Setembro – Escolher-se, Ser a Terra.

Image par gdakaska de Pixabay 

Como nos tornamos uma espécie de Terra?  Talvez escolhendo-nos.

Será que escolhemos como queremos ser, no sentido em que o diz o filósofo francês:

Sartre's quoteOficina de Escrita

Assim, preparar a Terra  significaria também ser cada vez mais “eu próprio”. 

Para este novo Ano Letivo, que cuidados posso dar-me?

      • Como me preparo?
      • A que me obrigo?
      • Que espero de mim?
      • Que confiança ponho na tarefa de tornar-me no que sou? 

No limiar de cada questão, desenha-se a silhueta dos OUTROS. Sou Terra, mas não torrão avulso, baldio.

Pertenço a muitos, sou totalmente entrelaçado.

 Que há na TERRA-NÓS?

Organismos invisíveis, fios de raízes, grãos de solo, gotas de água, bolhas de ar… 

Escolho SERMOS

      • Terra revolvida, (Por que meios?)
      • acrescentada de nutrientes, (Quais?)
      • desimpedida de infestantes, (Como?)
      • porosa à água quanto baste, (Quanto?)
      • aberta em sulcos, (Por Quem?)
      • expectante de sementes. (Quem?)

Com a Agenda 2020 – Sugestões de Escrita – OE

Carta à Terra -“Unirmo-nos Todos para Viver em Harmonia”

Image par mohamed Hassan de Pixabay 

                                                                                          Cascais, 27 de abril de 2020

     Querida Terra, 

     Há muito tempo que queria falar contigo, dizer-te o quanto te agradeço por morar neste planeta maravilhoso.

    Temos de te respeitar e preservar, mas isso não é o que andamos a fazer nestes últimos tempos: não temos protegido os teus oceanos, mares e rios, que estão cheios de lixo.

    Não estamos a controlar a nossa produção e os gases libertados pelos carros e fábricas fazem com que o aquecimento global aumente.

    Temos de mudar a nossa atitude: ser mais sustentáveis, reciclar, preservar os animais e os seus habitats, porque senão te tratarmos bem, podemos perder-te de vez.

     Temos de proteger o nosso presente e o nosso futuro, unirmo-nos todos para viver em paz e harmonia e para arranjarmos novas formas de te manter saudável e continuares a ser a nossa casa.

    És muito importante para mim e para todas as pessoas do mundo, escreve-me o mais rápido possível para saber o que mais posso fazer por ti.

Muitos beijinhos,

                                                                       MC7 – Junho 2020

Trabalho de Português da Prof Laura Almeida 

70 Anos CAD – ” – Se Os Meus Pais… – (2003)

“A Vida é uma lotaria gigante e só os bilhtes vencedores são visíveis. O Leitor deste texto ganhou a lotaria, Lucky You!”

A Rapariga das Laranjas

jostein GaarderImage by Amir Boucenna from Pixabay 

    Se os meus pais não se tivessem conhecido, eu não teria posto os pés neste planeta.

     Se os meus pais namorassem e, de repente, se zangassem, eu ficava como se estivesse no espaço a flutuar, sem ninguém, à espera que os meus pais se juntassem outra vez, e que eu nascesse.

     E se os meus pais tivessem tido outra criança, eu não estaria aqui.

70 Anos CAD – Questão de Teste – Natal de 2003

Carolina P – 6ºA – Dezembro 2003

A Conquista de uma Vida Melhor e a Luta pelo Bem Comum

ritaImage par SEBASTIEN MARTY de Pixabay 

    Na sociedade atual, conseguimos observar de tudo um pouco, ou seja, pessoas que lutam pelo bem comum, como Bill Gates que investe o seu capital em projetos solidários, ou a jovem Greta Thunberg,  que nos chama a atenção para o ambiente; contudo, também encontramos pessoas que se concentram maioritariamente nos seus interesses individuais. Na minha opinião, é possível conciliar ambas atitudes.

      Hoje em dia é possível observar várias adultos com experiência de vida que lutam pelo bem estar de todos, mas não nos podemos esquecer que estas pessoas têm vidas pessoais. É muito necessário que cada vez mais surjam indivíduos interessados na mudança mundial, tal como empresários de sucesso, investidores milionários que possam arriscar fortunas em iniciativas solidárias sem desequilibrar a gestão das suas vidas pessoais.

    Nesta categoria, temos Bill Gates, fundador de uma Associação que ajuda milhares de pessoas, e ainda tem mulher e filhos para cuidar e conviver, não esquecendo que tem empresas para gerir. Este homem decidiu criar as suas empresas – vida pessoal – e aproveitou o seu sucesso para melhorar o mundo – promoção do bem comum.

     Em contraste com estas figuras experientes, temos adolescentes e jovens ousados e sonhadores que, mesmo sem ter recursos materiais, apenas apoiados na sua força de espírito, escolhem conciliar o conforto do seu lar e o sucesso nos estudos com a luta por uma mudança no mundo.

      Greta Thunberg é apenas uma rapariga de 17 anos e luta pela mudança ambiental neste mundo; vive este compromisso solidário em harmonia com  a família e os amigos. Greta decidiu partir à conquista de um novo mundo, mas ao executar esta desafiadora tarefa, também está a conquistar uma melhor vida para si, pois podemos observar todos os dias a Greta a ganhar reconhecimento e autoridade.

