para não poluir o ar, toma iniciativas para não poluir .

     Ela é vegetariana e ativista pelo direito dos animais. Ela reconhece as suas dificuldades, mas considera que, por vezes, “ser diferente é um superpoder!” 

    As pessoas começaram a vê-la sentada nos degraus do Parlamento Sueco, às sextas-feiras, com um cartaz de protesto contra o aquecimento Global.

     Ela começou a fazer discursos, a ser convidada para falar na televisão, e a ficar mais conhecida.  Como ativista climática, Greta falou aos líderes mundiais reunidos na cimeira da ONU para a Ação Climática, em 2019, em nova York.

     Disse que os adultos tinham  roubado os seus sonhos e a sua infância com as palavras vazias deles.    

     Greta disse que nós estávamos no início de uma extinção em massa e tudo o que os adultos sabiam falar era sobre “dinheiro e contos de fadas do eterno crescimento económico”. E terminou, perguntando: “Como se atrevem?”

     Foi Candidata ao prémio nobel da Paz em 2019  e tornou-se uma heroína dos nossos tempos.

Trabalho para Apresentação Oral – CM6C

CAD em Isolamento – Regresso A Uma Nova Escola

O que mais gosto na Escola

escola coraçãoImage par Gordon Johnson de Pixabay 

     A minha disciplina favorita é EV; podes desenhar o que quiseres, fazer diferentes tipos de criação artística, pegar em lápis, em cores, uns papéis que ao toque parecem lisos, não tem altos e baixos.

    A disciplina que me parece mais fácil é HGP. Basicamente nao tens coisas para decorar, só as datas; o professor, ao tentar explicar uma guerra faz uma representação que me facilita perceber. É bom saber o que as pessoas do passado viveram, como foram surgindo as coisas, as pessoas, os comboios,  as maneiras de ver.

    A disciplina que acho mais difícil é Português: tem demasiada gramática que é preciso decorar, tal como pronomes, adjetivos, o sujeito… Para estudá-la uso um caderno, faço um esquema e leio várias vezes para conseguir decorar.

     Nos intervalos , antes da Quarentena, eu ia passear pela Escola e, às vezes, ao pé da papelaria da Rosa, há um espaço, onde a B. a L. e a C. ficamos lá a dançar e a conversar.  Com estas 3 Amigas é que passo os intervalos. Sei que são minhas amigas pois a C, já conheço desde o 1º ano; a B e a L vieram de novo para o Colégio no 5º ano. Já convivemos há muito tempo, sei que são de confiança.

Na Escola Semi-Virtual

escola virusImage par chiplanay de Pixabay 

     Em vez de escolhermos dois amigos para as turmas do próximo ano, escolhemos mais um, 3 e ficamos juntos nas miniturmas  de 15 alunos.

    O professor ou professora de cada disciplina pode criar atividades em que aprendemos ao mesmo tempo; quando nós levamos tpc para casa, podemos telefonar a um companheiro que nos ajuda a estudar e que nós ajudamos a ele, formando pequenos Grupos de estudo.

    Os alunos de sétimo ano podem preparar trabalhos combinando disciplinas diferentes e  podem dar aulas aos professores sobre as disciplinas que eles não dão e mostrar como as crianças pensam.

    Como nós precisamos de ar livre  – e é muito mais seguro – vamos para fora, fazer aulas no Jardim, uma turma de 15 fica no Anfiteatro, outra turma fica nas mesas do jardim coberto.

     Em História podíamos ir a um sítio que marcou muito a História de Portugal e ficar lá a dar aulas, como por exemplo, os Castelos da Idade Média, Aljubarrota, o Palácio da Pena.

     Assim como houve uma concentração, com o programa da Cristina Ferreira, ao ar livre e as pessoas dentro do carro a assistir, também podíamos fazer a Festa do CAD 2021 ao ar livre, num recinto onde coubessem os carros dos pais, com écran gigante e um palco.

     Devemos andar sempre com máscara na Escola, lavar as mãos antes e depois das aulas, tentar não tocar em nada; levar um esguicho de alcóol em gel; podemos fazer picnics ao ar livre ….para deixar o refeitório com menos pessoas. quando acabamos de comer, não podemos pôr os cestos um ao lado dos outros.

CM6C

CAD em Isolamento – As Pandemias na História – I

10 – A Praga de Justiniano

yersiniapixinio.com

    O próprio Imperador otomano ficou infetado. A praga causou mais de 25 milhões de mortos, incluindo o Imperador.

   O que trouxe a cura a esta doença é que o corpo ganhava imunidade ao fim de 4 semanas.

