A Menina Vestida de Branco – II

menina de branco

Imagem livre Pxfuel.com

     Quando subiu para um sótão, começou a ter uma lembrança estranha. Começou a dizer para si mesma:

     – Falta aqui alguma coisa?

    Estava sempre a olhar para todos os lados do sótão e não encontrava nada. A caixa onde vinha a sua melhor Amiga de infância tinha desaparecido!

     Carolina, começou a recordar o passado: quando tinha ido apresentar a sua melhor amiga aos pais, dissera:

   – Mãe, Pai, olhem! Tenho uma melhor Amiga!

    Enquanto os pais ficaram a olhar, como que  a dizer: “- Onde está ela?”

    Carolina tinha explicado:

    – Está mesmo aqui ao meu lado! Vocês não a veem?

    Enquanto os pais olhavam em suspense…

    Carolina continuou a recordar que, passado o segundo dia, quando os Pais se despediram dela para irem trabalhar, Carolina, tinha-se despedido e ficado um pouco triste. Mas depois pensou assim: “  – Já sei quem me pode animar!”

 Então foi a correr para o sótão, chegou logo e abraçou a amiga.

    Nesse segundo dia, Carolina tinha perguntado com expectativa:

   – Estranho! Nós somos amigas, como é que eu ainda não sei o teu nome?

    –  Bem, o meu nome é Lucy.

   Então Carolina disse:

   – O teu nome é Lucy? Que prazer conhecer-te, Lucy!

     –  E já agora, quantos anos tens?

     – Tenho oito anos!

     Carolina disse assim:

    – Eu tenho seis anos. Então isso quer dizer que eu posso chamar-te de irmã mais velha!! Sempre quis ter uma irmã mais velha, ou uma irmã mais nova, ou a irmã do meio!

     As duas, sempre a conversar, até desenhavam nas paredes, pulavam no velho colchão que havia lá no sótão…

    Então, Carolina veio a correr até à cozinha, onde estavam o Pai e a mãe, e gritou, nervosa:

     – Pai, Mãe, onde está a caixa escura que eu tinha lá no sótão?

    A Mãe esclareceu:

    – Está na venda de garagem. Porquê?

     – O QUÊ???

     Largou a correr, desesperada, com medo que alguém tivesse levado a caixa e, ao chegar à garagem, a caixa já não estava lá!!!!

   Então Carolina, lamentou-se, com lágrimas nos olhos:

    – Por que é que eu desisti dela????

    Os Pais acorreram, preocupados com o que se passava com ela. Já em casa, Carolina estava a chorar e os Pais perguntaram:

    – O que é que aquela caixa tinha assim de tão importante?

    Carolina respondeu:

    – Vai ser um bocado confuso para vocês. Eu conheci uma menina chamada Lucy, que ainda tem oito anos. Ela tem sempre oito anos.

    Os Pais interromperam:

    – Uma menina chamada Lucy? Tu antes tinhas uma irmã mais velha… de cabelo escuro, encaracolado… usava um vestido branco com um chapéu branco e um laço amarelo…

CAD em isolamento

 Conversas na Oficina – Criação oral de Contos – CR7A

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.