    Concluindo, na minha opinião, é possível conciliar a conquista de uma vida melhor e, simultaneamente, lutarmos pelo bem comum.

Treino com Texto de Exame  – RF12

CAD em Isolamento – A maior Influência: TECNOLOGIA

technology

Piqsels.com

    No século XXI, quase tudo no mundo já vive à base de tecnologias, ou seja, nos dias de hoje, nós, seres humanos, já conseguimos trabalhar e até viver a nossa vida normal através das redes sociais e não só, mas a partir de qualquer meio existente no telemóvel, nós conseguimos fazer a nossa vida, desde que seja trabalhar ou até mesmo chegarmos ao ponto de fazer as compras para casa através de lá!

    No entanto, também existem pontos negativos relativamente ao avanço rápido das novas tecnologias, tais como: as crianças, nas escolas, hoje em dia, passam cada vez mais o dia a olhar para um pequeno ecrã em vez de socializar e de estar com outras pessoas no recreio e não só, sempre que andamos na rua, é raro ver pessoas que estão a andar sem o telemóvel na mão, o que só provoca cada vez mais acidentes e cria vícios que ninguém pode parar.

   Globalmente, o avanço da  tecnologia afetou todo o mundo com as suas vantagens e desvantagens, mas até é possível perceber o quanto isto nos ajudou na maior meta de aprendizagem e de medicina no mundo, porque foi através da tecnologia e do saber que a parte da medicina que salva vidas conseguiu evoluir cada vez mais!

JP12

Influência do Aquecimento Global na Vida dos Ursos Polares

ursos polaresImage by Gerhard G. from Pixabay 

    Escolhi falar de uma notícia sobre os ursos polares, que achei muito interessante.

    Os Ursos Polares vivem no polo norte e precisam de gelo para se protegerem – fazem igloos de gelo – e caçarem as focas que comem.

    Eles caçam as focas que nadam na água apoiando-se no gelo.

    Com a poluição mundial, que está a provocar o aquecimento global, o gelo está a derreter.

    A notícia que eu vi na tv dizia que um urso polar entrou numa cidade, muito magro e foi a caminhar na estrada.

    O que se passava é que estava à procura do gelo para conseguir caçar. Os ursos polares, quando não encontram gelo, caminham até encontrar.

    Com a caminhada, eles gastam toda a energia e peso e podem mesmo morrer.

    O urso polar, neste momento, é uma espécie em risco de extinção a médio prazo.

   Esta notícia fez-me pensar que todos nós devemos ter consciência da poluição que fazemos, porque influencia o efeito de estufa e provoca o aquecimento global.

     Por sua vez, ele tem impacto na vida dos animais, mesmo daqueles que estão mais longe.

Tarefa para CN CA5A

    Fontes – Notícia no Noticiário do Canal SIC

    Wikipédia – Consulta sobre o  Habitat e estado de Extinção.

CAD em Isolamento – Sente-se Mais Interesse Pelos Livros

Aplicações Digitais

digital learningImage by Sandra Schön from Pixabay 

1.1  Tarefas – Classroom

    Não gostei muito das Tarefas. Gostava que houvesse no 7º, às vezes por caderno e às vezes no Classroom. Não gostava de ficar muito tempo a olhar para o telemóvel. É preciso que todos os alunos tenham acesso a uma boa conexão de rede e computador, o que não é o meu caso. Mas o Classroom ajudou-me a organizar.

1.2. Google Docs e Slides Acho bom, no sentido em que servem para guardar trabalhos; para o 7º ano, no Google Slides podemos fazer power points e serve para estudar, para fazer resumos também.

1.3.  Escola Virtual – A EV é útil para os professores; numa aula mostram o livro maior, é mais fácil, tem as respostas. Para os alunos prefiro o Classroom.

1.4. Aulas-Zoom – Tem desvantagem: o profesor explica uma matéria de que eu não gosto, eu desligo a câmara e vou para outro sítio. Ou fico a jogar no telemóvel. As aulas cansam muito, porque estamos no écrans e nem piscamos os olhos.

Tem vantagem: os professores podem compartilhar a tela e nós podemos aumentar a imagem.

Em conclusão, estou mais distraído nas aulas zoom, mas não muito.

Qualidade da Aprendizagem

e-bbokFoto de mohamed hassan formulário PxHere

2.1. Sinto que aprendi nas aulas-zoom? Sim, acho que sim, mas nas aulas presenciais eu aprendia mais.

2.2. Sinto que aprendi com as Tarefas?

    Aprendi um pouco em algumas Tarefas,  noutras em que tinha mais dúvidas, não percebia, esquecia-me de escrever aos professores.

2.3. Sente-se mais interesse pelos livros por ficarmos tanto tempo em casa, já me chateia jogar jogos.

2.4 Comparação entre o sistema de aprendizagem por Tarefas e o sistema de aprender por Testes – Prefiro Testes, porque têm uma preparação; as tarefas, vamos fazendo, como quaisquer outras tarefas, e vamos fazendo ao longo do tempo, mas o teste tem uma data e temos de estudar antes da data. Mas os testes contam para passar de ano,  as  tarefas contam, mas como avaliação formativa.