    Os sintomas eram febre alta, tosse incluindo sangue, paralisação e inflamação nos olhos, nariz e boca e grande emagrecimento.

9 – A Peste Negra

o triunfo da mortewikipedia.org

   Causada pela bactéria hiersinia pestis, descoberta por um Francês no século XVIII. Causou mais de 230 milhões de mortos e mais de 2/3 da populações.

    Em Portugal, estima-se que metade da População morreu.

8 – A Gripe Russa

gripe russaWikimedia Commons

   Causou poucas mortes –  relativamente – 240 mil mortes; a bactéria é igual à do sarampo. Afetou principalmente a Rússia, o Norte da Alemanha e Polónia; durou um ano, 1889 – 1890.

7 – A Varíola

varíola

Picsels.com

      Atormentou o mundo durante mais de 3000 anos, equivalente a 30 séculos, o que leva a incluir séculos A. C.

     Causou 300 milhões de mortos, equivalente a quase a população inteira dos EUA.

    Na 1ª etapa era igual à gripe: cansaço, febre e dores musculares. Na 2ª etapa, incluía dificuldade em falar, paralisação e dificuldade respiratória. Na 3ªetapa, a mais avançada, causava borbulhas por todo o corpo, não faltava nenhuma parte, podia causar perda de visão e estado de coma por 3 semanas.

6 – Praga de Marselha

Wikipedia.org

      Esta praga começou com vários barcos comerciantes vindos da Rússia e Norte de Africa, atracados nos portos. Como peste negra, transportada por pulgas nos ratos, causou mais de vinte milhões de mortos, incluindo o Imperador Austríaco, que ficou infetado e morreu.

    Improviso oral do Aluno com base nas suas pesquisas pessoais.

FM5C

CAD em Isolamento – SARSCOV -19 – II

corona virusImagem de enriquelopezgarre por Pixabay 

  Esta II parte do texto responde a algumas perguntas sobre o Sarscov 19. Entre as dez perguntas mais faladas estão:

    Quando é que a Pandemia vai acabar?

     Para explicar melhor, vamos representar o país como um navio que vai em direção a um iceberg.

   Com as pessoas  mais contaminadas, o barco vai mais rapidamente para o iceberg.

     Para controlar a Pandemia, é preciso algumas medidas:

    Por exemplo, a obrigação de usar máscara e luvas, quando se vai para fora.

    Fechar espaços públicos onde estão aglomerados de pessoas, por exemplo, parques e praias.

    Pôr as cidades em quarentena como Lisboa, Porto e Coimbra.

   Para esclarecer as perguntas sobre as prevenções ao Coronavírus, como as vitaminas A e E, não há nenhum estudo que comprove que as vitaminas ajudem a combater o SarsCov-19.

     A Cloroquina no Brasil ficou esgotada em várias farmácias porque as pessoas pensam que é preventivo, ajuda a não ter o SarsCov-19.

    Mas, num estudo recente, não tão aprofundado, descobriram que a Cloroquina não tem benefício sobre a doença. Além disso, tem vários efeitos colaterais, são para as grávidas, pessoas com problemas no pâncreas, problemas cardiovasculares, crianças e idosos.

    A importância da Quarentena, é que sem ela, as pessoas seriam contaminadas em larga escala e ocupariam todos os serviços públicos de saúde. 

        Os Países vão sofrer o impacto de grandes crises económicas sem produção de materiais para o comércio muitos cidadãos pararam de receber o seu dinheiro.

      Na China, houve uma onda de furtos em lojas, farmácias e mercados; isto é um efeito do desespero  das pessoas quanto à a sua própria sobrevivência.

    Os animais apanham o Coronavírus, isto é a Covid-19?

    Em Hongkong morreu o primeiro cão com coronavírus devido a problemas respiratórios. Suspeita-se que um tigre num Jardim Zoológico, no Japão, tem coronavírus, porque está com dificuldades para respirar e tem febre.

     Mas o que é importante é respeitar todas as normas do sistema de saúde.

CAD em Isolamento – ZH6D

CAD em Isolamento – A 1º Guerra Mundial – I

   Improviso Oral do Aluno com base na sua pesquisa pessoal:

O Início da Guerra

ruínas

     Photo par formulaire PxHere

    Tudo começou no ano de 1914, quando o Arquiduque do Império Austro-Húngaro, F. Fernando, fez uma visita de Estado à cidade de Sarajevo (capital da Bósnia Herzgovina) – onde ele e sua mulher foram assassinados por um estudante Sérvio – Gabril Prince.

   Com isso, o Império Austro-Húngaro enviou uma carta de exigências à Sérvia, que recusou. O Imp Austro-Húngaro declarou Guerra à Sérvia.

