CAD em Isolamento – A Peste Negra na Europa – II

O Aluno ditou de improviso, com base nas suas aprendizagens académicas e nas suas pesquisas pessoais:

A Peste no Século XIV

funeral de vítimas da peste

Wikipedia Commons Por Desconhecido

    Com a doença da Peste, nasciam certos tumores nas virilhas ou axilas – eram inchaços. Ao contrário do Coronavírus: a Peste Negra matou mais pessoas, mas o Coronavírus, penso que não conseguirá.

  Existiram vários tipos de Peste Negra como a peste bubónica e a peste Septicémica – fazia furúnculos e bolhas grandes no corpo, que  podiam ser grandes inchaços: “Uns cresciam como maçãs outros como um ovo”.

      Ainda hoje existe a Peste, mas já há tratamento.

A Revolta Camponesa

     o rei medieval

    Wikipedia commonsA revolta dos camponeses” Froissart

     Os camponeses começaram a receber menos salários.

  Nos campos, os Senhores perderam os seus trabalhadores, aumentaram os impostos e diminuíram os salários.

   Várias cidades de Itália faziam quarentena, construíam muralhas para não deixar entrar pessoas estranhas sujeitas à Peste Negra.

    Em resultado, os salários dos artesãos foram congelados por completo, e o comércio foi afetado:

 “Surgiram revoltas populares por toda a Europa: camponeses e artesãos exigiam melhores condições de vida.”

    Com esta crise, a Nobreza e o Rei começaram a receber mais e a dar menos.

   Diminuição da População

     difusão da peste negra na europa

A Difusão da Peste Negra na Europa  Ancient History Encyclopedia

     A população Diminuiu devido à Grande Fome.Temos uma espécie de gordura no corpo, mas se não comermos durante vários dias, a pessoa fica muito fraca depois de usar essas reservas e aumenta a possibilidade de levar com ataques cardíacos.

    A população continuou a diminuir devido à Peste Negra. Como não havia notícias como hoje em dia há, as pessoas não se apercebiam do que era a Peste Negra.

    Só quando tinham os sintomas da febre máxima, os tumores nas virilhas. Vómitos, convulsões, diarreia com sangue, tosse com sangue e pus. O corpo sofria hemorragias e sangramentos.

    Há quem diga que o Papa também morreu na época da Peste Negra.

    Só muito poucas pessoas sobreviviam, era muito raro, a medicina era muito primitiva. Os médicos tiveram de inventar tratamentos, mas foram inúteis, mesmo com o fato de proteção vestido, eles podiam infetar-se.

    As ervas aromáticas disfarçavam o mau cheiro e evitavam que as partículas de infeção que saíam pelo ar fossem contagiar outros.

   As principais queixas eram bubões que as pessoas tinham nas axilas e nas virilhas.

    Um famoso pintor que vivia em França, ao fazer a sua arte dentro de casa, via pessoas pobres dizimadas e familiares a puxar doentes em carrinhos de mão. Queimavam as pessoas que morriam.

Os “Culpados” da Peste

     

Clemente VI – o Papa que protegeu os Judeus

     Este “castigo divino” teve os seus “Culpados”: os muçulmanos foram acusados em Espanha e em Portugal foram acusados os Judeus.

       Agora há pessoas que culpam os Chineses.

     Em 1988,  houve a grande depressão na China;  muitas pessoas  – os agricultores de pequena dimensão – começaram a comer tartaruga e cobra; com a China à beira do colapso,  autorizaram o consumo de animais selvagens e até de alguns em extinção. Hoje em dia comem pangolins, ratos,  minhocas, alguns insetos.

     Muitas pessoas entre os cristãos pensavam que a praga tinha sido lançada pelos judeus, acusados de envenenar as águas das fontes. Alguns foram queimados vivos em fogueiras.

      Viveram-se tempos de perseguição e intolerância

   Durante a crise da Peste Negra, na Europa, um terço da população morreu – 400 milhões de pessoas ficaram infetadas, só 200 milhões de pessoas é que não adoeceram, mas  viviam no dia a dia com medo da morte e com intolerância contra o povo Judeu, perseguindo os judeus e matando-os.

Improviso Oral sobre História do Século XIV – FM5C

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.