Conversas na Oficina SG6B

CAD em Isolamento – “Trabalhei Melhor Assim”

1. Aplicações Digitais

toolsImage par mcmurryjulie de Pixabay 

Tarefas de Classroom Acho que trabalhei melhor assim no Classroom; ao menos acho que muitas das pessoas faziam tudo em Google Docs. A organizar-me melhorei: “eu agora faço isto, depois aquilo” e assim organizo-me melhor. Gostei de poder comunicar com os professores através dos comentários.

Google Docs e Google Slides – Gosto, prefiro o Google Docs; melhorei nas aulas online a teclar, agora sou melhor a mexer nas aplicações.

Tutoriais Não me consigo concentrar muito bem.

Aulas Zoom – Gostei, mas ensinaram menos, prefiro as aulas Zoom porque trabalhamos menos, temos mais tempo para viver.

2. Qualidade da Aprendizagem

como aprendi

Image par Clker-Free-Vector-Images de Pixabay

 Sistema de Tarefas versus Sistema de Testes – Eu prefiro assim porque não há testes e temos de estudar menos; mas aprende-se com as tarefas. Aprendemos menos, não fica bem na memória, não é bem quase todos os dias uma matéria nova, mas é quase todos os dias. Seria preciso mais revisão.

Eu gostava de ter tutorias online, mas o que me anda a acontecer no zoom é que não consigo ligar a câmara…

Plano Semanal de Estudo – Gostei eu aprendi muita coisa e não consigo escolher.

Sinto a falta do Colégio, uma colega fez dois convívios e já fui a um. Gostei de ter escrito um texto.

Os meus cães nunca foram tão bem tratados: são tratados pela minha prima, ela tem 7 anos,  adora cães, antes não tínhamos tanto tempo para eles. As minhas duas primas aprenderam a andar de bicicleta, dávamos sempre voltas ao quarteirão.

Conversas na Oficina – DC5A

CAD em Isolamento – Aprender Ao Nosso Ritmo

 

1.Ferramentas Digitais 

toolsImagem de ijmaki por Pixabay

1.1. Classroom – Foi útil nos trabalhos, para os entregar, se tivermos dúvidas,  para falar com os professores.

1.2. Google Docs e Google Slides – Uso mais os slides. Servem para corrigir o que escrevo, ou para interpretar o que leio; imagine que há uma palavra que não conheço: aparece uma imagem a dizer o que é e já percebo.

1.3. Escola Virtual – É boa  para receber trabalhos; faço exercícios para aprender melhor. Faço tarefas na Escola Virtual e quando chegar a Tarefa da Professora, já estou mais preparado.

1.4. Aulas Zoom – Algumas são difíceis de compreender, de ler; são boas para aprender mais um pouco e não estamos uma quarentena toda em casa. Tenho 50% de dificuldade de me concentrar. Nas aulas presenciais é mais fácil estar com atenção.

A Qualidade da Aprendizagem

Imagem de Kidaha por Pixabay 

2.1. O Sistema de Tarefas  serve para aprender. Em comparação com o sistema de testes aprende-se mais, porque podemos fazer mais vezes os mesmos ou outros exercícios e posso fazer ao meu ritmo.

2.2. Nas aulas presenciais aprendo mais do que nas Aulas Zoom

Sugestões: A maioria das aulas serem de manhã e algumas à tarde.

Voto: Desejo umas boas férias e que nos encontremos todos para o Ano!

Conversas na Oficina – DS7B

Cad em Isolamento – É Preciso Silêncio para Trabalhar

1 Ferramentas DigitaisDigital ToolsImage par Gerd Altmann de Pixabay 

1.1. Classroom – Gostei muito da aplicação do Classroom. Principalmente a organização que a aplicação nos traz, ao termos a possibilidade de entregar os nossos trabalhos realizados por esse meio de comunicação.

1.2. Google Docs e Google Slides – prefiro fazer os trabalhos escritos no caderno do que no Google Docs ou no Google Slides. Aprendi a teclar mais rápido, mas por exemplo, em Matemática, não se consegue fazer exercícios em Google Docs. Eu prefiro também a escrita, para não estar tanto tempo a fixar o écran.

1.3. Escola Virtual – Com o Classroom, a Escola Virtual é muito necessária. Antes desta Pandemia, a Escola Virtual era como uma bengala, digamos assim, mas neste momento não é tão necessária, pois o cCassroom já indica as tarefas.

1.4. Aulas Zoom – Achei que as aulas Zoom são boas e más ao mesmo tempo. Por exemplo: torna-se muito difícil ter aulas de Matemática pela plataforma Zoom, mas, por outro lado, outras aulas como por exemplo, as de História, são melhores se forem por Zoom, pois há menos fatores de distração e também porque nessas aulas não é necessário estar presente para a aula evoluir.

2. O Silêncio é Preciso

silêncioImage par Monfocus de Pixabay 

2.1 Nos nossos horários, as manhãs têm furos entre aulas. Acho que a intenção dos professores era termos descanso entre aulas. Mas no fim de tudo, só atrapalhou, porque não era possível realizarmos trabalhos entre aulas pois seríamos interrompidos. O nosso pensamento seria interrompido, e não se podem fazer intervalos nalgumas tarefas da Escola Virtual.

2.2. Terça de manhã e à tarde tenho aulas; a seguir às aulas tenho a Prof. Teresa Cabaço até às 17h; depois tenho Volley até às 18h 30.

