Momentos de Adrenalina

surfista no túnel da onda

     Photo by Jeremy Bishop on Unsplash

      Um momento em que me enchi de Adrenalina foi há três semanas, na Praia de Carcavelos.

     O mar estava de um azul intenso, com ondas perfeitas, de crista branca. O céu limpo e o ar saturado de maresia enchiam-nos os pulmões como uma apelo à aventura. O tamanho e a força massiva das ondas, além de um “agueiro” – corrente em sentido contrário, que nos puxa para trás – eram as três forças adversas.

      Neste desafio ultrapassei os meus limites: levei com uma onda gigante com quase dois metros e meio que me enrolou debaixo de água durante muito tempo.

       Ia quase desmaiando. Sentia tristeza e desespero, porque não tinha ninguém que me ajudasse.

      Na praia, já com o meu Instrutor e os amigos á volta, invadiu-me um alívio e a sensação vitoriosa de ter sobrevivido como num milagre!

Texto a duas Mãos, PC7B e OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.