    O Governo Russo mandou soldados para ajudar na luta contra o IAH, assim, a Alemanha disse à Rússia para não intervirem na Guerra. A Rússia recusou e a Alemanha declarou guerra à Rússia.

     A Alemanha também enviou uma carta à França para declararem a neutralidade.

    A França não respondeu e a Alemanha declarou guerra à França.

biplanoPhoto par formulaire PxHere

  A Alemanha sabia que uma Guerra em duas frentes a probabilidade de perderem era grande, mas eles tinham um plano. Chamava-se o plano Schifeliennr.

  Este plano consistia em: como a Rússia era muito grande, demoraria alguns meses para ficarem prontos para a guerra, por isso, a Alemanha ia com tudo para a França, mas os Alemães sabiam que a França ia proteger bem as suas fronteiras, por isso, decidem passar pela Bélgica, que era um país neutro.

wikimedia.org

   Com a invasão da Bélgica, a Grã-Bretanha declarou guerra à Alemanha, juntando-se assim, à França.

  Pensaram que a Bélgica ia ser facilmente derrotada, mas conseguiram aguentar-se mesmo perdendo as batalhas, como Verdun e La Lys.

   O Império Austro-Húngaro tentou um avanço nos territórios russos, mas o Império Austro-Húngaro não aguentou o inverno Russo. Com isso deixaram a Rússia um mês depois. Tentaram então o avanço em território Sérvio onde conseguiram capturar a cidade de Belgrado. Mas a Sérvia deu-lhes uma chapada na cara e expulsaram-nos uma semana depois. 

(Fim da I Parte)

 CAD em Isolamento – Tertúlia de História de 9º no 5º – Improviso de FM5C

CAD in Isolation – Coping with Hard Times

     joy

     BIld av Myriam Zilles från Pixabay 

     This time that we are going through is very difficult for all of us. But we can always find good things.

     One of them is now the factories are closed, so we produce lots of less pollution to the atmosphere.

    Now I will talk about teaching. In my opinion, having classes online is better,  because we are more autonomous and I kind of feel like we are choosing our path, as the expression says “is like each one is making his own bed ; and also, if I go a day without working, there will be consequences for my future

   At the moment, this consequence would only be a fault, but in the future, when I would be already working and I would not have had this chance to see how this is and to be able to choose what to do.
     It would be the first time that I would have “my future in my hands” and I would risk it, which, a little later, would have consequences, that could cost my job.
      We can’t do a lot, but something we can do is to look towards the positive aspects,  because we can’t stop this moment,  but we can go through it,  not worrying, but being positive.
     So, in my opinion, this is an opportunity not just to learn, but when this will be finished, our atmosphere will be more clean than before.
Cad em Isolamento – Trabalho de Inglês IM8B

CAD em Isolamento – A Peste Negra na Época Medieval

mapa da difusão da peste

Par FlyingPC — Travail personnel, CC BY-SA 3.0, 

    Em 1345 – 50, havia apenas Peste Negra na Ásia, pois a Peste Negra surgiu na China. Dizem que foi transferida para o mundo a partir de pequenos insectos, como o piolho, a mosca, que transmitiam a peste negra quando picavam, por isso não havia nada a fazer.

    Só em cerca de 1365 é que as pessoas começaram a ficar em quarentena. Mas já nessa altura havia 175 milhões de pessoas mortas.

     Depois, demorou cerca de 50 anos até a Peste Negra passar. Não foi pela cura, pois a cura nunca foi descoberta. Foi mais uma questão de sorte, pois as pessoas que não respeitavam a quarentena, não faziam nada depois, até que, passados cerca de dois dias, apareciam os sintomas; dava-se a estimativa naquela época, que quem tinha peste negra só tinha 5 dias de vida.

    Alguns pais fugiam dos filhos por eles terem peste negra. Outros simplesmente os enterravam vivos, pois um pai que é pai nunca podia matar um filho…

    Era o  rei que os obrigava a fazê-lo, pois os reis eram, digamos assim, “mimados” e não queriam apanhar a doença.

     As pessoas que morriam, eram tantas que nem sequer dava para fazer um funeral.

    A situação era de tal maneira pouco controlada que tinham de fazer paredes de paus com cerca de 400 pessoas cada,  que eles proibiam os pais de ver, e os filhos, quando viam os pais lá, às vezes nem sequer precisavam, porque a Peste aniquilava Famílias inteiras, não sobrava nem um familiar. Atiravam então uma tocha e corpos eram queimados.

    Outros eram queimados em fogueiras, prendiam-nos num pau como se fosse um porco, outras eram enterradas, mas sem funeral.

CAD em Isolamento –Tertúlias de HGP LB5A