2.3.  Quarta de manhã tenho 3 aulas seguidas –  para mim é preferível ter tudo seguido  – depois tenho Inglês extra das duas até às quatro, e logo às 4h 30 tenho Volley. 

2.4.  Quinta feira tenho, de manhã, aulas com intervalos – de que não gosto nada – de seguida tenho meia hora para almoçar, depois tenho Oficina de Escrita até às 16h e às 16h 30 tenho o meu Volley.

 2.5. Terça, quarta e quinta não são dias disponíveis para fazer Tarefas;o que me resta é fazer entre as 13h 30 e as 16 h de segunda feira e das 16h às 16h 30 de sexta feira, às vezes para completar algo.

  Proposta Final – Preciso de silêncio para trabalhar. Gostava de ter aulas todas seguidas de manhã e vir para casa de tarde para poder estudar e fazer os trabalhos.

3 – Qualidade Da Aprendizagem 

Image par Gerd Altmann de Pixabay 

   Sinto que aprendi mais que no Sistema Presencial,  porque, com as Tarefas, vim a consolidar mais a matéria,  ao contrário do que acontecia com as aulas presenciais, pois com os testes, a matéria não ficava consolidada na nossa cabeça. Estas Tarefas não eram como se fossem trabalhos de casa, era como se fossem testes para mim.

Conversas na Oficina – IM8B

CAD e Isolamento – Virtual versus Presencial

Ferramentas Digitais

learning toolsImage par Gerd Altmann de Pixabay

Vantagens do Classroom Sem dúvida o melhor, em termos de entrega de trabalho e para a organização dos alunos; tem uma lista a dizer “a fazer”, indica os trabalhos que não estão concluídos e os que não têm data fixa. Temos um stream para cada aluno, vamos vendo e está lá apontado tudo o que nos falta fazer.

Desvantagens da Escola Virtual – Gosto imenso, mas como estão muitas escolas a usá-la a determinadas horas. Que é quando me dá jeito, por exemplo, à tarde, fica muito lento e não se mexe. Uma vez tentei de manhã, estava menos lento. Em termos de organização também é muito bom.

Qualidade da Aprendizagem

learningAuthor: Geralt Pixabay license

  Nas Aulas-Zoom estamos distraídos. Estava habituada a as professoras nas aulas me chamarem para estar atenta; ainda não tenho autonomia a estar concentrada nas aulas Zoom e aposto que há mais alunos com esta opinião, temos de ser sinceros, mas alguns alunos estão no telemóvel, durante as Aulas-Zoom. As aulas virtuais são interativas, mas são muito menos interativas do que na Escola.

 Tarefas versus Aulas

     Nas Tarefas aprendi mais do que propriamente nas Aulas. Os professores mandavam as tarefas e sei que eram de acordo com a matéria que davam na semana; mas como não estava tão atenta, nas Tarefas recuperava. Sentia-me mais autónoma, mais ativa, tinha o Google para pesquisar, tinha os livros, perguntava aos amigos. De manhã, as aulas são às 9h 30 e ainda não acordamos.

   Aulas Presenciais versus Aulas Virtuais

    Disciplinas mais fáceis de aprender online: não gosto de nenhuma disciplina online, mas se tivesse mesmo que ser, as mais fáceis seriam de Moral. Em EV, depende dos trabalhos, eu era dependente do professor, mas agora consegui, o Professor descobriu maneiras de ajudar.

    História e Geografia também poderiam ser online. As disciplinas essenciais para serem presenciais são Matemática e Português. Inglês também, pois preciso da Professora.

    Físico-Química também deve ser presencial. Eu gostava imenso de Físico-Química e agora desinteressei-me. No sétimo ano não tinha muito boas notas, mas com explicações com o meu Avô comecei a gostar. Agora, no 9º ano, tinha notas decentes, mas se conseguisse estudar um bocadinho mais tenho consciência de que seriam brilhantes. Eu estava sempre a olhar para a Professora: sinto que tenho de estar ali na linha; agora. online. perdi o interesse.

     Há muito menos alunos a fazer perguntas do que presencialmente. Ontem, estava a entrar para a aula de EV quando  a minha Mãe estava a entrar na Escola e fiquei super-triste porque  soube que um dos melhores vigilantes vai-se embora.

Conversas na Oficina – MB9C

CAD em Isolamento – Uma Maneira Digital de Aprender

     Ferramentas Digitaiszoom

Image par Alexandra_Koch de Pixabay 

     Classroom e  Google Mail  – São boas aplicações, porque permitem ver as tarefas, ficamos mais organizados, pois indicam as datas de entregas e as páginas, os exercícios, pode-se usar os comentários para falar com os professores.

    Google Docs e Google Slides Para mim, prefiro escrever à máquina, mas acho ainda um bocado confuso o Google Docs e o Google Slides, pois não sei bem utilizar. Podíamos ter formação para estas aplicações.

    Escola Virtual Não gosto quando os professores mandam trabalhos e não recebo notificação. Aconteceu comigo e com mais alguns colegas. Acho que a Escola Virtual é uma boa aplicação para a aprendizagem, é uma maneira digital de aprender.

   Aulas-Zoom – Acho que são boas para aprender, mas depois depende se o aluno tem boa internet ou não, pois pode estar a falhar. Acho que os alunos, ou pelo menos eu, estou mais atenta nas aulas presenciais.  Os alunos desligam as câmaras e os microfones. Não acontecia tanto no início, mas agora estão cansados.

