Aquecimento Global e Alternativas Criativas

gráfico do aumento gradual da temperatura no planetaEarth Observatory NASA

Introdução de CA7A

     Nos últimos cem anos, a média das temperaturas tem sido cada vez mais alta. Como sintoma, as espécies que só sobrevivem em climas mais frios, começam a extinguir-se. Zonas já muito quentes, começam a tornar-se desérticas, com risco para a flora e a fauna.

mapa da vegetação segundo o observatório da Nasa

Earth Observatory NASA

Desenvolvimento de AF7B

     O Aquecimento Global está a causar problemas no dia a dia  de todos nós. Mas se pensarmos bem, porque há estes problemas e por que é que nós sofremos com eles?

     Em primeiro lugar, os problemas acontecem pois o gasóleo, a gasolina, de que os carros fazem a combustão, podem levar à subida do nível da água do mar.

     Como? Estes gases vão destruir parte da camada de ozono permitindo passagem de mais luz solar. Isto, por sua vez, vai levar a derreterem-se os glaciares.

     E quem faz isto e quem é que sofre?

     Somos nós que sofremos e alguns sofrem, mas acham que não acontece nada. E quem faz com que nós soframos? Somos nós que estamos a causar estes problemas e sabemos disso. Mas a questão é que nos estamos “nas tintas” para o assunto, quer dizer, alguns de nós.

     Mas há uma vantagem, e, felizmente, alguns de nós já olham para ela: é que podemos mudar isto. A pergunta é: COMO?

     De várias maneiras: em primeiro lugar, arranjarmos outros modos naturais de pormos carros a andar. Consumimos demasiada carne de vaca e isso dá motivo a haver cada vez mais vacas. Elas também poluem com as emissões de metano que atacam o ozono.

     Por isso devíamos comer mais peixe, embora isso possa levar a um risco de extinção de algumas espécies de peixe.

     Mas estas maneiras de ajudar já são muito boas.

Colaboração da Oficina de Escrita

círculo nos círculos de kandinsky

   Wassily Kandinsky Fonte: Wikipedia Commons Public Domain

     Aproximamo-nos de um momento crucial na vida da Humanidade; melhor dizendo, já o atingimos.

    Segundo os autores do Instituto Momentum alcançamos o fim da “Era do Antropoceno”, isto é, conseguimos sair de uma época em que o ser humano dominou o planeta e o seu ambiente envolvente e vital como se de mero objeto manipulável se tratasse.

     Agora, face ao afundamento das estruturas que suportavam o mundo conhecido, os desafios lancinantes que se colocam às novas gerações pedem a todos nós o melhor da nossa solidariedade e espírito inovador.

Texto de AF7B

com duas colaboradoras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.