Detalhes que Salvam o Planeta

pulseiras ecológicasImagem de Oficina de Escrita

    O Objetivo do nosso Trabalho

CCv O nosso trabalho é para apresentar na disciplina de Tic com Ciências. Vamos vender pulseiras a preços baixos e temos uma placa de cartão com fotos chocantes sobre os efeitos do aquecimento global e da poluição, para consciencializar as pessoas de que podem ajudar a salvar o  planeta.

Talvez tenhamos  uma caixa com papéis onde escrevemos mensagens tais como: “hoje vou apanhar 10 pedaços de lixo que encontro no chão”, “hoje não vou usar o telemóvel durante meia-hora”; “hoje vou reciclar todos os plásticos que vir.”

Maria – É melhor transmitir a mensagem oralmente, ao vender cada pulseira, para não gastarmos papel.

Queremos levar as pessoas a salvar o planeta através de pulseiras que simbolizam mensagens ecológicas.

missangas para as pulseirasImagem: Oficina de Escrita

Vender Quando e Onde?

B (convidada) – Vamos vender no Colégio durante os recreios, uma banquinha no recreio. Se sobrarem podemos vender no paredão.

Esta Estratégia será Eficiente? 

MS – As pessoas se estiverem a andar por aí, vão apanhar peças de lixo ou de reciclagem.  As pessoas vão se lembrar, ao ver o lixo, da mensagem que lhes foi transmitida ao comprarem a pulseira.

caixa de recursosImagem: Oficina de Escrita

Como fixar os Preços?

CCv– As pulseiras podem ser vendidas por preços baixos para recompor a nossa poupança; temos dívida para com as Mães; eu usei dinheiro que os avós dão por termos gasto imenso dinheiro a comprar estes materiais.

Imagens que Interpelam

MS – Vamos buscar imagens à net, imprimimos e colamos num cartaz preto; como por exemplo, um urso polar muito magro, imagens do lixo no oceano, um pássaro cheio de petróleo, crianças na lixeira de plástico…

E escrevemos uma frase a dizer:

Tu podes ajudar a salvar o planeta”

fios para as pulseirasImagem de: Oficina de Escrita

Distribuição de Contributos

CCv – Eu comprei fechos, argolinhas para colocar nos fechos e também as medalhas e fios. O fio mais fininho, de nylon, é o melhor. Aproveitei as missangas que já tinha em casa e peças de colares já partidos. 

B (Convidada) – O meu contributo foram todos estes saquinhos de missangas. Os melhores fios são os de elástico ou os de nylon.

Escolho as missangas pela cor e pelo tamanho.

Maria – Combinamos as cores aproximando as missangas para ver se as cores ficam bem juntas.

CCv e B – Nós também combinamos imaginando as combinações de cores, testando mentalmente se ficam bem.

Projetos de Futuras Estudantes

MS e CCv – No Futuro, queremos mostrar às pessoas o que realmente está a acontecer. Há pessoas que não ligam, não sabem o quão grave é.

MS – Pensam que estão a fazer uma diferença enorme, só porque estão a reciclar, mas não é caso para vangloriar-se disso. Por exemplo, no refeitório não compensa: pôr os sacos de reciclagem em todo o lado da Escola, torna-se inútil, mas em casa das pessoas é que é necessário.

No pingo doce dão uns sacos que eu uso para o almoço aqui no colégio, reutilizo tudo o que posso em plástico.

Uma amiga minha do Algarve esteve numa campanha cheia de cartazes a dizer “Salvem o Planeta” para consciencializar as pessoas para o aquecimento global.

Podemos comprar camisolas no Chinês e depois pintá-las e decorá-las: assim temos roupa original e não gastamos muito dinheiro.

Conversas na Oficina – CCv8B, MS8B e B8C – Convidada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.