2. Qualidade da Aprendizagem

aprendizagemImage par OpenClipart-Vectors de Pixabay 

  Acho que aprendi um pouco, não tanto como nas aulas presenciais. Os testes ajudam para memorizar o que se aprendeu. Prefiro estudar assim com mais fichas e poucos testes. Sinto-me mais autónoma, mais ativa, tendo as Tarefas, com uma data de conclusão.

Sugestões Para 2020-2021

   Refeitório em Segurança Pode haver horários diferentes para almoço, os alunos sentarem-se de duas em duas em cadeiras, sentarem-se também em alternado, para não terem ninguém à frente; nos dias de sol, fazerem  pic-nics nas bancadas do pavilhão.

   Máscaras Podemos usar máscaras feitas em casa, mas temos de colocar filtros dentro.

    Projetos de Verão 2020Cá em casa vamos remodelar a casa toda, vai demorar mais do que as férias. A C. fez anos, já recebeu uma cama nova. Vamos ter quadros novos no quarto e quadro branco para desenharmos. Temos uma piscina de montar no jardim, vamos todos os dias depois do almoço.

Conversas na Oficina – CA8A

CAD em Isolamento – Sobre a Experiência Digital

Ferramentas Digitais

toolsImage par kirillslov de Pixabay 

O Classroom com Tarefas  – Não deve continuar, porque senão os “Sôtres” enchem-nos de tarefas gigantes, e ainda por cima com as aulas presenciais! Mas se vão ser menos testes e se fizermos as tarefas todas e vamos ter pontos nas tarefas, então pode ser.

Google Docs e/ou Google Slides – Prefiro usá-los assim,  ganhei um bocadinho de velocidade no computador. É mais uma coisa com peso.

Escola Virtual – Vale a pena continuar, porque as tarefas são mais fáceis e estou com o objetivo de ganhar os prémios todos de lá, já recebi 8 medalhas. Em cada medalha diz o que se ganhou.

Aulas ZoomO ponto positivo das videoconferências é que se torna mais fácil e consegui subir as notas. O ponto negativo é que a ligação da net é frágil, o som trava muito e a imagem falha.

2. A Qualidade da Aprendizagem

learningImage par Oberholster Venita de Pixabay

   Nas aulas Zoom

    Se para o ano vamos rever a matéria deste ano, algumas pessoas não vão mostrar que aprenderam, pois não estão atentas nas aulas; na verdade, não dá vontade de estar lá, mas de estar no telemóvel. Eu gosto mais das aulas presenciais.

   Nas Tarefas 

   Sinceramente aprendi um bocadinho, não sei é se preferia passar de ano estando na aula, mas acho que se estivesse na escola podia não passar de ano. Isto que aconteceu foi a meu favor, só tenho uma negativa até agora, que é a Francês; progredi em relação ao 1º Semestre.

     Comparação entre o Sistema de Tarefas e o Sistema de Testes

  Os “Stôres não ensinam enquanto estamos a fazer as Tarefas, enquanto que, na sala de aula, a Professora está a explicar e ajuda-nos a compreender o que estamos a fazer. No sistema de Tarefas temos de fazer sozinhos. Este Sistema tira-me o stress e faz com que eu aprenda melhor. Tem um ponto mau, pois como nunca temos de recordar o que aprendemos, como fazemos no sistema de testes, acabamos por esquecer mais facilmente.

Conversas na Oficina – LJ7A

CAD em Isolamento – “Instinto de Aluno”

1. Aplicações Digitais

digital toolsImage by Gerd Altmann from Pixabay 

1.1. Classroom – acho que é necessário continuar com o Classroom para o próximo ano; dá-nos muitas informações ao mesmo tempo, como por exemplo, os trabalhos da turma com as suas datas, as orientações que os professores nos querem dar no stream… o meu Pai acha que não faz sentido os profes mandarem para o gmail o link das aulas e outros mandarem para o classroom. Eu prefiro pelo gmail.

1.2. Google Docs e Google Slides Gostei dos dois, porque as pessoas que não têm caderno ou materiais podem fazer pela net. Eu gosto de teclar. Quando era pequena, fazia de conta que era uma doutora, às vezes gostava de cuidar das bonecas, fingia que estavam feridas e cuidava delas.

1.3. Escola Virtual – Vale a pena para aprender, na minha opinião é a que vale mais, é a que me ajuda mais nos estudos, tem sempre alguma solução, como por exemplo, vídeos a explicar a matéria.

1.4. Aulas-Zoom – Acho que valem muito a pena, porque, primeiramente, conseguimos ver as pessoas, interagir com os amigos, com os professores, com toda a gente. Um aspeto negativo foi: imagine que queríamos falar, não há possibilidade! Sinto falta de todos os alunos não terem tanta liberdade para falar. Só falávamos nas salinhas de trabalho. Devíamos poder escolher as pessoas com quem queríamos estar no intervalo e fazíamos reuniões no Zoom.

2. Avaliação da Aprendizagem 

Image by muhammad rizky klinsman from Pixabay 

2.1.  Acho que a Aprendizagem é mais difícil, não tem nada a ver com a aprendizagem presencial; antigamente já tinha dificuldades a a aprender porque me distraía rapidamente e agora ainda está pior, porque, da forma como estamos habitualmente, não temos instinto de aluno, começa-se a olhar para algo e distraímo-nos; eu começo a tocar no telemóvel, como os professores não veem. Na Escola presencial devíamos ter horários menos longos para podermos fazer as nossas Tarefas e convivermos.

2.2. Sistema de Tarefas versus Sistema de Testes Gostava de continuar com os testes; nós, agora, podemos pesquisar na net as respostas ou consultar os manuais e assim não aprendemos tanto como com os testes. No Brasil estão a fazer testes virtuais, os professres mandam o trabalho e têm uma hora para fazer. 

   Senti que aprendi com as Tarefas; com as que percebi; apesar de algumas, não as percebia, mas à medida que ia buscar as resposta s à net, também decorava.

  Com os testes aprende-se bem mais, pois é preciso explicar cálculos, dar mais provas de que fomos nós que fizemos, é mais difícil, o que é bom, porque assim temos a certeza de que sabemos. Os alunos importam-se: “Ah, não sei a matéria”. Fico preocupada, porque senão passava para o ano seguinte e sentia-me mal, em não conseguir saber as coisas do ano anterior.

    Sugestão: Ver as minhas Colegas! Passar duas semanas na casa grande de uma amiga que vai mudar, somos 3 amigas!

Conversas na Oficina SS6D

CAD em Isolamento – Ferramentas Digitais e Aprendizagens Novas

1.Aplicações Digitais

digital toolsImage par ZeroTolerance de Pixabay 

     1.1. Tarefas na Classroom – Sinto que foram boas, porque estavam organizadas por disciplinas, com todos os trabalhos e suas datas, bem como, se um aluno tivesse trabalhos em atraso, podia recuperar.

    1.2. Google docs e G. Slides – Não são muito importantes, porque podemos fazer esses trabalhos em word ou no caderno, e tirar fotos. O Google docs é importante para os professores que não compreendam a letra dos alunos.

   1.3. Escola Virtual Gostei muito, é uma boa ferramenta, porque vem primeiro a matéria a explicar e só depois podemos resolver os exercícios.

  1.4. Aulas-Zoom – Acho que eram muito melhores as aulas presenciais; o professor controla melhor, os alunos em casa estão mais livres, nós podemos estar a fazer outras coisas. Eu conseguia estar mais ou menos atenta, dependendo das disciplinas. Por exemplo, nas aulas de Português e de Inglês eu consegui estar atenta, porque no décimo ano preciso dessas duas disciplinas para o que quero seguir, portanto faço um esforço.

     2.Qualidade da Aprendizagem

Image par 200 Degrees de Pixabay 

      Prefiro os trabalhos com este sistema de tarefas. Com o sistema de testes, nós estudávamos, podíamos saber muito bem a matéria, mas por exemplo, podia algo correr mal, nós tínhamos estudado muito, muito, mas não tínhamos a nota esperada.

  Com os trabalhos em tarefas, é muito melhor, porque a pessoa pode estudar e vai consultando, vai estudando ao seu ritmo. Pode ser muito trabalho, mas aprendo mais assim.

Conversas na Oficina – MC9C

CAD em Isolamento – Preparando o Ano Letivo 2020/21

net tree

Image by Gerd Altmann from Pixabay  

  Aplicações a Manter no Trabalho do Novo Ano

   Uma aplicação que usamos agora, o Classroom, ajudou-me a aprender: há datas a dizer quando se deve entregar as tarefas, o que facilita a nossa organização.

   Quando vamos buscar material levantamo-nos; se usamos o Classroom no tablet, é mais rápido, a própria diversidade dos modos de realizar as tarefas, alternando entre o manual e o digital, torna o trabalho mais leve.

     O Google Slides dá muito jeito para preparar as apresentações: ajuda a dividir o que estamos a criar em partes pequenas e a descobrir como elas se ligam.

   Um outro aplicativo que comecei a usar mais foi o G-Mail, quando recebemos os e-mails dos Professores, a dizer “Muito bem” ou um link para uma aula, ou a marcar um trabalho…

Estratégias de Trabalho a Manter no Novo Ano

back to schoolImage par Oberholster Venita de Pixabay 

   Senti-me com mais atenção às aulas. Na sala tens muita coisa para distrair e aqui não, estás em casa. E já não existe aquela desculpa “Ah, não quero ir às aulas” – agora estamos sempre em casa.

   Gostava de continuar a receber mails dos professores, fazer os tpc com as minhas amigas, de continuar a trabalhar no classroom.

   Sugestão para Avaliações: o professor manda um anexo com uma ficha para fazermos, como nos formulários Google e nós depois fazíamos sozinhos.

Conversas na Oficina – CM6C

CAD em Isolamento – O Meu Estudo na Quarentena

1.Aplicações Digitais

educational toolsAuthor: edsys (pixabay.com)

1.1. ClassroomGostei muito quando comecei a aprender como era, ajudou por ter os links das aulas; agora tenho o calendário ou agenda no Google e entro diretamente por aí.

Temos os trabalhos todos ali, é uma forma fácil de enviar os trabalhos para os professores; está bem organizado com o “Para Fazer” que indica os que não têm data de conclusão, os que já fizeste, os que ainda não fizeste e os que estão para fazer.

1.2. Google Docs e Slides Já usava antes, mas desta vez usei mais o Google Docs, em vez de tirar foto, envio diretamente. O Google slides não é tão prático e não tem tanto espaço.

1.3. Escola Virtual Não gostei muito, achei um bocado complicada, mas gostei de ter lá os manuais, um dia não encontrei o manual e tive de  fazer lá. Volto a fazer exercícios que estão no manual, não os da Escola Virtual.

1.4. Aulas Zoom Achei que são boas aulas, não é preciso muita internet, como os profes conseguem partilhar a tela, até ajuda, podem mostrar o manual, vídeos… achei a parte mais útil deste semestre. Não tenho dificuldade em concentrar-me nas aulas zoom.

2. Qualidade da Aprendizagem

learning

Flickr.com Author: Denise Krebs

    Sinto que aprendi. Concentrei-me mais e melhor, pois, como não há pessoas a fazer barulhinhos, a bater na mesa ou no corredor a fazer barulho. No Zooom não há barulho de fundo, os colegas não falam entre si para saberem como está a vida do outro.

    Com o sistema de Tarefas, foi parecido com os tpc mas em muito mais quantidade. Sinto que aprendi muito e ficou muito mais fácil aprender.

    O Sistema de Tarefas  é mais fácil do que o Sistema de Testes; neste, as pessoas estão mais stressadas, nas no Sistema de Tarefas falta o momento de rever e recordar.

    Desejo um Bom Verão para todos e que ninguém adoeça com o Coronavírus e toda a gente consiga superar esta crise.

Conversas na Oficina  – AV7C

CAD em Isolamento – À Beira da Liberdade

Estes dias vividos…

Image par PIRO4D de Pixabay 

    Quando começamos a Quarentena foi difícil, porque nunca tínhamos experimentado uma coisa assim tão diferente.

     Ao início, pensava que não ia fazer aquele esforço para sair de casa, que ia ficar tranquila aqui, mas, a certa altura, comecei a ficar muito stressada e a querer sair de casa.

    Já saí algumas vezes, fomos comer pão com chouriço a uma rulote…

 Abrir os Braços às Férias…

unicórnioImage par Kaitlyn Millet de Pixabay 

    A Mãe e eu podemos ir para o jardim do prédio, fazer um bolo, dormir bem, sem limites, ver um filme na Netflix, desenhar e pintar, arrumar o quarto, regar as flores.

    (Um dia, estava sozinha e o Tobias subiu para cima das plantas e deitou um vaso abaixo…)

   Também posso gozar a companhia do Tobias, tentar fazer coisas novas, como por exemplo, andar a cavalo, criar um diário de recortes e ainda as sugestões da Mãe.

Por um novo ano letivo “digital-presencial”…

   Tenho expectativas : aprender Espanhol e Inglês; contar estrelas em Físico-Química na imensidão dos céus; aprender a desenhar e a pintar pessoas; receber feed back dos Professores; aventurar-me mais na escrita.

Questões que surgem no coração…

heartImage par Martin Eklund de Pixabay

    Por que é que nós estamos no Planeta Terra, se vamos morrer? Por que é que nós morremos? Para onde vamos?

     Quando estamos a ler um livro, pensamos que a pessoa está mesmo ao pé de nós…

 Aprendendo a Viver em situações sempre novas…

Image par Annalise Batista de Pixabay

     Enquanto estivemos aqui todo o tempo, poluímos muito menos; em vez de testes, tarefas: ficamos mais autónomos com as nossas tarefas e conseguimos aprender mais por nós.

    Se continuarmos aqui dentro, aprendemos e não poluímos, mas em vez de estarmos em casa fechados, podemos alternar com as aulas e ir à Escola para ver e estar com as outras pessoas.

     A máscara é sufocante, mas protege-nos à mesma.

 Criação Oral de Texto CM6C

CAD em Isolamento – Controlar o Coronavírus no Próximo Ano Letivo

Refeitório

lavar as mãosImage by Hatice EROL from Pixabay 

Cuidados a Ter com as Crianças mais Novas

    No refeitório, que é uma parte muito importante, acho que é melhor ir para casa comer.  Torna-se perigoso pois Temos de tirar a máscara.

    Devemos estar a 3 metros de distância de cada pessoa. A tosse pode chegar a um metro, depende da velocidade do ar, pode estar vento. Um espirro pode chegar de 3 metros a 6 metros, pois tira-se a máscara para comer. 

    Também é perigoso não podermos controlar a comida, pois muitas pessoas, quando ainda não estávamos em pandemia, faziam “guerras de comida”, atiravam comida uns aos outros.

    Assim é mais fácil de contaminar o ambiente. Podemos pôr alguma coisa no lixo, primeiro é preciso pôr num saquinho antes, teria de ser de um papel mais resistente, e devemos lavar as mãos antes de deitar ao lixo. 

Cuidados

Nas Salas de Aula, Biblioteca e Casas de Banho 

cuidar antivírus

Image par André Santana de Pixabay

   Na Escola é melhor desinfetar a sala de duas em duas horas. Há duas formas: ou com álcool ou com um produto anti-gordura.

    Ouvimos falar que o vírus tem uma capa protetora constituída por gordura; por isso é que o álcool consegue destruir essa capinha e o vírus então já não pode destruir nada em nós. Um produto normal para gordura vai resolver o assunto. 

   As pessoas devem guardar uma distância segura entre as carteiras e limpar a sua área própria da carteira: para cada um isto é “o meu espaço”, temos de cuidar bem para controlar a situação. Se não cuidarmos não será muito bom.

   Na Biblioteca, é melhor que, quando formos buscar livros ou consultar algum livro, é melhor desinfetarmos e entrarmos com  gorros de proteção,  sacos à volta dos sapatos, pois podemos ter pisado alguma superfície contaminada, e  luvas para protegermos os teclados e os livros.

  Na Casa de banho vai ser difícil. É melhor estar a ser continuamente desinfetada, pois vai ser o sítio mais precoupante da Escola.

    Um dia, quando me senti mal, quase a vomitar, a Lola usou a pistolinha para ver a temperatura.

    Tirar a temperatura a todos os alunos, ao entrarem na Portaria 3, não seria muito útil, porque os sintomas são diferentes em várias pessoas; tanto pode ser uma pequena febre como uma temperatura elevada.

    O coronavírus pode ficar no organismo, durante uma semana ou até mais, sem nenhum efeito. Mesmo assim, o portador contamina os outros

safe distance

Image par Annalise Batista de Pixabay 

     Três coisas muito importantes: máscara, luvas e os sprays de alcóol. Podemos trazer umas pequenas garrafas com álcool e usamos o spray para desinfetar as superfícies que iremsos usar. 

  Talvez com esta situação os alunos mais novos estejam um bocadinho mais controlados, mas podem fazer guerra de pistolas de álcool. 

     Podem ser obrigatório os óculos, mas algumas pessoas não vão ter e se virem as outras, algumas pessoas vão pôr óculos de sol;  mas esses, os professores não vão deixar  Podíamos ousar os óculos de natação, que nos protegem os olhos porque aderem á pele.

    Um policial foi mordido por uma pessoa infetada que estava  bêbada, o Google tem uma amostra da notícia

   Agora o mais importante: no próximo ano, seria talvez melhor ter as aulas por vídeo chamada.

    Se a situação ainda não estiver controlada,  é melhor não ir ainda para as salas fisicamente. Assim será mais fácil controlarmos a situação.

Da Obrigatoriedade das Máscaras

    masks

Image by mohamed Hassan from Pixabay 

     Vai acontecer que, se a situação continuar a piorar, vão culpar alguém; devia haver uma lei obrigatória em que, mesmo nas ruas, se devia usar máscara.

    Há policías que veem as pessoas sem máscara e deixam. Um homem entrou na loja da minha Mãe e começou a dizer que as máscaras não valiam a pena.

    Estava lá uma senhora que começou a gritar com ele e a dizer que tínhamos de usar e cuidar dos idosos.

   Em alguns sítios, como os locais públicos fechados e os transportes, já há leis que obrigam a usar máscaras, senão temos de pagar multa.

    O Governo devia distribuir máscaras gratuitas. Se as máscaras fossem desperdiçadas, também devíamos ter uma multa; devia haver uma lei que obrigasse a usar máscara para sair de nossa casa. Se fosse assim toda a gente usaria a máscara. 

    Estamos numa crise económica, para diluir a crise devemos acabar com esta pandemia o mais rápido possível, para controlar a doença e para recuperar o dinheiro que nós perdemos.

Conversas na Oficina – ZH6D

CAD em Isolamento – 10 Animais mais Perigosos da Austrália

Nº 10 – Cobra da Morte

a cobra da morteCommonsWikimedia.org

     Esta cobra só se encontra na Austrália, ela não é venenosa, mas é muito agressiva, morde, enrola-se mas pessoas, sufoca-as. Em cada 5 mortes por “asfixia” duas são por esta cobra.

Nº 9 – Polvo de Anéis Azuis

polvo de anéis azuis   Flickr.com Author: Saspotato

     Animal muito bonito, mas como muitas pessoas dizem, não se deixem enganar pela aparência, porque é exatamente nesses anéis azuis onde se ingere o veneno. E apenas uma pequena dose desse veneno é capaz de matar vinte homens adultos.

    Já houve até baleias de uma tonelada e meia que morreram por causa deste polvo.

    O pior de tudo é que se encontra nos corais, mede apenas cerca de 5cm!

Nº 8 – Morcegos Gigantes

giant bat

   Flickr.com Author: LEO

    Os morcegos gigantes mais conhecidos por morcegos gigantes australianos, não são perigosos, mas o tamanho é de se assustar.

     Esses morcegos podem atingir os 2 metros de comprimento de asa a asa.

Nº 7 – Peixe-Pedra 

peixe pedraFlickr.com Author: Bill and Mark Bell

     O peixe mais temido dos corais australianos é o peixe pedra. Este peixe é muito difícil de encontrar, pois esconde-se e sempre que aparece uma presa ele ataca.

    Tem uns piquinhos no topo e as pessoas sem querer pisam-no e injetam o veneno no pé. Pessoas houve que pediram para amputar a perna de tanta dor que sentiam.

6º – Aranha Teia de Funil

aranha mais tóxicaCommons.Wikimedia.org

      Esta é uma das aranhas mais perigosas e temidas. Elas não gostam de florestas, mas sim de cidades, onde, na maioria das madeiras com buraquinhos, elas moram.

    Atacam as presas, matam por prazer, não apenas por invadirem o seu território.

   As probabilidades dos seres humanos picados morrerem é grande. O seu ferrão já foi comparado com dentes de cobra.

Improviso Oral do Aluno – FM5C